Socialista Morena
Politik

Mauricismo X Bolivarianismo, uma tendência

Tive a antevisão dessa ofensiva tempos atrás, no início dos anos 2000, quando assisti os mauricinhos abandonarem suas trincheiras na Vila Olímpia, bairro coxinha por excelência, e invadirem a Vila Madalena, tradicional bairro boêmio e alternativo de São Paulo. Naquele momento, pressenti e temi que algum dia eles quisessem ir além e decidissem tomar o […]

Cynara Menezes
13 de novembro de 2014, 18h01
lacallepou

(À esquerda, o mauricinho presidenciável Lacalle Pou, do Uruguai. Foto: divulgação)

Tive a antevisão dessa ofensiva tempos atrás, no início dos anos 2000, quando assisti os mauricinhos abandonarem suas trincheiras na Vila Olímpia, bairro coxinha por excelência, e invadirem a Vila Madalena, tradicional bairro boêmio e alternativo de São Paulo. Naquele momento, pressenti e temi que algum dia eles quisessem ir além e decidissem tomar o poder. A ideia de uma revolução mauricinha me deu calafrios. Pronunciei mentalmente um “no pasarán” apaziguador e fui afogar as mágoas tomando umas cervejas no Empanadas. Mais de dez anos depois, porém, para meu desgosto, a profecia se cumpriu.

Mauricinhos, playbas, coxinhas. Chamem-nos como quiserem: trata-se do mesmo personagem de corte de cabelo impecável e com uma preferência indesculpável pelo mocassim. Hugo Chávez os chamava “esquálidos”. Na Argentina e Uruguai, são apelidados “chetos”. No Chile os chamam “cuicos”. Em comum, em primeiro lugar, o fato de serem homens jovens, brancos e bem-nascidos, uma espécie de versão sul-americana dos WASP (White, Anglo-Saxon and Protestant). Nem tão brancos, portanto, e católicos. Para quem acha que foi o PT quem inventou a luta de classes, não deixa de ser curioso observar que a disputa entre a esquerda e os filhos da elite política, econômica e midiática é, na verdade, uma tendência no continente.

O figurino coxinha pode até ser emulado por wannabes de várias classes sociais, mas só o legítimo mauricinho tem berço: descende de famílias poderosas há gerações e trilha o mais atapetado dos caminhos para chegar lá. Boas escolas, boas relações, bons empregos sobretudo no aconchego das empresas da família. Self-made men são raríssimos no seleto clube dos maurícios, onde o sobrenome é tão imprescindível quanto as camisetas gola pólo ou as camisas de algodão azul clarinho no guarda-roupa. O mais gozado disso tudo é que, com uma vida tão facilitada pela família, todos eles adoram defender a “meritocracia”.

Graças ao apoio ostensivo da mídia, os mauricinhos vêm se tornando, nos últimos anos, os principais rivais dos governos de esquerda na América do Sul. Eles são a antítese dos ditos “bolivarianos” em tudo. Falam inglês, ao contrário de Lula; estudaram nos melhores colégios, em contraste com a falta de polidez de Chávez ou Nicolás Maduro; se vestem de maneira elegante, em contraponto ao estilo mal-ajambrado de Pepe Mujica ou Dilma Rousseff; e são jovens contra coroas de esquerda como Mujica, Dilma, Lula ou Tabaré Vázquez.

O precursor dos playbas anti-bolivarianos foi, sem dúvida, Henrique Capriles, na Venezuela. Herdeiro de empresas de comunicação, imobiliárias e indústrias por parte de pai, e de uma cadeia de cinemas por parte de mãe, o advogado Capriles, de 42 anos, elegeu-se deputado pela primeira vez aos 26, em 1998. Em 2013, deu muito trabalho a Chávez na disputa pela presidência e mais ainda a Nicolás Maduro, que substituiu o comandante em nova eleição após a morte deste.

caprilesleopoldo

(Os mauricinhos venezuelanos Henrique Capriles e Leopoldo López)

Apesar de ter perdido o pleito por uma diferença de pouco mais de um ponto percentual, Capriles só não se tornou o grande nome da oposição venezuelana porque passou a travar uma disputa, digamos, mauricida com um companheiro da própria MUD (Mesa da Unidade Democrática), Leopoldo López. Aos 43 anos, López é descendente do primeiro presidente da Venezuela, de ministros, médicos famosos, e, garante, do próprio Simón Bolívar (Capriles, aliás, diz o mesmo). Sua mãe foi uma importante diretora da PDVSA antes da estatização promovida por Chávez. Formou-se em economia nos Estados Unidos e, aos 29 anos, tornou-se prefeito de Chacao, um dos municípios que formam a área metropolitana de Caracas. López está preso desde fevereiro, acusado pelo governo Maduro de instigar ações violentas durante os protestos contra seu governo.

No Brasil, confesso que cheguei a temer que o rei dos coxinhas em pessoa, Luciano Huck, resolvesse se candidatar à presidência ou a vice de algum candidato este ano. Mas quem se lançou foi seu amigo Aécio Neves, do PSDB, com perfil em tudo similar ao dos venezuelanos. Neto de Tancredo Neves, Aécio conseguiu cargos públicos ainda bastante jovem e sem maior esforço. Foi diretor de loterias da Caixa Econômica aos 25 anos, nomeado pelo presidente José Sarney, e em seguida se elegeu deputado federal com uma votação esmagadora, alavancado pelo sobrenome de peso.

aeciohuckronaldo

(O mauricinho brasileiro Aécio Neves e seus bons companheiros Luciano Huck e Ronaldo)

Aécio pode ser considerado um pioneiro do movimento mauricista, porque é mais velho do que seus congêneres sul-americanos: todos eles em geral estão entrando nos 40 anos, enquanto o mineiro tem 54, conservadíssimos pelo estilo de vida jovial de quem passou boa parte da vida na zona sul do Rio de Janeiro. No entanto, é inegável que o grande patrono do fenômeno dos maurícios entre nós é o hoje senador da base governista (!) Fernando Collor de Mello.

