Socialista Morena
Politik

Plot twist: Lula é considerado melhor para combater a corrupção do que Sergio Moro

Ex-presidente perseguido pela Lava-Jato também é escolhido em pesquisa como o melhor para lidar com a economia, a segurança e a pandemia

Lula sarrando em 2017. Foto: Ricardo Stuckert
Da Redação
06 de outubro de 2021, 14h36

Como foi mesmo que o papa Francisco falou em carta a Lula? Ah, sim: “A verdade vencerá a mentira”.

Cinco anos após o famigerado “power point” de Deltan Dallagnol e quatro anos após a condenação do ex-presidente pelo então juiz Sergio Moro, Lula aparece numa pesquisa como o nome preferido dos eleitores brasileiros para combater a corrupção no país. E o plot twist é ainda maior: o próprio Moro, alcunhado “juiz ladrão” pelo deputado Glauber Braga, aparece bem atrás no que tange ao combate a corrupção.

De acordo com o levantamento da Genial/Quaest, realizado entre os dias 30 de setembro e 3 de outubro, o candidato petista é apontado por 28% dos entrevistados como o nome ideal para solucionar a corrupção, enquanto o ex-juiz e ex-ministro da Justiça de Jair Bolsonaro obtém apenas 14% das menções. O próprio Bolsonaro tem 24% da preferência do eleitorado neste quesito.

Lula também foi considerado o melhor candidato para impulsionar a economia por 44% dos entrevistados, seguido por Bolsonaro (18%), Ciro Gomes (6%), Moro (4%), João Doria, o apresentador José Luiz Datena e a empresária Luiza Trajano, os três com 2%, e o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, com 1%. O petista disparou como favorito para solucionar outros problemas do país, como criminalidade e segurança, acabar com as brigas políticas e enfrentar a pandemia de Covid-19.

Nada mal para quem passou 580 dias preso numa cela em Curitiba pelo “baluarte anticorrupção” que agora fica atrás de sua vítima até mesmo no combate à roubalheira na política. Desde que Lula foi libertado que Moro acumula más notícias: semana passada, o ex-presidente obteve a 20ª vitória na Justiça contra as teses furadas da Lava-Jato. A 12ª Vara Federal Criminal do Distrito Federal voltou a rejeitar, por falta de provas, a ratificação de denúncia contra Lula no caso do Sítio de Atibaia.

A pesquisa mostra que, apesar do law fare contra Lula, o povo tem memória. Além de criar a CGU (Controladoria Geral da União) e promover a autonomia do Ministério Público, Lula ampliou os investimentos na Polícia Federal e deu maior independência ao órgão. O Portal da Transparência, outra ação do governo Lula, recebeu diversos prêmios internacionais e foi reconhecido pela ONU como uma das cinco melhores práticas de prevenção à corrupção no mundo.

A autonomia dos órgãos de investigação durante os governos petistas foi reconhecida pela própria Lava-Jato. Em 2016, o procurador Carlos Fernando dos Santos Lima, da força-tarefa da operação, declarou que os governos anteriores ao PT intervinham nas investigações, o que voltou a ocorrer agora, com Bolsonaro no cargo. “Um ponto positivo que os governos que estão sendo investigados, os governos do PT, têm a seu favor é que boa parte da independência atual do Ministério Público, da capacidade administrativa, técnica e operacional da Polícia Federal decorre de uma não intervenção do poder político”, disse. “Isso é importante, é um fato que tem que ser reconhecido, porque os governos anteriores realmente mantinham controle das instituições. Nós esperamos que isso esteja superado.”

Em abril de 2020, o próprio Moro, em discurso após deixar o governo de Bolsonaro, confirmou que não houve interferência durante as gestões petistas. O ex-juiz saiu do cargo de ministro da Justiça acusando o presidente de tentar intervir politicamente nas investigações da Polícia Federal.

 

 


Apoie o site

Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para assinar, você pode usar apenas qualquer cartão de crédito ou débito

Ou você pode ser um patrocinador com uma única contribuição:

Para quem prefere fazer depósito em conta:

Cynara Moreira Menezes
Caixa Econômica Federal
Agência: 3310
Conta Corrente: 23023-7
Nenhum comentário Escrever comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da Socialista Morena. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Deixe uma resposta

 


Mais publicações

Mídia

Sincericídio de programa eleitoral encomendado por Tasso revolta tucanos governistas


Criado sob o comando do presidente interino com aval de FHC, vídeo caiu como uma bomba no ninho tucano ao ousar falar de "erros" do partido e criticar Temer. Governistas reagiram furiosos e querem Aécio…

Politik

Enquanto Bolsonaro destrói o país, MP continua a perseguir José Dirceu, fora do governo…


Em janeiro, a Human Rights Watch acusou o presidente de sabotar o combate à Covid-19. E onde está o MPF? Atrás de Zé Dirceu