Socialista Morena
Politik

Duas versões delirantes da direita burra sobre os médicos cubanos e uma suspeita

1. O médico cubano malvado: Fidel Castro e Dilma Rousseff estão planejando fazer uma revolução comunista no Brasil em pleno século 21, liderada pelos 4 mil médicos que virão ao País. Ao chegar às cidades do interior, os médicos cubanos imediatamente convencerão as pessoas mais humildes a se juntar a eles para discutir o marxismo […]

Cynara Menezes
24 de agosto de 2013, 14h20

1. O médico cubano malvado: Fidel Castro e Dilma Rousseff estão planejando fazer uma revolução comunista no Brasil em pleno século 21, liderada pelos 4 mil médicos que virão ao País. Ao chegar às cidades do interior, os médicos cubanos imediatamente convencerão as pessoas mais humildes a se juntar a eles para discutir o marxismo fora do expediente. Dentro das cadernetas de vacinação das crianças, os médicos ocultarão exemplares de O Capital  (2.500 páginas, mas isso é um detalhe) e do Mini-Manual do Guerrilheiro Urbano de Carlos Marighella. Lavradores esconderão coquetéis molotov entre as mandiocas de sua plantação para serem usados na hora em que o povo tomar o poder. Entre uma consulta e outra, os médicos cubanos irão fazer lavagem cerebral nas donas-de-casa que levaram até lá seus filhos pequenos com febre e que antes eram tratados pelos atendentes das farmácias, porque os médicos brasileiros se recusavam a trabalhar ali. Depois de plantar a semente do comunismo nos rincões, os médicos marcharão junto com os recém-convertidos até as grandes cidades com o apoio do governo federal, acabarão com todos os partidos e todos os jornais e emissoras de televisão e então instalarão o comunismo no Brasil. O Exército assistirá a tudo sem fazer nada porque está sucateado e nem armas possui.

Os fatos: só uma pessoa imbecil pode acreditar num conto da carochinha desses, eu nem vou rebater.

2. O médico cubano coitadinho: o governo federal vai importar 4 mil médicos de Cuba para mantê-los escravizados em cidades do interior do País. Os médicos não terão acesso à internet nem à televisão. De vez em quando, poderão escutar rádio, mas apenas músicas da Nova Brasil FM. Só poderão sair de casa para atender os pacientes, mas estarão proibidos de falar com os brasileiros qualquer coisa além de “dói onde?” ou “diga 33”. Haverá vigilância permanente sobre os cubanos para que não queiram conhecer o estilo de vida daqui, o que poderia alimentar neles o desejo de desertar. Todos receberão menos que um salário mínimo e só poderão comer o que comiam em Cuba: pão e água. Dormirão em alojamentos do Exército cercados com arames farpados e com câmeras de segurança vigilando inclusive durante a madrugada. Como chegaram maltrapilhos ao Brasil (afinal, em Cuba passam até fome), usarão jalecos doados pelos compreensivos colegas brasileiros, graças a uma campanha feita pelo Conselho Federal de Medicina.

Os fatos: segundo o governo, os médicos ganharão até 4 mil reais para viverem no Brasil, a depender do custo de vida das cidades para onde serão destinados. 74% deles irão para cidades do interior do Norte e Nordeste onde não há médicos porque nossos compatriotas de branco simplesmente não querem morar ali. Os primeiros 400 profissionais que já estão chegando irão para 701 municípios que não foram escolhidos por nenhum médico brasileiro que se inscreveu para o programa. Terão previdência paga pelo governo federal e alimentação e moradia arcadas pelos governos municipais. Mais importante: se houver qualquer problema em sua estada no Brasil, todo mundo irá saber, porque hoje, com a internet, é praticamente impossível uma denúncia deixar de ser feita até mesmo em Cuba –que o diga a blogueira Yoani Sanchez. Os cubanos são médicos, não robôs. Eles falam! E saberão criticar os problemas que encontrarem. Estarão livres para isso.

A SUSPEITA: Fiquei pensando no porquê de tanta rejeição das associações médicas brasileiras aos colegas cubanos. Não se vê tanta ojeriza quando se fala que o Brasil também importará médicos de Portugal e Espanha. Por que, afinal, os médicos de Cuba são tão criticados? Existirá alguma razão além do corporativismo para o rechaço?

Ora, a medicina cubana é reconhecida mundialmente por ser preventiva. Ou seja, por fazer o possível para impedir que a pessoa adoeça. O que isto significa? Que em Cuba, ao contrário do Brasil, se usam menos remédios. Isso tem se mostrado positivo. Hoje a ilha consegue superar até mesmo os Estados Unidos (ohhh!) na taxa de mortalidade infantil: enquanto na terra de Obama morrem 5,9 crianças a cada mil nascidos vivos, na terra de Fidel e Raul o número é de 4,7 por mil –no Brasil a taxa é quase quatro vezes maior, 16,7 por mil, embora tenha caído muito nos últimos anos.

Será que, na verdade, o que as associações médicas brasileiras temem é que chegue ao Brasil, com os cubanos, uma nova forma de praticar medicina que não a exercitada por eles aqui, uma parceria –praticamente um conluio– com os grandes laboratórios farmacêuticos? Três anos atrás, o CFM (Conselho Federal de Medicina), que agora grita contra os cubanos, desistiu de proibir as escandalosas viagens de médicos brasileiros (leia aqui) financiadas pelos laboratórios multinacionais produtores dos remédios que eles receitam a rodo para a população. Você sabia disso?

Será que o medo real do CFM não é que os cubanos tragam uma, essa sim, revolução? Uma revolução contra o excesso de medicamentos que o Brasil consome, por culpa não dos médicos cubanos, mas dos mesmos profissionais brasileiros que se recusam a atender a população do interior? Fica a pergunta.


Apoie o site

Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para assinar, você pode usar apenas qualquer cartão de crédito ou débito

Ou você pode ser um patrocinador com uma única contribuição:

Para quem prefere fazer depósito em conta:

Cynara Moreira Menezes
Caixa Econômica Federal
Agência: 3310
Conta Corrente: 23023-7
(174) comentários Escrever comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da Socialista Morena. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Thiago em 24/08/2013 - 14h53 comentou:

A taxa de mortalidade infantil em Cuba é uma mentira deslavada e escrachada. Os médicos cubanos falsificam os números a pedido do regime. Basta ver a estranha taxa de mortalidade entre crianças de 1 a 4 anos, coisa que simplesmente não acontece nas crianças menores. De duas uma: ou a taxa de mortalidade é mentirosa ou os cubanos não sabem cuidar das suas crianças depois que elas completam um ano de idade (a propósito, a taxa de mortalidade nessa faixa de idade é 35% maior em Cuba do que nos EUA). Outro dado que a esquerda gosta de esquecer é que durante o regime capitalista cubano, a taxa de mortalidade da ilha era a 13ª menor do mundo, ao passo que hoje se encontra na 44ª posição (ohhh!). Mais do que isso, a taxa de mortalidade das mães é 4 vezes superior a dos americanos (ohhh!), o que evidencia que a medicina cubana não é lá tão boa quanto a esquerda quer acreditar.

O problema da vinda dos médicos estrangeiros esbarra em dois pontos. O primeiro é a não realização do Revalida, o que torna ILEGAL a prática da medicina por parte desses indivíduos. O segundo, e esse sim se resume especificamente aos cubanos, é o fato de que o salário deles não será pago diretamente aos médicos, mas ao REGIME cubano que se encarregará de fazer a distribuição e aí sabemos que a coisa degringola, afinal ninguém em sã consciência pode confiar plenamente no governo da ditadura Castro, especialmente no tocante a dinheiro.

Responder

    Humberto Ohana em 24/08/2013 - 17h21 comentou:

    Pefeito texto.

    Tiago em 26/08/2013 - 14h35 comentou:

    Tão perfeito quanto a sua ortografia.

    Toni em 24/08/2013 - 20h58 comentou:

    E esses dados o senhor tirou de qual fonte?

    orion em 24/08/2013 - 22h50 comentou:

    Interessante … quando convém, diz que dados estatísticos são falsificados … quando não, afirma quase que com água na boca, que os outros "dados" são verdadeiros. Chega a citar "dados" da época em que Cuba era um dos lugares mais corruptos do mundo. Esse é o típico texto que parece, mas não é …

    Vinícius em 24/08/2013 - 22h55 comentou:

    Pergunto o mesmo que o Toni: de onde você tirou esses dados? Me deixou curioso. Tanto que fui atrás. Eu, no entanto, cito minha fonte desde já: o portal das Nações Unidas.
    (http://esa.un.org/unpd/wpp/Excel-Data/mortality.htm)

    Parte do que você diz é verdade. De fato a mortalidade de crianças entre 1 e 4 anos de idade é superior a das crianças recém nascidas (mas a diferença não é grande: 5/mil para 6/mil). A que fator isso se dá eu não sei, mas se formos tomar isso como indício de maquiagem estatística, teremos que desconfiar também dos dados de Brasil e EUA, visto que o mesmo se observa nesses países. E mesmo na segunda faixa etária, ao contrário do que você diz, Cuba sustenta melhores índices que os EUA, sim.

    Não é uma questão de atribuir valores, de dizer que um país é melhor do que o outro por causa disso. Mas de reconhecer um dado concreto (embora eu não consiga dissociar o cuidado que um país tem com a saúde de seus cidadãos com o grau de civilidade lá atingido).

    Acho que cabe perfeitamente reconhecer conquistas sociais em áreas como a da saúde, sustentando uma visão crítica ao regime se assim lhe couber (embora prefira deixar a segunda parte aos cubanos).

    Acho pouco enriquecedora a posição belicosa que interpreta qualquer menção ou reconhecimento de conquistas legitimas da sociedade cubana como um esforço doutrinário de “implantar o estalinismo no Brasil” ou equivalente.

    No afã de promover um vale-tudo argumentativo, utiliza-se dois pesos e duas medidas. Exemplo: você se apressa em tomar como falsas as estatísticas da Cuba pós 59; mais adiante, para dizer que o país regrediu, afirma que a taxa de mortalidade de Cuba pré-revolucionária era inferior, portanto melhor. Pode até ser verdade, isso eu não verifiquei. Mas, pelo bem da coerência argumentativa, você deveria questionar se essas estatísticas também não são falsas, visto que o regime que antecedeu o atual tampouco era democrático.

    Mas você optou pela binária lógica do “inimigo do meu inimigo é meu amigo”e simplesmente confiou. Pena.

    Vinícius em 24/08/2013 - 22h55 comentou:

    Pergunto o mesmo que o Toni: de onde você tirou esses dados? Me deixou curioso. Tanto que fui atrás. Eu, no entanto, cito minha fonte desde já: o portal das Nações Unidas.
    (http://esa.un.org/unpd/wpp/Excel-Data/mortality.htm)

    Parte do que você diz é verdade. De fato a mortalidade de crianças entre 1 e 4 anos de idade é superior a das crianças recém nascidas (mas a diferença não é grande: 5/mil para 6/mil). A que fator isso se dá eu não sei, mas se formos tomar isso como indício de maquiagem estatística, teremos que desconfiar também dos dados de Brasil e EUA, visto que o mesmo se observa nesses países. E mesmo na segunda faixa etária, ao contrário do que você diz, Cuba sustenta melhores índices que os EUA, sim.

    Não é uma questão de atribuir valores, de dizer que um país é melhor do que o outro por causa disso. Mas de reconhecer um dado concreto (embora eu não consiga dissociar o cuidado que um país tem com a saúde de seus cidadãos com o grau de civilidade lá atingido).

    Acho que cabe perfeitamente reconhecer conquistas sociais em áreas como a da saúde, sustentando uma visão crítica ao regime se assim lhe couber (embora prefira deixar a segunda parte aos cubanos).

    Acho pouco enriquecedora a posição belicosa que interpreta qualquer menção ou reconhecimento de conquistas legitimas da sociedade cubana como um esforço doutrinário de “implantar o estalinismo no Brasil” ou equivalente.

    No afã de promover um vale-tudo argumentativo, utiliza-se dois pesos e duas medidas. Exemplo: você se apressa em tomar como falsas as estatísticas da Cuba pós 59; mais adiante, para dizer que o país regrediu, afirma que a taxa de mortalidade de Cuba pré-revolucionária era inferior, portanto melhor. Pode até ser verdade, isso eu não verifiquei. Mas, pelo bem da coerência argumentativa, você deveria questionar se essas estatísticas também não são falsas, visto que o regime que antecedeu o atual tampouco era democrático.

    Mas você optou pela binária lógica do “inimigo do meu inimigo é meu amigo”e simplesmente confiou. Pena.

    Morgana em 25/08/2013 - 01h43 comentou:

    O que importa é a qualidade dos profissionais e se eles têm capacidade de prestar bom atendimento à população. Quanto ao salário, eles lá que se entendam com o governo cubano.

    Mariangela em 26/08/2013 - 01h47 comentou:

    Cada um age de acordo com o que acredita e acredita no que lhe convém.

    ricardo em 26/08/2013 - 03h03 comentou:

    Os médicos cubanos confiam mais no governo cubano, do que eu nos médicos brasileiros que receitam por propina, que dão atestados falsos, etc… É o que importa!

    nemesisx em 13/11/2013 - 09h05 comentou:

    ta santinho nunca usou atestado sem estar doente kkkkkkkkkkkk se candidata a presidencia

    Roberto Sananduva em 26/08/2013 - 18h37 comentou:

    Este cara está certíssimo. O pessoal dos CRMs e do CFM também. Errados estão os doentes desassistidos.

    André Russo em 27/08/2013 - 02h08 comentou:

    Foi perfeito em suas colocações, Thiago.