Eleito para a presidência da República em 1989, aos 40 anos, Collor exibiu todas as características de um mauricinho no poder. Bons restaurantes, bons vinhos, carros velozes, jet-skis e até marcas de caneta (Montblanc) e relógio (Breitling) viraram símbolo de sua era. Na economia, cercou-se de jovens como ele, economistas liberais capitaneados por Zélia Cardoso de Mello, de 37 anos a equipe que iria tungar a poupança dos brasileiros em 1990. Seu governo, sem apoio no Congresso, terminaria em impeachment.

collor

(Collor, um pioneiro do mauricismo na política, e seu jet-ski)

Aécio, como todos os demais mauricinhos anti-bolivarianos, não assume o neoliberalismo do pensamento econômico tucano e se diz preocupado também com o social. Depois de uma disputa voto a voto com Dilma Rousseff, do PT, pode-se dizer sem chance de errar que o neto de Tancredo se tornou o maior expoente do mauricismo pátrio não à toa, tem a seu lado nomes de peso da tendência, como o já citado Huck, o baiano ACM Neto ou Ronaldo, o Fenômeno. Mas será que a mauricidade de Aécio resiste até 2018, quando terá 58 anos e a cabeça toda branca? Ou será substituído por um maurício mais jovem, como… Huck? Argh.

Atualmente, a novidade mais quente entre os mauricinhos da política do Cone Sul é o uruguaio Lacalle Pou, que irá enfrentar o esquerdista Tabaré Vázquez no próximo dia 30 de novembro, no segundo turno das eleições para a presidência do Uruguai. O advogado de 41 anos é tão bem-nascido que tem até nome de nobre: Luis Alberto Aparicio Alejandro Lacalle Pou de Herrera. Um verdadeiro príncipe. Seu pai, Luis Alberto Lacalle, foi presidente do país entre 1990 e 1995, e foi derrotado por Tabaré em sua tentativa de voltar ao cargo, em 1999. Em 2009, se lançou à presidência novamente e perdeu para Mujica.

Lacalle Pou estudou na British School, a mais seleta escola de Montevidéu, e, como todos os mauricinhos anti-bolivarianos, entrou cedo na política, com o empurrãozinho do sobrenome paterno e também materno, de longa tradição entre os “blancos” (Partido Nacional). Aos 27 anos, em 2000, se elegeu deputado. Agora, se tornou a grande surpresa da eleição ao levar a disputa no país para o segundo turno. A mãe do candidato, Julita Pou, também foi senadora, e, segundo diz a imprensa uruguaia, é a grande financiadora da campanha do filho, o que ele nega.

Em agosto, o candidato causou polêmica ao “desafiar” Tabaré, de 74 anos, a repetir uma estripulia física chamada “bandeira” com um poste, o que lhe rendeu o apelido de “Lacalle Pole” e muita gozação na internet, além de críticas por zombar do adversário por ser “velho”.

O pai de Lacalle Pou foi um presidente em cujo governo se acentuou a desigualdade social no Uruguai e que se notabilizou pela privatização de empresas e pelas denúncias de corrupção. Lacallito rejeita para si o epíteto de neoliberal ou de “Chicago Boy” (os economistas responsáveis pelo “milagre” chileno durante a ditadura de Pinochet que anteciparam o neoliberalismo). Pelo contrário, elogia as conquistas da Frente Ampla de Mujica e Tabaré e diz que irá mantê-las. Quem nunca viu este filme antes?

Se ganhar a eleição, Lacalle Pou será o primeiro dos mauricinhos anti-bolivarianos a conseguir derrotar um esquerdista e chegar ao poder. Felizmente, ao contrário do que fez Chávez na Venezuela, são remotas as chances de, eleito, mudar o nome do país para República Maurícia do Uruguai ou República “Cheta” do Uruguai. Pelo sim, pelo não, melhor preparar a camiseta pólo e o mocassim para a posse.

UPDATE: Lacalle Pou foi derrotado por Tabaré Vázquez, que obteve 53% dos votos contra 40% de seu opositor. Mais um “perdeu, playboy” na América do Sul.


Apoie o site

Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para assinar, você pode usar apenas qualquer cartão de crédito ou débito

Ou você pode ser um patrocinador com uma única contribuição:

Para quem prefere fazer depósito em conta:

Cynara Moreira Menezes
Caixa Econômica Federal
Agência: 3310
Conta Corrente: 23023-7
(93) comentários Escrever comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da Socialista Morena. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Silvio em 12/11/2014 - 14h26 comentou:

Os mauricinhos existem em qualquer lugar.
Deveria ter citado o exemplo do Zé Dirceu, pose de esquerda e amigo de vinhos de mauricinhos.
Quanta tolice que li. Give me patience.

Responder

    Ricardo simoes em 12/11/2014 - 22h37 comentou:

    Give o que, Mau?

    JusIMOES em 13/11/2014 - 02h39 comentou:

    Artigo inconsistente. FENOMENO eh Mauricio, mas onde esta o sobrenome? Huck nao trabalha em empresas da familia… Vamos identificar o problema: eh ser bem-nascido, ter ganho dinheiro ou a combinacao?
    Entao voto no Lulinha, mauricio-mor da Republica…

    Gustavo em 13/11/2014 - 12h51 comentou:

    Pois é, só escreveu merda rotulando as pessoas porque não votam na mesma pessoa que ela, mesma que essa pessoa que ela vote seja tão mauricinha quanto. Proselitismo e segregacionismo puro…achava que a socialista pregava a inclusão…

Victor em 12/11/2014 - 15h10 comentou:

Nunca li tanta merda na minha vida… Que bom que eles tiveram condições de estudar e ter uma vida boa, o que tem de errado nisso? Por padrão só é bom aquele que sofre? Vim de familia pobre, mãe faxineira e pai garçom e por MUITO estudo e força de vontade consegui me formar na faculdade, abrir minha propria empresa e um dia espero poder dar ao meu filho todas as condições que você repudia nesse texto! Ou será que o mais certo seria eu desejar um socialismo chechelento onde todo mundo é pobre?

