Socialista Morena
Politik

Stephen Fry entrevista Jair Bolsonaro, vergonha nacional

“Um dos mais estranhos e sinistros encontros que já tive na vida”: assim o famoso comediante inglês Stephen Fry define a entrevista que fez com o deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) para seu documentário Out There, atualmente em exibição pela BBC no Reino Unido. No documentário, Fry mostra como  a homofobia avança em várias partes do […]

Cynara Menezes
21 de outubro de 2013, 17h30

(Stephen Fry no Brasil. Foto: divulgação/BBC)

“Um dos mais estranhos e sinistros encontros que já tive na vida”: assim o famoso comediante inglês Stephen Fry define a entrevista que fez com o deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) para seu documentário Out There, atualmente em exibição pela BBC no Reino Unido. No documentário, Fry mostra como  a homofobia avança em várias partes do mundo. Infelizmente, para nossa vergonha, o Brasil aparece ao lado de Uganda e Rússia como um dos países onde existem políticos e líderes religiosos que perseguem homossexuais.

Fry, que é gay assumido, chegou a tentar o suicídio durante as filmagens, certamente deprimido com o que presenciou. “Ver tanta ignorância, brutalidade, estupidez e horror não ajudou”, reconheceu. No encontro com Bolsonaro, o comediante conta que se concentrou para não perder a calma diante dos absurdos que ouviu. “Nenhum pai tem orgulho de ter um filho gay”, afirma o deputado, atribuindo as agressões a homossexuais em nosso país ao uso de drogas e à prostituição. “Mas não há razão para clamor, não existe homofobia no Brasil”, dispara, antes de cair na gargalhada.

(Parêntese: não adianta se irritar: o único jeito de se livrar de figuras como Bolsonaro é não votando nele. Espalhe essa ideia.)

Assista o trecho do documentário, com legendas em português, onde Stephen Fry entrevista a mãe de Alexandre Ivo, garoto carioca de 14 anos assassinado em 2010 por skinheads, e Jair Bolsonaro. Íntegra de Out There aqui (sem legendas).

 


Apoie o site

Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para assinar, você pode usar apenas qualquer cartão de crédito ou débito

Ou você pode ser um patrocinador com uma única contribuição:

Para quem prefere fazer depósito em conta:

Cynara Moreira Menezes
Caixa Econômica Federal
Agência: 3310
Conta Corrente: 23023-7
(69) comentários Escrever comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da Socialista Morena. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Robnson Moreira em 21/10/2013 - 18h27 comentou:

Sabe Cyanara, essa entrevista não é nenhum pouco vergonhosa. Se eu fosse nacionalista e prezasse pela imagem do meu país sería vergonhosa. Mas não é, pelo menos para mim. Esta entrevista é triste. É muito triste. É triste porque o papo do Bolsonaro eu ouço na rua, no ônibus nos estádios de futebol e até eu mesmo me pego usando xingamentos ou fazendo piadinhas arvoradas em pensamentos homofóbicos. É muito triste mesmo.

Responder

    alex em 07/12/2013 - 16h49 comentou:

    Queremos bolsonaro para presidente.

Kíldare Lemos em 21/10/2013 - 18h40 comentou:

“Nenhum pai tem orgulho de ter um filho gay”. Interessante. Tirando o fato do Bolsonaro ser homofóbico assumido, não há nada de errado com a frase. Ser hetero ou gay não é motivo para orgulho. A questão é: pode um pai ou uma mãe deixar de amar um filho, por causa da opção sexual? no fundo, eu creio que não, mas esse problema (a homofobia) ainda está longe de acabar.

Responder

    Luciana em 07/12/2013 - 18h58 comentou:

    Não é "opção".

    Madex em 06/02/2014 - 02h03 comentou:

    Nenhum pai tem orgulho de ter um filho gay”. A frase está inserida num contexto. E, nesse contexto, é uma frase homofóbica.

