Socialista Morena
Politik

Dilma: Temer é misógino, tacanho, ilegítimo, machista, golpista, ultrapassado

A presidenta ELEITA do Brasil, Dilma Rousseff, ficou indignada com as frases do presidente ilegítimo do Brasil, Michel Temer, em entrevista ao apresentador Ratinho, do SBT, na sexta-feira à noite. Segundo Temer, o país “precisa de um marido” para não quebrar. “Acho que os governos agora precisam passar a ter marido, viu, porque daí não vai […]

Cynara Menezes
30 de abril de 2017, 23h45
dilmalulars

(Dilma e Lula no Rio Grande do Sul. Foto: Ricardo Stuckert)

A presidenta ELEITA do Brasil, Dilma Rousseff, ficou indignada com as frases do presidente ilegítimo do Brasil, Michel Temer, em entrevista ao apresentador Ratinho, do SBT, na sexta-feira à noite. Segundo Temer, o país “precisa de um marido” para não quebrar. “Acho que os governos agora precisam passar a ter marido, viu, porque daí não vai quebrar”, disse.

Esta foi mais uma declaração machista do presidente que chegou ao poder sem voto. Ao assumir, Temer formou um gabinete composto apenas de homens. Depois, em pleno Dia Internacional da Mulher, após breve discurso de Marcela, sua esposa, Temer disse que o papel das mulheres na economia é ver os preços nos supermercados. Ele também falou que as mulheres, “além de cuidar dos afazeres domésticos” e serem as principais responsáveis pela educação dos filhos, têm “cada vez mais espaço” no mercado de trabalho. Sério. Em 2017. Este é o homem da “ponte para o futuro”.

Dilma não deixou por menos e soltou uma nota desancando o vice traidor e chamando-o de misógino, ilegítimo, tacanho, conservador, golpista, machista e ultrapassado. Leia a íntegra abaixo.

***

A entrevista do senhor Michel Temer ao apresentador Ratinho é um primor de misoginia e patriarcalismo.

É estarrecedor que no século 21 um presidente, mesmo ilegítimo, tenha opiniões tão tacanhas, rebaixadas e subalternas sobre o papel da mulher na sociedade brasileira.

Sua fantástica cegueira política e seu imenso conservadorismo o impedem de ver a importância das lutas e a realidade das conquistas obtidas pelas mulheres brasileiras  ao longo das últimas décadas.

As mulheres brasileiras não merecem que um golpista, líder de um governo que está impondo o retrocesso social e econômico mais impiedoso sobre o nosso país, venha, mais uma vez, a público e manifeste suas opiniões machistas ultrapassadas.

O Brasil precisa de eleições diretas já!

Dilma Rousseff

 


Apoie o site

Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para assinar, você pode usar apenas qualquer cartão de crédito ou débito

Ou você pode ser um patrocinador com uma única contribuição:

Para quem prefere fazer depósito em conta:

Cynara Moreira Menezes
Caixa Econômica Federal
Agência: 3310
Conta Corrente: 23023-7
Nenhum comentário Escrever comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da Socialista Morena. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Deixe uma resposta

 


Mais publicações

Politik

Janine, novo ministro da Educação, aconselha Dilma a se comunicar melhor com o povo


Em novembro do ano passado, estive na casa do professor Renato Janine Ribeiro em São Paulo para conversar sobre política. Enquanto tomávamos um café em seu simpático sobrado na Aclimação, Janine me falou de suas…

Cultura

Mulheres invadem um dos últimos clubes do Bolinha: o mundo das histórias em quadrinhos


Quando a francesa Chantal Montellier começou a se dedicar profissionalmente às histórias em quadrinhos, lá pelos idos de 1972, foi como se colocasse os pés na porta de um dos últimos “clubes do Bolinha” do…