Socialista Morena
Politik

Fumante, pare de emporcalhar o mundo com a bituca do seu cigarro

Fumar faz mal. E além de fazer mal, quem fuma alimenta uma indústria das mais perversas do capitalismo, que lucra 35,1 bilhões de dólares por ano vendendo uma substância que vicia e mata. Quem vende cocaína faz o mesmo, mas é chamado de “traficante” e está sujeito à prisão, enquanto os fabricantes de tabaco são […]

Cynara Menezes
27 de janeiro de 2016, 19h26
camera 312

(Achei ótima essa iniciativa que vi na praia de Prumirim, em Ubatuba-SP)

Fumar faz mal. E além de fazer mal, quem fuma alimenta uma indústria das mais perversas do capitalismo, que lucra 35,1 bilhões de dólares por ano vendendo uma substância que vicia e mata. Quem vende cocaína faz o mesmo, mas é chamado de “traficante” e está sujeito à prisão, enquanto os fabricantes de tabaco são chamados de “empresários” e são respeitados pela sociedade.

Eu já fumei (pouco) e hoje não fumo mais. Só que não sou propriamente uma patrulheira do vício alheio. Acho que se a pessoa quer fumar, é problema dela. O pulmão é dela, a garganta é dela. Mas as bitucas do cigarro, não. Elas atingem a todos. Poluem as praias, sujam as ruas, entopem bueiros, empesteiam os rios. As bitucas são hoje a coisa que mais as pessoas jogam na rua no mundo, o dejeto número um. Calcula-se que cada um dos 1,6 bilhão de fumantes do planeta jogue quase oito bitucas no chão por dia. Ou seja, é a porquice de todas as porquices.

Agora mesmo, no verão, dá raiva de ver, misturadas à areia da praia, dezenas de bitucas de cigarro espalhadas no mesmo lugar onde as crianças brincam. As bitucas não são biodegradáveis, vão ficar por ali de oito meses até dez anos se ninguém fizer nada. Algumas pessoas parecem achar que é só o poder público quem precisa agir para que nossas cidades sejam limpas. Que elas não precisam dar sua contribuição. No Porto da Barra, em Salvador, por exemplo: toda noite a prefeitura passa uma máquina, peneirando a areia dos dejetos. Na tarde seguinte, de novo a praia está entupida de bitucas de cigarro! Um nojo. Na água, as bitucas são frequentemente confundidas com alimento pelos pobres animais marinhos…

Em uma cidade como São Paulo, cerca de 80 milhões de cigarros são consumidos por dia. Para onde vão as bitucas? Chegue perto de uma região de bares (perto da PUC, em Perdizes, na Vila Madalena…) no sábado pela manhã, após a farra da sexta, para ver como ficou o chão. Das ruas, as bitucas vão parar nos sofridos rios da capital paulista. Mais de um terço da sujeira dos rios Tietê e Pinheiros vem do lixo que as pessoas jogam na rua. E a campeoníssima é… a bituca de cigarro.

Os filtros do cigarro são compostos de acetato de celulose, um tipo de plástico. Atualmente, pesquisadores estão descobrindo algumas formas de reciclá-los, mas é tudo ainda incipiente. Algumas cidades, como o Rio de Janeiro, Curitiba e Paris, passaram a multar pessoas flagradas jogando bitucas nas ruas. Na capital francesa, onde fumar é um hábito quase cultural, cerca de 300 toneladas de filtros de cigarro são recolhidos por ano! Desde setembro passado, o porcão ou a porcona que jogar a bituca no chão vai ter de pagar 68 euros (304 reais) de multa. No Rio, a multa é de 100 reais e em Curitiba, 400 reais. Também estão surgindo iniciativas como os coletores de bitucas em locais públicos e os porta-bitucas individuais.

bituca

Vamos combinar, fumantes: não custa nada guardar a bituca para jogar num lugar adequado! Fume seu cigarro, mas leve a sua bituca com você. Não é justo que o planeta inteiro pague pela sua falta de educação.

 

 


Apoie o site

Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para assinar, você pode usar apenas qualquer cartão de crédito ou débito

Ou você pode ser um patrocinador com uma única contribuição:

Para quem prefere fazer depósito em conta:

Cynara Moreira Menezes
Caixa Econômica Federal
Agência: 3310
Conta Corrente: 23023-7
Nenhum comentário Escrever comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da Socialista Morena. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Deixe uma resposta

 


Mais publicações

Feminismo

As fraldas de pano de Mônica Benini e a antipatia das redes pela consciência


Os valores se inverteram na era das redes sociais, onde se é julgado o tempo inteiro: contestar o sistema virou sinônimo de ser "burro"; ser “inteligente” é aceitar tudo bovinamente como está

Politik

PDVSA nega acusação de que o petróleo derramado no Nordeste seja da Venezuela


Estatal diz que afirmação é "tendenciosa" e tem a intenção de aprofundar o bloqueio contra o país