Responder

    lucas em 12/11/2014 - 20h42 comentou:

    Isso… ensine seus filhos a explorar a miséria de quem trabalha de verdade, como seu pai e sua mãe!!

    Paulo em 13/11/2014 - 07h29 comentou:

    Pois VC é um trouxa então eu era pobre casei com a filha de um empresário ele morreu e eu fiquei milionário sem trabalhar olha como o capitalismo é justo.
    E a minha estória é verdadeira agora VC para mim não é nem empresário nem filho de faxineira inventou uma estória fictícia para justificar sua ideologia política para mim VC é um empregado paga pau de rico.
    Na internet eu posso dizer que sou a Rainha da Inglaterra se quiser.

    JDalmeida em 22/12/2014 - 21h00 comentou:

    É, na internet vc pode dizer o que quiser.
    Pode dizer inclusive que era pobre e casou com a filha de um empresário que morreu, e ficou milionário sem trabalhar.
    Mas, fiquei com uma dúvida, o dinheiro é seu ou é de sua mulher? Se vcs se separarem, vc continua rico?

    robson em 13/11/2014 - 14h38 comentou:

    Não entendeu nada. Patrimonialismo, estilo de vida quase aristocrático. Pelo que você escreveu acima, voce tem mais moral pra falar de meritocracia que o Aecio. Não vista a carapuça pq é bem provável que você não faca parte desse ambiente playba, como 90℅ da população.

    Amanda Duarte em 16/12/2014 - 11h06 comentou:

    Todo mundo é pobre no socialismo? Então como caracterizar o capitalismo?

Dalvo em 12/11/2014 - 19h13 comentou:

Aécio tem vocação para ser neto de Tancredo Neves. Nada mais. Anda com emergentes que se acham formadores de opinião e se encontram com o também desprovido de qualidade e de originalidade FHC tido pela imprensa brasileira como "grande estadista". Aécio foi inflado por FHC que não levantou voo e caiu como FHC. Aécio tem Alckmin e Serra que lhe cobrarão a fatura no momento oportuno. Líder de araque, esse Aécio de fajutos 92% de aprovação colocados nas urnas pelos mineiros a favor de Dilma.

Responder

Romero em 12/11/2014 - 19h40 comentou:

Concordo plenamente com o texto. Estamos vivendo em tempos de uma direita elitista engajada na velha forma de fazer política ou de destruir a política com bordões facistas. Fico imaginando quando tempo ainda temos antes deles comprarem todo mundo. Graças a Deus a democracia ainda prevalece mesmo que alguns ainda não reconheçam que perderam e que se depender da maioria ainda perderão muito mais. confesso o medo de ver esses palhaços emplumados voltarem ao poder novamente e não me agrada ver como eles manipulam tudo e a todos para conseguir isso. Estamos em tempos de transparência, humanismo e igualdade e se quisermos passar por essa década teremos de aceitar que as benevolências desse mundo devem servir a todos e não apenas a poucos bem-nascidos. "A necessidade de muitos se sobrepõe a necessidade de poucos."

Responder

    Sueli Gomes em 14/11/2014 - 15h56 comentou:

    Boa Romero!

    Adriano em 08/03/2015 - 23h41 comentou:

    SÃO SÓ ELES QUE MANIPULAM TUDO E TODOS PARA CONSEGUIREM PODER, ROMERO??? Deixa de parcialidade cínica e fanática, cidadão! Você parece já ter idade para parar de acreditar em luta do Bem contra o Mal…

Marcelo em 12/11/2014 - 19h43 comentou:

Que bosta! Como faz para desler isso?

Responder

    Regis em 12/11/2014 - 21h56 comentou:

    Le a veja que vc fica um pouquinho mais burro e esquece isso aqui.

    Fernanda em 14/11/2014 - 12h09 comentou:

    Boa resposta! Provavelmente, prefere ignorar a verdade ao em vez de assumir e argumentar a favor do que pensa. Se quer desler, basta continuar na ignorância que seu conteúdo não terá nenhuma alteração.

    pedro paulo silveira em 14/11/2014 - 20h46 comentou:

    Regis, não chame o Marcelo de burro. Ele é um perdido. Um animal sem sentido de norte ou de sul, vagando a esmo de sua própria existência. O que um camarada como ele veio fazer no blog da Morena? Perdeu-se! Nem sabe o que faz ou fala! É um Kaspar House vagando pelos bytes da rede. Se ele não sabe como desler eu não consigo entender como conseguiu ler. Eis um feito! Ele leu! Está de parabéns!

regina lo em 12/11/2014 - 20h03 comentou:

Apesar de todas as besteira escritas, eles admitem a tendência bolivarista da represidenta, uma verdade dentro de tantas mentiras ditas, faladas, escritas…

Responder

    Nanda em 14/11/2014 - 12h15 comentou:

    Qual a mentira? Aecio não viveu na zona sul do RJ? Não foi indicado aos 25 para ficar recebendo como Diretor da Caixa? Luciano Huck sempre foi rrico? Achei bem pertinente, inclusive várias revistas sobre economia estão falando sobre a tendência de emergentes da América Latina creditarem que os tradicionais Ricos farão um bom governo para suas finanças. Só não se tocaram que ainda fazem parte da Classe que trabalha para garantir a permanência de ACM Neto NEVES neto no poder para poucos.

Alan em 12/11/2014 - 20h07 comentou:

esses são os "odeia pobres". concentradores de renda, totalmente sem noção do que se passa fora dos seus condominios de luxo. fãs do neoliberalismo e da escravização da américa latina. tem gente que os apóia e depois não sabem a causa de tanta desigualdade social e violência.