Levinsob em 21/10/2013 - 19h00 comentou:

Para completar o horror e dar corpo a totalidade da realidade brasileira sobre o tema, faltou entrevistar também o R.R. Soares, o Feliciano, o Cavalcante, o Malafaia, e alguns padres de alguns daqueles vários canais religiosos que temos na grade de programação da tv brasileira.

Responder

jmmkazi em 21/10/2013 - 19h41 comentou:

"não existe homofobia no Brasil"… Bolsonaro é um imbecil, ou se faz de.

Responder

    Mirella em 23/10/2013 - 04h12 comentou:

    Ele fala que não existe homofobia no Brasil, mas que a sociedade brasileira não gosta dos homosexuais! Alguém me explica?? Completo imbecil!!

RODRIGO em 21/10/2013 - 19h47 comentou:

VERGONHA DE SABER QUE NA POLITICA BRASILEIRA UM HOMEM PODE DIZER ISSO. DEUS DISSE QUE È AMOR E VC BALSONARO DIZ ESTAS COISAS?DISSIMINA O ÒDIO.

Responder

Flamarion em 21/10/2013 - 20h03 comentou:

Um dia esse bosal vai cair da cadeira da arrogancia!

Responder

Carlos Fabricio em 21/10/2013 - 20h55 comentou:

Engraçado…
Nao gostam do Bolsonaro?
Hum… e do FELICIANO?
Foi a BANDilma que o colocou la, ele eh MINISTRO.
Por que sera que ela NAO TIRA ELE DE LA?
kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
PTeta eh PTeta mesmo.

Responder

    morenasol em 21/10/2013 - 21h18 comentou:

    feliciano é ministro. e você é presidente do brasil! parabéns, muito bem informado ; P

    Maria em 22/10/2013 - 02h26 comentou:

    Se eu fosse você, Cyanara, eu nem me esforçaria muito para responder :p

    Nemo em 22/10/2013 - 21h05 comentou:

    aquele momento que a pessoa não se segura…

    Paulo em 22/10/2013 - 01h57 comentou:

    O Meu amigo, pense antes de escrever… O Bolssonaro jamais foi ministro.

    Carlos Fabricio em 22/10/2013 - 09h43 comentou:

    E DESDE quando etou falando que o BOLSONARO EH MIONISTRO.
    Estou falando que o Feliciano EH MINISTRO, nao defede EM NADA os homossexuais e voces, PTetas, NAO O CRITIAM.
    Estou falando que QUEM ACEITOU A INDICAÇÃO DO FELICIANO foi a presidente da republica.
    Ou eh TAO DIFICIL ASSIM PARA VOCES ENTENDEREM;
    Parabens Maria, voce realmente eh muuuuuuuuuuito inteligente.
    Parabens Paulo, voce escreve! E, pelo visto, SO ISSO!

    Glauco Lima em 22/10/2013 - 11h51 comentou:

    Ministro de qual pasta Sr. Carlos Fabricio? A Dilma colocou ele lá onde?
    Sua revistinha Veja te emburreceu até o mais alto grau.
    Ignorante!

    Eunice em 22/10/2013 - 14h55 comentou:

    Feliciano ministro? Acho que ele foi votado pelo povo, dentro da lei tomou posse.Depois foi para uma comissão da Câmara, igual a vários.
    Se vc acha que uma presidenta pode tudo, você provavelmente é nazista.

    Samir em 22/10/2013 - 16h21 comentou:

    KKKKKKKKKKK!

    Carlos Fabricio em 25/10/2013 - 19h56 comentou:

    A Comissão de Direitos Humanos e Minorias não eh um ministério de fato.
    POREM é uma pasta PERMANENTE sempre defendida pela ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA e, como digo, SEITA POLITICO RELIGIOSA PT.
    Que foi USADA COMO MOEDA DE TROCA para APOIO DO EVANGELICOS, em particular do PSC.
    Quem indica eh a camara dos deputados POREM.
    Se a ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA e SEITA POLITICO RELIGIOSA fizesse pressão, ele nao estaria LA.
    POREM manter a BASE ALUGADA (que tambem foi paga com o MENSALÃO) tem um preço e a ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA e SEITA POLITICO RELIGIOSA vende ate a mãe para conseguir poder.
    E o que a VEJA tem haver com isso?
    Quem critica a ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA e SEITA POLITICO RELIGIOSA automaticamente eh leitor de VEJA e ELEITOR DO PSDB.
    O PT eh otimo em criar estes ROTULOS.
    Uma vez fez isso na Alemanha, cumpando os JUDEUS pelas mazelas de la.

