Socialista Morena
Mídia

Globo se assume como partido político e passa a atacar Haddad diariamente

Candidato do PT diz que empresa dos Marinho está "nervosa" porque teme a volta ao poder do projeto de Lula "e de milhões de pessoas"

Haddad, Haddad, Haddad... Haddad é o novo Lula na boca da Globo
Da Redação
14 de setembro de 2018, 19h49

É oficial: as organizações Globo já não disfarçam mais que são um partido político e estão atacando Fernando Haddad nas redes sociais sem parar desde que ele foi oficializado candidato à presidência pelo PT. Os principais focos das “críticas” ao petista são ao fato de ele ser o nome escolhido por Lula e o “perigo” que a possível eleição dele possa trazer à nossa economia já em frangalhos.

A ordem unida atinge os perfis do grupo principalmente no twitter, com “reportagens” onde chegaram a contar quantas vezes Haddad cita Lula.

Além de “marionete”, Haddad também “copia” o programa dos outros, segundo o jornal.

Até quando se propõe a fazer “análises”, o jornal do grupo repisa a teoria de que Haddad é “poste”, “ventríloquo” de Lula, como se o petista não tivesse governado, com reconhecimento e elogios da imprensa estrangeira, a maior cidade do país.

No outro jornal do grupo, o Valor Econômico, repetem a mesma estratégia que utilizam desde 1989: os “mercados” não querem que o PT governe.

Não poderiam faltar na linha de frente os jornalistas que agem como capatazes dos Marinho, atacando Fernando Haddad sem cerimônia nas redes sociais.

E o que falar da Globo News, onde a entrevista com Haddad como vice de Lula já foi aquela coisa vergonhosa? Como será agora que assumiu a candidatura à presidência?

Segundo Haddad, a Globo está “nervosa” porque está com medo de sua eleição. “Não sei se vocês perceberam, mas eles estão nervosos. Vocês leram os jornais hoje? A Rede Globo está nervosa, candidatos estão nervosos. Aconteceu de um vice assumir a chapa. Estão com medo do vice? Estão com medo porque não sou só eu, o Lula, é um projeto, com milhões de pessoas”, disse em seu primeiro evento de campanha, no centro de São Paulo. “Segura o apetite de vocês porque tem muita gente aqui desse lado. Vocês não vão conseguir conter a primavera.”

 


Apoie o site

Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para assinar, você pode usar apenas qualquer cartão de crédito ou débito

Ou você pode ser um patrocinador com uma única contribuição:

Para quem prefere fazer depósito em conta:

Cynara Moreira Menezes
Caixa Econômica Federal
Agência: 3310
Conta Corrente: 23023-7
(4) comentários Escrever comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da Socialista Morena. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Miranda em 14/09/2018 - 22h44 comentou:

O Haddad é muito bom, mas ele deveria fazer como o Ciro em entrevistas com jornalistas que o interrompem. Ele diz: espera aí, deixa eu terminar meu raciocínio – e fala alto. Os caras de fato são horriveis, não fazendo o papel deles que seria esclarecer o eleitor sobre as propostas do candidato.

Responder

Jorge José de Souza em 16/09/2018 - 13h24 comentou:

É a pura realidade

Responder

Marineis Lopes em 16/09/2018 - 19h54 comentou:

Estou perplexa como fomos manipulados durante muito tempo com a Rede Globo e essas emissoras demais creio eu que Haddad ganhando essas eleições ele tenha o projeto para que possamos ter Internet e que todos os brasileiros tenham acesso o povo precisa de informações verdadeiras pos convenhamos q o PT conseguiu tornar as coisas claras através da Internet sem depender dessas emissoras manipuladora!

Responder

Sergio em 17/09/2018 - 10h56 comentou:

Segundo turno provavelmente Bolsonaro x Haddad. Tudo o que a Globo jamais queria! Por isso o tom raivoso! O esforço é para levar Alckmin! Mas, tá difícil!

Responder

Deixe uma resposta

 


Mais publicações

Politik

O reacionarismo enquanto nicho midiático


Em tempos de salve-se quem puder no jornalismo, muita gente está descobrindo uma maneira de sobreviver e de ter algum sucesso na vida: virando um reaça feroz e publicando barbaridades nas redes sociais. Não, não…

Cultura

O livro de Elis e o filme de Cássia: autorizada ou não, uma biografia…


Elis Regina faria 70 anos hoje, 17 de março. Quando ela morreu, aos 36 anos, em janeiro de 1982, eu tinha 14 anos e chorei muito. Adolescente no final da ditadura militar, sabia pouca coisa…