    Ana Zuleika Amorim em 29/08/2013 - 13h00 comentou:

    Essa resposta não é só para o Thiago.
    É também para quem já esqueceu as noticias de trambicagem de muitos médicos….
    Não estamos defendendo médicos de ricos, ESTA CLASSE PODE PAGAR E TEM MÉDICOS DA MELHOR QUALIDADE A HORA QUE PRECISAR!!!
    Estamos na defesa de médicos para a população carentes!
    E, é pAra essa finalidade que o governo federal está contratando esses médicos, que esperam pelo menos EDUCAÇÃO E COMPREENSÃO por parte de nós BRASILEIROS.

    Acho isso uma tremenda mentira………
    Alguns muitos, brasileiros tem uma mania feia de destorcer os assuntos, principalmente quando estes mesmos assuntos estão relacionados a politicos.
    Com certeza alguns desses médicos cubanos, irão ensinar a muitos outros médicos brasileiros como se deve tratar o ser humano.
    Tem muitos médicos daqui do Brasil, que tratam o paciente pobre como lixo.
    Para esses médicos é bom que saibam que podem ser substituidos, e por médicos cubanos…
    Fico preocupada, porque muitos desses médicos cubanos serão descriminados, por esses mesmos brasileiros que estão fazendo comentários maldosos…
    0 ego humano é algo monstruoso, tão monstruoso que impede de ver!
    A solidariedade é um dos mais belos sentimentos humanos, e que merecem nossa admiração e respeito sempre!!
    Aí uma coisa que eu realmente concordei!!!
    Sei que a situação está péssima para todos… professores, trabalhadores, médicos etc… Mas o que alguns médicos brasileiros fazem é desumano!!!
    Agora que eles viram que podem serem substituidos, querem que a população tomem suas dores… mas na hora de uma parturiente ser atendida ela ganha nenem no meio da rua em frente a um hospital, e os assistentes muitas vezes é o marido, alguém da família, ou policiais… pessoas sendo tratadas com desumanidade, em hospitais, e os médicos que trabalham lá, não aparecem, nem mesmo pra saber se o quadro do paciente inspiram cuidados…….
    Agora querem que a população compre a briga por eles… e A MAIORIA dos BRASILEIROS esquecem tudo isso, e vai humilhar a quem nem conhece, que talvez sejam a tabua de salvação de muitos que precisam..
    Vamos acabar com os medicos fantasma, que as pessoas continuem gravando e mostrando na televisão as sacanagem de muitos medicos , vão bater cartão e vão embora, tem medicos que tem mais de 10 empregos, um jornal mostrou um que tem 13, isto é uma vergonha para nos brasileiros, e depois vaiam os tucanos, eles estão aqui para acabar com essa sacanagem dos medicos fantasmas, vamos agradecer por eles terem vindo, enao maltata-los.
    Por aninha Camelo;
    Os médicos cubanos, portugueses, espanhóis ou seja lá de onde for nada têm a ver com isso. O programa Mais Médicos é responsabilidade única e exclusiva do Governo Federal. Se os médicos estão insatisfeitos, falem com os governantes. É gravíssimo ficar nas redes sociais, nas portas das salas de aulas, falando ou postando palavras de baixo calão, insinuando que é melhor do que A, B…

    O povo brasileiro devia se envergonhar de tomar as dores por quem não está nem aí para eles….
    Para mim o médico brasileiro que queira aparecer… mostre trabalho, talento, humildade compreensão com quem precisa e principalmente educação!!!
    Pensem nisso gente, deixem de descriminação, principalmente porque não vale a pena!!!!

    Natália em 03/11/2013 - 19h18 comentou:

    De fato, é tão ruim assim os médicos cubanos virem pra cá? atenderem a pessoas que moram em lugares distantes dos grandes centros, em que os médicos brasileiros se recusam atendê-los? Não todos é claro, mas a maioria privilegia os seus benefícios (econômicos) e deixam a desejar (e muito) a população mais necessitada.

    BRIAN BOTELHO em 11/11/2013 - 15h33 comentou:

    INTERESSANTE PONTO DE VISTA THIAGO.
    LI E RESPEITO SUA OPINIÃO. MAS COMO CITADO PELOS "OPINANDOS", PELO MENOS EM SUA MAIORIA, NÃO ESTAMOS EM POSIÇÃO DE CRITICAR TÃO DURAMENTE ESSE TIPO DE SITUAÇÃO, HAJA VISTA A VASTA NECESSIDADE E CARÊNCIA DAS QUAIS MUITAS CIDADES BRASILEIRAS SE ENCONTRAM QUANTO A ASSISTÊNCIA MÉDICA.
    O QUE MAIS TEMOS SÃO FATOS E MAIS FATOS, SENDO DIFICIL BASE-AR-NOS EM ALGUM PARA CONFIAR PLENAMENTE, ATÉ PORQUE NO SÉCULOS EM QUE ENCONTRAMO-NOS, COM GRANDE FLUÊNCIA DE INFORMAÇÕES, FICA DIFICIL MANTER UMA POSIÇÃO SÓLIDA.
    CONTUDO, TANTO É UMA POSSIBILIDADE DE MÉDICOS CUBANOS VIVENCIAREM UMA NOVA REALIDADE, QUANTO UM "CHOQUE" PARA OS MÉDICOS BRASILEIROS, ESTES QUE AO QUE PARECE, MANTIVERAM-SE POSICIONADOS A NÃO TRABALHAREM NOS LOCAIS DE MAIOR CARÊNCIA DE ASSISTÊNCIA, LOGO, É O MOMENTO OPORTUNO PARA APOIARMOS A VINDA DE MÉDICOS QUE SERÃO DIRECIONADOS AOS LOCAIS CRÍTICOS, PORÉM A HIPÓTESE DE INTERESSES POLÍTICOS FORA DE NOSSA VISÃO DE ENTENDIMENTO, NÃO DEVE SER DESCARTADA.

    Leandro S. em 30/11/2013 - 02h51 comentou:

    Durante o Regime do Batista, Cuba só não figurava entre os países mais miseráveis do mundo, por estar a poucos quilômetros dos imperialistas ianques, que volta e meia, deixavam alguma esmola na ilha.

Fábio de O. Ribeiro em 24/08/2013 - 14h59 comentou:

Mano, na boa… estou entre aqueles que estimula diariamente o medo-pavor e fomenta a paranoia política da extrema direita brasileira. Espero que os babacas de direita sintam tanto temor dos cubanos que se matem, fujam do Brasil ou se recusem a usar o SUS em caso de vida ou morte (morrendo por falta de assistência porque o médico é supostamente comunista). O Brasil era uma merda na mão dos pilantras de extrema direita e ficará bem melhor quando eles começarem a dar baixa no cemitério ou entrada nos EUA na qualidade de exilados políticos. Não tenho nenhuma consideração ou piedade por estes merdas. Eles que se afoguem no ódio que destilam, que morram de inanição na porta de um hospital com médico não querem ser atendidos por tucanos, que fujam do país deixando-nos em paz.

Responder

    André em 24/08/2013 - 21h34 comentou:

    Rapaz, se o Brasil virar o que é a Venezuela hoje contentar-me-ei em refugiar-me em algum país civilizado e estarei mais que satisfeito, em meu sentimento de justiça, de saber que você e outros idiotas comunistas estarão aqui vivendo (e talvez até gostando, veja só!) nos cacos que restaram do Brasil, ou no "Brasil bolivariano" em que vocês terão transformado isto aqui. Vou eu e minha família viver onde há liberdade e deixo vocês aqui com tudo o que vocês desejam. Aos porcos o que eles merecem: Petrobrás e Correios loteados de camaradas e quebrados (como a PDVSA), adoração completa ao governante, obrigatória, goste dele ou não… o todo o lixo de que vocês gostam. Não tenho nenhum problema em me exilar. E já estou pensando nisso. Ficaremos todos felizes. Eu mais.

    Pétikas Castro em 25/08/2013 - 00h02 comentou:

    André, acredite: duvido de que você tenha peito para isso. Sua noção de país civilizado está longe da realidade. Mas faz isso, sim. Vai para um país onde o aceitem de bom grado para ser um lavador de privada como tantos que já saíram daqui falando mal e agora estão voltando. Vai lá, livre-nos de do porco que come farelo e restos do primeiro mundo. Volto a repetir: duvido que você tenha peito para fazer isso.

    João em 25/08/2013 - 19h21 comentou:

    Nossa, é tanto delírio. Vai tarde, apedeuta!

    JOSÉ CARLOS em 25/08/2013 - 00h21 comentou:

    Você deve ser mais um estafeta do PT, a serviço da maior corrupção do Brasil, e mais que isso, é cego, porque o pior cego é aquele que não quer enxergar em nome de uma paixão chamado PT, é por isso que o Brasil está em todas colocações, em último lugar: tanto na saúde, na educação, em segurança e em transportes. Ah, se você não sabe ninguém vota em partidos no Brasil, e sim em pessoas

    Luiz em 25/08/2013 - 19h19 comentou:

    PT hater detectado: deixa a razão em casa e critica o que ele odeia…

    nara em 25/08/2013 - 19h36 comentou:

    É a extrema esquerda é que boa,honesta,inteligente…e a extrema direita é que é raivosa…..deixa esse blá,blá de direita e esquerda,de discursos de papagaios,chatos,superados,repetitivos,viciados e vai pensar como povo,"povão".vai 'litar" pela decência,contra corupção,independenete de lado.Os políticos,de todos os partidos,são oportunistas,corruptos,espertos,ambiciosos que pouco tão se lixando pra nós.Fingem defender ideologias,posições e depois se associam a outras correntes de ideologias outrora combatidas por eles mesmos,tudo em nome do poder.Ou já esqueceu das associações entre PT e Maluf e Sarney,Collor e outras porcarias mais, (mais elite impossível)….Vai brigar contra a corrupção patrocinadas pelos PeTralhas mensaleiros e tbm elitizados,contra a tucanada já elite assumida…vai lutar pelo teu povo e deixar de lado essas baixarias patrocinadas por quem ocupa o poder.Pergunta para a Dilma e Lula se eles abririam mão de suas riquezas para distribuir aos menos favorecidos.A casa que Dilma comprou aqui em Porto Alegre,revela bem sua natureza "humilde".E brasileiros contra brasileiros,povo contra o povo…

    paulo em 27/08/2013 - 15h50 comentou:

    Cara, concordo totalmente. Essa "estória" de esquerda e direita é balela, políticos não mantêm suas ideologias, é apenas um jogo de interesse. Esse lance de ficarmos brigando entre esquerda, direita, centro-esquerda … e bobagem. Devemos sim é lutar por uma vida mais justa, melhores salários, transporte, lazer, saúde, segurança, e não entre nós, dificultando a união. Fica mais fácil "conduzir" uma nação desunida, um povo que briga entre si. Olhe nas ruas, quando havia manifestações, demonstrações de descontentamento "maciço" da população, os "políticos" procuraram dar uma "resposta", foi só o povo sair das ruas que a corja voltou à zona de conforto deles, e nada estão fazendo. Assim como tem o ditado: "não há refeição de graça", também não lhe entregarão nada sem luta, sem protesto. Se queremos mudanças temos que "lutar" por elas.

    Nanda em 27/08/2013 - 01h52 comentou:

    Amei seu comentário Fábio! Concordo contigo!

    Vitor em 27/08/2013 - 14h11 comentou:

    Kkkkkkkkkkkkkk… Freud explica!

    Jonathan Pirovano em 07/09/2013 - 03h04 comentou:

    Cara, tu é um alienado, sinto pena de ti.

    Joaquim Caldas em 09/09/2013 - 07h09 comentou:

    Você,Fábio,deve ler mais um pouco sobre partidos da esquerda.Você chama tucanos de "Direita"? Relacione os partidos de direita no Brasil? Não tem!!!! O que existe é o PSDB controlando os partidos que eram de direita,o PT controlando os partidos de esquerdas e o PMDB controlando os partidos de centro.No compto geral e unidos são todos de esquerda.A prova é tanto que eles estão proibindo a criação de novos partidos.Isso tem nome perante o comunismo: teoria das tesouras.

Débora Alves em 24/08/2013 - 15h39 comentou:

Já comecei a leitura me acabando de rir: "direita burra". Continuei me contorcendo, as gargalhadas, ao ler o corpo do texto: como uma comediante de primeira, distorce e aumenta os fatos para, no fim fazer a piada.
Procurando por textos contrários aos "da mídia golpista" pela internet (afinal, sempre gosto de me informar antes de formar uma opinião)' me deparei com seu blog há alguns meses e foi paixão a primeira vista. Mesmo que meu comentário não seja publicado, gostaria que soubesse que sempre passo por aqui e considero seu blog um dos melhores na categoria humor… Os comentários dos pseudo socialistas sao só a cereja do bolo. Continue assim…

Responder

    Roper em 22/06/2014 - 15h40 comentou:

    Viu? não proibiram seu comentário! Isso prova o quão perigoso sua opinião representa para seus aniversários!!!

    doni em 29/01/2015 - 14h42 comentou:

    Se o burro tivesse consciência de sua burrice, deixaria de ser burro. Continue rindo Débora

Cristiano Andrade em 24/08/2013 - 15h44 comentou:

A paranóia com o Revalida dos médicos estrangeiros é o novo "comunista come criancinha". E essa historinha agora de que os números em Cuba são fraudados? Vamos admitir o posicionamento ideológico e debater sem hipocrisia. Trata-se de explicitar a sua ideologia. Simples assim. Ha duas opções claras: ser favorável a uma política universalizante e igualitária para a saúde, nada relacionada à lógica privada ou ser favorável à lógica dos planos de saúde privados, dos grupos empresariais hospitalares e dos laboratórios farmacêuticos internacionais.

Responder

    Joaquim Caldas em 09/09/2013 - 07h15 comentou:

    Não são os políticos que estão impedindo os médicos cubanos,é o povo que se acha traído por estes bandidos que governam o Brasil.Somos um povo honrado,governados por ladrões,terroristas e assassinos.

    Pedro Dias Moreira em 24/04/2014 - 19h54 comentou:

    Colocou muito bem Cristiano, comungo esse mesmo pensamento seu.Infelizmente nossos médicos querem mesmo é "deitar e rolar' usando o dinheiro público para sua formação e depois servir ao capitalismo e dele se deleitar etc.

