Socialista Morena
Politik

Freak show: as novas aberrações

Em 1932, o cineasta Tod Browning (1880-1962) causou escândalo em Hollywood ao lançar o filme Freaks, hoje um clássico. Para criticar um costume horrível da época, de exibir pessoas com deformidades em shows e circos, Browning escolheu um elenco de atores com vários problemas na vida real. Alguns tinham microcefalia, outro não tinha metade do […]

Cynara Menezes
03 de maio de 2013, 13h11

(Tod Browning e os atores de Freaks)

Em 1932, o cineasta Tod Browning (1880-1962) causou escândalo em Hollywood ao lançar o filme Freaks, hoje um clássico. Para criticar um costume horrível da época, de exibir pessoas com deformidades em shows e circos, Browning escolheu um elenco de atores com vários problemas na vida real. Alguns tinham microcefalia, outro não tinha metade do corpo, um terceiro era um tronco, sem pés nem braços. O protagonista é anão. Eles se rebelam e acabam realizando uma vingança contra os seres humanos “normais” que os escravizavam. Hollywood não entendeu, a Inglaterra baniu o filme durante 30 anos e a brilhante carreira de Browning como diretor de filmes de terror como Drácula (1931) já era.

Felizmente os tempos de “feira de horrores” ficaram no passado. O que era considerado “aberração” já não é. Se houvesse um show de horrores hoje em dia não seria para rir de alguém com uma deficiência física ou mental, embora alguns pseudohumoristas brasileiros talvez desejassem, até porque atualmente as aberrações são outras. Nada a ver com anomalias congênitas, mas com deformidades de pensamento. Prodígios da natureza que a gente nunca podia imaginar que pudessem existir andam por aí assombrando o mundo.

Senhoras e senhores, alguns destes freaks do mundo moderno:

– O jovem direitista: é um espanto. Em vez do rapaz e moça que faziam de tudo para contrariar o conservadorismo dos pais, são jovens que concordam em tudo com o que eles pregam. “Sim, mamãe”, repete o jovem direitista bem nascido. A não ser que os pais sejam moderninhos demais, aí eles preferem se mirar nos avós fãs da ditadura. Em sua visão, os governos militares foram uma época de prosperidade à qual o Brasil deve muito, e o desrespeito às liberdades individuais e aos direitos humanos, apenas um detalhe. Já os guerrilheiros que foram presos, torturados e que deram a vida para lutar contra a ditadura são terroristas sanguinários. Os bizarros jovens de direita são radicalmente contra a maconha, “coisa de vagabundo”. Na faculdade, basta sentir o cheiro de um baseado que eles deduram para a polícia que circula pelo campus –sim, eles se mobilizaram para conseguir que o campus, antes um espaço de livre expressão, passasse a ser policiado. Os jovens direitistas estudam, é claro, Direito. E adoram ir à missa.

– A mulher machista: é assombrosa. Trata-se de uma mulher, geralmente jovem, que cospe em todas as realizações da liberação feminina. Acha, aliás, que não deve nada ao feminismo, pelo contrário. Defende que o feminismo é a razão de toda a “infelicidade” e “frustração” das mulheres de hoje. Por causa do feminismo, brada, se uma mulher optar por ser dona-de-casa será execrada! É muito triste, diz a mulher machista, não poder abdicar da profissão para cuidar da casa e dos filhos, pois se sentiriam constrangidas pelos olhares de reprovação das feministas, estas desalmadas, péssimas mães que não sabem nem fritar um ovo. Elas odeiam que uma mulher esteja na presidência, acham um desserviço, já que todo mundo sabe que os homens são superiores nestas tarefas. Lugar de mulher é sendo primeira-dama. Muito mais elegante, inclusive, tipo Jackie Kennedy. Mesmo porque todo mundo sabe que as feministas são todas horrorosas e nem se depilam, não é mesmo? Qualquer hora as mulheres machistas sairão em marcha pela aprovação da lei José da Penha, para reivindicar o direito de apanhar do marido.

– O palhaço sem graça: é de chorar. Eles sobem no picadeiro para supostamente serem engraçados, mas não conseguem causar nenhuma risada nem fazendo cosquinhas. A reação da platéia ao que eles falam beira a depressão. Quando o palhaço sem graça faz uma piada, tem gente que sente até vontade de vomitar. O formato favorito deles é o stand-up comedy, uma fórmula norte-americana de fazer humor do qual copiaram o nome, não a criatividade. Mas há também palhaços de circo engomadinhos que se apresentam na tevê com o único objetivo de vender produtos para as crianças, com suas musiquinhas chatas e repetitivas. Ah, gente, fazer rir é tão século 20…

– O roqueiro a favor do status quo: é de arrepiar os cabelos. Acabou-se o tempo do roqueiro que criticava a burguesia e o sistema. Hoje a onda é falar bem de quem tem grana, um “vencedor”, e elogiar a direita “progressista” –esta, sim, sabia o que era bom para o povo, este imbecil. O maior alvo do roqueiro reaça não é a estrutura social injusta ( “injusta por quê? para quem?”) ou as desigualdades, mas os esquerdistas, estes provocadores de ditaduras militares. Se fossem gravar músicas hoje em vez de escrever manifestos de direita, como preferem, os roqueiros escreveriam letras como “você é pobre porque não trabalhou, uou, uou”, “os milicos são gente mal-compreendida, di-da, di-da”, “saudades da ditadura, yeah, yeah, yeah”, “a favor do status quo quo quoooooo”. Não se espantem se qualquer dia começarem a gravar duetos com ídolos sertanejos em suas fazendas. O lado bom de terem surgido roqueiros assumidamente de direita é que não há mais lugar para os hipócritas que ganhavam dinheiro como rebeldes sem causa, com canções que nada tinham a ver com sua origem burguesa, às custas da rebeldia genuína alheia.

Venham, venham ver as aberrações! O espetáculo não tem hora para acabar.

 


Apoie o site

Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para assinar, você pode usar apenas qualquer cartão de crédito ou débito

Ou você pode ser um patrocinador com uma única contribuição:

Para quem prefere fazer depósito em conta:

Cynara Moreira Menezes
Caixa Econômica Federal
Agência: 3310
Conta Corrente: 23023-7
(86) comentários Escrever comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da Socialista Morena. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Dri em 03/05/2013 - 13h26 comentou:

Olha, só não dou nome aos bois, pq vão me processar e não tô podendo pagar advogado.