Responder

Lucas em 12/11/2014 - 20h08 comentou:

Você é um desfavor para à esquerda no Brasil. É esse tipo de discurso que enseja à repulsa por parte de algumas pessoas em relação à esquerda e consequentemente os afasta, criando mais e mais tucanos.

Responder

    Felipe em 14/11/2014 - 15h53 comentou:

    Por essas e por outras deixei de seguir ela. E o Ronaldo Fenômeno é bem nascido onde?

Tiago em 12/11/2014 - 20h08 comentou:

Seriam eles LIXO HUMANO como você mesma se referiu aos eleitores do Aécio no twitter?

É o cúmulo da generalização e ignorância esse seu artigo, típico de gente que considera ter o monopólio das virtudes.

Posso dizer tranquilamente que sempre tive ótimas condições de vida, mas meus pais vieram do nada, lutaram contra a ditadura durante a universidade(paga com o próprio trabalho) e nenhum dos dois vota no PT por pura questão de não compactuar com a incompetência institucionalizada e o viés autoritário desse partido.

Responder

Vanda Lima Prado em 12/11/2014 - 20h27 comentou:

Texto maravilhoso. Parabens. Deixa os coxinhas chiarem.

Responder

    Adriano em 08/03/2015 - 23h50 comentou:

    Mas como os esquerdinhas de classe média e classe média alta, que levam uma vida IDÊNTICA a dos "coxinhas", têm um histórico de vida IDÊNTICO ao dos "coxinhas" e com eles compartilham inconsciente e inevitavelmente um monte valores, atitudes e comportamentos…têm moral para criticar seu reflexo no espelho???

Roberto em 12/11/2014 - 23h35 comentou:

Esqueceu um detalhe: o Lopez segue trancafiado numa prisão militar, sem o devido processo legal, pelo gente boníssima bolivarianíssimo Maduro, a quem a ONU acusa de sistemático desrespeito aos diretos humanos…

Responder

    Felipe em 07/12/2014 - 11h41 comentou:

    Muito bem lembrado!

Gabriel em 13/11/2014 - 00h48 comentou:

Iiii Cynara, mexeu com os brios dos Mauricinhos, olha eles chiando ai nos comentários, rsrs. Ótimo texto, aqui na Bahia só fazemos rir das trapalhadas do nosso Mauricinho ACM Neto e sua tentativa desesperada de salvar o quase morto DEM.

Responder

    JDalmeida em 22/12/2014 - 21h07 comentou:

    Vale ressaltar que o ACM Neto foi considerado o melhor prefeito de capital do Brasil. 😉

MEU OVO ESQUERDO em 13/11/2014 - 00h52 comentou:

MUITO PRAZER! SOU COMENTARISTA ATUANTE DE BANDEIRA AZUL,VERDE E AMARELA,
CONTRÁRIO AOS CONTRÁRIOS. NÃO ME JULGO DE DIREITA, MAS COMBATO OS MILITANTES QUE INSISTEM
EM PENSAR NA CONTRAMÃO DAS IDÉIAS.
MÉDICO/PSIQUIATRA ESPECIALISTA EM ESQUERDOPATIA ESQUERDOFRÊNICA.
MEMBRO DA ELITE DA SENSATEZ, DO CARÁTER, DA HONESTIDADE, DA HONRA E DO COMPROMISSO COM
A VERDADE EM NOME DE FATOS E NÃO DE IDEOLOGIAS QUE EXTRAPOLAM OS LIMITES DA
BOÇALIDADE ADQUIRIDA EM LEVANTES QUE, COMO FIZESSEM PARTE DA GRADE CURRICULAR,
ESTÃO PRESENTES EM PÁTIOS, AUDITÓRIOS E CANTINAS DE UNIVERSIDADES, ALÉM DE SER
CONSTANTE DISCIPLINA PREGADA EM SALAS DE AULA PELOS INDECENTES DO CORPO DOCENTE
E SEU EXÉRCITO VERMELHO, QUE ADOECE AS MENTES DE JOVENS DE MENTES FRACAS..
SOLDADO BRASILEIRO, FILHO DESTE SOLO QUE A PÁTRIA É MÃE GENTIL. SEMPRE ALERTA NA LUTA
CONTRA O Movimento de Esquerda Revolucionaria Das Américas (M.E.R.D.A.). MEU
CAMPO PRINCIPAL DE COMBATE É ESTE SITE DA REVISTA carta caPTal, TERRITÓRIO
INFESTADO DE “INIMIGOS”

PRONTO PARA IR ÁS RUAS COMBATER EM NOME E BENEFÍCIO DA DEMOCRACIA, DA LIBERDADE E DA ORDEM E PROGRESSO DO NOSSO PAÍS QUE NÓS, QUE NÃO SOMOS DE ESQUERDA, REALMENTE AMAMOS… E DEFENDEREMOS COM A NOSSA ARMA MAIS PODEROSA: A VERDADE.

Responder

    pedro paulo silveira em 13/11/2014 - 12h38 comentou:

    hahahahahah, se vc não fosse tão imbecil até teria medo. Gente como vc virou mato! Perderam a vergonha, ressurgiram do esgoto imundo onde zumbinavam depois da saída humilhante do Figueiredo. Vai zumbinar na Veja e deixa a Morena em paz!

    Hilton Jorge Valente em 16/12/2014 - 12h05 comentou:

    Procure um psiquiatra. Você não está bem. Ou então, dê uma passadinha numa funerária, encomende um caixão na sua medida e enterre-se – de preferência, vivo e não se esqueça de pedir a um amigo seu para jogar seu caixão (com vc dentro) no rio Pinheiros e mandar despoluir – ao menos um pouco – as águas. Teu documento de identidade é o atestado de óbito., doutorzinho babaca.