Eduardo Dias Campos em 24/08/2013 - 16h12 comentou:

Sabe o que eu não consigo entender? Por que se recusam a fazer o Revalida? Não importa se é cubano, português, americano ou japonês. Revalida existe pra isso. Pra tirar essas dúvidas. É isso que os CRMs e CFM pedem, e o governo insiste em ignorar.

Responder

    Emilio em 25/08/2013 - 00h39 comentou:

    Porque os médicos brasileiros não fazem o Revalida. Poucos, ou pouquissímos seriam aprovados.

    Emil em 25/08/2013 - 16h59 comentou:

    Pouquíssimos? Baseado em que fala isso? Suposição? E que tal irmos aos fatos? Formandos da UFRN fizeram o Revalida e tiveram 70% de aprovação. Estamos falando de uma faculdade que está longe de ser uma das melhores. Este dado simplesmente é convenientemente ignorado. Vá no site do CFM que terá mais informações, se tiver um pouquinho de honestidade intelectual.

    André Ruas em 25/08/2013 - 01h03 comentou:

    Concordo, não há recusa em fazer, mas o programa os desobriga em razão do caráter emergencial do mesmo, além de não necessariamente esses médicos ficarão no Brasil e o revalida é obrigatório para os que fincarão residência. Eu queria saber qual a razão de as entidades médicas orientarem aos estudantes brasileiros que foram convidados a fazer o revalida, a não fazerem. Será por medo de acontecer o mesmo quando formandos de SP fizeram a prova montada pelo CREMESP, quando 56% reprovaram?

    Vitor em 27/08/2013 - 14h18 comentou:

    Caráter emergencial? Heim? Tiveram 10 anos pra fazer algo pela saúde e só foi feito esse programa as pressas pq a população foi protestar nas ruas e para forjar um candidato ao governo de São Paulo!!! Ah, esses militantes… eles realmente acham que os poderosos do PT estão preocupados mais com a população que com seus votos… (assim como os poderosos do PSDB, PMDB, PSB, etc)

    Vagner Maciel em 25/08/2013 - 02h18 comentou:

    O REVALIDA é para quem vai exercer a profissão como autônomo ou empregado de clínicas particulares. Os profissionais contratados pelo governo têm data para encerramento e não poderão exercer a medicina paga.

    CAM em 25/08/2013 - 21h39 comentou:

    Boa Vagner, os profissionais cubanos não estão vindo em caráter de profissionais liberais e sim para participar de um programa que frente as suas limitações pode desconsiderar o Revalida. Eduardo, também me incomoda a não aplicação do Revalida, aplica e pronto, mas vamos aos fatos: demoraria mais tempo, outro, frente a não participação dos médicos brasileiros no programa, desconsiderando assim a população que se encontra nessas regiões de vazios de atendimento tu não acha que impor posições fica complicado. Ou seja, os médicos brasileiros não querem, e não querem que quem se habilita para a posição atue, tu não acha um pouco de hipocrisia nisso? Os médicos não deveriam trabalhar em busca de saúde? Não interessa se os Cubanos são 50%, 65% ou 99% habilitados, NÃO HA MÉDICOS NESSES LOCAIS, E OS NOSSOS NÃO QUEREM TRABALHAR LA! Se estão preocupados com a qualidade dos atendimentos, simples, vão trabalhar la!

Pablo Matra em 24/08/2013 - 16h50 comentou:

O comunismo fede.

Responder

    Hilbert Santana em 26/08/2013 - 17h31 comentou:

    Já está pronto para defender uma tese de doutorado, amigo!

    Victor Amon em 27/08/2013 - 05h37 comentou:

    Uau. Me elucidou muito.

    Carol em 27/08/2013 - 15h18 comentou:

    Você também!

    Vanderlei em 28/08/2013 - 02h14 comentou:

    Muito bom?
    Eita gente sem noção, será que descobriram que a guerra fria acabou com o muro de BERLIN?

    Vitor em 28/08/2013 - 15h01 comentou:

    O comunismo é maravilho… no papel! Na realidade é vencido pela natureza humana, com sobras!

Muleke doido em 24/08/2013 - 16h51 comentou:

Eu não sou psdb e nem pt, prefiro ver a política fora da ótica de partidos. Eu reconheço tudo de bom que o pt fez nos seus 3 mandatos seguidos, mas agora está na hora dele sair. Está comprovado que o pt é igual aos outros partidos. Eu clamo a todos que votem contra o pt nas próximas eleições, nao quero indicar nenhum partidos, apenas votem contra. Os companheiros estão se achando os donos do Brasil, estão achando que nunca vão sair do poder. Nosso país precisa de mudanças e elas não vão acontecer com os petralhas no poder.

Responder

    Marianne em 25/08/2013 - 12h08 comentou:

    E você, que usa o termo ´petralha´, ainda diz que vê a política fora da ótica dos partidos? Será que espera MESMO ser levado a sério?

    BladEhD em 26/08/2013 - 23h14 comentou:

    querer anarquia no Brasil é o mesmo que querer democracia no mundo arabe…

    Dora Rocha em 07/09/2013 - 02h54 comentou:

    Quem vai entrar ? Aécio ou Serra? Seria escolher entre o diabo e o capeta ! Todos dois entregarão a PETROBRÁS para a CHEVRON, que está com as garras direcionadas para o pré-sal brasileiro !
    A direita ficou 502 anos no poder e criou um dos países mais injusto e concentrador de renda do planeta. Deixem o PT continuar com suas políticas de inclusão social que levarão o país a estágio de desenvolvimento e melhores condições de vida para os milhões de pobres e miseráveis deste país.

    Joaquim Caldas em 09/09/2013 - 07h23 comentou:

    Depois de Collor nunca houve eleições para presidente,o que houve foi simulação de eleição para disfarçar a democracia.Cuba controla todos os países da América do Sul,inclusive por hacker,fraudar as eleições de quaisquer país signatário ao regime cubano.Brasil é um deles.As eleições na Venezuela teve a fraude nas urnas-e por Cuba,derrubando Caprilles.Imagina se houvesse eleições,no Brasil, Dilma seria eleita? Lula? FHC? Todos revolucionários,anistiados com o dinheiro de Cuba?

    dino em 12/12/2013 - 17h36 comentou:

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

ricardo andre em 24/08/2013 - 17h20 comentou:

Prezada blogueira.

Creio que há uma falta de informação de sua parte ou uma forma tendenciosa de abordar o assunto. Eu não li em nenhum lugar que as entidades médicas brasileiras são contra a vinda de cubanos, espanhois ou [portugueses, mas sim contra a atuação destes junto a população de médicos sem prestar o exame de revalidação, que se usa para provar a competência de sua formação. Falou que a prova é muito difícil e feita prá rodar. Bom, pelo que eu sei que faz e aplica a prova é o INEP do ministerio da educação e foi feito um estudo piloto no riogrande do norte entre os estudantes, sendo que os estrangeiros não obtiveram 10% de aprovação, enquanto que os estudantes daquele estado tiveram mais de 70% de aprovação. Em tempo, nenhuma entidade médica brasileira participa do exame. E sobre o pagamento: não 4.000 reais, são 10.000 reais, ou 480 milhões por ano, além do deslocamento e treinamento inicial de 3 semanas e este valor é pago diretamente ao governo cubano que, este sim, decide quanto vai pagar a cada cubano alocado no programa.

Sabe, sou a favor do programa da vinda deles, não acredito que vão melhorar a saúde do povo, mas para aqueles que precisem de um ouvido apenas, e não de remédios pois precisa de atenção, pois a doença não é física, isto vai adiantar muito. Mas qunado leio um texto como o teu, perco a vontade com a causa e tento entender a real motivação disto, pois se parece igualzinho a direita reacionária que tenta a ssustar o pobre com mentiras.

Responder

    silvia em 25/08/2013 - 18h08 comentou:

    Parabéns Ricardo, gostei muito do seu comentário e concordo com ele..

    CAM em 25/08/2013 - 21h41 comentou:

    Desculpa Ricardo mas sabes que os 10 não ficaram com os médicos certo? Quanto ao gasto total OK. Que bom que os universitários apresentam tão qualificado rendimento, porque eles também não aproveitam e vão trabalhar nessas cidades?

    Priscila em 27/08/2013 - 02h27 comentou:

    na boa cara,não tem nem médico pra ir pro ânus do Brasil e vc ainda fica pedindo revalida? nem os burguesinhos querem fazer esse teste pq não passam. Quem critica a vinda desses médicos com certeza não está em nenhuma das 700 e poucas cidades q eles irão atuar, eu estava louca pra Dilma me escravizar por 10 mil porque sou professora e não recebo isso nem em seis meses dando aula, aliás estou ficando desconfiada que os tucanos de SP estão me escravizando kkkkkkkkkkkkkkkkk

Julio em 24/08/2013 - 17h28 comentou:

O Revalida é uma ótima referência, mas deveria ser aplicado também aos médicos formados no Brasil, como a prova da OAB. Aí sim aferiríamos a validade do exame, seria possível comparar a qualidade da formação de brasileiros e compará-los a médicos estrangeiros,
Defendo o direito dos cubanos receberem diretamente do governo brasileiro, considero justo, mas… Esse questionamento só vale para os médicos cubanos ou vamos também defender o direito do trabalhador terceirizado receber diretamente do contratante da mão de obra?
Porque essa suposta defesa dos interesses dos direitos de cidadania e trabalho dos médicos cubanos não é usada para defender os milhares de trabalhadores terceirizados que recebem menos de 1/3 do valor pago a empresa contratada.
Concordo em gênero, número e grau com o texto, o medo é de outra ordem!!!

Responder

Humberto Ohana em 24/08/2013 - 17h31 comentou:

Nao adianta vir com medicos do mundo inteiro, o governo poderia trazer mais de 2 milhoes deles de nada adiantaria se a estrutura nao eh compativel com a quantidade ou ate mesmo qualidade, leva-se mais de 20 minutos para conseguir ambulancias e pessoas morrem nas filas de HOSPITAIS dos grande centros e tambem tem gente ate parindo filho em porta de HOSPITAIS publicos, sei da qualidade dos cubanos , isso realmente e inegavel, mas eles deveriam sim passar por Revalida para a pratica da medicina no Brasil, o que esta acontecendo aqui eh simplesmente uma forma de burlar a constituicao pois a pratica deles sem a Revalida eh ILEGAl , mais isso a esquerda maldita nao fala, esquerda essa que por sua ignorancia bersal nunca mudara , pois com sua corja de corruptos conseguem hoje por pouco tempo se manter no poder mais um dia a casa ira cair, que os medicos sejam bem vindos , e com certeza irao sim desertar cuba, quer apostar ??

Responder

    zé filho em 25/08/2013 - 02h48 comentou:

    Se não dá para fazer tudo de uma vez, que comecem por algum ponto. O primeiro passo é trazer os médicos, depois adequar as estruturas, depois outras tarefas. O que não pode acontecer é ficar uma coisa travada pela falta da outra.

    leo em 26/08/2013 - 17h05 comentou:

    Ou seja, vamos colocar a carroça na frente dos burros?

    Vitor em 27/08/2013 - 14h25 comentou:

    E qual é mesmo o motivo de começar após 10 anos? Ah, não haviam protestos, nem risco de perder eleições? Entendi! Que baita governo esse! Vamos deixá-los mais 10 anos no poder!

    Priscila em 27/08/2013 - 02h30 comentou:

    não adianta trazer médico? fala isso pros caras que estão na fila do SUS tentando marcar uma consulta com médico e não conseguem por falta de médico kkkkkkkkkkkkk
    sinceramente quem fala q nao falta médico usa convênio médico e não sabe a falta de profissionais no interior e nas periferias das grandes cidades

    Ricardo em 27/08/2013 - 11h08 comentou:

    O Revalida nada tem a ver com a Constituição. Se a não realização do exame fosse contra a Constituição seria "inconstitucional", mas não o é, já que nela não existe nenhum artigo que trate desse assunto. Nem mesmo ilegal ele é. Por quê? Porque uma lei, regra geral, quando feita ressalva sempre os casos excepcionais, emergenciais, as necessidades decorrentes do interesse público etc. Veja-se a lei de licitação. É uma regra obrigatória, mas pode ser dispensada no caso de calamidades publicas, por exemplo, em que o Estado tem de comprar equipamentos, remédios etc. com urgência para atender uma situação emergencial. Podemos até discutir se a vinda de médicos estrangeiros nessas condições se insere num caso destes, mas daí a dizer que é ilegal vai um longo caminho. mesmo porque os médicos terão uma espécie de autorização provisória para o exercício da medicina no Brasil por um prazo determinado, em certos lugares e nas condições previamente estabelecidas.

    Joaquim Caldas em 09/09/2013 - 07h30 comentou:

    Humberto Ohana.
    Parabéns pelo comentário. Porque estes governantes não falam em importar 81 senadores e 513 Deputados Federais? É o que nós estamos precisando?

Eduardo Moreira em 24/08/2013 - 17h54 comentou:

Não tenho ideologia política, nem de esquerda, nem de direita. Acho que essa sua análise esta meio equivocada e muito mais pautada em valores da ideologia da politica esquerdista do que no futuro médico da população. A corja do governo brasileiro visa, com a vinda de cubanos para o Brasil, praticar a utopia fútil diante da população aculturada e sem informações com fim de praticar ações paliativas e eleitoreiras e conquistar por meio da população carente a vigência de mais 4 anos no governo federal. A vinda dos médicos é aceitada sim pelo CFM, todavia tem de ser feito o REVALIDA, prova pela qual os médicos são avaliados de suas capacidades médicas, a fim de certificar a população, carente ou não, que terá acesso a uma saúde digna e confiável. Quanto ao salário dos médicos cubanos concordo com o Thiago, visto que os 10 mil reais pagos por médico estrangeiro serão diretamente pagos ao governo cubano e repassados aos médicos ou suas famílias sem qualquer respaldo, ou seja eles receberão o que o governo quiser pagar o que provavelmente será não mais que 20 dólares ao mês que é o que um médico cubano ganha em seu país. Enfim seu texto tem vários pontos com argumentação ideológica e sem lógica para a saúde brasileira.