Responder

Rafael em 03/05/2013 - 13h49 comentou:

Faltou uma quinta aberração: A da jornalista que criticava a esquerda na Veja e agora é uma "Socialista" morena… Critica o capitalismo agora e diz que só criticava a esquerda antes pq era só por dinheiro…

Responder

    morenasol em 03/05/2013 - 14h19 comentou:

    se você gosta de ler, procure no blog o texto onde falo da minha passagem pela veja. foi "edificante", recomendo. um verdadeiro freak show de jornalismo, você iria gostar de ficar por lá ; )

    Dargor em 11/03/2014 - 12h53 comentou:

    Mas é tanta asneira que essa mulher fala, que eu só posso imaginar que o PT e sua corja estejam pagando ela pra doutrinar mais e mais idiotas.

Gabriel em 03/05/2013 - 13h53 comentou:

Não só circo, alguns desses fazem programas de televisão e auditório, dia desses ainda vi vários canais do Youtube com essas aberrações. Muito triste.

Responder

Roberto Locatelli em 03/05/2013 - 14h14 comentou:

Realmente, aberrações sociopatas. No caso dos roqueiros, é preciso lembrar que o Rock nasceu como um ritmo dos negros. Mas rapidamente foi "sequestrado" pelos brancos e hoje nem lembramos mais dessa origem. Na mão de branquinhos de classe média, o Rock se tornou o ritmo dos "rebeldes sem causa", revoltadinhos, pero no mucho. Roqueiros, hoje em dia, são a favor do sistema, pois fazem parte dele. Há honrosas exceções, como Bono Vox e outros, que não são de esquerda, mas têm consciência social.

Responder

    LeoContesini em 14/05/2013 - 13h59 comentou:

    Uma lucrativa consciência social.

    Valdisnei em 24/06/2013 - 02h58 comentou:

    Bono Vox é o maior acioni$ta individual do Facebook na Bolsa Capitalista de Nova Iorque.

    joao carlos em 05/08/2017 - 10h20 comentou:

    sim, um verdadeiro crime contra a humanidade.
    roubaram até a patente da guitarra elétrica, invenção do engenheiro Thomas Edix, nativo da tribo dos pigmeus botocudos, ancestrais de Jimmy Hendrix.

Drinds em 03/05/2013 - 14h19 comentou:

Cynara, mais uma vez acertou na mosca! Bora listar outros "freaks"?
– Tem o "odiador profisional" – o (a) cara que odeia tudo e todos com intensidade louca, insana. Uma variante do jovem direitista, pode ser encontrado `a esquerda tamb'em.
– O "militante de sof'a" – Ele (a) vai mudar o mundo via Facebook e Twitter. Adotou "Guarani-kaiow'a" no sobrenome.
– O "verde de SUV" – Aboliu os saquinhos de compras, anda de eco-bag, filiou-se ao Greenpeace, acha Belomonte um horror, mas anda de Pajero 4×4 motor 3.7L., fazendo 6km/l, mas com muito estilo.

Responder

Luciano em 03/05/2013 - 14h22 comentou:

Ótimo! Dependendo do lugar, isso é mais constrangedor ainda. Em Florianópolis, terra da orgia, a maçonaria nem é mais um grupo secreto de tão escancarado que são as relações sociais com esse elemento reacionário. É muito "normal". Parece até que não saímos da década de 60 e 70. Mas é claro, o turista não vê isso, porque grande parte também procura os prazeres fáceis que a ilha pode oferecer. E esse é o outro lado dos hipócritas moralistas: pregam os bons costumes e comportamento, mas nas escondidas fazem tudo o que não pregam.

Responder

Rafael em 03/05/2013 - 14h33 comentou:

Acho só curioso tanta crítica aos roqueiros em questão, dizendo que eles são a favor do status quo, "pró-sistema", quando na verdade o status quo hoje é Claudia Leite fazendo show pago por prefeitura, estado, com ANCINE patrocinando filmes de amigos do rei que emplacam menos mil pagantes na bilheteria, com tantos atores (e blogueiros) patrocinados por CEF e BB. Na verdade Lobão e Roger estão contra o sistema PTtista, e pró algo diferente. Assim como a esquerda que hoje é situação e é pró sistema de compadres e antigamente atirava pedra no telhado do PSDB.

PS: Não, não sou PSDBista. Só não sou de esquerda.

Responder

    Luiz em 03/05/2013 - 15h01 comentou:

    Não, não sou PSDBista. Só não sou de esquerda. .. então é de direita mesmo ( tens um pouco de vergonha, né?)

    Carlos em 03/05/2013 - 15h21 comentou:

    Na ânsia de culpar o PT por tudo, vc. se obriga a encontrar oposição onde existe continuidade. A axé music e o Rock Brasil anos 80 decadente são duas faces da mesma moeda – a da Indústria Cultural e da ordem burguesa, da qual o PT faz parte – um banquete para o qual parece que vc.não foi convidado….

Fernando em 03/05/2013 - 14h45 comentou:

Só discordo de algumas coisas: Maconha sim, é coisa de vagabundo. Não conheço um "usuário" que seja produtivo.
Outra, seria ótimo tirar a polícia dos campi universitários. A bandidagem iria adorar poder assaltar alunos e professores a vontade, estuprar universitárias, praticar sequestros relâmpagos… O PCC, o CV, TCC, ADA curtiram muito a ideia de não ter polícia nas universidades.
Mas gostei muito de como a autora expôs as ideias. Parabéns pela criatividade.

Responder

    Fabio Macedo em 03/05/2013 - 15h17 comentou:

    " Maconha sim, é coisa de vagabundo. Não conheço um "usuário" que seja produtivo. " -> Bem na verdade não dá para enquadrar todos os usuários em um mesmo estereótipo e chamar todo mundo que usa ou já usou de vagabundo. Não é fácil achar gente que trabalha com publicidade que ganha até prêmio internacional com propaganda e que ocasionalmente fuma. Músicos que ainda hoje são produtivos como Caetano, Gil e Paul MaCartney ainda hoje usam comedidamente. Até Bill Clinton e Steven Jobs já usaram um tempo e isso não estragou suas vidas

    LeoContesini em 14/05/2013 - 14h00 comentou:

    Gilberto Gil não é produtivo.

    anônimo em 11/03/2014 - 16h19 comentou:

    eu fumo, meu marido fuma, temos uma família, trabalhamos, sustentamos nossos filhos, o mais velho estuda numa universidade estadual, o mais novo em escola particular , pagamos nossas contas, sem nunca ter tido ajuda de ninguém e ainda não sou produtiva?? hahaha

    Trevisolli em 03/05/2013 - 19h17 comentou:

    Primeiro que a maioria dos estupros em faculdades partem da parte dos próprios alunos, isso é uma questão de educação social.

