“Cobrado” pelo governo por limpeza das praias, Greenpeace dá o troco

Ativistas simularam, com plástico azul e tinta preta, um mar poluído por petróleo diante da rampa do palácio