Socialista Morena
Cultura

Acampamento da resistência em frente à PF em Curitiba: fotos de Ricardo Stuckert

Vejam imagens da vigília pelo fotógrafo oficial do ex-presidente. Este post será atualizado continuamente

Brasileiros no acampamento da resistência em Curitiba. Fotos: Ricardo Stuckert
Da Redação
09 de abril de 2018, 12h26

Desde a prisão de Lula, no sábado, 7 de abril, centenas de pessoas se encontram em vigília nas proximidades da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, onde ficam algumas das masmorras da Lava-Jato. Privado de sua liberdade e do convívio com os familiares, detido injustamente num cubículo de 12 metros quadrados, o maior líder popular do país recebe a solidariedade da população de esquerda e cidadãos progressistas do Paraná e de outros Estados, dos movimentos sociais e de artistas.

Privado de sua liberdade e do convívio com os familiares, detido injustamente num cubículo de 12 metros quadrados, o maior líder popular do país recebe a solidariedade de cidadãos progressistas do Paraná e de outros Estados

O acampamento da resistência é uma manifestação pacífica e democrática que pretende se manter enquanto Lula permanecer preso para denunciar sua prisão política, mesmo com a violenta tentativa da Polícia Militar paranaense e da Polícia Federal de tentar dispersar a mobilização com balas de borracha e bombas de efeito moral contra pessoas desarmadas, inclusive mulheres e crianças. Ao menos oito pessoas ficaram feridas.

No domingo, 8, a cantora Ana Cañas fez um show no local com a esperança de ser ouvida pelo ex-presidente encarcerado. Vejam fotos do acampamento da resistência por Ricardo Stuckert, o fotógrafo oficial de Lula. Este post vai ser atualizado continuamente.

A guarda pretoriana de Moro

A cantora Ana Cañas

Muito amor envolvido

Brasileiros em vigília por Lula


Apoie o site

Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para assinar, você pode usar apenas qualquer cartão de crédito ou débito

Ou você pode ser um patrocinador com uma única contribuição:

Para quem prefere fazer depósito em conta:

Cynara Moreira Menezes
Caixa Econômica Federal
Agência: 3310
Conta Corrente: 23023-7
(4) comentários Escrever comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da Socialista Morena. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

João Junior em 09/04/2018 - 23h00 comentou:

Lula vale a luta!

Responder

Sergio Souza em 10/04/2018 - 10h33 comentou:

Antes tarde, que nunca! Se na primeira denúncia pelo MP de SP já se tivesse mostrado esse tipo de resistência, quem sabe… O fato é que o Brasil não é São Bernardo do Campo, e nas outras praças , pelos registros, não havia tanta gente assim. Cadê os milhões de votaram em Lula? Cadê aqueles que iriam votar nele? Não querem mais votar? Desistiriam? Perdemos a capacidade de mobilizar as pessoas? Tristemente, sim!

Responder

José Tarcísio Furtado Arruda em 10/04/2018 - 10h55 comentou:

SEGUE O GOLPE
A Rede Globo não foi destruída,
O Congresso ao fascismo se rendeu,
De forma escancarada e descabida
A maioria dele se vendeu.

Sob as asas da Águia Americana,
Do nosso Mundo a grande predadora,
A barbárie nos mostra a face insana,
Abrindo aqui a Caixa de Pandora.

Com Parlamento, Supremo, com tudo,
O golpe outro ladrão já confessou,
Tendo as Forças Armadas como escudo;

Como a direita teve sempre aceso
Um vil desejo que nos suplantou
Estamos vendo o nosso Lula preso!
Tarcísio Arruda
09/04/18

Responder

    Sergio Souza em 11/04/2018 - 14h05 comentou:

    Simples! Nos jogos da copa do Mundo, ou do campeonato brasileiro, se desligarmos às TVs e dermos à Globo um traço de audiência, em um instante ela se emenda!

    Se a final do campeonato paulista tivesse duas mil pessoas, e deixássemos claro que não daremos nem audiência nem público por causa da Globo, em um instante a coisa anda.
    Problema e que nem nós mesmos conhecemos nossa capacidade.

Deixe uma resposta

 


Mais publicações

Politik

Adeus, jornais impressos


Caí de amores pela Folha de S.Paulo aos 17 anos, em 1984, quando entrei na faculdade e o jornal apoiou a campanha pelas Diretas-Já. Até então, menina do interior da Bahia, não conhecia bem a…

Mídia

Desprezo da mídia ao Festival Lula Livre escancara que petista é preso político


Nem mesmo Chico e Gil cantando Cálice juntos pela primeira vez em 45 anos fez com que o show ganhasse destaque na imprensa "imparcial"