    Sobre maconha ser coisa de vagabundo, é apenas preconceito de sua parte, nem um argumento convincente você conseguiu fazer, antes de jogar preconceitos em cima de uma droga que tem menos malefícios do que o álcool, vá estudar, pro favor.

Carlos em 03/05/2013 - 15h07 comentou:

HAHAHAHAHAHAHAHA esse site existe mesmo? "Socialista Morena" "Esquerdismo way of life" HAHAHAHHAHHAHAHAHAHA deve ser uma lésbica feminista maconheira que não entende nada de política e quer opinar, e que acha que Che Guevara foi um herói. Então pra você todo jovem tem que ser contra o sistema? Se for direitista é obrigatório que seja ultra-conservador? Acho que você está muito equivocada em relação a ligação do direitismo com conservadorismo, melhor estudar mais viu, nem todos os direitistas são conservadores, só somos RACIONAIS, diferente dessa raça de esquerda que não consegue entender que um sistema de governo como o socialismo NUNCA dará certo em uma sociedade moderna, temos Cuba como prova disso, precisa de mais? E não, o campus de uma faculdade não é um espaço de "livre expressão" em relação a maconha, que é PROIBIDA POR LEI e só será legalizada por cima dos nossos cadáveres, aliás, vai lá se drogar pra fugir da sua realidade lixo e para de postar bosta na internet, por favor. "EU SÓ QUERO VER O QUE OS VERMELHOS VÃO FAZER QUANDO OS MILITARES RETOMAREM O PODER!"

Responder

    Drinds em 03/05/2013 - 17h34 comentou:

    Legal, voce aparecer so para reforcar o que o texto apresenta! Olha o freak, ai galera!!!!

    Carlos Fischborn em 03/05/2013 - 19h19 comentou:

    Xará, se tu não fosse só um velhaco poderia ser enquadrado no primeiro item, o jovem direitista, kkkkk ! ! !

    Hugo em 07/05/2013 - 21h43 comentou:

    Rapaz, quando eu li esta do 'espaço de "livre expressão"', eu achei que era piada… ou melhor, sarcasmo!
    Achei que o texto inteiro seria sarcastico! Mas não, quando comecei a ler os outros…

    Amigo, CAMPUS de universidade não é nem para beber (bebidas alcoólicas), o que dirá fumar maconha. E lembre-se… "seu direito termina quando começa o do outro", como a liberdade é um direito…

Direitista em 03/05/2013 - 15h15 comentou:

Covardes, só deixam aparecer os comentários que os favorecem. Esse site é uma piada. Volta C.C.C!

Responder

Direitista em 03/05/2013 - 15h19 comentou:

lixos, covardes, bem típico de esquerdistas mesmo, não têm argumento pra debater então ignoram.

Responder

    Carlos Fischborn em 03/05/2013 - 19h23 comentou:

    O direitista COM MEDO se identifica apenas como Direitista. Tinha que ser com letra minúscula.

Aline em 03/05/2013 - 16h07 comentou:

Um lembrete para o Carlos aí de cima. O que deu errado em Cuba é obra também, talvez principalmente, do bloqueio americano. Em uma coisa ele está certo: nem todos os direitistas são conservadores. Há aqueles ultraneoliberais, que são a favor do Estado mínimo e, como tal, pelo menos defendem que o governo interfira o menos possível na liberdade individual das pessoas. Esses podem até ser elitistas, mas são visceralmente democratas, e isso é algo que se respeite. Agora, direitista que é favor da volta dos militares ao poder e de todas as proibições que o Estado impõe sobre o indivíduo é tão autoritário quanto todos os supostos ditadores de esquerda que ele tanto critica.

Responder

    Saco em 05/05/2013 - 15h53 comentou:

    "O que deu errado em Cuba é obra também, talvez principalmente, do bloqueio americano."

    Mais uma que precisa de aulas de história…
    Che quando foi ministro da industria começou o bloqueio por conta própria, pois alegava que vender açúcar aos EUA "impedia o desenvolvimento e criava dependência de exportações", sendo assim por decreto acabou com a principal fonte de renda de Cuba. Todos os países socialistas trabalhavam fortemente com a ideia de "auto-suficiência", em Cuba não foi diferente, você pode ouvir da boca dele isso nos discursos na ONU.
    Arrumar desculpa no embargo ou é mal-caratismo ou ingenuidade. Cuba recebeu bilhões e bilhões em recursos da URSS, queimou tudo com guerras na África. O único responsável pelo fracasso cubano é o próprio Castro, que em 20 anos será visto como hoje Stalin é visto na Russia.
    Qualquer semelhança com as imbecis reservas de mercado que os militares fizeram durante a ditadura não é mera coincidência, uma cutucada para quem acha que militar = direita…

    Valdisnei em 24/06/2013 - 03h16 comentou:

    É isso mesmo. E pra quem acha que os milicos eram direitistas, basta ver que nunca antes na História deste pais se criaram tantas estatais, era <qualquer coisa>BRAS pra lá e pra cá, tudo para pendurar parentada dos olivas mesmo. Eu sou defensor do Estado Mínimo, onde quase tudo seria da iniciativa privada, como fazem os Estados Unidos da América, pátria segundo essa Morena Socialista, do 'direitismo'. Ela esquece que graças ao DoD (Departament of Defense), na tentativa de combater a ameaça de Holocausto nuclear alimentada pela União das Repúblicas Socialistas Soviéticas, foi criada uma rede chamada de ARPANET, que viria dar origem a isto que hoje é a Internet e que graças a Deus ainda está sob o controle dos EUA. Então esse blog, as linguagens de computador que permitem criá-lo, o servidor onde ele está hospedado, etc, são tudo fruto do capitalismo, nem Cuba, nem URSS, nem China, contribuíram para nada disto.