Responder

    Amanda em 25/08/2013 - 07h44 comentou:

    véi o nome do blog é: SOCIALISTA morena. ..
    A ideologia tá meio clara, não?

    Vitor em 27/08/2013 - 14h30 comentou:

    Esse "esquerdismo way of life" confunde! Seria ela uma socialista "yankee"? Rsrsrs

Dodge em 24/08/2013 - 18h07 comentou:

E outra, Cuba está em 56º lugar, 53 óbitos / cem mil nascidos vivos (2008), enquanto o Brasil aparece em 81º. Os EUA, sem embargo econômico algum, tem 24 óbitos / cem mil nascidos vivos (2008). "taxa de mortalidade das mães é 4 vezes superior a dos americanos" Quatro vezes superior??? Além da desonestidade intelectual, é péssimo em matemática.

Responder

    Douglas Eric em 25/08/2013 - 18h08 comentou:

    87% de todas as estatísticas são inventadas na hora. (Inclusive esta)

    Aliás, 2008. Já faz um tempinho hein?
    Será que em 5 anos ninguém mais fez nenhuma pesquisa?

Renata em 24/08/2013 - 19h31 comentou:

Thiago, daonde você tirou essas informações? Porque os dados de organizações internacionais – incluindo o World Bank, uma das instituições mais capitalistas do Mundo – não batem com o seu comentário, cheio de grandes adjetivos e visivelmente com pretensão de difamação.
O programa do governo anunciou a vinda de médicos espanhóis, portugueses e cubanos. Mas todos se focam somente nos últimos. Quanta xenofobia e racismo! Chovem críticas e difamações sobre a capacidade desses profissionais sem ao menos conhecer ou buscar conhecer como é a formação médica cubana (elogiada internacionalmente, diga-se de passagem!)
O Programa Mais Médicos tem MUITAS falhas e de fato merece muitas críticas. Mas é ridículo focar a questão em difamações preconceituosas e infundadas contra os médicos cubanos.
E também é vergonhoso assistir a histeria descarada dos médicos, que vêem ameaçada sua reserva de mercado e lutam para mantê-la intacta, mesmo que às custas do sofrimento da população.

Responder

charles em 24/08/2013 - 19h31 comentou:

Com base em que informação vc diz que os médicos cubanos ganharão até 4 mil por mes? Eu duvido que eles ganhem mais de 2 mil reais por mês, mas tudo isso vai depender das contas do Fidel, e agora porque os outros estrangeiros ganharão 10 mil sem atravessadores….o que mais incomoda nessa situação toda é justamente o nosso dinheiro que será desviado para a ditadura Cubana…mas fazer o que né, não será a primeira vez….

Responder

gnomodomattos em 24/08/2013 - 20h22 comentou:

Achando melhor desconsiderar a liberdade dos Médicos Brasileiros que escolhem onde trabalhar, as pessoas estão preocupadas com o sistema escravista que controla os Médicos Cubanos.

Preocupados com a assistência médica preventiva, com as equipes de Saúde da família, que promovem ações preventivas à Atenção Básica de Saúde Pública, médicos e cidadãos perguntam por Hospitais.

Se preocupam também com as famílias dos médicos, pois desejam que aconteça o mesmo que acontece com o os brasileiros que vão estudar em Cuba e trabalhar em outros países, que sempre levam seus familiares apoiados pelo governo.

Por causa de tanta preocupação, alguns estão clamando pela intervenção da ONU, justamente num momento onde eles deveriam pressionar ações que atuem no esforço de encerrar o impasse na Síria, que dura 29 meses e foi agravado com as denúncias de uso de armas químicas contra civis, matando 1.300 pessoas, inclusive crianças

Interessante,os Cubanos devem ter pago muito caro pelo curso de medicina e acredito que a ONU deva intervir, por causa da enorme quantidade de meninos de rua que moram nas ruas de CUBA, dos que cheiram cola iguais aos cidadãos livres do nosso país.

Dos que não tem direito à educação por causa da guerra do tráfico que é justamente colaborada pelo estado. Depois de resolver o caso de Cuba, que é muito mais grave, a ONU deveria vir ao Brasil para receber a medalha dos EUA, que não tem muito influência sobre nossos meios de comunicações majoritários e sem influência nacional.

Enquanto isso eu canto para o Conselho Tirano de Medicina, para felicitar a preocupação de alguns brasileiros humanotários :

"A instituição que NÃO consegue saciar a demanda
quer mandar em quem é que manda mendicar, mede aí, Médico!"

A minha vó Gilu, sempre dizia:
"ande seu só"

Meu pai também me enchia:
"ladrão só, puta só"

Fiquei meio traumatizado, por isso não consigo ir na onda duzôtro.

Só espero que, preocupados com os Cubanos, eles não façam as pessoas menos favorecidas sofrerem, afim de dar-lhes uma mãozinha para fazê-los voltar para Cuba, pois para não atrapalhar, alguns profissionais da área já prometeram não ajudar os médicos cubanos em seus atendimentos.

O que os capitalistas exagerados querem é apenas ajudar.

anonimatttos

Responder

Wilson em 24/08/2013 - 20h32 comentou:

Como pode um Estado ter uma Medicina de excelente qualidade se não existe intercâmbio de conhecimentos entre os Médicos.Nunca conheci um Médico que more em Cuba e frequente um congresso de Medicina.Nunca ouvi falar de um congresso de Medicina em Cuba.Das duas uma, é realmente muito além do conhecimento dos outros países,mas se fosse assim, pq não se submetem ao revalida…se fosse assim tão bons,Chaves estaria vivo, ainda bem que não é…Qto ao plano de médicos guerrilheiros não me surpreende.Na Regiáo de Presidente Prudente, no Pontal do Paranapanema, os Cubanos estão presentes desde o come;o da década de 90, estão treinando o MST em táticas de guerrilha.Agora recentemente estão treinando os Black Blocs no Mato Grosso.O PCC é o membro direito superior das Farc`s, depois serão descartados claro.Não é a toa que a ROTA esta construindo um Batalhão em Presidente Prudente, fato in[edito,pois, a ROTA sempre teve sua base na Capital, junto irá o COE que [e preparado para incursões em Área de Selva.Mas não, os Cubanos q se dizem médicos estão aqui somente para ajudar.Pensa que somos todos idiotas com essas mentiras.

Responder

    damastor dagobé em 24/08/2013 - 21h48 comentou:

    de maluco e de louco todo médico tem um pouco???? eu disse pouco????

    Ellen em 25/08/2013 - 01h03 comentou:

    Nossa, quanta paranoia num comentário só…

    Renata em 26/08/2013 - 14h39 comentou:

    A falta de conhecimento confessa de um único indivíduo não pode ser considerada como evidência da qualidade e competência da medicina de país nenhum. A única conclusão que se tira do seu comentário é de que você ignora a situação da medicina cubana, nunca conheceu um médico que viva lá e desconhece os congressos que acontecem naquele país.
    O fato de nunca ter encontrado um médico ou ouvido falar de um congresso islandês, sueco, finlandês, norueguês, tcheco serve como atestado da situação médica desses países? É claro que não! Seu comentário carece lógicca!

    Wilson Sem Moral em 28/12/2014 - 19h47 comentou:

    Você tá certíssimo. E digo mais: O Foro de São Paulo envia dinheiro pras ONGs que recolhem cachorros abandonados nas ruas de todo o Brasil pra adoção. Eles estão colocando uma coleira comunizadora nesses cães que, ao latirem, injeta mensagens subliminares nos cérebros das crianças que adotam os cachorros para torná-las comunistas. A solução é arrancar as coleiras de todos os cachorros. Joaquim Barbosa foi expulso do STF porque descobriu isso. Mas toda a verdade saiu na revista Arial Bold da cidade de Toronto, na Polônia, e os comunistas não tem mais como esconder.

Fernandes em 24/08/2013 - 21h12 comentou:

A nobre socialista apenas "esqueceu" de citar as fontes de onde ela retirou essas "versões" direitistas sobre a vinda de médicos cubanos. Ou talvez, por saber que a maioria de seus leitores, de tando ouvir seus professores falando bem da espetacular medicina cubana, nem se darão ao trabalho de pesquisar se existe uma direita brasileira falando tosquices dessas.

Não sabia que existe auditoria nas estatísticas de ditaduras. Eu não confiaria tanto nos números que Cuba apresenta ao mundo sobre suas benfeitorias.

E aí, morena, quem é essa direita que fica amedrontando a opinião pública? Ou era só para mistificar o debate?

Responder

    morenasol em 24/08/2013 - 21h37 comentou:

    é só você acompanhar seus amigos de direita nas redes sociais que você vai ver. vá também nos blogs "limpos" da direita que você acha. foi de um deles que tirei as duas imagens que ilustram o post. o que você achou delas? delirante é pouco, hein?

    Fernandes em 25/08/2013 - 00h22 comentou:

    Meus amigos de direita e eu também temos versões mais embasadas para esse fenômeno que está acontecendo no Brasil. Sobre memes, eles são utilizados, tanto pela esquerda quanto pela direita, para provocar os adversários. Quando quero rebater o alto pensamento de esquerda, foco em figuras como Saflate, Emir Sader, Chauí… não fico desconstruindo memes e cantando vitória como se estivesse destruindo toda uma corrente de pensamento. Sinto muito, mas para pessoas um pouco mais inteligentes fica logo claro que a intenção (como sempre foi) é só a defesa do indefensável: políticas abjetas do PT com a blindagem da "mídia independente".

    PS.: Sem querer intervir na política do seu blog, você deveria sim citar as fontes. Isso é uma questão de… ética (ops!). Mas sei que você conhece bem sua plateia: a esquerda não lê a direita, se o fizesse não haveria esquerda no Brasil. Inclusive este foi o meu pecado, atravessar essa fronteira e perceber a debilidade intelectual de vocês.

    Continue se sentindo vitoriosa, rebatendo memes!

    morenasol em 25/08/2013 - 04h19 comentou:

    que fontes, amigo? você é tão inteligente que é incapaz de entender ironia?

    Andrey em 25/10/2013 - 17h25 comentou:

    Nossa, o cara te destruiu.

    GAME OVER

André em 24/08/2013 - 21h45 comentou:

Querida Cynara. Como acho que você não entrou em uma faculdade de medicina e não entende nada do assunto, como pode-se ver pelo seu texto, quero fazer algumas observações.
1) medicina preventiva é a menina dos olhos de qualquer faculdade de medicina brasileira. Todos saem da faculdade com este pensamento e com este desejo.
2) o SUS é ensinado com tanta paixão nas faculdades de medicina que saímos apaixonados por ele, seus princípios, seus objetivos, seu caráter preventivo. A dura realidade conhecemos ao sair das faculdades…
3) Procure saber quanto o seu governo (seu porque não me representa) gasta na saúde preventiva. Diga-me qual o investimento tem feito. Diga-me quanto gasta na prevenção e quanto gasta na alta complexidade. Diga-me como ele remunera os clínicos gerais e como remunera as cirurgias e procedimentos de alta complexidade. E então você verá se o governo do PT realmente estimula a medicina preventiva.
4) Não entendi o que fez o CFM de errado ao coibir relações obscuras entre médicos e laboratórios farmacêuticos. Fez muito bem. Assim como existem bons e maus blogueiros, bons e maus jornalistas e bons e maus profissionais de todas as áreas, existem também bons e maus médicos. Eu, que sou médico e sou honesto, gostei muito das restrições impostas a estas relações condenáveis. O CFM está ai para isso.

Responder

    morenasol em 24/08/2013 - 22h07 comentou:

    você entendeu errado ou faz de propósito? como está escrito no texto, o CFM, há três anos, DESISTIU de fazer qualquer restrição ao patrocínio dos laboratórios às viagens dos médicos. muitas delas de puro turismo pago pelos mesmos laboratórios que produzem os remédios que receitam A RODO. não existe medicina preventiva no brasil. existe, sim, excesso de medicalização. mas não são todos os médicos que são assim, não. só os ruins

    CAM em 25/08/2013 - 21h44 comentou:

    André, pode me responder porque os médicos com tão grande desejo de trabalhar no SUS, acham um absurdo trabalhar por menos de 10 ou 20 mil? Afinal, qual a porcentagem da população que ganha isso? Anos de estudo? Tudo bem. Porque um Professor por mais graduado que seja (especialização, mestrado, doutorado, pós-doutorado) NUNCA vai ganhar isso em uma escola?

André Cunha em 24/08/2013 - 22h08 comentou:

"Os médicos não terão acesso à internet nem à televisão. De vez em quando, poderão escutar rádio, mas apenas músicas da Nova Brasil FM." Hahahaha! Valeu, Cynara! Nesse você tava afiada!

Responder

juliano em 24/08/2013 - 23h53 comentou:

as fontes são médicos refugiados nos estados unidos. pois os dados da ONU são os mesmo repassados pelo regime comunista de cuba

Responder

    Eduardo em 25/08/2013 - 14h26 comentou:

    Médicos financiados pelos EUA como aquela blogueira?

tiaporanga em 25/08/2013 - 00h52 comentou:

Caso os amigos tenham interesse, visitem a página da CIA – ela mesma, a Central Intelligence Agency – em https://www.cia.gov/library/publications/the-worl
Lá ficamos sabendo que a CIA considera como dado real que a mortalidade infantil em Cuba é um pouco menor do que nos EUA e muito menor que no Brasil.
Há médicos manipuláveis e e obtusos, assim como os há jornalistas, engenheiros, cabeleireiros e livreiros. Esses estão chiando.
O que me pergunto há décadas é porque o Brasil, um país tão cheio de recursos, ainda não conseguiu reduzir a mortalidade infantil aos níveis de Cuba, um país pobre.
O Brasil é um país doente, há muito. Padece dessa insistência em não se olhar no espelho. Não consegue enxergar o ridículo de certas polêmicas, enquanto nossa gente continua assolada pela ignorância e pela injustiça.
O fato incontestável é que, com todas as limitações e erros, sempre foi a esquerda brasileira de todos os matizes quem sempre pensou à frente. A elite reacionária e obtusa não quer que sejamos Cuba, mas não se importa que sejamos Haiti.