Roland Scialom em 13/11/2014 - 02h42 comentou:

Interessante este texto. Se os mauricinhos algum dia ganharem a parada, o destino do patropi estará selado porque os mauricinhos e a classe de onde provém nunca teve um projeto de país. E sem projeto de país continuaremos a evoluir esta zona na qual vivemos.
Graças à sua boa formação, os mauricinhos podem ser competentes no exercício de funções como a de banqueiro, CEO de alguma multinacional, etc. Mas nunca para ser estadista e liderar a construção de uma nação a partir de um projeto que vise alavancar significativamente melhorias nas condições de vida dos brasileiros menos favorecidos.
Como eu acredito que existe uma maldição que ronda o patropi, é bem possível que algum dia os mauricinhos se encontrem no comando da nação. Aí começaremos a nos argentinizar como nossos vizinhos. Em tempo: a trajetória do PT nesses últimos 12 anos são parte desta maldição, isto é, a grande promessa que se tornou uma grande decepção

Responder

Alexandre Freitas em 13/11/2014 - 11h19 comentou:

Gostei do texto. É a primeira vez que leio um texto seu. Parabéns!

Responder

Steiger em 13/11/2014 - 11h22 comentou:

Muita besteira. Aliás, besteiras típicas de republiquetas latinas. Não são e nunca serão expoentes em qualquer coisa no mundo. A sorte dos que pensam é que o mundo é muito maior que as republiquetas locais. Uma vez de férias nos EUA um francês me perguntou de onde eu vinha e eu respondi que do Brasil. Ele então me disse que gostava muito no Brasil do Ronaldinho GAucho e do Michel Teló e que achava esqusito nosso presidente, o Chavez. Em tempo o cara era engenheiro nuclear. Essa é visão que o mundo civilizado tem da america latrina. Mas deixa, continuem elejendo os tipos patéticos que voces admiram.

Responder

    Evandro em 13/11/2014 - 14h38 comentou:

    Coxinha, é "elegendo" e não "elejendo"

    Steiger em 14/11/2014 - 11h52 comentou:

    Coxinha feliz. Não devo o cheque especial e não vou para a Praia Grande no Reveillon, seu mal sucedido de merda.

    marcus em 13/11/2014 - 14h39 comentou:

    Discursinho barato esse seu.C certeza ao lhe falar tais coisas esse gringo o fez ao perceber q dialogava c um zero a esquerda.vc eh um inutil,digno de do

pedro em 13/11/2014 - 11h37 comentou:

Kkk estou me divertindo com os comentários. ..

"Não sou Maurício, trabalhei muito"… leiam Guy Debord.

Responder

Caio em 13/11/2014 - 11h41 comentou:

Muito fraco.Na verdade,esquálido texto.

Responder

c. cesar em 13/11/2014 - 11h43 comentou:

Gostaria de saber qual é o problema de ser mauricinho??
deveria ter colocado os filhos do Lula, pq estes sim estão ficando ricos sem fazer nada, apenas usam a influência do pai. Perece que ser bem sucedido neste pais é defeito, se vestir bem é algo ruim.
Vamos parar de hipocrisia, todos nos que queremos ser bem de vida, ter uma qualidade de vida legal, deixo bem claro aqui que não votei no PT, mas concordo com o bolsa família, apenas acho que a forma de fiscalização que não é a mais correta.

Responder

    @lordpjx em 13/11/2014 - 18h36 comentou:

    Concordo com vc!!!
    Eu sou de esquerda, mas, vejo que o problema não está no programa em si e sim na falta de controle sobre a malversação do uso.
    Além de que a contrapartida deveria ser estendida aos responsáveis com inclusão dos mesmos em cursos profissionalizantes e até mesmo supletivos pra assim tornar a contrapartida algo mais abrangente do que somente a frequência das crianças a escola.

cláudio parente em 13/11/2014 - 12h16 comentou:

Muito bom esse artigo. Concordo em tudo.

Responder

pedro paulo silveira em 13/11/2014 - 12h35 comentou:

Hoje vc estava sensacionalmente insuperável! “Disputa mauricida” !!!!!! Brilhante, fenomenal (nada a ver com o Duxo), celestial!!

Responder

Antonio em 13/11/2014 - 12h41 comentou:

Muito bom! Os "bem nascidos", em regra, fazem da política uma extensão dos negócios e vice-versa.

Responder

Gustavo em 13/11/2014 - 12h47 comentou:

Mauricinho não tem nada a ver com "playboy". Nunca teve. Tenta jogar tudo no mesmo saco. Achava que a esquerda contra essa rotulação de indivíduos, esse segregacionismo… mas já percebi há algum tempo que a socialista morena é apenas mais do mesmo…ainda tentando associar o Ronaldo a imagem de mauricinho junto com Aécio!!! Ai depois vem revoltadinha falar em bullying e imposições da sociedade…isso é o duplo padrão moral dessa gente de esquerda

Responder

Deusimar Filho em 13/11/2014 - 12h58 comentou:

Se eu tivesse a ignorância ou cinismo dos esquerdistas poderia dizer que esse texto é puro ódio, como vocês gostam de fazer, mas não, é opinião, mesmo que superficial. Para esquerda todo rico herdou dinheiro de alguém (Mark Zuckerberg malvado!!!), falar do mega playboy Fidel que anda de Rolex enquanto Cuba é um mar de miséria necas né? Ô esquerda até quando?

Responder

Planejamento em 13/11/2014 - 12h59 comentou:

Chora coxas

Responder

Mauro Jr em 13/11/2014 - 12h59 comentou:

Dora Kramer fragmento de artigo publicado no Jornal do Brasil, 18 de agosto de 2004:

“O sindicalista Lula – ao contrário do que parece – não se absteve de estudar. Há relatos – nunca desmentidos – de sua preparação em cursos de AFL CIO, as centrais sindicais norte-americanas, quintessência do peleguismo e do anti-esquerdismo em geral e na John Hopkins University, em Baltimore, Estados Unidos (em 1972 ou 73), onde teria feito um curso de liderança sindical, desenhado sob medida para parecer de esquerda, apenas parecer, mas servir ao sistema dominante. Merece um doutorado honoris causa, ou seria horroris causa? E, além disso, já como diretor do sindicato dos Metalúrgicos, cursou o Instituto Interamericano para o Sindicalismo Livre, (Iadesil), sustentado pela CIA e passou a adotar sua própria “agenda”, livrando-se do próprio irmão, o Frei Chico, quadro do Partido Comunista.”

