Socialista Morena
Politik

Pequeno dicionário de bolsonarês

Tudo o que Bolsonaro e seus seguidores falam tem que ser interpretado ao contrário. Por exemplo: quando dizem "verdade", já se sabe que é mentira

Foto: reprodução
Da Redação
29 de abril de 2022, 15h55

Assim como na distopia de George Orwell em 1984 se dizia que “Guerra é Paz, Liberdade é Escravidão e Ignorância é Força”, tudo que os bolsonaristas dizem tem o significado contrário. Um dicionário de bolsonarês é praticamente um dicionário de antônimos. Cada vez que Bolsonaro e seus seguidores falam em “verdade”, por exemplo, já se sabe de antemão que é mentira.

Neste pequeno compêndio colaborativo, vamos reunir alguns dos conceitos prediletos do bolsonarismo e o que eles realmente querem dizer, mas os partidários do “mito” não têm coragem de assumir. Este post será acrescido das contribuições dos leitores.

A MAMATA ACABOU: eufemismo para “a mamata apenas começou”, com direito a picanha, leite condensado e viagra, tudo pago com dinheiro público.

BANDIDO: o mesmo que “inimigo”. Quando o bandido é amigo, deixa de ser bandido.

BRASIL ACIMA DE TUDO, DEUS ACIMA DE TODOS: interesses pessoais acima de tudo, privilégios acima de todos.

CENSURA: tentar impedir que eles propaguem fake news ou ameacem outros poderes da República.

CIDADÃO DE BEM: sonegador de impostos, mau patrão e muitas vezes mau pai e marido também. Anda armado.

COMUNISTA: qualquer um que criticar o “mito” vira “comunista” na hora.

CRISTÃO: alguém que só pensa em poder e dinheiro e desvirtua as palavras do Evangelho para atingir minorias. Anda armado.

DEMOCRACIA: ditadura militar.

DITADURA MILITAR: democracia.

FAKE NEWS: notícia confiável.

FAMÍLIA: grupo para o qual irá direcionar todos os privilégios (não a sua, claro). Inclui amante.

GENOCÍDIO: algo que só acontecia em países comunistas. No Brasil eles consideram normal ter 600 mil mortos numa pandemia por inércia/sabotagem do governo.

GRIPEZINHA: pandemia mortal.

HERÓI: torturador de seres humanos.

HOMOFOBIA: “mimimi”.

HONESTO: corrupto.

IMBROCHÁVEL: homem com disfunção erétil que usa viagra às custas do povo.

IMPRENSA TRADICIONAL: fake news.

LIBERDADE DE EXPRESSÃO: direito de falar as maiores barbaridades, ameaçar, mentir e caluniar. (Observação: só é válida para eles. Se for adversário, eles acionam a Lei de Segurança Nacional até contra uma charge.)

MACHISMO: “mimimi”.

MIMIMI: expressão utilizada para ridicularizar as reivindicações das minorias. Quando eles mesmos fazem mimimi, aí vira “manifestação legítima”.

MITO: o mesmo que “medíocre”, “incompetente” e “energúmeno”.

PASTOR: o mesmo que “vendilhão do templo”. Anda armado.

PATRIOTA:  entreguista que presta continência à bandeira dos EUA.

PRÓ-VIDA: grupo que diz ser contra o aborto porque “defende a vida”, mas é a favor da pena de morte. Frequentemente também inclui homens que levaram as namoradas/amantes para abortar em clínicas particulares. Sinônimo: hipócrita.

QUEM MANDOU ADÉLIO ESFAQUEAR BOLSONARO?: pergunta disparada nas redes sociais toda vez que é preciso esconder alguma merda que o presidente fez. Variação: “quem matou Celso Daniel?”

RACISMO: algo que não existe no Brasil.

VÂNDALO: trabalhador que faz manifestação por seus direitos.

VERDADE: mentira.

VÍTIMA: alguém que é culpado pela própria violência que sofreu, a não ser que seja branca, rica e de preferência partuidária do governo.

 


Apoie o site

Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para assinar, você pode usar apenas qualquer cartão de crédito ou débito

Ou você pode ser um patrocinador com uma única contribuição:

Para quem prefere fazer depósito em conta:

Cynara Moreira Menezes
Caixa Econômica Federal
Agência: 3310
Conta Corrente: 23023-7
(4) comentários Escrever comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da Socialista Morena. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Mario em 30/04/2022 - 10h27 comentou:

Olá Cynara!

Mais uma : “E o petê?!” = Frase dita sempre que não conseguem explicar o inexplicável.

Abraço!

Responder

Ibraim em 30/04/2022 - 15h33 comentou:

TORTURA : efeito colateral da guerra contra opositores do regime militar ; método aceitável utilizado por agentes públicos para ,alegadamente, obter informações relevantes para a salvaguarda da democracia ; operação necessária para a proteção do regime democrático ; método aceitável para obtenção de informações de um regime democrático.

Responder

Bernardo Santos Melo em 01/05/2022 - 19h21 comentou:

Dois verbos merecem destaques na PINOQUIOLOGIA , RACHAR e MILICIAR .
O primeiro trás consigo personagens raizes , Micheque, Queiroz , 01 , 02 ,03 , Adriano e por aí segue uma plêiade de malignos .
Portanto rachar perdeu seu significado relativo a dividir ou trincar , no reino do inominável significa enganar por subtração de salários dos membros de gabinetes públicos .
Quanto ao termo MILICIAR nos deparamos com uma forma de agregar amigos e defendê-los de quaisquer possíveis penalidades judiciais , neste rol surgem O BRUCUTU que foi indultado para nossa desGRAÇA , e em fila indiana seguem personagens condominiais que nos deixam cada vez mais irrequietos quanto a proximidade do cruel crime contra Marielle .
Neste reino de PINÓQUIO permanecemos indefesos ao ponto do STF ter seus ministros acuados , ameaçados , enxovalhados e ridicularizados em motociatas neonazistas .
Assim segue o cortejo da BOIADA de GENÔ … onde nossa juvenil DEMOCRACIA tornou-se ocupada por mamateiros verdes com duplos salários , ladeados por políticos locupletados por um ORÇAMENTO SECRETO .

Responder

Laudeci Valerio de Arruda Cardozo em 02/05/2022 - 18h42 comentou:

Muito apropriado e útil na hora de um “suposto confronto”. Será meu dicionário de bolso!

Responder

Deixe uma resposta

 


Mais publicações

Politik

A ilha do Dr. Moro (e suas estranhas criaturas)


Ilustrações: Mário César Este mês se completam três anos desde que se iniciou a operação Lava-Jato, com a ambição de “acabar com a corrupção na política brasileira”. Mas o que ocorreu com o país de lá…

Politik

Justiça ordena que Danilo Gentili explique acusação contra Lula


Uma decisão em segunda instância do Tribunal de Justiça de São Paulo determinou que o “humorista” Danilo Gentili, atualmente no SBT, explique formalmente de onde tirou a informação que baseou uma mensagem publicada por ele…