Socialista Morena
Kapital

Consórcio PMDB-PSDB está ESTATIZANDO a Petrobras… para a Noruega

Com negociação feita de pai para filho por Pedro Parente, estatal norueguesa Statoil é agora a terceira petrolífera em atividade no Brasil

Foto: divulgação
Da Redação
21 de dezembro de 2017, 19h33

Essa é para os coxinhas que sempre defenderam a privatização da Petrobras. Comandada pelo tucano Pedro Parente, o patrimônio da gigante brasileira do petróleo está sendo entregue a… uma estatal norueguesa, a Statoil. Quer dizer: em vez de privatizar, o consórcio PMDB-PSDB está estatizando a Petrobras, só que para outros países. Ganha o povo norueguês, perde o brasileiro. Bem que Aécio Neves prometeu durante a campanha em 2014 que o PSDB no poder iria “reestatizar a Petrobras”. Só não disse que seria para a Noruega.

A Statoil, uma das maiores petroleiras do mundo, e pertence ao povo da Noruega. O controle da empresa é do Estado, com 67% das ações da companhia. As ações restantes são negociadas na bolsa de valores. Uma coisa que a direita não quer que o brasileiro saiba é que, entre as 10 maiores empresas de petróleo e gás no ranking da Forbes, 8 são estatais ou semi-estatais.

“Esta transação fortalece ainda mais a posição no Brasil como área central para a Statoil”, afirmou o presidente da Petrobras, como se comemorasse em nome do povo norueguês

Após ter doado para a Statoil a participação de 66% que a Petrobrás tinha no mega campo de Carcará pela bagatela de 0,70 dólares o barril, Pedro Parente firmou nessa segunda-feira, 18 de dezembro, mais um negócio de pai pra filho com a estatal norueguesa. A petrolífera irá triplicar sua produção no Brasil, após ganhar da Petrobrás 25% do campo de Roncador, um dos mais produtivos do país, pagando apenas 1 dólar por barril.

Localizado na Bacia de Campos, Roncador é o terceiro maior campo em produção no país, com “aproximadamente 10 bilhões de barris de óleo equivalente (boe) ‘in place’ e uma expectativa de volume recuperável remanescente superior a 1 bilhão boe”, conforme anunciou a Petrobrás. O campo foi vendido por 2,9 bilhões de dólares, mas a estatal brasileira receberá inicialmente 2,35 bilhões de dólares e “pagamentos contingentes adicionais” de até 550 milhões de dólares, segundo revelou a Statoil.

Ou seja, a norueguesa, além de pagar 1 dólar por barril de petróleo, ainda poderá contratar determinada capacidade de processamento de gás do Terminal de Cabiúnas. A transação faz parte de um acordo de parceria estratégica que Pedro Parente assinou com o presidente da Statoil, Eldar Saetre, que está feliz da vida por triplicar a produção da empresa no Brasil, graças à ajudinha da Petrobrás.

Em julho do ano passado, logo após ser empossado pelos golpistas, Parente anunciou a venda de 66% de Carcará para a empresa norueguesa, que abocanhou um dos principais campos do pré-sal por módicos 0,70 dólares o barril

“Esta transação agrega material e atrativa produção de longo prazo ao nosso portfólio internacional, fortalecendo ainda mais a posição no Brasil como área central para a Statoil”, afirmou o presidente da empresa, durante coletiva de imprensa, como se comemorasse em nome do povo norueguês. O acordo com a Petrobrás fará a Statoil aumentar sua produção de 40 mil para 110 mil barris de óleo por dia, passando a ser a terceira maior petrolífera em atividade no país, atrás somente da Shell e da estatal brasileira.

Em julho do ano passado, logo após ser empossado pelos golpistas no comando da Petrobrás, Parente anunciou a venda de 66% de Carcará para a empresa norueguesa, que abocanhou um dos principais campos do Pré-Sal por módicos US$ 0,70 o barril. Em outubro deste ano, a petrolífera arrematou a Área Norte de Carcará, no leilão realizado pela ANP.

A FUP (Federação Única dos Petroleiros) denunciou os prejuízos que o país e a Petrobrás amargaram com a entrega de Carcará e ingressou com uma Ação Civil Pública na Justiça Federal cobrando a anulação da venda e a suspensão de todos os efeitos decorrentes da negociação.

Com informações da FUP

 


Apoie o site

Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para assinar, você pode usar apenas qualquer cartão de crédito ou débito

Ou você pode ser um patrocinador com uma única contribuição:

Para quem prefere fazer depósito em conta:

Cynara Moreira Menezes
Caixa Econômica Federal
Agência: 3310
Conta Corrente: 23023-7
(3) comentários Escrever comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da Socialista Morena. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Sergio em 22/12/2017 - 09h52 comentou:

Problema é que os coxinhas ainda assim defendem a privatização da empresa. Por outro lado, não justifica privatização, mas, a esquerda que esteve no poder colaborou para que a empresa tivesse resultados pífios e amargos. E assim o foi com outras estatais, PESSIMAMENTE E INCOMPETENTEMENTE adminsitrada pela esquerda que esteve no poder. Nosso dilema é: Ou um grupo prega o entreguismo do patrimônio nacional ou, o outro grupo corrói as estatais, fazendo um balcão de negócios com aliados, inchando-as de apadrinhados a ponto de destruí-las. Precisamos de um alternativa que administre as estatais HONESTAMENTE e EFICIENTEMENTE. PSDB, PMDB e PT já provaram que no poder, além de serem iguais, não são confiáveis para essa tarefa!

Responder

Marcos F. em 23/12/2017 - 12h18 comentou:

É o Brasil oferecendo e promovendo ainda mais a possibilidade de Desenvolvimento Humano… da Noruega! A Statoil é a força por trás da elevada vida que o norueguês tem e que o brasileiro jamais sonhará algum dia em alcançar! Primeiro que não deixam. Os estadunidenses não permitiria um país com qualidade de vida elevada abaixo do equador. E segundo o Ministério Público finge não ver. A justiça brasileira está sendo usada por alguns de seus integrantes como instrumento para favorecer empresas estrangeiras. Exemplo. O lobby da Shell. O MPF acusa o Lula de fazer lobby pelos caças suecos – acusado criminalmente inclusive – já o ministro inglês faz lobby pela BP, Shell e Premier Oil em plena luz do dia e ainda é taxado como herói em Londres sem qualquer questionamento do Ministério Público Federal do Brasil, não é um contrassenso? Certamente não é. O Brasil carece de um pensamento estratégico e não de mercenários que estão no poder com suas convicções individuais movidos por interesses escusos.

Responder

    Sergio em 26/12/2017 - 08h44 comentou:

    Incluo também os chineneses nesses lobbies. A China também vem pondo suas garras imperialistas em nossa nação. Concordo! “O Brasil carece de um pensamento estratégico”.

Deixe uma resposta

 


Mais publicações

Politik

Juristas pedem impeachment de Gilmar Mendes por “descontrolado partidarismo”


Os juristas Celso Antônio Bandeira de Mello, Fábio Konder Comparato, Sérgio Sérvulo da Cunha e Álvaro Augusto Ribeiro da Costa, a ativista de direitos humanos Eny Raymundo Moreira e o ex-deputado e ex-presidente do PSB,…

Politik

Jeitinho direitista de governar: ACM Neto, do DEM, planta cactos antimendigos em Salvador


O prefeito de Salvador, Antonio Carlos Magalhães Neto, do DEM, resolveu inovar nas técnicas de tortura que os políticos de direita inventam no Brasil para impedir moradores de rua de dormirem embaixo dos viadutos: está…