Socialista Morena
Politik

Sete razões para detestar o McDonald’s

Essa é para quem acha que levar os filhos ao McDonald’s é uma diversão inocente. Sorry por quem aprecia, mas em minha opinião pessoas de esquerda não deveriam frequentar o McDonald’s. Muito menos levar crianças para consumir aquele lixo. Mas cada um cada qual… *** Os sete piores fatos sobre o McDonald’s Por Lauren Kelley, […]

Cynara Menezes
09 de janeiro de 2013, 10h30

(cena do filme Dark Shadows, de Tim Burton)

Essa é para quem acha que levar os filhos ao McDonald’s é uma diversão inocente. Sorry por quem aprecia, mas em minha opinião pessoas de esquerda não deveriam frequentar o McDonald’s. Muito menos levar crianças para consumir aquele lixo. Mas cada um cada qual…

***

Os sete piores fatos sobre o McDonald’s

Por Lauren Kelley, do site AlterNet

1. Quer que os empregados trabalhem em feriados sem pagar hora extra.

O McDonald’s possui uma longa história de práticas trabalhistas nefastas, mas esta é especialmente avarenta: a empresa mantém suas franquias abertas no Dia de Ação de Graças (feriado nos EUA) e no Natal. Pior: os empregados que trabalham nestes dias não recebem hora extra. De acordo com um porta-voz da empresa, “quando nossas lojas ficam abertas em feriados, a equipe voluntariamente se oferece para trabalhar. Não há pagamento extra”. Mark E. Anderson do Daily Kos fez alguns cálculos e descobriu que o McDonald’s faturou 36 milhões de dólares extras por permanecer aberto no Dia de Ação de Graças. Anderson lembra que “já é ruim o suficiente que o McDonald’s pague péssimos salários, mas eles vão além e conseguem não pagar extras para funcionários que abrem mão de suas folgas para que a empresa ganhe milhões de dólares”. Uau.

(No Brasil, não são poucas as denúncias trabalhistas contra o McDonald’s, também por exploração e falta de pagamento de horas extras. Em julho, o Ministério Público do Trabalho em Pernambuco autuou a empresa em 30 milhões de reais por jornada ilegal, que eles chamam de “jornada móvel variável”. Este site reúne  vídeos e documentos com mais denúncias trabalhistas contra o McDonald’s, inclusive depoimentos de funcionários: “um cardápio de escândalos – como uma multinacional aprisiona jovens a um esquema de trabalho ilegal e exploratório”.)

2. Os empregados não são bem pagos em geral.

Não receber hora extra por trabalhar em feriados já é péssimo, mas ganhar mal durante o ano todo é uma realidade para os trabalhadores do McDonald’s. Como Sarah Jaffe escreveu no Atlantic recentemente, “o termo McJob virou sinônimo de tudo que é errado nos empregos mal pagos do setor de serviços da economia americana”, porque, “não importa o trabalho que você tenha, será melhor do que trabalhar num restaurante de comida fast-food”. E, claro, o McDonald’s é a maior rede de fast-food existente.

Este fato resume o problema: um empregado comum do McDonald’s teria que trabalhar um milhão de horas –ou mais do que um século– para ganhar o mesmo que um CEO da empresa recebe em um ano (8,75 milhões de dólares). A boa notícia é que os trabalhadores do ramo de fast-food, inclusive empregados do McDonald’s, recentemente começaram a se organizar para reivindicar melhor tratamento e melhores salários.

3. Seu marketing voltado às crianças é “assustador e predatório”

Dois anos atrás o grupo Center for Science in The Public Interest anunciou a intenção de processar o McDonald’s por seu “assustador e predatório” marketing voltado ao público infantil. Em sua carta, o CSPI comparou o McDonald’s “àquele estranho no parquinho que oferece balinhas para as crianças” e disse que a empresa usa “marketing injusto e enganoso” para “atrair crianças pequenas”.

“O ambíguo enfoque do marketing direcionado a crianças pelo McDonald’s pode ser visto em um recente press-release que diz que a promoção da empresa baseada no filme Shrek “irá encorajar as crianças a ‘deshrekizar’ seu McLanche Feliz ao redor do mundo com opções de menu como frutas, vegetais, leite e sucos naturais”. Na realidade, entretanto, o ponto principal da promoção Shrek é conseguir atrair crianças ao McDonald’s, onde elas acabarão escolhendo as opções menos saudáveis e comendo refeições calóricas.”

