Socialista Morena
Cultura

Mulheres que desenham: ilustradoras de todo o mundo num site só

Para promover e facilitar o acesso às mulheres ilustradoras, diretório já reúne quase 3 mil profissionais de todo o mundo, inclusive do Brasil

"Cosmic Ninja", da paquistanesa Samya Arif
Da Redação
01 de julho de 2019, 16h38

O site Women who draw (Mulheres que desenham) já reúne quase 3 mil ilustradoras de todo o mundo, inclusive do Brasil. A ideia começou quatro anos atrás, quando a ilustradora norte-americana Julia Rothman se deu conta de que, entre as 55 capas de revista feitas naquele ano, apenas quatro foram desenhadas por mulheres. Ela se juntou à colega Wendy McNaughton e, em 2017, criaram o diretório, com o objetivo de aumentar a visibilidade das ilustradoras e o acesso a elas. Para que ninguém mais diga “não contratei fulana porque não sabia onde encontrá-la”.

É possível filtrar por raça/origem, orientação sexual e religião. Selecionamos algumas das ilustrações delas neste post. Se você é ilustradora e quer ser incluída no site, clique aqui. Como o site é trans-inclusivo, mulheres trans também são bem-vindas.

A argentina Juliana Vido

A argentina radicada em São Paulo Eva Uviedo

A venezuelana radicada na Colômbia María Solías

A britânica de ascendência hindu Aleesha Nandhra

A brasileira Carolina Cerqueira

A brasileira radicada no Canadá Beatriz Carvalho

A malaia radicada em Los Angeles Lili Chin

As criadoras do site:

On the Streets. Julia Rothman

Wendy Macnaughton

 


Apoie o site

Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para assinar, você pode usar apenas qualquer cartão de crédito ou débito

Ou você pode ser um patrocinador com uma única contribuição:

Para quem prefere fazer depósito em conta:

Cynara Moreira Menezes
Caixa Econômica Federal
Agência: 3310
Conta Corrente: 23023-7
(3) comentários Escrever comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da Socialista Morena. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Carol Ludwig em 02/07/2019 - 01h00 comentou:

Parabéns pelo trabalho meninas! Continuem assim!

Também sou ilustradora e designer gráfica, quem quiser dar uma olhada e trocar contatos meu insta é @carolludwigart

Abraço! 😊

Responder

Elis Pinto em 03/07/2019 - 04h13 comentou:

Muito importante dar visibilidade a arte d mulheres do mundo. Sou artista visual, feminista negra, escritora e acabo de ter uma publicação de texto e ilustração. Em breve terei uma ilustração de capa de livro publicada. Gostaria de ter meu trabalho divulgado por vocês. Meu site elispint.wixsite.com/elispinto

Responder

    Cynara Menezes em 03/07/2019 - 21h56 comentou:

    oi, querida. só estamos divulgando o site. você tem que escrever para o endereço que tem no post

Deixe uma resposta

 


Mais publicações

Politik

Cartazes contra a ditadura


O Instituto Vladimir Herzog e a editora Escrituras lançam hoje em São Paulo o livro “Os cartazes desta história”, que reúne 300 cartazes, fotos e documentos contra o regime militar na América Latina. Além de…

Cultura, Politik

As tatoos anti-soviéticas dos criminosos nas prisões russas


Entre os anos 1948 e 2000, o guarda prisional russo Danzig Baldaev (1925-2005) fotografou e desenhou mais de 3 mil tatuagens de criminosos encarcerados em seu país, mas as imagens só ficaram conhecidas em 2004,…