Paulo Piloto em 03/05/2013 - 16h21 comentou:

Como diz aqui no seu blog Cynara "Não alimentamos trolls" se o individuo por motivos de herança familiar herdou um mal filosófico e politico devemos assim erradicar, corta a seiva que os alimentam, não dar ibope, é o caso do reaça lobão seu livro não terá sucesso será como o ultimo protesto contra o lula meia duzia de gatos pingados.

Responder

Libertário em 03/05/2013 - 16h23 comentou:

A falta de argumento é evidente, ser contra a esquerda não significa ser de direita, o que lutamos é por mais liberdade, ditadura nenhuma delas é boa, mas também se esquece de que o socialismo é uma ditadura, e foi a ditadura que mais causou morte e pobreza.

Responder

    Carlos Fischborn em 03/05/2013 - 19h28 comentou:

    Também sou um cara libertário (além de socialista revolucionário) e te digo: Tu é burro, vai estudar economia (mecânica monetária) antes de falar besteiras sobre o socialismo.

    Valdisnei em 24/06/2013 - 03h26 comentou:

    Ah é? Então você nunca leu o Relatório Kruchev de 1956 onde os podres do comunismo russo vieram a tona mostrando que Stálin dizimou 25 milhões de russos, copiando seu amigo também socialista, Adolf Hitler.
    Explica aqui porquê só no estado da Flórida tem mais de 2 milhões de cubanos morando? Quantos americanos moram em Cuba? Quantos franceses, ingleses, suecos, etc, imigraram pra antiga URSS? Mas em Paris, Londres e Estocolmo há imensas colônias de russos. Quando eu trabalhei na Alemanha tive a oportunidade visitar o Museu Checkpoint Charlie em Berlim, vá lá um dia, eles tem uma exibição mostrando o que os coitados dos alemães que moravam no lado oriental (comunista) faziam para ir ao ocidental (capitalista) sem serem fuzilados no Muro, como o de uma banda que ia tocar no lado comunista e na volta retirava todas as válvulas das imensas caixas de som para trazer refugiados dentro. Assiste o premiado filme 'A Vida dos Outros' (que não é americano) que fala sobre a Stasi (polícia secreta comunista da Alemanha Oriental) e escreve aqui algo que o teu amado PT já não venha fazendo no Brasil.

Lucio Menezes em 03/05/2013 - 16h24 comentou:

O freak show continua nos comentários de alguns internautas. Um horror de gente deselegante e grosseira.

Responder

    Trevisolli em 03/05/2013 - 19h21 comentou:

    Sem dúvidas, a maior parte deles não tem capacidade de discutir, quanto mais de fazer uma linha de raciocínio sem ofender os "esquerdistas".

    Plinio Santos em 10/12/2013 - 15h13 comentou:

    Isso mesmo, tem os deselegantes e os puxa-sacos gratuitos.

    Ana em 22/03/2014 - 23h08 comentou:

    A incapacidade de discutir está dos dois lados! A ofensa geralmente toma o lugar do argumento. Vocês perdem mais tempo competindo para saber quem é o mais inteligente do que de fato argumentando!

Sergio Albuquerque em 03/05/2013 - 17h23 comentou:

É bom lembrar que os " herois guerrilheiros " soldados do Marighella e Lamarca lutavam a favor do comunismo e não a favor da Democracia. Hoje os sobreviventes se aproveitam disso, vivem recebendo polpudas e indecentes aposentadorias e alguns deles, nem um cascudo receberam. Vão todos pra Cuba. !

Responder

[email protected] em 03/05/2013 - 17h40 comentou:

faltou o jornalismo que desinforma do tipo "Petrobrás tem seu pior lucro…" ou as matérias sobre cotistas

Responder

Vinicius em 03/05/2013 - 18h03 comentou:

Não há nada mais fascista do que rotular as pessoas.

Responder

    LeoContesini em 14/05/2013 - 14h03 comentou:

    Os esquerdistas podem. Só eles. Sabe aquele velho ditado popular de que a língua é um chicote? Os esquerdistas crônicos são a imagem refletida dos direitistas.

    Valdisnei em 24/06/2013 - 03h29 comentou:

    Não há nada mais fascista que ser de esquerda. Não são vocês que defendem que tudo tem que estar nas mãos do Estado, que Estado Mínimo é coisa de capitalista, de direitista? Reflete sobre um famoso slogan de um dos mais famosos fascistas, Benito Mussolini:
    – Tudo do Estado, pelo Estado, para o Estado.

caio em 03/05/2013 - 18h20 comentou:

Sinto, mais sua análise é superficial e pautada por uma ideologia tosca de esquerda. Há jovens conservadores, reacionários, preconceituosos e autoritários de quaisquer cores políticas. Há algo mais nojento hoje que ficar pendurado no saco governamental e aplaudindo como tietes de auditório todos os "grandes feitos" de nossa presidente, num clima velho e sem disfarce de "Ame-o ou Deixe-o"?

Fraco, fraco, fraco…

E não, não sou leitor da Veja, não sou do Partido Integralista e afins. Eu só tento pensar um pouco mais livremente, sem esse viés esquerdista primário.

Responder

    LeoContesini em 14/05/2013 - 14h04 comentou:

    É, por que a máquina de rotular esquerdista transforma qualquer um que discorde deles em babaca reacionário. Quando você foge de um padrão eles: a) encerram a discussão b) mudam de assunto c) cedem à natureza e partem para a ignorância.

Maharesh em 03/05/2013 - 18h30 comentou:

Excelente texto Cynara. Você viu a onda de direitistas que vem aqui no teu site, simplesmente pra te odiarem? Para provar que a raiva e a falta de argumentos (pq alguns só sabem xingar) é maior que tudo?