Responder

Tadeu Veiga em 25/08/2013 - 01h21 comentou:

Agora falando sério: existem 4.000 médicos em Cuba prontos para trabalhar no Brasil? Se existem mesmo, então alguma coisa está errada lá. Ou mais de uma. Já dizia Ataulfo: laranja madura, na beira da estrada, ou tá bichada ou tem marimbondo no pé…

Responder

    Renata em 26/08/2013 - 18h38 comentou:

    Não são médicos desempregados que estão vindo de Cuba para cá. São médicos contratados pelo governo cubano que trabalharão no Brasil por tempo determinado; após tal período, retornarão aos seus cargos públicos em Cuba.
    Pense numa empreiteira brasileira que preste um serviço num país estrangeiro. Ela desloca seus funcionários para esse país e lá eles trabalham até o término da obra. Depois, eles retornam ao Brasil e seguem seu trabalho na mesma empresa.

Felipe Florindo em 25/08/2013 - 02h13 comentou:

Perfeito Vinicius, Parabéns!

Responder

Joel Félix Prata em 25/08/2013 - 03h53 comentou:

Acho muito bonita a defesa da conjuntura médica atual do nosso país. Aqueles que a defendem a não vinda de médicos estrangeiros ao Brasil. Sequer conhecem o Brasil além de clínicas médicas assistidas por profissionais que recebem por consultas valores que estes mesmos podem pagar sem fazer qualquer diferença em seu bolso, geralmente os filhos da corrupção, do dinheiro fácil. São pessoas que têm uma certa ligação com a medicina como negócio, como algo covarde que, na necessidade do outro aproveita-se para tirar tudo que ele tem em função de uma necessidade funcional em sua vida.
Covardia é a palavra. Vejamos, quando digo que esses miseráveis, carniceiros, deixam pessoas esperando por um atendimento e não os atende por falta de dinheiro, merecem o desprezo.
Conhecer o Brasil, digo conhecer o interior deste Brasil, o qual poucos médicos brasileiros quer ir, e nem deixar outro ir, o bom mesmo é ver a miséria instalada; é aquele pobre miserável chegar a metástase da sua enfermidade para ai sim procurar o "doutor" (que nunca fez doutorado) e dar-lhe tudo que possui (bens), para ter sim a satisfação de ter um atestado de óbito digno de um médico brasileiro.
A desculpa para a não concorrência é a validação do diploma. Chama todos os médicos pra fazer essa prova, duvido que aceitarão, duvido que passarão todos, principalmente os paquidermes que fazem apologia à não vinda dos cubanos. Médicos brasileiros, mostrem que realmente são bons, sejam humanos, trabalhem sem ao menos um minuto pensarem em quanto vão ganhar.
Coloquem como objeção: todos vamos fazer uma prova de conhecimento, não de medicina, mas de humanidade. Ai poucos passariam. Pensem nisso, amanhã quando forem atender seus pacientes; vejam eles como gente, não custa nada. (Bom, mas se não custa nada então fica difícil "né").

Responder

    CAM em 25/08/2013 - 21h46 comentou:

    É isso.

Caputlesfruble em 25/08/2013 - 04h37 comentou:

Que por trás desta agonia impugnante há um interesse capitalista não tenha dúvida. Encaminhe-se à uma consulta sem ter absolutamente nenhuma enfermidade, e simule alguma. Verá que o receituário lhe trará indagações. E o mais importante não foi citado pelos negativamente afetados com o texto: o fato de não haver médicos brasileiros dispostos a clinicar nestes municípios esquecidos. Nossos doutores que se voluntariaram a promissão de Hipócrates olvidaram-na ao jogarem o chapéu de formatura.

Responder

    João em 25/08/2013 - 19h23 comentou:

    Basta ver o tanto de estúpido comentando por aqui e seus argumentos anti-PT hilários! Acreditem, essas pessoas crêem que o comunismo existe.

    Alexandre em 26/08/2013 - 22h01 comentou:

    Péssimo texto.

    Caputlesfruble em 28/08/2013 - 14h46 comentou:

    Pode ser, mas o mais importante que é o contexto não foi por você rebatido. Isso já me deixa feliz, pois fica bem claro qual a sua verdadeira intenção e posicionamento. Abraço.

avafonso em 25/08/2013 - 07h58 comentou:

Mais uma solucao politicamente marketing, onde estão os hospitais e remédios? Sarney saindo próprio estado pense tratar em sao,Paulo num hospital particular. Esses médicos passaram por exame de capacitação? Vindos de um pais onde uma canetada torna tudo possível, vai saber o,que vem por ai.

Responder

fabiana2 em 25/08/2013 - 09h57 comentou:

E tem mais um jornal de Miami herald* sei la o que sorry, disse que governo Americano deu um Alerta para os cubanos-americanos nao irem visitar a ilha por um bom tempo, la esta com um surto de colera alarmante e o governo cubano esconde para nao perder dinheiro com o turismo. Esses medicos ja estam doentes e vao levando colera na bagagem.para os podres que ja nao tem saude procurem no google a noticia e denunciem mais essa

Responder

    Renata em 26/08/2013 - 18h41 comentou:

    "Miami Herald sei lá o que sorry"…que fonte ótima e confiável!

    Julio Basso em 22/10/2013 - 04h25 comentou:

    Essa historia eh velha; eh publico e notorio que colera eh uma doenca endemica em Cuba.

fabiana2 em 25/08/2013 - 10h13 comentou:

Minha querida entendo totalmente a sua opiniao,mas voce nasceu no Brasil e sendo brasileira voce e livre vc tem o direito de ser socialista/democrata/capitalista ou nada. Agora eu te faco uma pergunta e se te fosse tirado esse direito, vc nao iria ficar triste e frustada? Olha eu vou a Cuba todos os anos so pra ajudar uma amiga de la que mora aqui e assim levar mais kilos na bagagem. Na ultima vez eu e ela juntamente com uma professora la passamos a noite toda colocando roupinnhas, pasta de dente, escova de dente, sabonete e biscoito Escondido em cada mesinha da escola caindo aos pedacos, Eles nao tem nem 1 vida, nao vou nem tocar no assunto liberdade, justica e sao muito doentinhos e desnutridos. por favor pense nisso. Obrigada

Responder

Simone em 25/08/2013 - 11h38 comentou:

Não seria mais fácil pagar o salário diretamente para os médicos? Pq o pagamento vai para o governo de Cuba? O salario dos médicos espanhóis e portugueses que estão chegando será pago ao governo de seus países? Pq os cubanos não puderam trazer seus familiares e os médicos de outras nacionalidade puderam? E mais: quem trabalha sem receber? Os petistas "trabalham" sem receber? hahaha! Fácil qdo é no dos outros.

Responder

    Thiago em 26/08/2013 - 17h39 comentou:

    segundo um amigo meu socialista, é pq nenhum ser humano precisa de 10 mil pra viver, kkkk…só o Estado precisa.

    Vitor em 28/08/2013 - 01h56 comentou:

    Pq o capital não pode explorar mão de obra, mas ditadores podem…

Horridus Bendegó em 25/08/2013 - 12h07 comentou:

As Sementes da Solidariedade Chegam ao Brasil! (que tem a pior elite do mundo)

Um Pomar de Corações Humanizados Florescerá no Solo Pátrio!

Responder

Horridus Bendegó em 25/08/2013 - 12h25 comentou:

Se algum médico cubano quiser se hospedar em minha casa, dou minha suíte para ele e mudo para o quarto de hóspede!

Responder

Horridus Bendegó em 25/08/2013 - 13h12 comentou:

OFERTA de CASAMENTO: Homem maduro, 51 anos de idade, divorciado, dois filhos, agnóstico, 1,81 m, 96 Kg, abre, excepcionalmente, exceção em sua atual convicção anti-matrimonial, e procura você, exclusivamente, Médica Cubana, dos 18 aos 100 anos de idade, desimpedida civilmente, que queira casar e construir relação amorosa sólida baseada no senso de humanitarismo, altruísmo, solidariedade, justiça social e crença nas virtudes humanas como escopo da evolução existencial.

Tratar aqui mesmo.

Responder

Paulo em 25/08/2013 - 16h16 comentou:

Sempre procuro um blog ou colunista de esquerda pra ver se existe um contraponto inteligente e racional à "direita". O seu, como a maioria, é uma porcaria. Li uma vez, pra não mais ler. Arrivederci.

Responder

Leo em 25/08/2013 - 18h22 comentou:

Cara Cynara…

voce disse tudo e um pouco mais! Gostaria de adicionar um elemento a mais. A questão da desumanização dos médicos brasileiros, de sua falta de caráter e de sua degenerescência moral. O que eles temem é o carater, a formação humanista o respeito à vida, coisas que a maioria deles não possuem e não cultuam!

Abraços,

Leo Mendes Filho
(Parauapebas/PA)

Responder

    Vitor em 28/08/2013 - 01h58 comentou:

    Os médicos do Sirio são super humanos… basta perguntar pra qualquer um da alta cúpula do PT…

Amanda Caravalho em 26/08/2013 - 01h01 comentou:

Discutir o Mais Médicos com quem nao é médico, nem trabalhou no SUS, é Mais Fácil.
incentiva-se vinda d generalistas, mas o q fazer com o fato de exames e remedios so poderem ser prescritos por especialistas? #MaisMedicos
eu, generalista, não posso prescrever um ecocardiograma. O paciente é informado q precisa de um pedido de um cardiologista #MaisMedicos
de q adianta estimular a vinda d generalistas se o proprio governo exige prescricao d especialista p liberar remedio pelo SUS? #Maismedicos
Ministro diz "vc nao vem aqui cuidar de estrutura, vc vem cuidar de pessoas"- como cuidar de pessoas sem estrutura?! #MaisMedicos
quando um paciente morre por falta de antibiótico, quem dá a noticia sou eu, não o governo. Como tratar pessoas sem estrutura? #maismedicos
eu também fui para o haiti, nao dá pra comparar. lá o desastre foi um terremoto. aqui, é desvio de verba. #MaisMedicos
querer resolver a saúde brasileira com mais médicos é algo como querer sanar a fome enviando cozinheiros para áreas carentes #MaisMedicos
falar q não há estudantes de medicina q cursaram ensino médio em escola pública nao ajuda. só atesta q a Educacao é ruim aqui. traremos professores cubanos para resolver a Educacao também? #MaisMedicos
também não adianta disponibilizar mais vagas em faculdade, se os hospitais-escola estão sucateados e sem estrutura #MaisMedicos
"tratei muito indio sem falar a lingua deles"- desculpa, não dá pra comparar isso com o atendimento de um pais inteiro.as piores experiencias q tive como médica envolveram ver doente morrer na minha frente p falta de recurso. o conhecimento p tratar eu tinha
se já há FALTA de médicos, como ainda vao arrumar TUTORES para os médicos do programa? "nenhum médico vai ficar sozinho. vai ter tutor"- mas nao tem FALTA de médicos na atencao primaria? quem vai ser tutor? #maismedicos
nao admito falar q o médico residente nao conhece a realidade. a gente faz internato e residencia onde?! hospitais publicos! #MaisMedicos
a australia faz revalidação SIM. eu mesma verifiquei isso semana passada. #maismedicos
TRÊS SEMANAS de treinamento para ensinar as peculiaridades d um país d dimensoes continentais e todo o regionalismo…Adianta? #MaisMedicos
nao era + simples criar plano de carreira e fornecer infra-estrutura adequada p atrair os medicos pro SUS. #MaisMedicos
eu mesma saí do SUS por falta de recursos/estrutura (presenciei obitos por isso.desesperador.) e pela ausencia de plano de carreira excesso de burocracia + falta de estrutura (e as conseq disso) sufocam. frustram. vc q dá a noticia do obito, nao o governo. #maismedicos
acho engraçado defender tanto a atenção 1ária qdo o proprio governo exige receita de especialista pra liberar remedio no SUS. #MaisMedicos
"um medico do lado do paciente faz a diferenca"- gente, nao trato com a mao. trato com remedio, soro, leito. #MaisMedicos
quem fala isso nunca presenciou um óbito, sabendo o q tinha q fazer pelo doente, mas sem ter ferramenta. DESESPERADOR. #MaisMedicos

Todas as frases foram retiradas do twitter da brilhante médica Mariana Perroni, twitter : @mperroni . É muito fácil falar de saúde pública quando se é de fora. Esse programa de Mais médicos é ridículo, sem base e fundamento algum, mais um tapa-buracos. Sem contar que nossa população está ficando a mercê de médicos com educação duvidosa. Se eles são tão bons assim, ora, que façam o revalida!!! Vão tirar de letra 😉 ou não?????

Responder

Mariangela em 26/08/2013 - 01h58 comentou:

Adorei sua colocação, Vinicius. Foi atrás das informações usadas na crítica e verificou que o Thiago não tinha fundamentação alguma em suas afirmações.

Responder

Jacirema maryins em 26/08/2013 - 15h01 comentou:

Impressiona-me o quanto ainda estamos vivendo sob a égide do cabresto, agora intelectual.
Convivi e vi a realidade dos médicos cubanos em Timor Leste, são profissionais capazes e extremamente voltados ao bem -estar de seus pacientes. Que a medicina praticada e aprendida em CUBA apesar das dificuldades é mais eficiente do que a praticada no Brasil, nos locais de maior pobreza é contundente.
Tais profissionais, mesmo em Dili uma pequena capital, seguiam horários rígidos, não podiam sair ás festas, visitas aos amigos somente no período diurno etc..mesmo assim, mostravam muita alegria.
O mais impressionante, no dia da partida, ao cumprir seu período, muito embora o calor na cidade fosse insuportável, vestiam algumas camadas de roupas, única maneira de levar um pouco mais, além da bagagem reduzida. Realidades que poucos se quer, suspeitam e postam-se como donos da verdade, dos outros!