Não é a primeira vez que o McDonald’s fica sob fogo cerrado pelo uso de brinquedos do McLanche Feliz para atrair crianças como consumidores, e, como a empresa é o distribuidor de brinquedos número um do mundo, certamente não será a última.

(No Brasil, o instituto Alana vem lutando para proibir o McDonald’s de distribuir brinquedos junto com o McLanche Feliz. Um projeto proibindo a associação entre brinquedos e sanduíches já foi aprovado pela Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle do Senado.)

4. Tem uma salada mais gordurosa do que um hambúrguer com fritas e a granola menos saudável do planeta.

O McDonald’s lançou uma salada Caesar mais gordurosa que um hambúrguer com fritas. O Daily Mail noticiou que, “com os temperos e os croutons, a salada contém 425 calorias e 21,4g de gordura, comparada com as 253 calorias e 7,7g de gordura de um hamburguer comum”. Adicionando uma porção de fritas a seu hambúrguer, as calorias somam 459 –ainda assim com menos gordura do que a salada (16,7g). Impressionante.

Mais recentemente, a granola (que vem junto com o iogurte) –outra opção “saudável” do menu– foi criticada por não ser nada boa para você. Mark Bittman escreveu no New York Times que a granola da empresa não é nada além de “junk food cara” (você pode fazer granola realmente saudável em casa com pouquíssimo dinheiro). Ele continua: “uma descrição mais acurada do que ‘100% cereal integral natural’, ‘passas macias’, ‘doces cranberries’ e ‘maçãs frescas crocantes’ poderia ser ‘aveia, açúcar, frutas secas açucaradas, creme e 11 estranhos ingredientes que você nunca teria em sua cozinha’.”

5. Os hambúrgueres não se decompõem.

Quem pode esquecer  que há um par de anos uma mulher deixou sobre a mesa por seis meses um hambúrguer e fritas do McDonald’s apenas para descobrir que o lanche não se decompõe?

Aqui o lanche no primeiro dia:

E aqui no dia 171:

Se você acha que é lenda, um pesquisador descobriu que os hambúrgueres do McDonald’s de fato podem estragar sob certas circunstâncias, mas em geral eles não se decompõem por si próprios. Segundo ele, “o hambúrguer não estraga porque seu pequeno tamanho e superfície relativamente grande ajudam a perder umidade. Sem umidade, não há mofo ou crescimento de bactérias”. Basicamente, o hambúrguer vira carne seca antes de se decompor. Ou seja, não é uma questão de químicas nojentas no hambúrguer que o mantêm intacto, mas ainda assim é uma gororoba.

6. O McDonald’s usou “gosma rosa” por anos.

Há pouco tempo vimos e ficamos horrorizados com esta imagem:

Trata-se de “pink slime” (“gosma rosa”), uma substância derivada de partes mecanicamente separadas de frango que durante anos foi utilizada para fazer os nuggets do McDonald’s, pelo menos nos EUA; no Reino Unido, a substância é considerada ilegal para consumo humano. (Recentemente, graças a ativistas, a ‘gosma rosa’ foi banida do lanche ESCOLAR nos EUA. Escrevi sobre isso no blog.)

A boa notícia é que, uma vez que a imagem começou a circular, o McDonald’s foi forçado a descontinuar o uso da gosma rosa. (A empresa garante que a indignação pública não teve nada a ver com a decisão.)

7. O McDonald’s está em toda parte.

Você pode tentar o que for, mas não escapará do McDonald’s. Nos EUA, o único lugar onde você pode estar a 100 milhas de um McDonald’s é um deserto na fronteira entre o Oregon e Nevada.

Aqui, um mapa da presença do McDonald’s no mundo. Na Bolívia faliu.