Responder

Rodrigo em 03/05/2013 - 18h31 comentou:

Tem uma coisa sobre os jovens reaças que vai muito além da sociologia. Não é uma escolha, como no caso do roqueiro velho que se tornou reaça. É muito pior que isso, parece algo entranhado no corpo e na alma da pessoa. Namorei uma menina assim, meio modernete até, que tinha horror a sexo, como se fosse, sei lá, ou coisa de hippie ou um ato medonho de tão transgressor, e que se ela um dia praticasse ia atentar contra a educação que os pais lhe deram! Racismo era comum e ponto (o foco dela eram os árabes, de quem ela odiava "aqueles narizes" e aquela "cor verde"). Os pais, reacionários típicos, começaram a ficar preocupados com ela, porque nem a avó era tão idiota. Tive que terminar, porque, além de não poder nem ao menos dar uns amassos, minhas ideias começaram a parecer a de um velhinho anarquista gagá falando em liberdade…

Responder

Sérgio Bertoldi em 03/05/2013 - 19h04 comentou:

se puder acrescentar mais um freak:

– o jogador-robô: além de copiar o jeito europeu de jogar futebol, tido como modelo, não consegue dar uma declaração original. As frases prontas vem de um chip instalado no cérebro. A cabeça serve só para dar cabeçada e fazer gol. Raramente dá uma entrevista que não seja em uma coletiva de imprensa, ou acompanhada de toda a assessoria (agora chamada de "staff"). Não fala pras massas, pra sua torcida. Seu objetivo é agradar o presidente do clube ou o "manager", e claro, conseguir os 3 pontos. Não tem vontade própria nem senso crítico. Tudo que acontece nos bastidores do esporte é aceitável.

Responder

Marcus Vinicius em 03/05/2013 - 19h49 comentou:

Boa tarde, Cynara. Antes de mais nada, devo dizer que torci o nariz para o seu texto tanto quando torço o nariz para os textos do Luiz Pondé. Para mim, você é exatamente o avesso dele que é um ícone do conservadorismo. O apelo ao uso de adjetivos pejorativos para referir-se a quem se tem preconceito (sim, por menos que você acredite, você também tem preconceitos) é idêntico: ele fala muito dos revolucionários de boutique, assim como você se reporta aos "reaças". A discussão é sempre reduzida aos termos do maniqueísmo esquerdismo vs direitismo. É preciso romper com esse falso-problema. É possível ser anti-esquerdista sem ser direitista, sabia? Pois é, tenho tanto nojo pela esquerda quanto pela direita. Acho tão chato os burgueses que cursam Direito e vão pra igreja (tal como é a caricatura que você pinta do jovem direitista conservador) quanto os insuportáveis militantes esquerdistas que aderem a qualquer causa social falida. Sabia que é possível ser utopista e burguês? Pois é, um bom exemplo é a filosofia da historia de Kant, que guarda algumas similaridades com a de Marx. Sabia que é possível ser anti-utopista e crítico do Sistema (com S maiúsculo)? Um bom exemplo é Freud que colocava o comunismo no mesmo patamar que as doutrinas religiosas, mas denunciava os problemas da sociedade burguesa e a sua repercussão na saúde psíquica dos sujeitos. Há até uma esquerda-freudiana, cujo maior representante é o Reich, militante da revolução sexual. Eu simpatizo muito mais com o a-politismo de Emile Ciorán (que não é direitista como você deve pensar). Para ele, um governo esquerdista que assumisse o poder, tornar-se-ia igualmente conservador e asqueroso. E parece que vimos isso algumas vezes, como no stalinismo (que para os esquerdistas foi um acidente de percurso). Outra coisa, enxergo um fatalismo muito evidente em suas colocações. Será que se você fosse filha de uma família tradicional do Leblon e estudasse na PUC estaria necessariamente fadada ao conservadorismo? Talvez não. Mas você é a "socialista morena", da classe trabalhadora, miscigenada como todo brasileiro "autêntico". Você critica Lobão e Roger, "filhos-de-papai de volta às origens", defendendo a música da favela, da classe pobre e trabalhadora. Olha só, que maravilha. E o que me dizer do movimento Funk-ostentação, cujo maior expoente hoje é Naldo Benny (com nome americanizado)? Uma negação das origens? Re-VEJA seus conceitos (eu copiei a piadinha). Eu, por exemplo, sou a favor da descriminalização da maconha, mas sou a favor da presença da polícia no campus universitário. E aí, isso me tornaria esquerdista ou direitista? Nenhum dos dois. Para não dizer que não concordo em nada com você, acho um contrassenso que haja um movimento conservador no Rock. O que mais vejo é rockeiro falando que funk é música de depravado e ofende os bons costumes (risos). Um abraço, cordial.

Responder

    Jose Carlos em 04/05/2013 - 05h07 comentou:

    Espero que os visitantes deste site leiam o seu comentário. É triste ver como tudo está extremamente polarizado e simplificado, tanto para a direita quanto para a esquerda. Você resumiu o que eu penso de maneira brilhante. Muito obrigado.

    Beto em 04/05/2013 - 15h49 comentou:

    Parabens, Marcus. Penso assim como vc, sou profundamente anti-esquerdista, pois a única coisa que eles produzem na prática são caixões, 100.000.000 deles até agora. Mas também discordo da direita ultramercadista, pois o mercado não resolve tudo. Creio que estamos em boa companhia: George Orwell.

    LeoContesini em 14/05/2013 - 14h09 comentou:

    E você já notou que quando aparece alguém com esse ponto de vista ponderado, os esquerdistas se calam? Eles são muito bons em olhar para dentro de si, inverter o sentimento e tachar de direitista/reacionário e afins, mas na hora de argumentar com lógica e ponderação o sistema entra em conflito e a máquina trava.

Marcelo em 03/05/2013 - 20h15 comentou:

Assista este vídeo de seus amiguinhos socialista na Venezuela http://www.youtube.com/watch?v=8R2VIwiJYhI http://www.youtube.com/watch?v=ccWVrM-FuH8&fe
Precisei de apenas uma semana em Caracas para ver cenas de puro desrespeito com Direitos Humanos
Ainda tem jornalista que defende pilantras como Lula (pau mandado) ,Chaves ,Fidel(chefão) ,Dilma(terrorista) ,Dirceu (ladrão) , Hitler ( seguidor das ideias do alemão Karl Marx ) .

Responder

Rafael cito em 03/05/2013 - 21h35 comentou:

Fraquissimo…..faltou o "pseudoesquerdista de iphone"- o jovem q anda com camisetas de che e outros icones da esquerda, mas nao consegue viver longe do su "iphone", da internet, do multicanal, come em mcdonalds e outras franquias, enfim odeia os yankees mas é viciado em suas invenções e a liberdade presente nelas

Responder

    Valdisnei em 24/06/2013 - 03h38 comentou:

    Perfeito. É o mesmo jovem que organiza os movimentos atuais pelo Facebook ajudando o Zuckerberg a ganhar milhõe$ na bolsa de NY pelo aumento de tráfego no site dele, que não sabe que a Internet foi criada pelo Exército dos EUA e por eles é controlada até hoje, tá aí o Obama grampenado todo mundo sem perguntar. Aliás 'Hi Obama!'.

