Churrascão das cabras

Um colunista da revista mais vendida do País detonou a ira dos militantes LGBTs e dos cidadãos que respeitam o próximo ao comparar o casamento gay a ter sexo com animais –no caso, uma cabra. Coincidência ou não, esta semana mais uma vez os paulistanos de bem foram aviltados com a agressão de um homossexual na maior cidade do país: André Baliera, de 27 anos, foi barbaramente espancado pelo empresário Bruno Portieri e pelo personal trainer Diego Mosca na noite da segunda-feira 3, quando voltava a pé para casa.

Há três semanas, o jornalista e militante LGBT Lucas Fortuna também havia sido agredido e morto em Pernambuco. As investigações da polícia apontaram para latrocínio: roubo seguido de morte, em circunstâncias tenebrosas. Lucas foi violentamente espancado, asfixiado e teve seu corpo jogado no mar, onde morreria afogado. Os suspeitos estão presos.

Com o ato “churrascão das cabras”, amanhã em São Paulo, no local onde André foi agredido, o movimento LGBT fará um protesto contra o vergonhoso incentivo à homofobia por uma revista de grande circulação e em favor da aprovação da lei anti-homofobia, cuja tramitação no Congresso é volta e meia embargada pelo forte lobby evangélico. Vão lá!

Leia também  É o neoliberalismo, estúpido!

O Socialista Morena é um blog de jornalismo independente. Se você quiser contribuir financeiramente, doe ou assine. Quanto mais colaborações, mais reportagens exclusivas. Obrigada!!

Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Ou, você pode ser um patrocinador com uma única contribuição:

Para quem prefere fazer depósito em conta:

Cynara Moreira Menezes
Caixa Econômica Federal
Agência 3310
Conta Corrente 23023-7

Publicado em 7 de dezembro de 2012