Socialista Morena
Politik

A volta do filho (de papai) pródigo ou a parábola do roqueiro burguês

Nem todo direitista é derrotista, mas todo derrotista é direitista. Reparem no capricho do léxico: as duas palavras são quase idênticas. Ambas têm dez letras, soam similares e até rimam. Se você tem dúvida se alguém é de direita observe essas características. Começou a falar mal do Brasil e dos brasileiros, a demonstrar desprezo por […]

Cynara Menezes
01 de novembro de 2012, 20h39

Nem todo direitista é derrotista, mas todo derrotista é direitista. Reparem no capricho do léxico: as duas palavras são quase idênticas. Ambas têm dez letras, soam similares e até rimam. Se você tem dúvida se alguém é de direita observe essas características. Começou a falar mal do Brasil e dos brasileiros, a demonstrar desprezo por tudo daqui, a comparar de forma depreciativa com outros países, é batata. Derrotista/direitista detectado.

Temos hoje no Brasil duas personalidades célebres pelo derrotismo explícito e pelo direitismo não assumido: os roqueiros Lobão e Roger Moreira, do Ultraje a Rigor. Eu ia citar também Leo Jaime, outro direitoso do rock nacional, mas não posso classificá-lo como um derrotista típico –fora isso, no entanto, cabe perfeitamente no figurino que descreverei aqui. Os três são cinquentões: Lobão tem 55, Roger, 56 e Leo, 52.

Da geração dos 80, Lobão sempre foi meu favorito. Eu simplesmente amo suas canções. Para mim, Rádio Blá, Vida Bandida, Vida Louca Vida e Decadence Avec Elegance são clássicos. Além de Corações Psicodélicos, em parceria com Bernardo Vilhena e Julio Barroso, ai, ai… Adoro. E não é porque Lobão se transformou em um reacionário que vou deixar de gostar. Sim, Lobão virou um reaça no último. Alguém que voltasse agora de uma viagem longa ao exterior ia ficar de queixo caído: aquele personagem alucinado, torto, jeitão de poeta romântico, que ficou preso um ano por porte de drogas, se identifica hoje com a direita brasileira mais podre.

Não me importa que Lobão critique o PT ou qualquer outro partido. O que me entristece é ele ter se unido ao conservadorismo hidrófobo para perpetrar barbaridades como a frase, dita ano passado, em tom de pilhéria: “Há um excesso de vitimização na cultura brasileira. Essa tendência esquerdista vem da época da ditadura. Hoje, dão indenização a quem seqüestrou embaixadores e crucificam os torturadores, que arrancaram umas unhazinhas”. No twitter (@lobaoeletrico), se diverte esculhambando o país e os brasileiros, sempre nos colocando para baixo. “Antigamente éramos um país pobre e medíocre… terrível. Hoje em dia somos um país rico e medíocre… pior ainda”, escreveu dia desses.

Os anos não foram mais generosos com Roger Moreira, do Ultraje. O cara que cantava músicas divertidíssimas como Nós Vamos Invadir Sua Praia, Marylou ou Inútil virou um coroa amargo que deplora o Brasil e vive reclamando de absolutamente tudo com a desculpa de ser “contra os corruptos”. É um daqueles manés que vivem com a frase “imagine na Copa” na ponta da língua para criticar o transporte público, por exemplo, sem nem saber o que é pegar um ônibus. Os brasileiros, segundo Roger, são um “povo cego, ignorante, impotente e bunda-mole”. Sofre de um complexo de vira-lata que beira o patológico. Ao ver a apresentação bacana dirigida por Daniela Thomas ao final das Olimpíadas de Londres, tuitou, vaticinando o desastre no Rio em 2016: “Começou o vexame”. Não à toa, sua biografia na rede social (@roxmo) é em inglês.

Muita gente se pergunta como é que isso aconteceu. O que faz um roqueiro virar reaça? No caso de ambos, a resposta é simples. Tanto Roger quanto Lobão são parte de um fenômeno muito comum: o sujeito burguês que, na juventude, se transforma em rebelde para contrariar a família. Mais tarde, com os primeiros cabelos brancos, começa a brotar também a vontade irresistível, inconsciente ou não, de voltar às origens. Aos poucos, o ex-revoltadex vai se metamorfoseando naqueles que criticava quando jovem artista. “Você culpa seus pais por tudo, isso é um absurdo. São crianças como você, é o que você vai ser quando você crescer” –Renato Russo, outro roqueiro dos 80’s, já sabia.