Mario em 03/05/2013 - 23h22 comentou:

Tem coisa mais reacionária do que rotular as pessoas? Acho q a blogueira gostaria de poder colocar símbolos no braços das pessoas para poder identificá-las no meio da rua….opa…acho que já vimos esse filme antes….Vamos brincar de rotular? E a aberração esquerdista então? o Hipster de camisa xadrez e "sneaker"? Aquele sujeito barbudo, com cabelo oleoso igual ao Che que não tomava banho….agora vomita seu ódio a burguesia e ao capital do seu iPhone ou do seu Macbook Pro (tem q ser Pro)…e vai pra faculdade de ciencias socias ou letras (qqer uma da FFLCH) com o carrinho zero (sem IPI) que ganhou do papai. Faz passeata pela maconha e motim contra a policia enrolando a cara num moletom da GAP e usando um óculos ray ban wayfarer (o preferido dos hipsters) ostentando sempre a indefectível camiseta do Che pq acha que fumar maconha é um ato revolucionário, mas se algum favelado vier roubar seu CD PLAYER pra poder fumar uma pedra ele se borra todo e chama a policia correndo….poderia continuar por outros típicos tipos débeis mentais latino americanos….mas deu uma preguiça……

Responder

Marcio em 04/05/2013 - 01h58 comentou:

Estudo Direito e sou esquerdista, aliás, descobri vários colegas juris-esquerdistas.

Responder

Julia em 04/05/2013 - 03h44 comentou:

Cynara, parei de ler seu texto (já te li em muitos "blogs sujos"e quase sempre concordo) pq não concordo com a ideia de que a droga está ligada ao progressismo. Na verdade, me lembrou uma antiga discussão minha com meu falecido marido. Eu sempre achei que a droga era, na verdade, um instrumento de dominação; maconha no Vietnã, ópio na China… e etc… Acho que individualmente podemos usar, mas não tentar fazê-la como instrumento progressista. Pq o que vemos é que os Maurinhos e Patricinhas as usam direto… e nem por isso ficam melhores…

Responder

statiossa em 04/05/2013 - 05h30 comentou:

E os mulatos neo-nazistas? rs

agora, pessoas que vem aqui criticar militância de esquerda que gosta de tecnologia? (não consegue viver longe do iphone…) – cara, os russos chegaram no espaço antes, esse amor pela tecnologia, ficção científica, novos hábitos, isso tudo está impregnada na literatura e cultura de esquerda. Enfim… lamento o rancor alheio rs

Responder

    Valdisnei em 24/06/2013 - 03h41 comentou:

    Chegaram até um pouco acima da Terra, mas quem pisou na Lua, feito imbatível até hoje construído com uma tecnologia MUITO superior, foram os EUA.

Alex em 04/05/2013 - 14h35 comentou:

Quanto aos jovens direitistas é uma aberração, sem dúvida. É uma espécie de hipnose…eles são IMPERMEÁVEIS À REALIDADE, só enxergam o que querem enxergar.
Já quanto a mulheres machistas tenho cá minhas dúvidas: primeiro que, ser crítico do feminismo não significa ser machista porque, voltando às aberrações, o feminismo tem muitas…. com todo respeito a seus méritos.

Responder

    Marcus Vinicius em 07/05/2013 - 16h58 comentou:

    Argumento de sobriedade? Pra cima de quem? Não sei se você percebeu mas o mesmo argumento pode ser utilizado por um direitista ao referir-se a um esquerdista. "A minha ilusão é mais bonita que a dele". É sempre isso que está em jogo. Embora eu não seja de esquerda ou direita, devo dizer que o esquerdismo sempre esteve muito mais próximo do utopismo. O maior exemplo disso é a filosofia da história elaborada por Marx. Ele jura que encontrou o princípio racional da história, cujo curso seria teleologicamente orientado rumo ao advento do comunismo, de um mundo harmonioso (sem classes), o que seria o fim da história (ou da pré-história, como ele chama). Nada mais sóbrio, não é? Não!

Fabio em 04/05/2013 - 18h20 comentou:

Enquanto isto , vamos levando tiro na esquina, pagando caro para se alimentar, morar e se locomover e levando uma vida de merda , vivendo o eterno Fla- Flu, na politica de sarjeta da desinformação aquela bem rasinha, preconceituosa e superficial. que ninguém discute nada que interessa , só o eterno blá-blá que já deu no saco .

Responder

Thais em 04/05/2013 - 21h27 comentou:

Texto totalmente tendencioso e precipitado.Coisa de esquerdista vagal mesmo e boçal.

Responder

Paulo Laurindo em 04/05/2013 - 23h48 comentou:

Não pode esquecer do Economista Hiperfracassado. Que quando ministro, a inflação chegou a 80%. Hoje, insiste em dar lições justamente naquilo que fracassou.

Responder

    Valdisnei em 24/06/2013 - 03h44 comentou:

    Por que também não falou que ele criou o Plano Real, que deu estabilidade ao país e permitiu ao pinguceiro do LuLLa ter um sucesso momentâneo? Aliás o LuLLa falou que iria acabar com o Plano e não o fez, como dizemos aqui em belzonte: eita omi froxo sô!

Saco em 05/05/2013 - 15h00 comentou:

A burrice geral é não saber o que é conservador, não saber o que é direita e se meter a falar achando que é inteligente.
Cada dia mais difícil achar gente reflexiva, já que até a reflexão taxam de "reacionária".

Responder

Camila em 05/05/2013 - 16h46 comentou:

Texto extremamente preconceituoso e com péssimos argumentos. O layout do blog é tão bonito, pena que o conteúdo não seja.