Bacellar em 21/10/2013 - 21h21 comentou:

Na minha singela opinião esse deputado dá pinta…

Mas falando sério como é triste esse depoimento da mãe presente na entrevista.

Responder

    Flávio em 22/10/2013 - 10h42 comentou:

    Bacellar, esse comentário "…dá pinta…" é homofóbico, mesmo como a desculpa de que é brincadeira

    Bacellar em 22/10/2013 - 20h01 comentou:

    Desculpe a quem se ofendeu…

    nemesisx em 13/11/2013 - 08h55 comentou:

    Atá,,, Tudo é homofóbico agora né… toma vergonha nunca vão conseguir instaurar ditadura homossexual… cada um tem sua opinião,,, e isso é em qualquer lugar do nundo,,, a milhões de anos e daqui a milhões de anos será a mesma coisa… nenhum Pai ou mãe vai achar uma GRACINHA o filho ou filha virar homossexual… nunca eles vão aceitar com o tempo mas NUNCA se orgulhar disso… FICA A DICA AOS DEFENSORES DE PLANTAO

RoCS em 21/10/2013 - 21h43 comentou:

Qualquer um tem o direito de não gostar da homossexualidade. E muitos, de fato, não gostam, mesmo com o medo de se declarar contra. Possivelmente os filhos de muitos que leem essa reportagem serão homossexuais, com tantos exemplos que há hoje. Por exemplo, como ficarão os meninos que vão dormir na casa dos amiguinhos vendo casamento de homem com homem? Não vão achar que podem fazer isso também?

Responder

    Lucas em 22/10/2013 - 16h01 comentou:

    Dizer que não gosta de homossexuais é o mesmo que dizer que não gosta de negros ou indígenas. Orientação sexual não é opção. A pessoa é ou não é homossexual, não tem escolha. E ninguém deve ser recriminado e tolhido de seus direitos por aquilo que é.
    E é claro que os amiguinhos devem aprender que podem formar um casal homossexual também se essa for a orientação sexual deles. Caso sejam heterossexuais não formarão. Simples assim.

    Rennato em 07/02/2014 - 02h09 comentou:

    Acho que não é bem assim. Não gostar de homossexuais é o mesmo que não gostar de negros ou indígenas???
    Gostaria de salientar que há duas palavras: 'respeito' e 'tolerãncia'. Infelizmente, em nossa sociedade já crescemos em uma cultura ignorante da homofobia e do racismo.
    Aí que entram o respeito e a tolerância. Não gostar de negros, não me torna um racista, mas devo repeitá-los pelo caráter e ter tolerância para conviver com os mesmos em sociedade.
    O mesmo é para os homossexuais. A partir do momento em que há alguma agressão verbal ou física, começa desrespeito e a intolerância. Infelizmente, esse 'vírus' afeta a maioria da população.

    Rafael em 22/10/2013 - 20h54 comentou:

    Você já fez algo homossexual ou sentiu vontade de fazer por ter visto algo homossexual ou saber da existência de?