O carioca Lobão, nascido João Luiz Woerdenbag Filho, descendente de holandeses e filhinho mimado da mamãe, estudou a vida toda em colégio de playboy, ele mesmo conta em sua biografia. O paulistano Roger estudou no Liceu Pasteur, na Universidade Mackenzie e nos EUA. Nada mais natural que, à medida que a ira juvenil foi arrefecendo –infelizmente junto com o vigor criativo– o lado burguês, muito mais genuíno, fosse se impondo. Até mesmo por uma estratégia de sobrevivência: se não estivessem causando polêmica com seu direitismo, será que ainda falaríamos de Roger e Lobão? Eu nunca mais ouvi nem sequer uma música nova vinda deles. O Ultraje, inclusive, se rendeu aos imbecis politicamente incorretos e virou a “banda do Jô” do programa de Danilo Gentili.

Enfim, incrível seria se Mano Brown ou Emicida, nascidos na periferia de São Paulo, se tornassem, aos 50, uns reaças de marca maior. Pago para ver. Mas Lobão e Roger? Normal. O bom filho de papai à casa torna. A família deles, agora, deve estar orgulhosíssima.


Apoie o site

Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para assinar, você pode usar apenas qualquer cartão de crédito ou débito

Ou você pode ser um patrocinador com uma única contribuição:

Para quem prefere fazer depósito em conta:

Cynara Moreira Menezes
Caixa Econômica Federal
Agência: 3310
Conta Corrente: 23023-7
(807) comentários Escrever comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da Socialista Morena. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

totiy em 01/11/2012 - 20h48 comentou:

ou a ocasião faz o rebelde?

Responder

    Alvaro em 03/05/2013 - 01h09 comentou:

    Ou só podemos ser esquerdistas?

    Lopes em 12/11/2013 - 19h45 comentou:

    Talvez só não podemos ser babacas !

    Centrado em 07/01/2014 - 17h34 comentou:

    Ninguém quer ser babaca , afinal o que é ser babaca pra vc?!
    Esses dias estava lendo algumas colunas da Veja e também fui assistir um Hangout do Lobão , com a participação do Roger e Danillo Gentili.
    Quando alguém quer realmente uma mudança em algo , no caso , no governo que eles tanto criticam com suas frases megalomaníacas , há de se fazer , agir de forma mais independente contra os conceitos ja pré definidos .
    Sinceramente , eles são pau mandados , procurando uma brecha para aparecer.
    Para minha surpresa , no meio do hang out citado , em meio a tantas baboseiras sem conclusão alguma , o tal do Roger VOMITA ao vivo , sim v-o-m-i-t-o-u , dessa vez com a palavra sendo usada em seu sentido denotativo.
    Quanto aos colunistas da revista citada , todos buscam o mesmo assunto , e os leitores parecem aqueles tapados que só buscam o que fazem bem aos seus ouvidos.
    O governo do PT não está bom ?! claro , tem muito a ser questionado .
    Mas essa guerra direita x esquerda que emburrece o Brasil e impede o real desenvolvimento do país tem que acabar … ou que seja , ao menos , para melhorar a politica brasileira.
    Estamos vivenciando a maior palhaçada desse país , uma guerra sem precedentes onde buscam desenfreadamente , de ambos os lados , ensurdecer seus eleitores com acusações mirabolantes como se fosse um clube esportista buscando torcedores…
    Por último , cito a coluna de Arnaldo Jabor , publicada hoje no Jornal O Globo … ao ler a coluna me senti um idiota ou sei lá o que eles querem que os leitores sejam .
    O cara cita centenas de pensadores , filosofos , politicos , entre outros e se perde em sua ação de atacar sabe se lá o que .
    Ah , e antes de mais nada , não sou nenhum blogueiro , só estou expondo minha opinião.
    Pois tentar colocar sua opinião com essa turma ,é quase que guerra declarada . Eles são unânimes.