 

 


Apoie o site

Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para assinar, você pode usar apenas qualquer cartão de crédito ou débito

Ou você pode ser um patrocinador com uma única contribuição:

Para quem prefere fazer depósito em conta:

Cynara Moreira Menezes
Caixa Econômica Federal
Agência: 3310
Conta Corrente: 23023-7
(34) comentários Escrever comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da Socialista Morena. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

patrick em 09/01/2013 - 11h38 comentou:

Na Islândia também bateu as botas 😉

Responder

Kauê em 09/01/2013 - 12h20 comentou:

Eu trabalho num trem desses, além de salários não tão bons assim pelo trabalho pesado você é obrigado a comer as porcarias desses sanduíches todo santo dia. E eles ainda têm coragem de dizer que o cardápio foi montado por um nutricionista e que é super saudável. Foi montado sim por um nutricionista, pago por eles pra fazer o que eles quiserem.

Responder

    Jonathan em 12/11/2013 - 19h50 comentou:

    Se não me engano, nos EUA o MacDonald's foi processado por conta disso. Não sei se no Brasil o processo teria alguma repercussão.

piu gomes em 09/01/2013 - 13h38 comentou:

Confesso que de vez em quando como um,,,

Responder

Gabi em 09/01/2013 - 14h04 comentou:

Concordo. Outro ponto pra mim: o preço dos alimentos, pra mim, é um absurdo. Pelo menos na minha cidade, que é uma cidade média de interior, dá pra se alimentar BEM melhor gastando o valor de um daqueles sanduíches minúsculos e de qualidade nutricional duvidosa.

Responder

Vanessa em 09/01/2013 - 14h33 comentou:

Vejam o documentário "A dieta do palhaço" e fiquem mais horrorizados ainda. Eu parei de comer no Mc Donald's depois de assistir esse documentário! É de enojar.
Aliás, ótimo texto! Super informativo, parabéns!

Responder

Jose Geraldo em 09/01/2013 - 14h39 comentou:

Vale ver a notícia de ontem no Mashable. http://mashable.com/2013/01/08/kfc-chicken-brain-
A foto tirada por um adoslecente na inglaterra de um nugget do KFC mostra bem o tipo de alimento consumido em fast food!!!

Responder

IsraelTS em 09/01/2013 - 16h29 comentou:

Mas O Tal do Cheddar é uma Delícia !!! Ohhhhhhhhhhh orcaria Gostosa Viu !!!

Responder

Bruno Amorim em 09/01/2013 - 16h39 comentou:

Cynara, a primeira filial brasileira a falir foi a de Olinda/PE… Orgulho de ser olindense!!!

Responder

ursula em 09/01/2013 - 17h16 comentou:

já viu este vídeo do sinthoresp: http://sinthoresp.com.br/jornada/site_jc/?
leci brandão virou minha musa do verão!

Responder

    morenasol em 09/01/2013 - 17h39 comentou:

    muito bom! acrescentei ao post, obrigada!

Sandro Aurélio em 09/01/2013 - 17h47 comentou:

um outro ótimo motivo pra não comer lá é que É CARO PRA CARALHO. um x-tudo grandão gostosão aqui em nova iguaçu custa 4 reais. muito melhor.

Responder

Juliana em 09/01/2013 - 18h21 comentou:

Impressionante como tem gente que se deixa lavar mentalmente dessa forma… eu não dou 1 centavo nessa nhaca.

Responder

dalmarsio em 09/01/2013 - 18h44 comentou:

Bem, eu não gosto dos lanches do Mc Donalds,mas, dizer que não se deve comer por ser de esquerda é de uma ignorancia total. Ate na Russia,China,e outros paises comunista tem lanchonetes. Por favor, quem coloca um comentario desses ,faria melhor se não fizesse.

Responder

    Andre em 13/11/2013 - 10h38 comentou:

    E a Russia agora é comunista?? Ó: tá sabendo bem!! Vixi!!

Cícero em 10/01/2013 - 05h24 comentou:

Já faz um bom tempo que não vou ao McDonald’… Há outras opções bem mais saudáveis e econômicas, onde se pode comer comida de qualidade por um bom preço e sem prejuízo à saúde.

Responder

Trevisolli em 10/01/2013 - 12h38 comentou:

ótimo post, cheio de fontes sobre o assunto!