Geni em 21/10/2013 - 22h59 comentou:

E como vão meu filhos vendo tanto heterossexual se beijando na TV, na rua, várias pessoas falando que são hetero, criança indo na casa de amigo q tem um pai e uma mãe casados, será q vão vira hetero?
Ai por favor né?
Burrice tem limite

Responder

csen em 21/10/2013 - 23h05 comentou:

se è assim qq tem o direito de nao gostar da heterossexualidade.. e vc gostaria de ser torturado pela sua opcao sexual? ninguem è homossexual por exemplo.. alias se vc nao sabe na grecia antiga estranho era nao ser homossexual.. entao nao me venha com argumentos fracos e homofobicos tipo "tantos exemplos hoje em dia". e quanto aos menininhos acharem que podem fazer isso tb.. nao è questao de achar, eles PODEM.. haja ignorancia

Responder

Fabio C Montibello em 21/10/2013 - 23h47 comentou:

O que podemos deixar a nossos filhos é um mundo melhor, e um mundo melhor passa pela tolerância, ou melhor ainda, pela gentileza… Sempre tive, que me lembre, desde os meus dez anos de idade, muito amigos gays… Atuei na área do teatro, fiz aulas de balé clássico, trabalhei com artes, com publicidade e hoje sou, também, arquiteto. Minha trajetória manteve, constantemente, muitos homossexuais ao meu redor. Sou heterossexual, jamais sofri influência que me fizesse mudar minha opção sexual, nem na infância, dormindo na casa dos meus amigos, nem na adolescência em viagens, acampamentos, passeios com amigos, nem nunca, me senti "ameaçado" por qualquer circunstância que me cercava… Acho triste debater a opção sexual de qualquer pessoa, opção sexual não me é referência para nada no trato com outro ser humano. A única opção sexual que me afeta é a minha e, mesmo assim, apenas nos momentos que procuro me relacionar sexualmente… Vigiar ou reprimir a opção sexual de qualquer indivíduo é ação tão insana que, essa sim, devia ser o grande temor dos homens…

Responder

Luciano em 22/10/2013 - 02h05 comentou:

eu ficaria muito deprimido se meu filho se tornar um Bolsonaro, mas não vejo motivo de ficar infeliz se ele descobrir que tem orientação homossexual e vir a se tornar gay, eu prefiro que ele seja feliz nas escolhas que ele fizer.

Responder

    Sandra Elise em 27/10/2013 - 21h10 comentou:

    Mas eu prefiro mil vezes ter um filho igual ao Bolssonaro, inteligente, franco, honesto, sem medo de dizer o que pensa. Não queria ter um filho(a) homossexual não, se tivesse, iria sofrer, mas sei que acabaria aceitando, pois o meu amor seria maior, mas realmente não quero não.

Gusthavo Robatto em 22/10/2013 - 02h58 comentou:

Parabéns, fábio, pelo texto!
É preciso tolerância, gentileza, mas, antes de tudo educação!

Responder

T¨roca Troca em 22/10/2013 - 10h39 comentou:

Como dia a letra da musica, "Fazendo troca-troca" fiz e tenho certeza que vários outros "machos" fizeram e no entanto sou hetero, e não adinata dizer que era só ativo, por que homossexualidade significa fazer sexo com o mesmo gênero, isto é, mulher com mulher e homem com homem, não interssa se passivo ou ativo:
Doze Anos
Chico Buarque

Ai, que saudades que eu tenho
Dos meus doze anos
Que saudade ingrata
Dar banda por aí
Fazendo grandes planos
E chutando lata
Trocando figurinha
Matando passarinho
Colecionando minhoca
Jogando muito botão
Rodopiando pião
Fazendo troca-troca
Ai, que saudades que eu tenho
Duma travessura
Um futebol de rua
Sair pulando muro
Olhando fechadura
E vendo mulher nua
Comendo fruta no pé
Chupando picolé
Pé-de-moleque, paçoca
E disputando troféu
Guerra de pipa no céu
Concurso de pipoca

Responder

Trevisolli em 22/10/2013 - 11h35 comentou:

Bolsonaro é uma pessoa horrível, pessoas como ele e o Felicianos tem de ser ignoradas nas urnas e no mundo. Só assim eles vão cair no esquecimento, há uma recusa muito grande para pessoas como eles mudar o pensamento. É triste, o que podemos fazer é esperar que eles morram um dia, e que nossos filhos e a nova geração seja educada e informada para não se tornar pessoas como eles.