Responder

Daniel em 13/11/2014 - 13h07 comentou:

Tenho exemplos na própria família de pessoas como Aécio, carismático, simpático, amigo de todos, mas no decorrer do tempo, devido à sua vida boa, berço de ouro, em alguma oportunidade mostrarão sua face oculta, como já vi acontecer. Insensíveis, neoliberatas, déspotas, quando vêem uma verdade, um impasse sem desculpas, ainda assim tem a desculpa na ponta da língua: "não é problema meu". E este tipo de pessoa pode dar até muito certo no mundo dos negócios devido a ajudinha da mídia e do papaizinho e mamãezinha, porém, como governantes são algozes das classes desfavorecidas, irresponsáveis. Quem os apóia, são da mesma laia, têm os mesmos pensamentos: foda-se o pobre, não é problema meu, eu tenho meritocracia, blás, blás e mais blás e assim vão se enchendo de argumentos egoístas q levam a raça humana à sua própria decadência e destruição; simples assim, porque afinal, não é da conta deste tipo de indivíduo nada do q acontece no mundo a não ser preservar seu status quo e dos seus conchavados.

Responder

anarca em 13/11/2014 - 13h23 comentou:

Uma pergunta, o que aconteceu com Leopoldo López mesmo? Onde ele anda vivendo nos ultimos tempos?

Responder

Klaytonn em 13/11/2014 - 13h59 comentou:

Agora para ser um bom político é preciso ser iletrado, desleixado, desarrumado, velho, fedido e peidorrento…. Na Venezuela a maioria da população já é assim e com direito até a bunda suja, pois não tem nem papel higiênico nos supermercados mais…. E esta criatura bem nutrida aqui defendendo o bolivarianismo….

Responder

    Fabio em 18/11/2014 - 12h57 comentou:

    KKKKKKKk, se vc tiver carro e casa com descarga , ta fora, seguir carreira politica nem pensar.

Andre Santos em 13/11/2014 - 14h23 comentou:

Que texto mais escroto!! Pelo amor de Deus!!! O que será que precisa acontecer p/ entrar na cabeça desses socialistas retardados que o modelo de governo defendido por eles não funciona!!! Não deu certo na antiga União Soviética, não deu certo em Cuba, não dá certo na Coréia do Norte, e está afundando nossos vizinhos bolivarianos Venezuela, Bolívia, Argentina…

Eu gosto de entrar nesses blogs de esquerdistas porque fazem bem para o meu ego. Lendo os textos e os comentários me sinto com um Q.I maior que o do Einsten por discordar de tanta asneira…

Responder

    Leonardo em 25/11/2014 - 19h16 comentou:

    hahaha, genial cara ! penso o mesmo !

Marcus em 13/11/2014 - 14h43 comentou:

Que bosta, como faz pra desler isso?(2)

2014 e esse psicopata de Karl Maxrx ainda é lido e idolatrado, quem o seguiu até hj só matou milhares de inocentes, tomaram o poder, se transformaram em burgueses com a desculpa de acabar com a burguesia e sempre matando os mais pobres.

Responder

corretordireto em 13/11/2014 - 16h19 comentou:

isso eh um blog de politica ou uma especie de coluna social ao contrario?

Responder

Pedro em 13/11/2014 - 18h33 comentou:

Esqueceu de falar do mauricinho Lula que abandonou a pinga e agora só quer saber de beber Romanée Conti. Essa esquerda caviar…

Responder

Nati em 14/11/2014 - 00h23 comentou:

O Lulinha é um playboy que enriqueceu da noite para o dia. Mas já que é de esquerda, aí pode. Achei que os esquerdistas fossem mais inteligentes.

Responder

Ricardo Menezes em 14/11/2014 - 01h23 comentou:

É impossível ler um texto de alguém pretensamente socialista. Há tanto ódio, jocosidade e falta de objetividade que chega à dar náuseas. Vai trabalhar!

Responder

Lenir Vicente em 14/11/2014 - 01h33 comentou:

O pior dos mauricinhos é aquele que nunca trabalhou e quis ser presidente do Brasil. Um cuico de malo sepa.

Responder

SilD em 14/11/2014 - 03h38 comentou:

Temos que eliminá-los antes que coloquem ovos.

Responder

ricardo p oliveira em 14/11/2014 - 04h27 comentou:

essa praga chamada mauricinho ta infestando os blogs progressistas com suas asneiras.xo tucanada

Responder

Liza em 14/11/2014 - 12h22 comentou:

Como sempre, Cynara, atigindo o alvo. Se "eles" estão vindo aqui esbravejar, é sinal de que vestiram a carapuça, mas não gostaram.Muito bom!

Responder

Helena em 14/11/2014 - 12h41 comentou:

Parabens pelo artigo,Cynara! Concordo em genero,número e grau!

Responder

Ricardo em 14/11/2014 - 15h14 comentou:

Que ignorância! !!!

Responder

Rodrigo em 14/11/2014 - 16h02 comentou:

Essa turma lembra a letra do GOG:"Ralei atrás de trampo esses dias feito louco. Fui até num lugar que não era necessário, fui humilhado pelo empresário. E do bolso gastei meu último troco para ouvir ele gritar até ficar rouco. Sem qualificação não tem produtividade. Primeiro grau é diploma de imbecilidade, segundo grau perdeu a validade, tem de ter faculdade. Esses cara falando quase me arrasa, mas do jeito que dá sustento minha casa. Não sei por que não respondi na mesma tonalidade, que ninguém se qualifica sem primeiro a oportunidade, que o requisito principal é honestidade, que chegaria a qualidade que tenho necessidade. E esses cara financiado pelo pai chama a segurança e grita sai".