Responder

Ivan B em 10/01/2013 - 20h38 comentou:

Cynara, tem mais alguns dados sobre questoes trabalhistas nos MacDonald's. Nao trabalho dentro de uma filial, mas trabalho com os exames de saúde ocupacional, admissionais, periódicos, demissionais dos funcionários.
Primeiro que contratam em geral jovens, gente que terá ali seu primeiro emprego, quase como estagiários. Imagino que com isso, além de querer passar um perfil de empresa jovem, com atendentes jovem, que servirá seus servicos a jovens – também existe a malandragem de se lidar com gente que reclama menos, que se submete a condicoes de trabalho pouco ideais sem que se contrariem como aultos mais experimentados fariam.
Depois, é um trabalho sob pressão contínua , os clientes nao podem demorar a ser atendidos, e a cobranca logicamente é direcionada aos atendentes. E aí, um certo assédio moral é previsível.
O trabalho é em pé o tempo inteiro, o intervalo de descanso (5 minutos a cada 50 min trabalhados ) nao é respeitado. Ficar 8 horas ou mais em pé continuamente nao é muito saudável.
Outra: como lidam com frituras'e chapas de cozimento, eles sofrem queimaduras nos braços frequentemente com o óleo que salta. Depois de algumas semanas de trabalho, quando os vemos nos exames perióidicos , vemos como seus braços, como regra, estão cheios de marcas de queimaduras – que nao sao considerados como acidentes de trabalho, queimar-se "faz parte do trabalho".
E é muito comum que eles aumentem de peso, e mudem seus padroes dieta, em funçao da alimentaçao que lhes é oferecida diariamente, – que basicamente sao os lanches que servem ao público. Existe um servico de nutricionismo que dá uma melhorada no lanche servido como refeiçoes para os atendntes, que o torna um pouco
mais saudável, mesmo assim, sao Mac's sua alimentacao básica diária. É pouco provável que um MacDonald comido esporadicamente detone a saúde de alguém, mas diariamente, 2 a 3 vezes por dia, é bem diferente.

Responder

Ivan B em 10/01/2013 - 20h49 comentou:

Tem um outro dado. O consumidor predominante do Mac Donald's nao é composto de crianças, como se pensa. A estrutura toda o negócio, a imagem do palhaço, os brindes, as instalacoes lúdicas nos faz pensar assim. Na verdade, crianças ocorrem ali sim, mas a maioria é de adolescentes e adultos jovens ( mais ou menos gente de 14 a 22 anos ), é só entrar numa filial e observar quem está ali comendo, na maioria. Nao sao crianças, sao adolescentes e adultos jovens.

Responder

mandico em 10/01/2013 - 22h21 comentou:

100.000.000 de razões para detestar um socialista = 100.000.000 de cadáveres produzidos pelos mesmos

Responder

Hélio de Souza em 11/01/2013 - 02h41 comentou:

Nenhum regime verdadeiramente SOCIALISTA matou ninguém. Você deve estar se referindo, meu caro amigo reaça, a regimes TOTALITÁRIOS que aplicavam políticas de governo que partiam de vertentes LENINISTAS E MAOÍSTAS, portando mais extremistas, do COMUNISMO, tais como a União Soviética sob o comando de Stalin e o Camboja do Pol Pot. Eu sei que o Danilo Gentili disse no twitter que socialistas comem criancinhas, mas ele está ERRADO, o que, por tabela, faz você estar ERRADO também.

Responder

Noslen em 11/01/2013 - 21h51 comentou:

http://p3.publico.pt/actualidade/sociedade/6162/1
1005 dias depois, hamburguer de McDonald's ainda não se decompôs
Sally Davies continua o projecto "Happy Meal Project", em que fotografa a refeição infantil diariamente. Quase três anos depois, não há sinais de decomposição. O que diz isto sobre a "fast-food"?
Tudo começou numa conversa com um amigo. Sally Davies é vegetariana, o amigo não. Ela é completamente anti-hambúrgueres, ele um fiel apreciador.

“Dizia-lhe o quão prejudiciais podiam ser os hambúrgueres que milhões de americanos devoram. Ele ria-se e eu decidi que lhe ia provar que estava certa”, recorda a fotógrafa numa entrevista ao El Mundo há cerca de dois anos.

Comprou um “Happy Meal”, no McDonald’s, e decidiu fotografá-lo todos os dias até que apodrecesse. O resultado está à vista : “Parece que o tempo não passa pelo hambúrguer.”