Responder

    leandro em 16/12/2014 - 13h52 comentou:

    Voce deve ser mais um ser nojento easqueroso q abta o nosso planeta por nao aceitat a verdade do nosso deputado,que e uma pessoa de moral elevada.

Ricardo G. Ramos em 22/10/2013 - 14h07 comentou:

Inteligência, sensibilidade vs boçalidade

Responder

kivasarquitetos em 22/10/2013 - 17h52 comentou:

Valeu partilhar mais um da série Para ! que eu quero descer !!!

Responder

PJXS em 22/10/2013 - 20h44 comentou:

Pelo que vi na entrevista, não há do Bolsonaro qualquer coisa que não seja apenas opinião.
Porque se por um acaso se diz que não gostar não é o mesmo que odiar, se tem essa postura achar que as duas coisas não podem ser distintas?
Quem fala sobre essa lei anti-homofobia não tem na maioria das vezes ideia da armadilha por trás de muitos pontos desse texto: se for aprovado como está, vai ser literalmente uma volta da lei da mordaça e isso não podemos deixar.
Eu acredito que todos temos direito de ter na lei nossa defesa contra qualquer agressão, mas, isso não pode ter como preço o cerceamento do direito de haver qualquer opinião contrária.
O antagonismo é a base de qualquer estado democrático de direito e por isso temos que ter muito cuidado ao defender um lado que por mais que pareça legítimo, as vezes tem no seu cerne uma aura autoritária que fica disfarçada "coitadismo" levando até pessoas esclarecidas a ter uma postura tendenciada pela propaganda ativista.

Responder

    Mira em 22/10/2013 - 23h25 comentou:

    PJXS qualquer individuo pode não gostar de gays, lésbicas, travestis, etc, porém o Estado JAMAIS pode diferir seus cidadãos e cidadãs a partir do critério orientação sexual. Pq o Estado é laico e não há nenhum campo científico que diga que uns são o mais merecedores que outros. Somos apenas diferentes.
    Somos um grupo como parte de um todo diverso que por ser historicamente estigmatizado, necessita de proteção específica por parte do Estado, cria-se mecanismos legais para coibir a VIOLAçAO direta ou indireta de nossos direitos, a SER, ir e vir, ter educação, constituir familia, etc, etc.

    Bolsonaro ocupa o espaço capaz de criar tais mecanismos de promoção de igualdade entre os diversos. Porem, o objetivo deste cara é perpetuar um Estado que especifica sua clientela.

Matheus em 22/10/2013 - 21h09 comentou:

“Nenhum pai tem orgulho de ter um filho gay”, diz Bolsonaro em mais um dos seus devaneios. Só que dessa vez internacionalmente, em uma entrevista para um documentário em exibição na BBC. E eu concordo com ele. Calma que eu explico! Antes de tudo, um breve histórico autobiográfico (isso pode lavigne?): Não gostava de mim quando jovem. Tinha poucos amigos, não saia muito de casa, não era convidado pras festas de 15 anos, não beijava na boca, não tinha coragem de ser nem 10% do que eu realmente sou e minha personalidade pede. No período de transição pra faculdade tive síndrome do pânico e em uma das crises, tão forte, acabei tomando 40 comprimidos pra ver se passava. Em nenhum momento queria me matar, só queria que aquela dor passasse. E passou. Uma amiga/anjo sentiu minha voz estranha no telefone, conseguiu me salvar e, por questão de minutos, não entrei em coma. Pelo contrário, foi aí que comecei a sair do coma que a minha vida estava por muitos anos. Aceitei os meus gostos, meu jeito, minha voz de goiano nordestino fanho bicha, minhas escolhas, meus medos, minhas preferências e minhas vontades. Eu virei o meu maior defensor, minha maior defesa! Só que eu tive ajuda – o que muita gente não tem, infelizmente, principalmente graças a esses fdps que nos fazem sentir inferiores (ou pelo menos tentam). Eu tive ajuda dos meus poucos – mas incríveis- amigos, e tive ajuda da minha mãe, que já veio nessa vida evoluída milhões de gerações e me disse uma frase que resume muita coisa: "Ser gay não é problema nenhum, meu filho. Minha preocupação é: beba menos". Enfim, com muito apoio e uma terapeuta incrível consegui ser quem sou. E me aceitando mudei de Goiânia pra São Paulo. Sozinho. Aprendi a cozinhar, conheci cada rua dessa cidade, conheci pessoas extraordinárias, e me virei. Sem QI nenhum trabalhei no maior portal do país, escrevi matérias das quais tenho orgulho, me envolvi em projetos maravilhosos, paguei minhas contas, fiz pós-graduação e tenho uma tese toda minha. Hoje, me meto em outro ramo e trabalho em uma grande agência de publicidade (por que o que eu gosto mesmo é de me aventurar) e me casei (te amo amor). No fim das contas, depois de tanto anos e tantas experiências, é disso que meus pais se orgulham: de ter um filho MUITO feliz. Ser gay é só um detalhe.