Responder

@WGiovanni em 14/11/2014 - 16h09 comentou:

Impressionante ! Nunca vi tanta asneira em um só texto. Pra começo de conversa, é generalista, além de ridículo e, como a esquerda fundamentalista adora, cria duas nações distintas e reduz a política a um discurso de boteco – coxinhas e bolivarianos. Só pode ser um completo imbecil um cidadão que trata ao outro como coxinha, mauricinho, bolivariano ou petralha – é transformar política em futebol. Depois, como sempre, vitimiza a classe baixa, além de criar uma áurea de benevolência como se toda pessoa no mundo sem dinheiro fosse boa por natureza e, condena qualquer trabalhador honesto que tenha estudado, batalhado e conseguido alguma coisa na vida, quem sabe até um mocassim. É óbvio que existem pessoas que estão pouco se lixando para o próximo e para o social, o que é um direito constitucional e que na minha humilde opinião não passam também de um bando de um idiotas. Mas a grande questão é que pessoas preocupadas apenas com o próprio umbigo, não fazem parte de apenas uma classe social – estão presentes tanto em coxinhas quanto em bolivarianos. Em bom português existem ricos e pobres que estão se lixando pra pobre, assim como existem ricos e pobres que são completamente altruístas. Na minha humilde opinião os pseudo altruístas de esquerda são os piores pois apresentam um discurso bem diferente do que praticam. E falando em discurso, este texto é de pura ideologia cega – e esquerda precisa evoluir e parar de chorar sobre a queda do muro de Berlim e entender de uma vez por todas que um país precisa ser para todos, coxinhas e bolivarianos, criando oportunidades e condições iguais, principalmente em termos de educação, bem estar social, segurança, crescimento econômico e oportunidade de emprego. A esquerda está presente na América Latina há décadas e, passou longe disso. No Brasil então, só aconteceram medidas paliativas e populistas que nunca resolveram (e nunca resolverão) o caótico cenário atual: segurança, cada vez pior

Responder

Docaos em 14/11/2014 - 17h08 comentou:

Tamo Junto Morena!
Playboy bom é chinês e australiano, falei feio e mora longe e não me chama de mano…

Responder

Murilo em 14/11/2014 - 22h24 comentou:

O maior inimigo dos bolivarianos são as pessoas comuns do Brasil, que acreditam na liberdade, honestidade, direito à propriedade e que desejam um país em que todos tenham uma vida digna, independente das desigualdades. Entre estes estão negros, brancos, ricos, pobres, jovens e idosos. Homens e mulheres.

Responder

    morenasol em 15/11/2014 - 12h09 comentou:

    "negros e pobres". tipo nessa manifestação pela intervenção militar? onde está wally? http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2014-11-01/

    Beatriz em 16/12/2014 - 04h15 comentou:

    A manifestação não ocorreu a favor da intervenção militar, se pesquisasse mais saberia que o número de pessoas que pediram tal ato, era mínimo. Não generalize

    JEMERSON em 16/11/2014 - 01h17 comentou:

    COXINHA VC QUER É A MANUTENÇÃO DE SUAS RIQUEZAS E PRIVILEGIOS, NÃO PASSARÁ. VAMOS EXPROPRIAR TUDO QUE É SEU E DE SUA FAMILIA PARA DAR PARA OS VERDADEIROS DONOS, NO CASO OS NEGROS E POBRES OS QUAIS VC ESCRAVIZOU E AINDA ESCRAVIZA. SEU MACHISTA HOMOFOBICO! ! !

JEMERSON em 15/11/2014 - 00h04 comentou:

EXISTE UM GRANDE PERIGO DO MAURICISMO VENCER EM 2018, POR ISSO A [email protected] PRECISA TOMAR MEDIDAS DRASTICAS AGORA PARA PRENDER OS CRIMINOSOS DA PRIVATARIA TUCANA E ASSIM CAÇAR O DIREITO DO PSDB DE DISPUTAR ELEIÇÕES, CRIAR LEIS PARA SILENCIAR A MIDIA GOLPISTA (VEJA, GLOBO, SBT, FOLHA) E GARANTIR A HEGEMONIA DA NOSSA ESQUERDA PARA QUE O EMBATE SEJA APENAS PT CONTRA PSOL OS DOIS UNICOS PARTIDOS BONS OS QUAIS TANTO FAZ QUM VENÇA O VERDADEIRO BENEFICIADO É O POVO.

É AGORA [email protected] VAMOS A LUTA CONTRA A ELITE BRANCA PROTOFACISTA! ! !

Responder

flaliman em 15/11/2014 - 04h35 comentou:

"economistas liberais capitaneados por Zélia Cardoso de Mello" Meu Deus?!

Responder

Miranda em 15/11/2014 - 15h40 comentou:

Nada como uma visão irreverente e critica. Parabens pelo texto Cynara. Me diverti muito, inclusive com os comentarios dos sisudos de plantão e dos coxinhas militantes.

Responder

    JEMERSON em 16/11/2014 - 01h18 comentou:

    KKKKKKKKK OS HOMENS BRANCOS VINDO PERTURBAR SÃO MUITO ENGRAÇADOS, CLARO AFINAL NÃO TEM NADA PARA FAZER JÁ QUE O SISTEMA RESOLVE A VIDA DELES, ENQUANTO NÓS PRECISAMOS NOS MATAR DE TRABALHAR PARA TER MENOS DA METADE QUE ELES POSSUEM. AI ELES PODEM VIR AQUI PERTURBAR.

hugo santos em 16/11/2014 - 01h00 comentou:

Ótimo texto para um aluno de sétima série, preguiçoso e maledicente. impressionante o peso dado ao senso comum, a estratosférica manifestação preconceituosa e a tentativa de construção de um discurso classista (porém repetitivo e raso). Fica a manifestação de um antigo leitor da #cartacapital , entristecido pelas escolhas desse ex-importante canal jornalístico brasileiro.