Responder

Bacellar em 26/08/2013 - 15h23 comentou:

Hahahaha, "diga 33"…hahahahaha.

Como sempre digo; o fenômeno mais intrigante do conjunto do conservadorismo nacional é o talento para enfiar pragmatismo nas discussões filosóficas e filosofia nas discussões pragmáticas.

Ser contra a vinda de profissionais dispostos a atender uma população que necessita com urgência de seus serviços é como criticar o BF…Coisa de fdp.

Responder

Rafael Leal em 26/08/2013 - 15h36 comentou:

Eu acho admirável a pachorra e a cara-de-pau dos órgãos de medicina brasileiros de jogar contra o povo de uma maneira tão ostensiva, em meio aos protestos que atravessam o país nos últimos 2 meses. Praticamente admitir que não se importam com o destino dos cidadãos brasileiros que moram em cidades com falta de médicos, sendo que o direito à saúde é uma garantia da constituição, é um ataque brutal dos jalecos brancos ao país. Vergonhoso.

Responder

Antonio em 26/08/2013 - 16h12 comentou:

É muito difícil entrar numa faculdade de medicina no Brasil. A faculdade de medicina é na sua maioria destinada a filhos da elite do nosso país. Depois de formado, os médico querem trabalhar nos grandes centros, com todo o conforto e abrir consultórios que cobram fortunas de seus pacientes. Tem regalias com os laboratórios farmacêuticos. O Brasil é um país continental e nenhum médico quer ir trabalhar nos rincões, atender a população ribeirinha e pobre. O médico brasileiro não gosta de tratar pobre, nos postos de saúde não há médicos, o SUS é uma vergonha e se você chegar no pronto-socorro com dor, ao invés de te tratar, primeiro eles pedem a carteirinha do convênio ou quer que você assine um cheque caução. Até mesmo médicos formados na Europa ou nos EUA não podem exercer a profissão no Brasil se não passar por um exame de reavalia do seu diploma. Num país sub-desenvolvido como o Brasil, isso é um absurdo. O quê os médicos não querem é popularizar a profissão, querem manter a sua casta.

Responder

    paulo em 27/08/2013 - 06h28 comentou:

    Pois eh isso que eu tenho achado peculiar. Parte do discurso contra a vinda de medicos estrangeiros passa por uma suposta superioridade do conhecimento medico brasileiro. Mas a medicina nao eh um trabalho baseado em evidencias, as quais sao coletadas e protocoladas nos grandes centros de produçao de conhecimento (EUA e Europa)? Quem tem familiaridade com o curriculo medico, percebe que as grandes bibliografias sao importadas, as grandes revistas medicas nao sao brasileiras. Assim como em outras areas como a engenharia, informatica, ciencia em geral, nossos indices sao mais proximos ao de paises como Mexico do que aos do primeiro mundo. No entanto, existe um delirio coletivo por parte de alguns grupos, de que aqui se pratica algo muito acima da media e que nossos analogos sao os alemaes e americanos, e nao os argentinos e mexicanos.

    Caso alguem me acuse de ignorancia e hipersimplificaçao, eu nao conseguiria ser completamente justo em um mero paragrafo. Reconheço o alto padrao das universidades "top" do sudeste e dos grandes hospitais particulares que empregam os bons formandos dessas escolas. Eles executam procedimentos de alta complexidade com resultados semelhantes ao "primeiro mundo". Mas isso eh uma gota no oceano da saude brasileira. E pior, a tecnologia empregada nesses hospitais, o conhecimento ensinado nessas boas escolas sao importados. Nos nao somos lideres. Serah que pelo menos nisso ateh os reaças podem concordas? Em termos de medicina preventiva e familiar Cuba eh sim referencia, e serah muito produtivo aprender com eles, assim como traduzimos o Cecil, o Robbins, etc para aprendermos nas nossas escolas de medicina.

    Enfim, isso passa por debate ideologico e eh muito dificil dialogar.

    Precisamos melhorar a qualidade do debate.

Thiago em 26/08/2013 - 17h36 comentou:

Você e seus amigos vão ser atendidos pelos cubanos ou vão continuar de carteirinha da UNIMED na mão?
Abraços.

Responder

nobre em 26/08/2013 - 18h07 comentou:

Porque os médicos brasileiros não fazem o revalida? porque foi baixissima a adesão ao pré teste que afere o grau de dificuldades do Revalida? alguma coisa tem…Sera que todas as faculdades de medicina brasileiras são essas coisas de primeiro mundo? duvido! Mas as entidades representantes nada dizem. No exame da OAB menos de 10% conseguem aprovação. Se houvesse o exame de Ordem para os médicos brasileiros, a coisa não seria diferente. E se os estrangeiros derem certo, conquistando o apoio das populações mais carentes de cuidados médicos? acho que está o X da questão: o medo de dar certo!

Responder

Juliano em 26/08/2013 - 18h56 comentou:

John Stossel slams Michael Moore on Cuban Socialized Medicine http://youtu.be/oT_ZxPw3yV0

Cuba Healthcare, the Hospitals Michael Moore won't show 1 http://youtu.be/25_RgM1jHeo

Responder

Antonio em 26/08/2013 - 20h44 comentou:

Cynara,acompanho seu trabalho e gosto de vc como jornalista.Mas nunca vi tantas idiotices num texto seu.Procure estudar mais para evitar escrever algumas barbaridades.
Abs

Responder

Daniel Ribeiro em 26/08/2013 - 20h57 comentou:

Médicos indignados com a vinda dos cubanos, o negócio é o seguinte: "ou caga ou sai da moita!"

Responder

Fabio em 26/08/2013 - 21h00 comentou:

Aonde não havia remédios , estrutura ou hospital pelos médicos brasileiros deveria ficar como esta até chegar um hospital com estes recursos , enquanto isto a população carente continuaria se virando como pode.
Um médico na capital aceita receber de R$ 10 a R$15 reais uma consulta de um convenio e no entanto cobra de um paciente particular R$ 250 a consulta, quando foi oferecido atender a população carente a 10 mil muitos não aceitaram, agora proibir que vá um médico aonde não tem ninguém, é de um egoismo e corporativismo total, pois se for esperar a estrutura chegar nestes lugares talvez daqui a 3 seculos estes médicos coloquem o pé nestes lugares. Parabéns Dilma , bola dentro.

Responder

Alexandre em 26/08/2013 - 21h55 comentou:

Pérola do corporativismo entre petistas.

Responder

Alexandre em 26/08/2013 - 21h58 comentou:

Delirante? Será? 1984 está aí.
A Revolução dos Bichos também: olha só uma bogueira repetindo o mesmo discurso.
Bom, todo mundo que se acha na prepotênica emburrece mesmo.

Responder

Daniel Ribeiro em 26/08/2013 - 22h08 comentou:

Esta é pra você, médico de araque, que se sente o Deus: Por causa de "gente" como você, que se diz médico, mas que no fundo é mercenário, a vida de muita gente é encurtada. Você faz parte da mesma laia de políticos que governa em boa parte dos rincões do nosso país; usam da lábia e da falta de educação generalizada para continuarem sentados na merda que sempre fizeram e acham cheirosa, saída muitas vezes das entranhas de seus ancestrais malditos.
Pois que venham os cubanos, os espanhóis, os portugueses, os marcianos… e os brasileiros que honram profissão tão nobre; tem gente morrendo a torto e a direita enquanto esses miseráveis ficam aí com medo de perder a boquinha.
"– Ah, mas falta estrutura para o trabalho".
Muda de profissão, sanguessuga, que eu quero vê!
"–Ah, mas os médicos estrangeiros precisam passar por avaliação".
(Quanto preocupação com a qualidade de vida dos que não vão atender, por opção!)
"– O salário vai para o sistema comunista de Cuba?
Então seu lugar não é na Medicina!

Responder

Messias Macedo em 27/08/2013 - 00h47 comentou:

Médicos cubanos e integração regional
Por Beto Almeida

“O que brilha com luz própria , ninguém pode apagar
Seu brilho pode alcançar a escuridão de outras costas
Que pagará este pesar do tempo que se perdeu….
Das vidas que nos custou e das que nos podem custar..
O pagará a unidade dos povos em questão….
E a quem negar esta razão, a história condenará…”

Canción por La Unidad Latinoamericana – Pablo Milanez

Não faltaram emoção, lágrimas e dignidade na chegada dos 176 médicos cubanos, que desembarcaram neste sábado à noite em Brasília, para um trabalho indispensável em municípios brasileiros, mais de 700, ainda sem qualquer assistência médica. Quando aqueles cidadãos cubanos, muitos deles negros, muitas mulheres, com bandeirolas brasileiras e cubanas nas mãos, pisaram o solo brasileiro, ali estava o retrato do enorme progresso social, educacional e sanitário alcançado pela Revolução Cubana. Mas, também, uma prova concreta de que a integração da América Latina está avançando; não é só comércio, é também saúde. O Brasil coopera com Cuba na construção do Complexo Portuário de Mariel – sua mais importante obra de infra-estrutura atualmente – e Cuba coopera com o Brasil preenchendo uma lacuna imensa, a falta de médicos.
(…)
Termino com a declaração da Dra Milagro Cárdenas Lopes, cubana, negra, 61 anos “Somos médicos por vocação, não nos interessa um salário, fazemos por amor”, afirmou. Em seguida, dirigiu-se com seus companheiros para os ônibus organizados pelo Exército Brasileiro, que cuida de seu alojamento. Sinal eloquente de que a integração está escrevendo uma nova página na história da América Latina.
Por jornalista Beto Almeida

Texto reproduzido em http://altamiroborges.blogspot.com.br/2013/08/med

Responder

Mathe em 27/08/2013 - 02h16 comentou:

Tem que parar de balela, os dados “oficiais” partem de uma ditadura fechada que não permite averiguação por parte de ninguém e fim da história.

Responder

    Vinícius em 27/08/2013 - 20h34 comentou:

    Não permite averiguação de quem?
    http://g1.globo.com/Noticias/Ciencia/0,,MUL135791…

    Esse seu “fim de historia” soa muito autoritário para quem pretende denunciar uma ditadura.

Terense Guerra em 27/08/2013 - 02h21 comentou:

O Programa Mais Médicos nada mais é que a institucionalização do plano "B". Já que os nossos governantes não dão conta, não sabem ou não querem resolver nossas mazelas na área da saúde (resolver é o plano "A"), a solução (solução?) mais rápida é importar profissionais que PRECISAM MUITO ou são OBRIGADOS a buscar o trabalho onde quer que ele esteja.

Os que precisam muito são aqueles médicos oriundos de países onde falta emprego. Melhor aqui no Brasil sob qualquer condição, mas com dinheiro, do que lá fora sem grana. Pura matemática. Já os obrigados, bem, eles são obrigados e pronto. Não tem escolha. Simples assim.

Claro que há aqueles profissionais que estão vindo por realmente acreditarem no dever da missão médica. Mas estatisticamente eles são poucos, muito poucos.

Sobre os milhões de reais que terão como destino a ilha, não me surpreenderá um dia saber que parte deles foi direcionado para financiar campanhas de candidatos do governo e de sua base aliada.

Por fim, parem com esta velhíssima bobagem de direita e esquerda. Não temos isso no Brasil. O que temos é: cada um cuida de si e fisiologismo dos partidos cuida de todos conforme a conveniência. Nada mais.

Inté proceis!

Responder

fagner em 27/08/2013 - 03h00 comentou:

Não sou contra o governo prover de médicos aqueles que não tem!
Contudo, o governo é incompetente. Há mais de 10 anos no poder o número de leitos do SUS reduziu!

Quando a corda aperta em volta do pescoço – eleições e baixa aceitação – começa a inventar mirabolantes e ilegais ações.

O socialismo de estado que o PT quer implantar no país será sua ruína histórica! O partido ficará marcado para sempre como uma pústula que foi fagocitada pelo povo!

Responder

    João Paulo em 06/09/2013 - 21h25 comentou:

    Reduziu mesmo. Você tem razão. Onde tem tucano governando o n° de leitos foi reduzido. Fecharam-se até hospitais. Cito como exemplo, Barbacena MG, onde a administração tucana 2013-1016 fechou a Policlínica Maternidade.

Paulo em 27/08/2013 - 06h11 comentou:

Tem cara ateh dizendo que os dados de saude publica de Cuba sao manufaturados. Enfim, de primeiro mundo eh a medicina brasileira que….? Nos importamos todo nosso conhecimento medico e tecnologico caros compatriotas. O que a medicina brasileira, ou qualquer outra area nossa que envolva desenvolvimento de tecnologia e conhecimento tem de superior a paises como Mexico e Colombia? Eh impressionante como a classe media brasileira se sente muito mais "analoga" ao primeiro mundo do que a realidade de suas classes medias irmas em outros paises braso-similares como o Mexico, os hermanos, etc. A medicina brasileira nao eh essa panaceia de altissima qualidade que o pessoal tem alardeado, assim como nossa engenharia, nossa fisica, nossa quimica nao o sao. O preconceito contra o medico cubano poderia ser aplicado a um medico brasileiro, de forma muito mais contundente, que se aventurasse em paises como Canada, EUA, etc. Ah, porem lah eles costumam aceitar sem problemas o medico formado no Brasil apos este validar seu diploma (sim, neste ponto concordo com os reaças). Seria ideal que os medicos que fossem atuar aqui passassem pelo revalida para anular o argumento preconceituoso do reaça que se imagina de primeiro mundo e permitir verdadeira aproximaçao dos povos, mais intercambio, mais trocas.