Responder

Helen Martins em 22/10/2013 - 21h26 comentou:

Enquanto babacas homofobicos como Bolsonaro ,Feliciano , Edir Macedo e Malafaia existir neste mundo o preconceito contra minorias não vi acabar!!
Quem esse babaca do Bolsonaro pensa que é pra afirmar que "todos os brasileiros" não gostam de homossexuais??
ELE NÃO FALA POR MIM ,E NEM PELA MIAORIA DO POVO BRASILEIRO !

Responder

Fred Di Giacomo em 22/10/2013 - 22h03 comentou:

Que triste tudo isso… O menino tinha 14 anos e o Bolsonaro fica envergonhando o país com suas declarações medievais…

Responder

Jairo em 23/10/2013 - 01h44 comentou:

Não podemos e dar espaço para este ahimal

Responder

Xavier em 23/10/2013 - 19h53 comentou:

Dá-lhe Bolsonaro! Um dos poucos deputados que verdadeiramente representa os sentimentos e valores da grande maioria da população brasileira!

Responder

    Seu Madruga em 24/10/2013 - 01h10 comentou:

    meus pêsames.

    Fabio Elorza em 15/05/2014 - 12h44 comentou:

    Gostaria de parabenizar a Morena Socialista por não ter censurado um comentário como esse, que vai contra a orientação ideológica do blog e da maioria dos seus leitores. Como um "alienígena" aqui infiltrado (sou fã do Bolsonaro), me surpreendi com essa democracia e tolerância à opinião contrária. Parabéns!

Jacqueline em 23/10/2013 - 23h46 comentou:

Gostaria de tê-lo como Presidente.

Responder

    Seu Madruga em 24/10/2013 - 01h12 comentou:

    pra quê?, pra ele fazem holocausto, só que no lugar dos judeus, são gays e mulheres que vão os campos de concentração e extermínio.

    jacqueline em 27/10/2013 - 20h59 comentou:

    Bolssonaro nunca manisfestou ódio contra gays ou mulheres. Ele apenas é contra a implantação do kit-gay nas escolas e discorda de privilegiar um grupo (gays).
    Eu defendo o direito de alguém expressar sua opinião sem ser taxado de homofóbico, fascista, reacionário, machista… rótulos fortes pra alguém que apenas dá uma opinião e a defende sem ter medo de ninguém. Quanto a mulheres, creio que ele as respeita, pois nunca ouvi algo da parte dele que fosse ofensa a elas.

    marcus em 13/04/2014 - 01h52 comentou:

    Citando Voltaire.
    Posso não concordar com nenhuma das palavras que você disser, mas defenderei até a morte o direito de você dizê-las.
    Direito é direito!
    Ele tem coragem de falar o que pensa. E devido ao excesso de coragem, escuta também muita bobagem de gente quer contestar o seu direito à opinião.

Ricardo Menezes em 24/10/2013 - 04h53 comentou:

Mais patético e imbecil é quem vota num traste desse!! Esse tal de Bolsonaro me dá sono!!