Responder

    morenasol em 16/11/2014 - 14h45 comentou:

    o blog é meu. carta capital o hospeda e não me censura. portanto, digo aqui o que penso. meu trabalho na revista (onde tem outra dezena de jornalistas) independe do blog.

luis claudio em 16/11/2014 - 11h19 comentou:

É errado ser educado, bem vestido e bem criado?? Que inversão de valores ridícula. Aposto que vc está digitando seus textos de um MacBook e vendo suas mensagens no seu Iphone. Não há saída fora do capitalismo. O socialismo já se provou incapaz de manter um país ou uma sociedade unida. Cresça. Largue dessa rebeldia juvenil.

Responder

Fabio em 18/11/2014 - 12h54 comentou:

Muito se fala do preconceito , mas existe um grande preconceito de ambos os lados, existe uma regra que todos os nascidos na pobreza são bem aventurados, puros e honestos, e os nascidos nos Bairros nobres são fdp, corruptos e canalhas. Consigo ver estes dois tipos em qq lugar tanto nos bairros pobres ou nos ricos.

Responder

Mauricio Tavares em 19/11/2014 - 10h27 comentou:

Acho estranho como se apropriam de um nome (por acaso, o meu nome), e fazem dele um adjetivo pernicioso. Não me estranha que a autora o use de modo inapropriado. Seu desrespeito pela figura humana é notório, todos os seus textos são eivados de retórica desqualificadora. O que é, infelizmente, um traço indelével do feminismo, aliás.

Responder

    Isaac em 28/11/2014 - 00h11 comentou:

    Assinado, Maurício.

    kkkk

heli fonseca em 19/11/2014 - 16h25 comentou:

Prezada Cynara: sempre li os textos neste blog (e também na Carta Capital, da qual sou assinante), mas nunca havia postado um comentário. É que você falou em self-made-men e eu não resisti: nos últimos três ou quatro anos andei lendo Raymundo Faoro, S. Buarque de Holanda, Caio Prado Jr., Celso Furtado, José Murilo de CarValho e muitos outros, e percebi que os sobrenomes da elite (econômica) de hoje provém das de 200 anos de antes, do tempo da Casa Grande ; qual seja, os selfs de hoje (não tão de hoje) são raros, tais os Gerdau, Matarazzo e alguns outros imigrantes. Também , em um país de tão pouca mobilidade social…
Um abraço do seu leitor Heli Fonseca, de Marataízes (ES)

Responder

    morenasol em 19/11/2014 - 16h41 comentou:

    obrigada, heli. eu os chamo de "herdeiros das capitanias"

Antonio em 21/11/2014 - 19h58 comentou:

Mais mauricinhos que os filhos do Lula?? Você já conheceu eles pessoalmente?? Os ex donos da Play TV??
Se não… te conto. São maníacos dos video games!! Sim!! Sabe quanto custa um video game?? E ser maníaco então? Que contradição né?? Hábitos e estilos de vida burgueses!!
Esquerda e direita. A finalidade de ambos governos é a mesma! Encher o bolso de dinheiro.
Eu quero democracia! Justa e verdadeira!
O ser humano escolheu o capitalismo.
Não houve lavagem cerebral, nem abuso da força e nem conspirações e golpes imperialistas!
Se no fim das contas. O PT só se elegeu por conta da mesadinha. Ou seja: Dinheiro. Quem é pobre quer o mesmo que o rico.
A pessoa só é comunista até enriquecer. Ou então é algum intelectual burguês, Metido a revolucionário.
Em que bairro a senhora vive??
Recebe salário mínimo?
Usa transporte público para ir ao trabalho nos horários de maior movimento???
Qual o seu celular?
Parem de buscar justificativas pelo fracasso do comunismo e socialismo.
O ser humano escolheu o capitalismo. Que cada um conquiste o que é seu por mérito!

Responder

Maia Kaefman em 22/11/2014 - 00h52 comentou:

No México são chamados de um jeito bem apropriado:"Fresas" (morangos)…Peña Nieto é um legítimo…Tem pedigree político, começou cedo no vácuo da família, é neoliberal e, o mais fundamental, está fazendo um governo desastroso!

Responder

João em 30/11/2014 - 16h39 comentou:

Ad hominem, ad hominem, ad hominem e um pouco mais de desmericmento do mérito alheio. Será que a esquerda não muda nunca?

Responder

nathalia em 16/12/2014 - 11h39 comentou:

tanta merda num texto só, como faço pra recuperar os minutos perdidos lendo isso?

Responder

ORRAIO em 27/02/2015 - 19h02 comentou:

A merda maior é que a classe média (pobres igual aos demais pobres, só que um pouco menos) idolatra estes babacas vestindo ternos bem cortados e com suas conversinhas de clichês.
Estão aí os incompetentes Alckimin em São Paulo, e Beto Richa no Paraná.eleitos em um turno, que ilustram esta verdade.

Responder

Adriano em 09/03/2015 - 00h03 comentou:

"BOBOS IN PARADISE", de DAVID BROOKS…esse é o destino da Esquerda Caviar e do Brasil, até pelo que já se vê tanto no PT como no PSOL, onde a mauriçada manda cada vez mais. Ninguém mais se lembra de quem era Lindbergh Farias?? Ou Fernando Gusmão do PC do B?? Como os "coxinhas" da "Esquerda caviar" podem criticar seu reflexo no espelho??

Responder

Deixe uma resposta

 


Mais publicações

Cultura

Por que socialismo? Por Albert Einstein


Em maio de 1949, o físico alemão radicado nos EUA Albert Einstein resolveu escrever um artigo defendendo o socialismo. Quanta atualidade no que ele diz!

Cultura

Obama, o melhor amigo de Maduro


O tiro saiu pela culatra. O anúncio feito esta semana pelo presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, de que a Venezuela é “uma ameaça à segurança nacional” e que aplicará sanções econômicas ao país, deu…