E quem achar que o medico Cubano sera vigiado, etc, como no segundo ponto do texto, nao percebe que se tivessemos essa capacidade de controla-los, teriamos tambem a capacidade de suprir essas regioes com nossos proprios medicos e infra-estrutura?

Responder

INTERRNAUTA em 27/08/2013 - 10h37 comentou:

ENTENDO QUE ESSE PROGRAMA MAIS MÉDICO ESTÁ PECANDO APENAS NUM PONTO: NÃO SUBMETER OS MÉDICOS A SEREM CONTRATADOS VINDOS DO EXTERIOR A UM REVALIDA. AGORA UM REVALIDA QUE NÃO TENHA O OBJETIVO DE REPROVAR, COMO O QUE NORMALMENTE É IMPOSTO AOS MÉDICOS QUE A ELE SÃO SUBMETIDOS. UM REVALIDA ELABORADO POR TESTAS DE FERRO DE AGREMIAÇÕES CORPORATIVISTAS NÃO DEVE SER ACEITO E DEVE SIM SER REPUDIADO E DENUNCIADO POR TODOS OS PARTICIPANTES DESSA HIPÓCRITA SELEÇÃO. UM REVALIDA CRITERIOSO, SIM, EM QUE O NÍVEL DE CONHECIMENTO EXIGIDO SEJA ANTES SUBMETIDOS AOS MÉDICOS BRASILEIROS EM FASE DE CONCLUSÃO DE CURSO. ISTO SIM SERIA JUSTO.

Responder

Paulo Fraga em 27/08/2013 - 14h05 comentou:

O governo que está ampliando o número de vagas nos cursos de medicina é o governo do PT. Esse mesmo governo viu que não tem jeito de conseguir levar médico as pessoas pobres e do interior. Cria o Mais Médicos, sem ameaçar o emprego dos formados no Brasil. Este país forma médicos em escolas públicas, sem cobrar contra partida nenhuma, onde a maioria é de filhos da classe média, que estudou nos melhores colégios particulares, o que está melhorando agora com a política de cotas. Aí eu pergunto: Porque tanta má vontade/ Porque tanta ruindade? Essas medidas eram para serem tomadas anos atrás, felizmente o governo acordou, vamos mobilizar a população para dar apoio ao governo, esse governo é dos trabalhadores, porém, vivemos à luz de uma constituição capitalista. Governo é para equilibrar as diferenças. Foi isso que o PT fez, devia ter feito há mais tempo.

Responder

jose em 27/08/2013 - 16h55 comentou:

Que sejam bem vindos. Eu particularmente vou continuar preferindo contar com a assistência de um profissional formado aqui mesmo na terrinha, aliás, vou continuar checando o diploma do médico que sempre esta exposto na sala de recepção. Mas, por enquanto, o cidadão tem todo direito de escolha, tratar-se aqui mesmo com um médico brasileiro que vai lhe entupir de remédios mas ele continua vivo, ou ir pra Cuba. O Lula foi pro Sírio e o Chavez pra Cuba, a blogueira mesmo pode ir se tratar lá quando precisar. Será que irá?
Aproveitando, a blogueira pode me dizer como se comportará o governo quando um desses médicos pedir asilo? Fara como fez com os pugilistas ou como tratou o Battisti? O próprio governo brasileiro sabe que as famílias desses médicos receberão na verdade R$100,00 por mês, e isso é trabalho escravo mesmo.
Mas vamos ao pior de tudo: vamos começar a trazer tudo o que estamos precisando. A federação das Indústrias já pode começar a tratar operários chineses que são muito mais produtivos e custam menos de 1/3, idem com operário da construção civil da Índia, lavradores de Angola, advogados italianos, contadores ingleses, e oba: políticos canadenses.

Responder

Jasper em 27/08/2013 - 18h07 comentou:

o fato não é esquerda ou direita! O fato é que a vinda de médicos cubanos foi uma ideia unilateral, sem bases ou estudos sérios se isso ajuda ou não o Brasil! Não deixe nunca ser tomado pela emoção em detrimento da razão! Ninguém é burro, nem direita nem esquerda, eles são é espertos mesmo e te roubam todos os dias seja você direita ou esquerda!
o sistema de trabalho que irá incidir sobre esses médicos não é permitido aqui no Brasil, mais uma vez o PT rasga a nossa constituição para satisfazer seus desejos sórdidos de poder!

Responder

    Vinícius em 27/08/2013 - 22h42 comentou:

    Sem base em estudos sérios? Como assim? Mais de 700 cidades no Brasil não tem um médico sequer. Só os pedidos dos prefeitos apontam para a necessidade de cerca de 15 mil profissionais.

    Há alguma dúvida a respeito de se a presença de médicos nessas regiões pode ajudar o Brasil? Depende de qual Brasil você está falando.

    Qual a solução? Por acaso sobram médicos nos centros urbanos para que levemos eles para as regiões carentes? Se isso for verdade (o que eu não acredito) a maioria deles não se interessou no programa Mais Médicos, visto que foi aberta antes a oportunidade para que brasileiros se inscrevessem e a adesão foi baixissima.

    Não tenho dúvida que o regime de contratação desses profissionais deve ser objeto de discussão para que esteja de acordo com a nossa legislação e respeite seus direitos enquanto trabalhadores. Mas é muito oportunismo usar essa incerteza como argumento contra o programa, contra o esforço de levar assistência aos que não possuem.

    Sem falar que soa especialmente hipócrita ouvir esses argumentos dos mesmos que, nos jornais, não se cansam de repetir que a nossa legislação trabalhista é atrasada, que onera o empregador, segura o crescimento econômico etc, mas se agarram a ela para “proteger” os cubanos.

Alexandre em 27/08/2013 - 19h21 comentou:

Pois é. para responder a duas versões chamadas de delirantes, a colunista recorre a versões delirantes: então os médicos são regidos pelos laboratórios, ganham viajens escandalosas, tudo por causa de uma simples matéria? Ora, toda profissão tem seus ovelhas negras. Os próprios jornalistas da Carta Capital vivem reclamando de seus colegas de outras revistas e órgãos. Os médicos se manifestam sim de forma dura, mas democrática. Ninguém impediu ninguém de entrar no país. Já a ditadura cubana impede a saída sabemos como. Bom mesmo é ser jornalista: papel aceita qualquer coisa. A suspeita: será que uma jornalista ganha muito só para defender o governo sem nem sequer questionar? Afinal de contas quem autoriza o excesso de medicação no Brasil é a ANVISA e não os médicos. Por isso mesmo que eu parei de assinar a carta. Se nivela com a Veja, uma propaganda do PSDB, a outra propaganda do PT. Textos superficiais, sem conteúdo, de gente que tem tempo para ficar clicando e escrevendo qualquer coisa. Qualquer coisa mesmo: é papel.

Responder

Alexandre em 27/08/2013 - 20h21 comentou:

E tome delírio: "os médicos querem fazer uma reserva de mercado de forma a deixar as pessoas morrerem sem atendimento no interior simplesmente porque não querem morar lá". Isso não dá para comentar, só uma pessoa imbecil poderia acreditar numa coisa dessas. Francamente.

Responder

Alexandre em 27/08/2013 - 20h30 comentou:

Agora: pergunta ao governo petista se ele gostaria de abrir mão dos impostos das indústrias farmacêuticas, pergunta. Pergunta á excelentíssima eventual presidente da república se ela gostaria de abrir mão dos impostos da indústria do cigarro, pergunta. As plantações de tabaco em Cuba, como estão? Siiiimmm, todo mundo lá pensa na saúde, não é? Charutos cubanos são bons pra saúde de quem?

Responder

Walter em 27/08/2013 - 22h20 comentou:

Quais as fontes destas versões?

Responder

Vitor em 28/08/2013 - 01h55 comentou:

Eu só queria entender uma coisa. Se esse programa é tão brilhante e vai melhorar muito a saúde da população, porque só está sendo feito 10 anos após o PT chegar ao poder e coincidentemente após uma onda de protestos e a popularidade da Presidenta despencar???

Responder

Elan Pereira em 28/08/2013 - 03h59 comentou:

Simplesmente fantastico, mais um texto maravilhoso.

Responder

Trevisolli em 28/08/2013 - 16h42 comentou:

Nossa, que triste estão os comentários neste post!

Responder

Robertinha em 29/08/2013 - 04h52 comentou:

Eita que esse medico Cubano nao e la grandes coisas…
http://t.co/GeMxj5BwEm

Responder

Guilherme Scalzilli em 29/08/2013 - 16h11 comentou:

As doenças

Os médicos brasileiros são insuficientes e mal distribuídos no território nacional. A contratação de estrangeiros ajudaria a resolver o problema, desde que se pudesse coibir a transferência dos profissionais para os grandes centros urbanos. O governo federal tenta elaborar soluções que aliem essas necessidades.

Os argumentos contrários do Conselho Federal de Medicina reciclam o discurso usual do corporativismo lobista: o tom peremptório, as aspirações supra-institucionais, a ânsia de administrar a vida pública brasileira. E muitas exigências rigorosas, mas permeadas pelo subtexto arrecadador inevitável.

É típico das guildas transferir responsabilidades. Faltam doutores nos rincões? Repelidos pela péssima infra-estrutura. Os espertalhões “atendem” cinco pacientes por minuto e cobram à parte para realizar procedimentos cobertos pelos planos de saúde? É que estes pagam mal. Erros crassos de diagnóstico e tratamento? Sobrecarga de trabalho e má formação acadêmica. E os conselhos, que deveriam punir as irregularidades? Estão ocupados falando mal do governo.

A mídia oposicionista faz exatamente o que repudiou, inflada de espírito cívico, durante as lutas de Barack Obama para aprovar a reforma do sistema estadunidense. Ouve apenas um setor dos profissionais brasileiros da Saúde, reproduz mistificações e logros estatísticos, promove fatalismos e linchamentos pessoais.

Mas não falta método a esse padrão tosco de cobertura das questões ligadas à área. Ele se repete desde que Alexandre Padilha começou a ser apontado como possível candidato petista ao governo de São Paulo. Daí não passarmos uma semana sem qualquer insignificância “polêmica” a malhar a imagem do ministro.

Que ninguém se surpreenda, portanto, caso os legisladores midiáticos do STF apareçam para “curar” as suas novas iniciativas.
http://guilhermescalzilli.blogspot.com.br/2012/11

Responder

Humberto em 31/08/2013 - 14h43 comentou:

A hipocrisia da direita não tem limites. Acredito que 90% dos médicos brasileiros foram formados em universidades públicas, sendo que 99% deles pertencem as classes médias altas, quando não nascidos em berço de ouro. Tal qual a elite desse país. Jamais a direita, a elite, se preocupou com as classes sociais desprovidas de tudo ou de quase tudo. Jamais um governo se preocupou tanto e já realizou tanto em prol dos necessitados, tanto na distribuição de renda, na educação, na saúde, na moradia, no salário mínimo. Observem que todos os programas dos governos LULA-DILMA, são criticados pela oposição (PSDB-DEM-PPS), uma corja de gente que governou o país por oito anos e os únicos projetos de governo foi na base do "ENTREGUISMO". Destruíram o nosso patrimônio, venderam 70% e levaram os bilhões de dólares para os paraísos fiscais. Se alguém sabe informar qual a grande obra realizada por essa quadrilha, durante seus oito anos de governo, gentileza informar. Quantas Universidades Federais foram abertas entre 1995 e 2002! NENHUMA, durante esse período as universidades existentes tiveram suas contas de água e luz cortadas por falta de verbas, professores universitários fazendo greve por melhores salários. Só no Governo LULA-DILMA foram criadas e inauguradas 16 Universidades Federais, em regiões carentes do país. Os cursos técnicos, que FHC estava fechando, LULA – DILMA já abriram centenas deles.
PARA QUEM MORA NOS RINCÕES DESTE PAÍS E QUE VIVE EM PRECÁRIAS CONDIÇÕES DE VIDA E DE SAÚDE, SOBRETUDO DE SAÚDE, E QUE SERÃO OS BENEFICIADOS COM O "MAIS MÉDICOS", SABEM DA IMPORTÂNCIA DESSE PROGRAMA. É sabido que temos excelentes profissionais médicos em nosso país, homens e mulheres abnegados, portanto, não vamos generalizar tanto. O que deve ser registrado, para que amanhã sejam responsabilizados, são esses manifestantes, tidos como MAURICINHOS e ou COXINHAS, frequentadores dos shoppings da vida, que esquecem que ao se formarem, fizeram um juramento. Essa gente só têm uma preocupação: DINHEIRO, DINHEIRO, DINHEIRO, pouco estão se lixando com o sofrimento daqueles que não têm como pagar uma consulta de C$100,00, 200,00, 300,00 ou mais, por uma consulta.
Essa gente só convence mesmo a eles próprios, com seus eguismos, egocentrismos.

Responder

markus avaloni em 06/09/2013 - 11h41 comentou:

Cynara quando vc cita "fato" pra dizer qto os cubanos receberão de fato vc se baseia em que? Achismo? Que tal dar algum dado concreto (se tiver) sobre o tal "fato". É o mínimo que esperamos de jornalistas (tá, aqui vc é blogueira). Fato.

Responder

Carlos Antônio em 13/09/2013 - 20h01 comentou:

Este blog é mais uma prova que a estupidez não tem limite!

Responder

fabio em 17/09/2013 - 23h18 comentou:

Sou brasileiro e não tenho vinculo nenhum com partido, o programa mais médicos serve unicamente para uma coisa espalhar o comunismo pelos rincões do Brasil, será mais um golpe nos brasileiros essa é a esquerda do Brasil!