Passaram 1005 dias e a refeição continua com um aspecto semelhante ao que tinha no primeiro, sem sinais óbvios de decomposição. Com o “Happy Meal Project”, a artista nova iorquina quer provar que a comida servida pela cadeia norte-americana (e a "fast-food" em geral) é, de facto, pouco saudável.

Os alimentos do menú infantil do McDonald's, que a fotógrafa mantém em casa, ao ar livre, apresentam alguns sinais de desidratação (sobretudo o pão) mas não há sinais de putrefação.

O projecto de Sally , que completa três anos no dia 10 de Abril, pode ser acompanhado no Flickr, onde há algum tempo se tornou viral. “Continuarei a fotografar o hambúrguer até que se decomponha, o que pode levar o resto da minha vida”

Sally Davies iniciou a sua carreira como pintora há mais de trinta anos e as suas criações já apareceram em séries televisivas mediáticas como “Sexo e a Cidade”.

Responder

Jorge em 12/01/2013 - 23h51 comentou:

Mas é gostoso p'rá caramba!

Responder

Dindinha em 14/01/2013 - 01h30 comentou:

E ainda tem muita gente que vem para Rio Branco, no Acre, e comenta que ate eh uma cidade mais ou menos, se tivesse um McDonalds ate daria para ficar um tempo.
Nao esquecendo os que decidem morar aqui para fugir da correria dos grandes centros, para ter uma vida mais tranquila. Esses encontram outra coisinha que incomoda, nos a populacao local kkkk.

Responder

Rafael em 15/01/2013 - 01h24 comentou:

Tem algumas coisas no texto mais parecida com "eu odeio o Mc Donalds do que o Mc donalds eh prejudicial a saude" porque digo isso. pq falar de empregados e salarios pagos pelo Mc eh chover no molhado onde no brasil principlamente achar uma empresa que paga mal e faz do seu funcionario um escravo nao eh dificil, isso nao eh exclusivo do "demonio" mc donalds. Falar do marketing eh pior ainda, ou que eu saiba esse eh um campo onde qualquer empresa faz das tripas, coracao pra ganhar o consumidor, o mc donalds nao pode ser diferente ser quer vender e atrair as criancas. Quantos as gorduras e tudo mais, nunca mais coma lanche nenhum, pq ate no lanche da esquina da sua casa o lanche jamais sera saudavel mesmo que nele estiver uma folha de alface, mas cada um com sua dieta. Tranquilo e pra finalizar essa foto que o lanche nao se decompoe, primiero que fazer um teste com um lamche do mc donalds ou do lanchao do taquaral em campinas eh a mesma coisa, nojento e pode se desacreditar da veracidade dos fatos. A questao eh, te que ponto as grandes empresas sofrem com textos como esse? Nada. No ramo tecnologico a maior delas APPLE sofre diariamente por ser grande demais, pridutos caros e por ai vai, o Mc donalds tbm. Eu nunca vi alguem falando textos "super legais" como esse sobre o Burguer King, Hungry Jaks, Bob's e tantos outros pq nao sao tao famosos ou pq Mc donalds realmente imcomoda?? sei la..nao sou advogado de restaurante nem um louco que come mc donalds 1 vez por dia…sou um cara que como quando tenho vontade gosto mto e bem por isso to morendo.. Isso eh um texto para vegetariano (que nao tenho nada contra) ficar compartilhando. ao inves de falar especificamente de mc donalds fale fast food em geral..pq na real, hoje em dia, saudavel mesmo so a comida que vc faz na sua casa e olhe la!

Responder

Rosana em 16/01/2013 - 17h47 comentou:

Assistam aos filmes de denúncia do SINTHORESP nos sites: http://www.jornadacriminosa.com.br ou http://www.cardapiodeescandalos.com.br

Responder

Arthur em 16/01/2013 - 22h21 comentou:

VOTE NO SITE DO SENADO contra a distribuição de brindes nas redes de comida rápida! Já somos mais de 80% contra!

http://www.senado.gov.br/noticias/DataSenado/

Responder

Rita em 13/11/2013 - 09h52 comentou:

Meu filho trabalhou em um desses, e quando começou a questionar muito sobre ter que trabalhar além das horas devidas, foi convidado a pedir demissão. Procurou o Sindicato mas eles falaram que é muito difícil ganhar alguma causa contra eles e que tem muitas reclamações registradas de funcionários que trabalharam nesse empresa.