Responder

Paulo em 06/05/2013 - 14h41 comentou:

Queria saber a sua opinião sobre as recentes declarações do Lobão

Responder

Rodrigo Sputter em 07/05/2013 - 04h39 comentou:

Os novos palhaços sem graça devem estar imitando malmente o pai da comédia em pé no Brasil, o José Vasconcellos, que dizem até ter sido o iventor desse estilo de comédia no mundo

Responder

Paulo em 08/05/2013 - 16h06 comentou:

Mais uma sugestão para a lista de aberrações: o cultzinho de esquerda; ele é ateu, até ficar doente e pedir perdão; é revolucionário, até bater o sinal da faculdade e ele ir embora com o C3; é socialista, até chegar a noite, e a hora de dormir no ap em Higienópolis. Enfim, é tudo, até a página 3; uma verdadeira aberração

Responder

Fernando em 09/05/2013 - 16h30 comentou:

Só gostaria em que o ato de fumar maconha se relaciona com liberdade de expressão. E qual o problema em ir a missa? É uma característica da direita ser católico??

Gostaria de saber também o porquê de classificar todas as mulheres que são contra o modelo de feminismo atual (que praticamente nada tem a ver com o original) como machistas.

Por fim, creio que a redatora não é apenas uma esquerdista… é uma extremista. Sua matéria só mostra sua dificuldade em conviver com diferentes opiniões. Não é feminista? MACHISTA! Não é a favor da liberação da maconha? CONSERVADOR! DIREITISTA!!

Por fim… o texto não representa em nada os ideais socialistas, os esquerdistas, os feministas… apenas a opinião de uma pessoa qualquer.

Responder

Paulo em 09/05/2013 - 17h48 comentou:

Roqueiro a favor do status quo realmente é abominável. Porém seria interessante definir o que, de fato, é status quo. O Rock sempre foi contestador, anárquico e contestador do sistema vigente. Status quo significa “estado atual” e anarquismo “sem governantes”. Conclui-se, portanto, que Lobão é um dos únicos roqueiros que não fazem vistas grossas à corrupção e demagogia petista como também não baba ovo do Governo. Quiseram entregam o chapéu ao Lobão, mas é justamente nele que o chapéu não serve.

Responder

Marcelo em 15/05/2013 - 06h50 comentou:

Epa, você considera que todo mundo que é de direita ou que simplesmente não é marxista possui "deformidades de pensamento"? Que coisa…

Já vimos este filme antes: http://en.wikipedia.org/wiki/Political_abuse_of_p

Outra coisa: onde você ouviu dizer que não ser de esquerda é ser contra a democracia eleitoral, hein? Conheço muita gente que não é esquerdista e é às vezes é até direitista e neoliberal e que acha sinceramente que a ditadura militar NÃO foi uma coisa boa ao Brasil.

Responder

Marcelo em 15/05/2013 - 06h51 comentou:

"Eles sobem no picadeiro para supostamente serem engraçados, mas não conseguem causar nenhuma risada nem fazendo cosquinhas. A reação da platéia ao que eles falam beira a depressão. Quando o palhaço sem graça faz uma piada, tem gente que sente até vontade de vomitar. O formato favorito deles é o stand-up comedy, uma fórmula norte-americana de fazer humor do qual copiaram o nome, não a criatividade."

Ué, então o que explica as filas imensas que a gente vê no sábado à noite para entrar no Comedians clube (do Rafinha Bastos e do Danilo Gentili) que tem funcionado há anos na R. Augusta (SP)? Será que o pessoal paga para entrar lá dentro para sentir nojo e chorar? Não sabia dessa…

"O roqueiro a favor do status quo"

Wait. O status quo no Brasil hoje em dia é o PT e o PCdoB…

"Acabou-se o tempo do roqueiro que criticava a burguesia e o sistema."

Buddy Holly, Elvis Presley e Bill Halley precisam saber disso! Chamem o médium!

Responder

Julio Alan em 09/08/2013 - 22h07 comentou:

Sem esquecer que o "desrespeito às liberdades individuais e aos direitos humanos" continuam firmes, de maneira diferente, mas firmes.

Responder

Julio Alan em 09/08/2013 - 22h21 comentou:

Sem esquecer que o "desrespeito às liberdades individuais e aos direitos humanos" continuam firmes, de maneira diferente, mas firmes.

Responder

Márcio em 13/11/2013 - 12h58 comentou:

Muita gente que comentou acha que as Esquerdas são ditatoriais ou que a direita é que é ditatorial. Pois bem, ditaduras são regimes onde há a supressão de direitos individuais e coletivos, sendo esses regimes de direita ou de esquerda. Outro erro grotesco é alinhar Karl Marx e Hitler. O Brasil carece de educação para que as pessoas sejam possam ter uma discussão de nível. Se as pessoas não sabem o que é Socialismo, Comunismo, Liberalismo e Nazismo, não tem a menor condição de se chegar a algum lugar decente.

Responder

Fred em 13/11/2013 - 15h02 comentou:

essa parada o roquero ae é pq o roque aqui é coisa de pleiboi, tendeu? mas tem a resistencia, pq nos somos mtos, e não sao todos q gostam de ser abordados e é mó avacalhação os coxas, nota fiscal, etc… o barato é pular fora dessa vida d capitalista ae parar d discutir política profissionalmente. vamo votar p tudo, ou então cada um por si. veja a suiça. eh o país mais armado do mundo, per capita. tipo texano profissional. todo mundo serve exercito e o escambau. la se vota tudo. o lema dos caras explica tudo: numa sociedade d homens armados só há 2 opções – o diálogo. ou o banho de sangue.

Responder

pepê da mata em 14/11/2013 - 03h46 comentou:

ixi, pelos comentários…. a coisa tá feia. Não liga não, Cynara, talvez um dia, num futuro equidistante criem uma pena exemplar para comediante sem talento, ex-compositor, e outros tipos: o esquecimento.

