Socialista Morena
Politik

PDVSA nega acusação de que o petróleo derramado no Nordeste seja da Venezuela

Estatal diz que afirmação é "tendenciosa" e tem a intenção de aprofundar o bloqueio contra o país

Petróleo em praia de Sergipe. Foto: ADEMA/Governo de Sergipe
Da Redação
10 de outubro de 2019, 15h51

A PDVSA, estatal de petróleo da Venezuela, acaba de soltar uma nota oficial em que rechaça as afirmações do governo brasileiro de que o petróleo derramado nas praias do Nordeste tenha origem no país, como teria concluído a Petrobras e foi cogitado pelo ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles. “Esse petróleo está vindo muito provavelmente da Venezuela”, afirmou o ministro em audiência na Câmara dos Deputados nesta quarta-feira. Bolsonaro chegou a afirmar ter “quase certeza” que o acidente foi criminoso. 

“A PDVSA rechaça categoricamente as declarações do ministro do Meio Ambiente do Brasil, Ricardo Salles, que acusam a República Bolivariana da Venezuela de ser responsável pelo petróleo que está contaminando as praias do Nordeste do Brasil desde o princípio de setembro”, diz o texto. “Não existe evidência alguma de derramamento de petróleo cru nos campos petrolíferos da Venezuela que pudesse gerar danos ao ecossistema marinho do país vizinho”.

Não existe evidência alguma de derramamento de petróleo cru nos campos petrolíferos da Venezuela que pudesse gerar danos ao ecossistema marinho do país vizinho

“Reiteramos que não recebemos nenhum relatório no qual nossos clientes e/ou filiais informem sobre uma possível avaria ou derramamento próximo à costa brasileira, cuja distância com nossas instalações petrolíferas é de aproximadamente 6.650 quilômetros via marítima”, segue. “A República Bolivariana da Venezuela ratifica seu compromisso  com a preservação da vida na mãe Terra, objetivo histórico consagrado em nossa Constituição e na Lei del Plan de la Patria 2019-2025. Condenamos estas afirmações tendenciosas que pretendem aprofundar as ações unilaterais de agressão e bloqueio contra nosso Povo”.

Leia o original em espanhol aqui.

 


Apoie o site

Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para assinar, você pode usar apenas qualquer cartão de crédito ou débito

Ou você pode ser um patrocinador com uma única contribuição:

Para quem prefere fazer depósito em conta:

Cynara Moreira Menezes
Caixa Econômica Federal
Agência: 3310
Conta Corrente: 23023-7
(1) comentário Escrever comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da Socialista Morena. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Silvio D. P. em 10/10/2019 - 16h48 comentou:

Cara Socialista. Perguntinha: por que ninguém, até agora, aventou uma hipótese sobre as causas desse acidente?

Responder

Deixe uma resposta

 


Mais publicações

Politik

Demissão de diretor do Inpe indica que Bolsonaro repetirá perseguição de cientistas pela ditadura


Críticas a instituições recolocam sobre o país a sombra do Massacre de Manguinhos, quando 10 cientistas foram cassados

Cultura

Uma viagem à Venezuela de Chávez


Em dezembro de 2007, fui cobrir o referendo a que Hugo Chávez submeteu o país para tentar aprovar reformas radicais na Constituição. Me orgulho de dizer que CartaCapital foi o único veículo brasileiro a alertar…