Socialista Morena
Politik

Ojalá que llueva café: Juan Luis Guerra e Café Tacuba

Acho essa canção tão linda e me fala tanto sobre o sonho de fartura alimentar no mundo… Vocês não acham? Aqui, com o autor, o dominicano Juan Luis Guerra: E aqui com o mexicano Café Tacuba:  

Cynara Menezes
28 de abril de 2013, 15h54

(Ilustra de Camila Carlow)

Acho essa canção tão linda e me fala tanto sobre o sonho de fartura alimentar no mundo… Vocês não acham?

Aqui, com o autor, o dominicano Juan Luis Guerra:

E aqui com o mexicano Café Tacuba:

 


Apoie o site

Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para assinar, você pode usar apenas qualquer cartão de crédito ou débito

Ou você pode ser um patrocinador com uma única contribuição:

Para quem prefere fazer depósito em conta:

Cynara Moreira Menezes
Caixa Econômica Federal
Agência: 3310
Conta Corrente: 23023-7
(3) comentários Escrever comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da Socialista Morena. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Nanna Becs em 28/04/2013 - 16h03 comentou:

Sensacional! Parabéns!

Responder

Victor Farinelli em 05/05/2013 - 20h05 comentou:

As duas versões são deliciosas. Eu conheci primeiro a do Café Tacuba, assim que cheguei ao Chile, depois busquei a original e me apaixonei de novo, e a pude escutar ao vivo num concerto do Juan Luis Guerra aqui em Santiago. Quem sabe este tópico inaugure a sessão "canções morenas" – esta é moreníssima, pela origem, pelo tema, pelo que propõe e como.

Responder

Alessandra Rivera em 08/12/2013 - 23h33 comentou:

Uma melodia alegre que combina tão bem com uma letra tão doce! Endosso o querer: Tomara que chova café no campo!!!! Obrigada por compartilhar uma música tão bela!

Responder

Deixe uma resposta

 


Mais publicações

Cultura

Paul, o Beatle coxinha. Ou apenas bom moço? Por Victor Farinelli


Meu amigo Victor Farinelli resolveu colocar lenha na fogueira afirmando no post abaixo que sir Paul McCartney é coxinha –mas não que isso seja sinônimo de reacionário. Quero dizer de cara que discordo de Victor.…

Cultura, Politik

Encontros surpreendentes: Allen Ginsberg & The Clash


É o tipo de coisa que renova minha fé na sincronicidade: estava eu lendo a deliciosa graphic novel Os Beats, biografia dos beatniks com roteiro de Harvey Pekar, quando me deparei com uma informação que…