…..Ou, pior, a lembrança não por suas criações artísticas, embotadas por suas personalidades agigantadas, mimadas e frustradas por máquinas que eles não comandam no duro jogo da indústria do entretenimento, mas pela grande capacidade desses artistas em `causar`, pelas polêmicas, picuinhas, ofensas, disputas judiciais… O problema com esses "formadores de opinião" é que suas criações artísticas são tão menores do que sua imensa egolatria, que logo se confundem umas às outras, na sua própria superdimensionada figura pública, o vulto de seus egos inchados. Veja o caso do comediante que é constantemente maltratado e já deve acumular processos por preconceito, racismo, etc. As pessoas, inclusive pessoas bem intencionadas acabam não conseguindo distinguir entre uma coisa e outra, a arte e a figura pública, as posturas etc, a ponto deles terem que ficar se explicando publicamente enésimas vezes. Acho isso uma burrice imensa, uma grande confusão. Lembra, por exemplo do Justo Veríssimo, personagem do saudoso Chico Anísio com seu bordão inesquecível "eu quero que pobre se exphloda"? Imagino que este comediante e sei de outros que já foram constrangidos, com pedidos e outras atitudes menos corteses, a retirar personagens, piadas, quadros, sofrendo até processos na Justiça. O humor é isso, provocação né? Mas nunca se confundiu tanto, talvez propositalmente, certamente por falta de talento ou excesso de auto referência, ficção com realidade. Então as pessoas no lugar de verem um artista, um comediante, um músico que com sua arte provocam, desconcertam, tocam os TABUS, as feridas existentes hoje, no nosso tempo, e que necessariamente serve para isso mesmo, fazer doer, fazer sentir, em vez disso vêem pessoas comuns, pessoas civis, esses egos do tamanho de um bonde, maior do que eles dão conta. Então o sujeito comum, o homem simples e as crianças confundem mesmo, não compreendem, acham que é uma pessoa falando mal de uma raça, de outra, expelindo preconceito pelas ventas, etc. Acho isso consequência de um trabalho mal feito por esses artistas, que cedo se iludem e confundem fama com talento, grana, contrato, público pagante, pageview, por criação, arte.

É nesse sentido que entendi e concordo plenamente com isso que você está falando, o dono do freak show de circo de antigamente, como você tão bem captou. Quer dizer, o cara acaba sendo muito mais um businessman, ganhando dinheiro para mostrar o defeito alheio, o câncer, o estigma dos outros, a ferida alheia, e não por fazer desta ferida algo com que se possa ver melhor a si mesmo, a ferida que no fundo é de todos nós, como raça (não reaça!), Humanidade, fazer compreender o seu tempo, e tantas outras coisas que a arte, quando há arte, engajada, alienada, o que for, sempre faz, sempre produz, não é? Sei que você sabe, e quem te lê e que idolatra o direito, a liberdade de expressão, sabe do que eu estou falando

E tem gente aí em cima insinuando que todo o rock é reacionário. Reserva de mercado, é ao que aqueles que apelam a tradição musical, no fundo estão se aliando. Isso é tão reacionário quanto um certo cantor, que não ouso citar o nome porque não o quero no meu post, que ficou famoso no Brasil nos anos 80 com suas músicas, e depois por suas ofensas, vir querer dizer quem pode e quem não pode fazer rock'n'roll no Brasil. Isso é reacionário.

E tem gente aqui te criticando o "filhos de papai de volta às origens" por ver nele um fatalismo de classe social, mas você no mesmo texto se coloca como uma admiradora dos músicos citados, naquela época, inclusive lembrando as músicas que cantamos que escutamos, no meio do nosso lixo ocidental em que eles tão bem souberam surfar. admiração por você.

Responder

Plinio Santos em 07/12/2013 - 11h22 comentou:

"Alguém que não seja um socialista aos 20 anos não tem coração. Alguém que ainda seja um socialista aos 40 não tem cérebro." (Georges Clemenceau). Vc já passou dos 40 que eu sei. Rsss.

Responder

Amanda em 26/12/2013 - 20h08 comentou:

Morena Só não te peço em casamento, pois sou contra o casamento já que pra mim é uma outra aberração, reservadas apenas para pinguins e arraras azuis, texto fantástico! O que mais me assola é por que essas pessoasaberrações não se mudam para o grande tio imperialista, já que lá o entretenimento é a segunda maior industria lá, atrás das vendas de armas!?

Responder

Yasmin em 11/03/2014 - 05h20 comentou:

Quem trata o povo como imbecil é o esquerdista. Na verdade elestêmcerteza disso (e provas todos os dias).

Responder

Dayane em 11/03/2014 - 12h24 comentou:

Esse site é uma piada mesmo!!! Esse tipo de rótulo já é bem ultrapassado e sem sentido!
E não é nada legal rotular as pessoas, independente do que pensem!
Acho engraçado esse povo que se diz da esquerda, e com isso, apoia o que esta acontecendo no Brasil (sítio dos tão queridos ícones da esquerda)!!!
Lamentável!!!

Responder

Altair em 13/03/2014 - 11h53 comentou:

"os guerrilheiros que foram presos, torturados e que deram a vida para lutar contra a ditadura são terroristas sanguinários". São mesmo. Carlos Marighella e seus lacaios mataram um dos seus próprios companheiros *a coronhadas* pra não fazer barulho. Você tem capacidade imaginativa pra compreender o quanto isso é bárbaro, Cynara? Cynara, você tem nome de empregada e devia estar coando o café de alguém.

Responder

    morenasol em 13/03/2014 - 14h10 comentou:

    "você tem nome de empregada e devia estar coando o café de alguém". é a cara de vocês essa frase: racistas, classistas, intolerantes. gentalha. FREAKS. deviam ser exibidos num circo de horrores

Marco Boncompanho em 24/11/2014 - 11h45 comentou:

Nossa, que porcaria de texto… Alias nem sei porque estou tão espantado, vindo de alguém "vermelho"… Sabe o que acontece com os esquerdistas acho que fumam tanta maconha, que acabam falando muita m….. como lí em um comentário onde uma mulher disse que ela e seu marido fumam juntos, e que trabalham e blá blá blá, faz o seguinte então, oferece aos seus filhos também… Volta CCC para nossa alegria.

Responder

Deixe uma resposta

 


Mais publicações

Politik

9 coisas que não existiriam mais se a esquerda acabasse, como quer a direita


A direita brasileira, sobretudo a direita extrema, vive dizendo que é preciso “eliminar a esquerda” do mundo. Mas o que aconteceria se só existisse o pensamento de direita? Teríamos um planeta e uma sociedade bem…

Politik

Covardes e mal resolvidos: fãs de Bolsonaro invadem páginas de esquerda para postar fotos…


Hackers de direita, fãs do deputado Jair Bolsonaro, invadiram, no domingo de carnaval, a página do blog no Facebook, e logo em seguida também a página Jovens de Esquerda. Agora, ameaçam hackear outras páginas que…