Responder

AlvaroFernando em 25/09/2013 - 20h21 comentou:

Excelente a postagem!
Pena que resumiu a apenas essas duas burras e delirantes teorias!
Eu mesmo ouvi mais uma dúzia, pelo menos…

Responder

Elisa Alecrim em 11/10/2013 - 08h10 comentou:

Cara Cynara
Além da medicina preventiva existe a necessidade de hospitais com bloco cirúrgico , laboratório,radiologia, farmácia com medicamentos, fios de sutura e por aí vai.
O povo pobre, além de diarréia , tem infarte, AVC, apendicite, sofre acidentes na estrada, no corte da cana, em casa. E tem câncer sabia? Precisam de diagnóstico rápido ,quimioterapia,radioterapia . Sem falar da cirurgia e com anestesia.
Como estes pobres serão tratados pelos cubanos? Eles vieram aqui para encaminhar para as cidades grandes? Pague-se este salário para os enfermeiros,agentes de saúde, que ganham uma miséria . São tão capazes quanto ou mais.
E depois de três anos . Como fica?
É fácil falar quando se tem plano de saúde e quando não ē médico.
Falta médico no interior mas faltam condições dignas. Assim como se explica o caos na saúde nas capitais onde há tantos médicos ? Resposta: o governo não quer construir hospital ; o governo quer votos.
Quer saber ? Tenho muito mais argumentos mas, cansei.
Escreva aí. Vai morrer muita gente . Vou assistir de camarote.

Responder

Antonia em 12/10/2013 - 14h39 comentou:

Creio que se fossem os médicos americanos , ninguém faria alarde, ao contrário, estenderiam um tapete vermelho, por que todos os acometidos pelo complexo de vira latas acham os ianques o máximo.
Recentemente assisti um programa na Discovery ( aliás eles mesmos mostrando o que acontece) onde o paciente que foi operado de um tumor no estômago, passou vários meses com um afastador de inox de 33 cm "esquecido" no corpo ( ainda bem que o homem era alto) durante a cirurgia sem que ninguém pedisse uma radiografia. Ele precisou recorrer a um amigo que fez uma radiografia e descobriu o "pequeno" objeto. Mas o povo acha que americanos são quase deuses, né?

Responder

Julio Basso em 22/10/2013 - 04h23 comentou:

"Por que, afinal, os médicos de Cuba são tão criticados?"

Nao sao os medicos cubanos que sao criticados, mas o fato que eles tem que se submeter a condicoes de trabalho similares aa escravidao (nao podem viajar, nao podem trazer a familia, nao recebem seu salario diretamente).

Eh logico que para a esquerda brasileira isso tudo eh lero-lero, afinal a esquerda brasileira sempre considerou cubanos como criaturas sub-humanas que nao devem ter o direito de liberdade de expressao, de ir e vir, e de livre associacao.

Responder

Nilo Paim Neto em 24/10/2013 - 03h45 comentou:

A medicina do sudeste/sul do pais está entre uma das melhores do mundo. Somos referência em várias especialidades.
A coluna dorsal do SUS é a universalidade do atendimento médico. Isso presupõe igualdade na oferta da qualidade de atendimento médico a toda população. Oferecer aos pobres um médico estrangeiro , com curriculo não compatível e jogado as traças em cidades sem nenhum suporte técnico, é criar uma dicotomia nunca antes vista: médicos generalistas de formação duvidosa para população carente e na outra ponta, médicos bem graduados e especializados , disponíveis para elite brasileira , inclusive líderes petistas.

Responder

Rui Pessanha em 12/11/2013 - 00h11 comentou:

Chega até a ser engraçado alguém que cita em paranoia comunista,invenção da "direita burra" no final do péssimo texto querer aventar a hipótese de um conluio com indústrias farmacêuticas.Típico da falta de noção esquerdista, aonde existem dois pesos e duas medidas. Você é da "esquerda mentirosa". Comunista que é, afeita a "Liberdade de expressão" deveria ficar ciente dos avanços que nos brasileiros obtivemos. Não precisamos manipular dados como ditaduras que estão no poder há 54 anos, massacrando a liberdade. Avançamos e muito no combate as mais diversas doenças.Um belíssimo exemplo é o remédio chamado Captopril. Fórmula sintetizada por brasileiros, mas vendida para os americanos pela imensa mediocridade dos laboratórios brasileiro. Os médicos brasileiros estão sendo escorraçados dia e noite. Não sei qual o futuro disso. Ninguém suporta ver tais humilhações Gostaria muito que a senhorita se pusesse no lugar de um rico burguês que estudou com bolsa, pra se formar médicoe luta para garantir o bem dos pacientes.Mas comunistas não pensam em burgueses né ?Só pensam num bem estar divino, danem-se os meios de conseguir. Afinal de contas os médicos brasileiros são péssimos, mas os cubanos são os mais divinos do mundo. Vem todos com um halo angelical, a cura da AIDS e dos cânceres e a chave pra vida eterna. Afinal de contas em Cuba, só os golpistas morrem. Os sociais vivem eternamente ao lado do irmão Fidel. Não tenho medo de cubano nenhum. Estudei e estudo muito. Me preocupo sim com o nível de medicina que iremos ver. Não temos leitos, medicações. Saneamento básico é artigo de luxo. Mesmo assim a culpa é dos médicos. Obrigado por ser tão burra e opressiva. O "modus-operandi" esquerdista é esse mesmo. E gostaria de te recomendar não usar seu plano de saúde. Corra pra periferia e esqueça seu plano de saúde. Os pobres do Brasil agradecem a hipocrisia!

Responder

Bob 'mecânico' em 13/11/2013 - 01h04 comentou:

Fico imaginando varias coisas
Por que o governo brasileiro não fez esses contratos de trabalho com os próprios médicos cubanos no mesmo modelo em que fez com os demais médicos de outros países? É evidente que o governo brasileiro fez da forma que fez porque o medico cubano não tem a liberdade em cuba de ser dono do seu próprio nariz como é nos países democráticos, ou seja, ele mesmo fechar o contrato de trabalho com o seu patrão ou para quem vai prestar serviço, infelizmente a ditadura cubana não permite essa liberdade, não esqueçam disso.

Ninguém sabe ao certo quanto de fato um medico de Cuba vai ganhar aqui no Brasil, o governo até agora não deu detalhe nenhum sobre esse isso, o que existe é especulação. Mas mesmo que fosse quatro mil reais, e os seis mil reais, vai para a ditadura cubana? Isso é mais valia socialista.

Responder

Bob 'mecânico' em 13/11/2013 - 01h16 comentou:

Tem mais uma coisa que precisa ser dita
Por que de uma hora para outra o governo federal precisou resolver algo tão urgente assim, algo que levou mais de 9 anos e nunca preocuparam com essa falta de médicos em boa parte do interior do Brasil?

Por que estão culpando os médicos pela crise na saúde, ou será que acham que é justo os médicos pagarem moralmente pelas falhas de um governo que sempre mascarou a situação de subfinanciamento da saúde e de sua precariedade de infraestrutura?

Há quanto tempo o SUS tem problemas? Quantos mil leitos ele perdeu nos últimos anos? Agora a classe medica é culpada por todas as mazelas que a classe politica impôs a saúde brasileira?

Por enquanto um médico ainda pode escolher em que local ele quer atuar como profissional de saúde, coisa que os médicos cubanos não podem fazer, e com certezas eles acharam foi excelente ter vindo para o Brasil, apesar de seus familiares não poderem acompanhá-los.

Responder

nemesisx em 13/11/2013 - 09h07 comentou:

Comunista sempre age assim defende até a morte o regime de fidel… cara "medicos" escravos mesmo… e materia tendenciosa… vai lá são pessoas como você que estão trazendo o comunismo de volta…

Responder

J.Filho em 17/11/2013 - 02h24 comentou:

O interessante é que 2010 até 2012, mais 12.000 leitos do SUS foram fechados, e agora em véspera de ano eleitoral surge a solução mágica: rotular os médicos brasileiros como playboy e mercenário e importar médicos cubanos…. com a incrível desculpa "emergencial".
Agora vamos ver o nosso dinheiro que deveria ser investido em infra-estrutura hospitalar sendo mandado para a ilha de Fidel, enquanto alguns Brasileiro que não conseguiram visualizar o contexto geral com intenção puramente eleitoral batem palmas de pé!
Sobre a falta de médicos é outra mentira petista, dados da demografia médica nacional 2013, diz Brasil atinge a taxa de 2 profissionais médicos por grupo de 1000 habitantes (OMS preconiza 1 para 1000). Sendo que nos 2 últimos anos tivemos um aumento de 15000 médicos. Lembrando que tem mais de 100.000 na acadêmica médica neste momento. Outro detalhe interessante é que o Brasil forma mais de 13.000 médicos por ano, e só perde para a Índia em número de faculdade de medicina.
– Agora o que o governo fez, atropelou todas as entidades, importou médicos sem revalida, negou a criação de carreira de estado médica e finalizou culpado eles de toda a merda que o governo fez!

Outra fato interessante e que rombo no governo da presidente Dilma será de R$ 534 bilhões, gostaria de saber para onde foi esse dinheiro… saúde e educação que não foram!!!

Certamente por este blog ser tendencioso à esquerda, vou ser criticado bastante, mais como se diz: "O pior cego não é aquele que não vê,e sim aquele que finge não enxergar,o pior surdo o que finge não ouvir,o pior mudo,o que não admite,e a pior mentira é enganar à si próprio."

Responder

Normybf em 20/11/2013 - 22h24 comentou:

Gostei, tiaporanga, MUITO. E também de Cinara, que sempre gosto.Normy

Responder

Paqulo em 04/01/2014 - 21h27 comentou:

Cynara,
mude-se para CUBA se não sabe viver numa democracia e aceitar (pelo menos) as opiniões discordantes da sua. Ora, esta claro as intenções eleitoreiras do governo com o MAIS MÉDICOS passando, novamente, por cima de tudo e de todos.
É o segundo (e último) artigo (texto) que leio de sua autoria; Vejo que suas construções e visão das coisas são fantasiosas. Você criou duas situações absurdas e não citou os REAIS motivos do CFM de criar obstáculos em relaçãoa esse programa desastroso;
Na verdade a saúde do BRASIL é desastrosa e estamos "tampando buracos" com politicas públicas desatrosas; TENTE CONTATO COM O CFM PARA SABER QUAIS SÃO OS MOTIVOS que eles possuem, o que pensam, quais são as alternativas para enfrentar a situação, etc..

Responder

Rubens em 05/05/2014 - 22h40 comentou:

É incrível as bobagens que uma pessoa escreve quando é paga para isto.
Comunismo é tão bom e perfeito, se mudem para Cuba e parem de querem enfiar esta merda no nosso país democrático.

Responder

    morenasol em 05/05/2014 - 23h15 comentou:

    "se mudem para cuba, blá blá blá". vocês só sabem falar isso. por que você não vai LER ALGUMA COISA? ; )

Adriano em 09/03/2015 - 02h30 comentou:

Pô, Cynara, todo mundo sabe que iriam vir só cubanos pro Mais Médicos, exclusivamente cubanos, mas, como a grita contrária foi grande, abriram, meio a contragosto, vagas para outras nacionalidades, mas às pressas e com muito mais burocracia do que para o enorme contingente da OPAS. Tá na cara que isso foi de propósito, e, no final, o resultado foram meia dúzia de médicos de outros países (você citou Portugal e Espanha, mas tinha até do Kazaquistão), e os outros 80% de cubanos da OPAS (uma fábrica de embuste do governo de Cuba para fazer divisas externas tão desesperadamente necessárias desde o fim da URSS). MAS NÃO ACHO QUE O MOTIVO DO PT TENHA SIDO IDEOLÓGICO, nem sequer para "ajudar" Cuba e seu governo. Daqui a alguns anos vão descobrir que, como quase todo salário dos caras é enviado para a OPAS (eles não ganham 4 mil reais de jeito nenhum, por favor não se iluda: ficam no máximo com 1 mil pratas dos 10 mil que o MS paga pra eles, os outros 9 mil ficam retidos pela OPAS – isso é fato, tá no contrato padrão da OPAS usado em Angola, Venezuela, Nicarágua, etc), o grosso da grana era dividido entre os caciques de Cuba e os do PT, e cada grupo enviou sua parte do butim pra contas secretas numeradas nas Cayman, nas Ilhas Virgens Britânicas, nas Ilhas do Canal da Mancha, em Luxemburgo, etc. Será um novo escândalo midiático, etc, etc e não vai dar em nada, e os malandros vão se locupletar nas costas dos brasileiros otários e cubanos idem. PODE ANOTAR, é "profecia" de vidente de boteco: toda manobra feita às pressas, ao arrepio da legislação, as desculpas e estatísticas falsas, o confisco de 80% a 90% do salário dos caras (dizem que entregam mais 1mil pras famílias que eles deixam em Cuba), a vinda deles correndo e a conveniente lotação em rincões escondidos do Brasil…tem todas as caracteríticas de ação ilícita, de crime organizado, de máfia, de sacanagem. A grande motivação, pode escrever, ainda será descoberta, foi a oportunidade de botar muita grana no bolso e se dar bem às custas de nós e dos desesperados médicos cubanos. Como as pessoas teimam em ser ingênuas, gente! Adoram enfiar a cabeça na areia…

Responder

ciro em 18/10/2017 - 12h56 comentou:

Cara, fala verdade… Vc não diz que o 74% do salario dos medicos fica na mão do governo de Cuba. Essa é a parte mais importante em todo este negocio.

Responder

Deixe uma resposta

 


Mais publicações

Direitos Humanos, Maconha

Novos estudos sobre a maconha que os conservadores escondem de você


Quando se trata de maconha, tudo que a mídia e os políticos conservadores mostram são estudos científicos contrários a seu uso. O uso terapêutico da cannabis, então, é totalmente ignorado no Brasil, enquanto em outros…

Politik

Após 20 anos e muitos bilhões, a Pfizer admite que analgésicos opioides viciam


Enquanto a direita demoniza a maconha, os Estados Unidos estão vivendo uma epidemia de vício em uma droga “legal”, daquelas que se compram na farmácia: os analgésicos opioides, ou seja, derivados do ópio (natural ou…