Responder

Debora Simões em 14/11/2013 - 20h12 comentou:

Trabalhei lá há alguns anos atrás,e quando lembro que passei 9 meses comendo aquela porcaria todos os dias…afff fico indignada!!!

Responder

EDSON em 02/01/2014 - 00h08 comentou:

O cara não tem qualquer dom, não quis estudar, e tem sorte de não ter muitas espinhas é agraciado com um emprego e você ainda reclama de quem dá emprego a pessoas com esse perfil? Com algumas poucas exceções esse é o perfil dos jovens que acabam trabalhando lá, então vamos acabar com todos os fast food´s e aí socialista, como daremos emprego para essas pessoas?

Daremos bolsa familia? De onde vai sair o dinheiro?

Responder

Raquel em 04/10/2014 - 21h37 comentou:

Não e por causa disso que eu vou deixar de comer la. (nao vou la todos os dias , vou so de 2 em 2 meses)

Responder

Claytom em 17/01/2015 - 19h51 comentou:

Acorde mulher e deixe esta praga maldita que é o socialismo . É um regime anti democrático que rouba todos os sonhos de uma pessoa prosperar na vida , é um regime egoísta, enfim , é um regime maldito.
Volte-se para Deus e não pense só em si mesma, mas também nos outros ,pois cada um tem um sonho, e também tem todo o direito de vê-los realizados . Você é uma mulher bonita, não fica bem para você apoiar um idealismo anti cristão. Mas, você tem o direito de decidir o caminho a escolher ; porém fica aí um conselho amigo. Quanto ao McDonalds, gosto muitíssimo de todos os produtos desta rede .

Responder

Marx em 30/03/2015 - 18h24 comentou:

Só uma pequena correção. No mapa que mostra o alcance do McDonald's no mundo, no mapa do Brasil, ele passa a ideia de que a franquia está em todos os 27 Estados brasileiros. Na verdade, a única correção seria que ela está em 26 Estados, já que no Acre não existe McDonald's.

Responder

Igor macedo em 05/12/2017 - 03h35 comentou:

Tudo mentira e do mesmo tipo de gente que e incapas de fazer alguma coisa e aruma descupa para isso como dizer que nao tem emprego por que e negro
se voce nao gosta nao vai e pronto!
Eu comecei a trabalhar la esse ano e um otimo lugar pra trabalhar voce faz amizade com todo mundo do gerente ate o cara que limpao chao e outra atendente faz de tudo no mc voce pode ser do chef de cozinha ao atendente no caso de nos jovens aprendizes nao trabalhamos nem fim de semana nem feriado o salario e de R$ 559 vale transporte e plano de saude sendo que o salario minimo e de 459
o almoço oferecido e comida nada de hanburg a propria representante do mc fala isso na entrevista
nao tem exploracao tem uma pressao e alguns nao tem psicologico pra isso e igual num call center voce tem que ta preparado para escutar gente reclamando e gritando no pe do ouvido

e gordura tem em toda carne se voce come hanburg vegano ou vegetariano achando que nao tem gordura ta enganada tem menos caloria isso nao muda muita coisa nos fins das contas voce vai beber alguma coisa e vai ser a mesma coisa que consumir o hanburg normal….ve se te informa melhor antes de sair metralhando voce que acabar com a minha vida e a de mais de 5.000 pessoas no mundo!!!!!!,,,,,pqp

Responder

Deixe uma resposta

 


Mais publicações

Kapital

Vai um desmatamento aí? ONG liga Burger King ao desaparecimento de florestas


Por Charles Nisz* Onze milhões de sanduíches vendidos por dia. Tal feito faz do Burger King a segunda maior cadeia de hambúrgueres do mundo –só perde para o McDonald’s. Qual o impacto ambiental para produzir…

Kapital

Uma em cada cinco crianças vive na pobreza em países ricos; uma em cada…


“Onde é que o socialismo funcionou?” é a pergunta mais frequente dita pela direita nas redes sociais, como se o capitalismo tivesse “funcionado” em alguma parte do planeta. Um relatório do Unicef (Fundo das Nações…