Responder

Oscar em 24/10/2013 - 11h36 comentou:

Se o boçalnaro estivesse feliz com a própria sexualidade, estaria se lixando com a vida sexual dos outros.
É uma das criaturas mais repugnantes que já apareceram na face da Terra! Coitado! Morre de inveja dos homossexuais, que estão gozando a vida, enquanto ele fica amargando com o próprio veneno!
Só de ver a cara dele, sinto vontade de vomitar! Imaginem ele ter que se agüentar 24 horas por dia!

Responder

malvina cruela em 25/10/2013 - 20h04 comentou:

eu teria mil vezes mais orgulho de um filho gay que – deus me livre – um advogado..ou médico desses que tem por aí..

Responder

Mateus em 27/10/2013 - 12h01 comentou:

Tem muita gente que apoia esse tipo de deputado como Jair Bolsonaro, e toda a besteirada que ele diz Lamentavelmente!

Responder

Gilson Raslan em 02/11/2013 - 20h16 comentou:

A risada do Bolsonaro no final da entrevista já demonstra a HIENA que é este asqueroso criminoso.

Responder

Bahia em 16/11/2013 - 21h22 comentou:

Bolsonaro é o Deputado realmente fala no que acredita, não é hipócrita nem demagogo como esses esquerdistas incompetentes. Parabéns Bolsonaro!

Responder

Murillo Torres em 13/12/2013 - 13h54 comentou:

Concordo com o Ricardo Menezes. Muita gente critica o Asnonaro, mas ele sempre é reeleito eleição após eleição. E ainda conseguiu eleger seus filhos, ou seja, uma galera muito grande concorda com as coisas que ele faz, pensa e pratica. O tempo que ele perde perseguindo os homossexuais seriam melhor gasto se lutasse contra a pobreza, impunidade e outras chagas da nossa sociedade.

Responder

    André em 20/05/2014 - 15h53 comentou:

    ele luta contra isso tambem Murillo, é o que mais enfatiza a redução da maioridade penal, inclusive foi o unico deputado a recusar o mensalão, isso ninguem fala so sabem atacar, o cara não gosta de gay e pronto, ninguem é obrigado a gostar apenas a respeitar!

Erli em 17/02/2014 - 21h51 comentou:

Erli
Como e interessante ler tantas opiniões a respeito desse tema e constatar que em todas elas ha um
profundo sentimento ¨gay¨de revolta.Ora bolas eu não saio falando mal e não faço piadas sobre opções /
sexuais que fogem aos padrões dito normais e nem por isso gostaria de ser classificado como hemofóbico
isso porque posso ter uma opinião contraria ao tema,tenho que aceitar essa propaganda ,essa apologia a sacanagem e não posso expressar a minha opinião.Afinal vivo em um pais democrático de direito ou não
consigo conviver e respeitar o individuo,entretanto tenho o direito de me expressar sobre o tema mesmo que tenha opinião controversa e não gostaria de ser classificado como hemofóbico só porque não agradei a parte interessada.

Responder

Carlos CG em 22/02/2014 - 17h31 comentou:

Bolsonaro pra presidente, já.

Responder

Bruno Caldas em 26/03/2014 - 21h51 comentou:

Vergonhoso mesmo é o que fazem com os jovens, o que fizeram com o Alexandre Ivo. Uma monstruosidade vive no nosso país.

Responder

Tobi em 27/03/2014 - 02h33 comentou:

Bolsonaro é representação de uma parte considerável da população Brasileira, claro com as impedâncias multiculturalistas dos Petistas e seus partidos nanicos sem seguidores sem opinoes, mas é claro uma coisa que nenhum brasileiro ou se quer defensor do multicuturismo enxergou, foi que tudo isso não passa de um caminho que os Illuminatis criaram, ainda haverá mudança consideraveis neste breves anos de historia, aguardem!!!!

Responder

Wilde em 08/06/2014 - 06h19 comentou:

Bolsonaro não é idiota ele é mais um político sujo que usa um assunto polêmico pra se promover. Está dando um tiro no próprio pé, não acertou ainda, uma hora ele acerta.