    Marco em 13/11/2013 - 03h35 comentou:

    A carta capital nem se esforça pra esconder que o PT financia esse lixo

    cassius em 14/11/2013 - 18h08 comentou:

    é isso aí, eles se acham os donos da virtude, querem o socialismo pro povo e não pra eles. Tá todo mundo cheio dá nossa grana, o PT sempre foi um partido de gente grande, hoje é de grandes milionários, em suas cuequinhas de grife, seus escritórios bem decorados e comendo do bom e do melhor por aí. Querem socializar, mas não querem ser socializados, assim é graça!

    cassius em 14/11/2013 - 16h14 comentou:

    Lobão "o Nada", simplesmente percebeu algo tão óbvio, tão explicito q pulou fora, demorou, se viu hipócrita. Em suas músicas sempre pregou a liberdade, sempre contra ditaduras e totalitarismos. Logo, como poderia integrar partidos q apoiam ditaduras, como china, cuba e coréia do norte. Lobão é um ex esquerda caviar q resolveu ser sincero consigo mesmo e com seu público.

    ceticista em 26/05/2014 - 21h59 comentou:

    ██ Curioso nunca vi nenhum país comunista democratico (Venezuela, Coreia do norte, etc.), pq será?

    senna em 04/12/2013 - 23h51 comentou:

    e metamorfose do LULLA e a mesma LOBAO LULU SANTOS. nao me asusta se uma dia eles aparecer fazendo dupla com LEANDRO ZEZE DI CAMARGO E LUCANO MICHEL TELO

    Nelson Lima em 09/12/2013 - 04h58 comentou:

    Esqueceu de falar na metamorfose do Lula e do Zé Dirceu né? Eram tbm filhinhos de papai! O Lobão ganhou um gremmy recentemente. A esquerda é intocável. O sentimento é a decepção imediata com o mensalão e tantos outros escândalos só isso. Bolsa família é o antigo bolsa escola criado pelo Cristovam Buarque esse sim um revolucionário!

    Bruno em 10/03/2014 - 18h48 comentou:

    bom texto, mas nem sempre é assim, o Lobão não conheço muito a música dele, porém é um cara que se expressa muitíssimo bem, mas nem sempre com opiniões corretas. Já o Roger é um baita músico, o fato de não fazer sucesso porque o povo gosta de músicas medíocres influenciadas pela mídia, agora ele fazer parte do Agora é Tarde meu é o único programa que critica o governo lá ele ta muito bem e outra todo mundo precisa trabalhar.

Queops Negronski em 01/11/2012 - 20h50 comentou:

Ex-ce-len-te. Só tenho um adendo: você não cita Leo Jaime pra formar essa tríplice aliança da otarice, pq dele, – mesmo ele sendo o maestro daquele (ex?) programa de quinta categoria capitaneado por Fernanda Lima – ninguém da nossa geração consegue lembrar uma música sem se esforçar mais que o possível.

Responder

    Rosana em 02/11/2012 - 15h25 comentou:

    Inutel a gente somos inutel

    diadorim moraes em 03/11/2012 - 01h51 comentou:

    léo jaime está entre os melhores letristas de geração 80… um cronista de sua época, é uma pena ter virado esse vovô ranzinza que é hoje, se bem que dos 3, ainda é o menos pior…

    rodrigo em 13/04/2013 - 21h19 comentou:

    música boa: https://www.youtube.com/watch?v=0bHqdpMgZEo
    ideia boa https://www.youtube.com/watch?v=n6jEtAgp_AY
    outra coisa revistar

    Eliseu em 13/10/2013 - 18h55 comentou:

    Eu tenho uma duvida, queria saber qual pais socialista que deu certo? Alguém pode me responder isso?

    Cristovam Ruiz Jr em 16/10/2013 - 00h27 comentou:

    Daria muito trabalho e você não iria entender. Primeiro, estude um pouco mais e depois volte pra discutir aqui.

    simone em 20/10/2013 - 06h11 comentou:

    Me esclareça, depois de estudar um pouquinho como sugeriu o amigo abaixo…qual pais capitalista deu certo? Espere…antes me responda o que è dar certo p vc!!!!

    cassius em 14/11/2013 - 16h17 comentou:

    russia, china, coréia do norte, cuba o socialimo deu certo nesse jugares.

    Gabriela em 14/11/2013 - 17h44 comentou:

    Russia e China Capitalistas……Coréia do Norte…..nossa…Cuba…."oficialmente" deu né……quem reclama morre.

