Socialista Morena

literatura


05 de dezembro de 2013, 12h19

O bolinho de maconha de Alice B.Toklas

As norte-americanas Gertrude Stein (1874-1946) e Alice B. Toklas (1877-1967) formavam o casal mais querido da Paris dos anos 1930. Os jantares de sábado à noite em sua casa na rue de Fleurus 27 tinham convidados como Pablo Picasso (que pintou um célebre quadro de Gertrude), Ernest Hemingway, Jean Cocteau, Ezra Pound, Paul Bowles, Apollinaire… […]

07 de novembro de 2013, 19h01

Albert Camus, 100 anos

20 de outubro de 2013, 14h13

O homem que Vinicius amou

Louco pelas mulheres, Vinicius de Moraes também amou um homem e a ele dedicou sonetos e canções: o chileno Pablo Neruda. Os dois poetas se conheceram em julho de 1945, quando Neruda veio ao Brasil e fez contato com vários de nossos escritores. Segundo os especialistas na obra de Neruda, foi uma viagem importante na […]

19 de outubro de 2013, 13h32

Vinicius de Moraes e o golpe militar

Nos 100 anos de Vinicius de Moraes, republico a investigação do jornalista Marcelo Bortoloti sobre um episódio até hoje nebuloso: a demissão do poeta, diplomata de carreira, do Itamaraty durante a ditadura militar. O texto foi originalmente publicado em maio deste ano no blog do Instituto Moreira Salles (link aqui). Para reparar a injustiça, em […]

06 de outubro de 2013, 16h16

A noite em que Jean-Paul Sartre fumou um charuto com Che Guevara

Entre fevereiro e março de 1960, pouco mais de um ano após a revolução, o casal de filósofos franceses passou um mês em Cuba e se encantou com a juventude do novo governo

17 de agosto de 2013, 14h35

Grandes primeiros parágrafos da não-ficção

Propus aos leitores do blog enviarem para mim seu primeiro parágrafo favorito de livros de não-ficção. Já vi muitas listas com o começo inesquecível de romances, mas não de ensaios e livros de reportagem. E há obras não-ficcionais tão impossíveis de apagar da memória quanto a mais envolvente aventura ou história de amor. O bacana […]

15 de agosto de 2013, 21h32

Pedro Juan Gutiérrez: contra a depilação e o sexo “limpinho”

Evoco um dos meus autores contemporâneos favoritos, o cubano Pedro Juan Gutiérrez, para jogar a pá de cal na “polêmica” em torno da depilação da atriz Nanda Costa nas páginas da Playboy. Vivemos tempos coxinhas, em que a beleza desnuda de uma moça vira coadjuvante diante da moda, exportada pelo Brasil, de arrancar a cera […]

01 de julho de 2013, 14h14

Revolucionários em cordel

A tradição da literatura de cordel remonta ao século 15. Foi trazida ao Brasil pelos portugueses e, no Nordeste, acabou virando a mais autêntica forma de literatura sertaneja, com suas capas impressas em xilogravura. À venda nas feiras, nos livrinhos de cordel se encontram praticamente todos os personagens da história do Brasil e do mundo. […]

16 de maio de 2013, 21h53

Mãe Stella de Oxóssi, a imortal do candomblé

Aos 88 anos, a ialorixá do do terreiro Ilê Axé Opô Afonjá se torna a primeira mãe de santo acadêmica do país

13 de abril de 2013, 16h30

Maggie e eu, por Christopher Hitchens

Este é o mais engraçado e surpreendente texto que já li sobre Margaret Thatcher. O escritor britânico Christopher Hitchens (1949-2011) conta como foi seu primeiro encontro com a dama-de-ferro em 1975. O causo está em suas memórias, Hitch-22, publicadas em português no Brasil pela Nova Fronteira. E, aqui, no site da Vanity Fair, em inglês. […]

13 de fevereiro de 2013, 13h21

Semana de Arte Moderna, 91 anos: Os Sapos, de Manuel Bandeira

Há 91 anos, começava em São Paulo, em pleno Teatro Municipal, a Semana de Arte Moderna de 1922, que sacudiria os cânones da arte no País. O que valia antes não valia mais: outra arte chegara, decretavam os modernistas capitaneados por Mário de Andrade, Oswald de Andrade, Anita Malfatti, Di Cavalcanti, Menotti del Picchia. Heitor […]

08 de fevereiro de 2013, 11h59

Bandeira Branca, por Luis Fernando Verissimo

Não sei quanto a vocês, mas eu adorava carnaval de clube. E adoro o Verissimo. *** Bandeira Branca* Por Luis Fernando Verissimo Ele: tirolês. Ela: odalisca. Eram de culturas muito diferentes, não podia dar certo. Mas tinham só quatro anos e se entenderam. No mundo dos quatro anos todos se entendem, de um jeito ou […]

02 de fevereiro de 2013, 12h12

Perdido numa noite suja (com Pedro Juan Gutiérrez)

Me orgulho de ter sido a primeira jornalista no Brasil a “descobrir” o escritor cubano Pedro Juan Gutiérrez. Em 1999, tinha lido sobre ele na imprensa espanhola, que o descrevia como “o Bukovski caribenho”. Isso atiçou a minha curiosidade, e pedi à sua editora em Madri que me mandasse o livro que o tornaria famoso, […]

24 de janeiro de 2013, 22h31

Bentinho, o primeiro coxinha da história

Rapazola, Bento Santiago, o Bentinho, ganhou de um conhecido no trem da central o apelido de Dom Casmurro, por ser homem calado, metido consigo mesmo e possuir “fumos de fidalgo”. Atualmente, teria sido apelidado “coxinha”. Coxinha, para quem não sabe, é o novo “mauricinho”, sujeito jovem com hábitos, trajes e pensamentos antiquados. Aquele cara que […]

19 de dezembro de 2012, 16h51

O brasileiro não é assim, por Sócrates

Duas notícias boas neste post: uma é que a editora Confiança, que publica CartaCapital, agora também edita livros. A outra é que o primeiro volume do que, espero, seja uma série, é dedicado a Sócrates: reúne os melhores textos que o grande atleta e pensador  escreveu para a revista durante dez anos, de 2001 até […]