Responder

marcos em 11/10/2014 - 12h42 comentou:

Che guevara e Fidel castro tbm perseguiram gays . então não venha falar do bolsomito

Responder

junior29omni em 25/01/2015 - 03h08 comentou:

____________________________________

A entrevista seria uma "MARAVILHA" se o Bolsonaro apoiasse o HOMOSSEXUALISMO / HOMOSSEXUALIDADE ???

– Uma entrevista só tem VALOR se o entrevistado falar o que o entrevistador deseja ouvir, ou defende? Se for assim, ENTREVISTE UM ESPELHO. Fale suas idéias diante de um espelho…DIGA TUDO O QUE VOCÊ PENSA, ACHA, DEFENDE….. E sendo assim, você nunca terá decepções.

– HOMOSSEXUAIS SÃO ABOMINÁVEIS AOS OLHOS DE DEUS… ISSO ESTÁ REGISTRADO NA BÍBLIA SAGRADA – Gênesis 13:13……….Gênesis cap. 19……………… Levítico 18:22 / 20:13……..Romanos 1:26-27…………..1ª Coríntios 6:9………..1 Timóteo 1:10

.
.
Em toda a Bíblia Sagrada, DEUS CONDENA A HOMOSSEXUALIDADE……………E Jesus deixa claro que "EUNUCOS" não são "GAYS"……nem fazem sexo, de forma nenhuma. EUNUCOS nascem SEM ÓRGÃO GENITAIS, OU SÃO ATROFIADOS, portanto não sentem desejos sexuais. Jesus explica que, SE UM HOMEM DESEJA SER IGUAL AOS EUNUCOS, deve "mutilar o órgão genital", para não fazer sexo, PENSANDO EM SE CONSAGRAR PARA ENTRAR NO REINO DE DEUS, com pureza e santidade. – Mateus 19:11-12
.
.
Os EUNUCOS que faziam "SEXO ANAL" nos palácios, dos reis e rainhas, TODOS ESTAVAM VIVENDO UMA VIDA DE PROMISCUIDADE, pois Deus condena a prática do "SEXO ANAL", quer seja entre gays, ou entre casais heterossexuais, não importa. PARA DEUS… "SEXO ANAL" É DEPRAVAÇÃO…É PROMISCUIDADE…É SODOMIA………É SUJEIRA………Por esta razão, DEUS destruiu SODOMA e GOMORRA com fogo e enxofre.
.
.
A palavra "HOMOFOBIA" é constantemente usada, para tentar "CALAR A BOCA" dos heterossexuais que não concordam com tais práticas sexuais CONDENADAS POR DEUS.
.
.
A VERDADE ESTÁ NAS ESCRITURAS SAGRADAS!
.
Não importa a opinião dos governos mundiais……A PALAVRA DE DEUS ESTÁ ACIMA DE TODA E QUALQUER CONSTITUIÇÃO FEITA PELOS HOMENS !!!
.
O apóstolo Pedro, e outros discípulos de Jesus, disseram certa feita: "MAIS IMPORTA OBEDECER A DEUS, DO QUE AOS HOMENS (autoridades políticas e religiosas, que os perseguiam em Jerusalém) – Atos 5:29
.
.
HOMOSSEXUALIDADE – Facebook:
https://www.facebook.com/pages/Homossexualismo-Ab
.
.

Responder

Deixe uma resposta

 


Mais publicações

Direitos Humanos

Fundamentalistas religiosos invadem Cuba contra legalização do casamento gay


Contra mudança na Constituição, igrejas evangélicas apelam ao machismo dos "líderes da revolução" enquanto ativistas lembram que o país é laico

Direitos Humanos

De olho na reeleição, deputados evangélicos já falam em criminalizar homofobia


Por Katia Guimarães* Com a credibilidade no chão, o Congresso Nacional vê o apoio popular se esvair, não só por causa da corrupção e da votação das reformas previdenciária e trabalhista, mas também por não…