Socialista Morena
Imagem do dia

Ativistas ateiam fogo a estátua de bandeirante genocida

Foto: @satodobrasil/instagram
Cynara Menezes
24 de julho de 2021, 22h15

Apoie o site

Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para assinar, você pode usar apenas qualquer cartão de crédito ou débito

Ou você pode ser um patrocinador com uma única contribuição:

Para quem prefere fazer depósito em conta:

Cynara Moreira Menezes
Caixa Econômica Federal
Agência: 3310
Conta Corrente: 23023-7
(2) comentários Escrever comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da Socialista Morena. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

MARCONI COSTA DA SILVA SCARINCI em 27/07/2021 - 11h46 comentou:

“Os bandeirantes foram os ‘inventores’ do capitalismo. (…) A vitória dos bandeirantes determinou as fronteiras, o tipo de empresa econômica; e as relações escravistas foram fortalecidas. Em consequência, o genocídio do índio se fez rapidamente, forçando a entrada dos negros africanos e gerando um caráter nacional perverso.” Júlio José Chiavenato, em “Bandeirismo – Dominação e violência”.

Os perversos e genocidas bandeirantes Domingos Jorge Velho, Fernão Dias Paes, Raposo Tavares, Bartolomeu Bueno da Silva, o Anhanguera, e Manuel Borba Gato, são mitos fundantes da elite econômica mais perversa do mundo, que é a elite brasileira. E por isso mesmo dão nomes à ruas, rodovias, escolas, faculdades e têm estátuas em praças das nossas cidades. Como bem disse o dramaturgo alemão Bertolt Brecht (1898-1956): “Infeliz a nação que precisa de heróis.” Ainda mais como esses.

Responder

Glauber Moura em 15/09/2021 - 01h52 comentou:

Disse tudo companheiro Marconi!!!

Responder

Deixe uma resposta

 


Mais publicações