    José Sá em 12/11/2013 - 20h51 comentou:

    Esse texto só tem um problema, é tão reacionário e inútil quanto os produzidos por lobão e roger. Acredito que o jornalismo de verdade, não deveria preocupar-se com a aparição de duas figuras tão grotescas como os dois, no campo das letras. Sim, foram bons músicos, mas estão tentando pagar as contas atualmente com a produção de textos-pavões. Sonho com o dia em que o exibicionismo seja ignorado, e lobão ou roger sejam desprezados, assim como o viés religioso de direita ou esquerda, não seja religioso. É maravilhoso ter alguém preocupado com o fato de existirem dois reacionários, mas eles são um problema, de fato? Ignorá-los seria a chave para esgotar a sua cota de comentários babacas. Mas o problema é que todos querem aparecer, de uma maneira ou de outra. É um assunto complicado.

    mashein em 13/11/2013 - 19h57 comentou:

    eu leio este artigo e me sinto culpado por ter nascido em uma família de classe média. será essa a intenção de quem escreve? dai me pergunto: se o pobre não tem direito a se manifestar no brasil, e a classe média, segundo ela, não deve, quem pode dar sua opinão? só ela e os camaradas?

    cris em 05/12/2013 - 12h01 comentou:

    kkkkk

    ana em 24/12/2014 - 15h34 comentou:

    Pode manifestar opiniao, né… Mas tem de pensar um pouco antes… Vomitar tudo em cima dos outros, como esses caras fazem, é de doer, ai não tem como defender…kkk

Fernando Cesarotti em 01/11/2012 - 20h59 comentou:

Tem um disco ao vivo do Legião em que o Renato Russo fala "Cuidado, as drogas fazem você virar os seus pais". Acertou na mosca.

Responder

    Caio Fernando em 03/01/2013 - 19h35 comentou:

    Como se diz eu te amo, vol 2. Quando ele canta Faroeste Caboclo.

    Rodrigo Corrêa em 02/11/2013 - 05h34 comentou:

    É verdade, e eu sempre quis saber o que ele queria dizer com essa frase… Agora entendo, valeu Fernando =) !

    Cloves Lemes em 13/11/2013 - 04h30 comentou:

    "Ainda somos os mesmo e vivemos como nossos Pais. Elys Regina" Relembrem: http://www.youtube.com/watch?v=2qqN4cEpPCw

pedro borges em 01/11/2012 - 21h00 comentou:

acho que simplificou demais. fica dando a impressão de que todo filhinho de papai que estudou em colégio caro só pode ser, mais cedo ou mais tarde, um reacionário. na verdade, essa revoltinha toda do lobão (do roger eu não sei, não acompanho), vem de longe, de quando ele começou a falar grosso pra criar polêmica, pra chamar a atenção; durante um tempo, era o que ele fazia de melhor, as músicas já haviam ficado pra trás; depois, ele foi "endireitando" e ficou do jeito que ficou. um olavo de carvalho rasteiro.

Responder

    João Caetano em 02/11/2012 - 00h31 comentou:

    Vc ser "pequeno-burgues" (odeio esses termos, mas…) não o faz ter passivo de escolher um lado na luta de classes =)

    meninuigu em 02/11/2012 - 17h01 comentou:

    "acho que simplificou demais. fica dando a impressão de que todo filhinho de papai que estudou em colégio caro só pode ser, mais cedo ou mais tarde, um reacionário."

    Pode não ser. Mas se torna em 90% dos casos. :p

    Julio em 23/10/2014 - 13h23 comentou:

    Se fosse assim, Eduardo MATARAZZO Suplicy seria um grande reacionário hoje em dia.

    joanes em 13/11/2013 - 13h25 comentou:

    Realmente é a velha mania de dividir a sociedade entre ricos maus e pobres bons. Culpar os outros pelo próprio insucesso e suas frustrações é comum na humanidade. Incrível que se todo político é um corrupto imprestável, então pq estes poetas do teclado não perguntam aos seus leitores QUEM foi que votou neles?? Seria muita ofensa culpar a massa oprimida por seu próprio destino??

    Angelo Gomes em 17/11/2013 - 16h55 comentou:

    olá, penso que quem foi nunca deixará de ser…acho que o lobão é desses casos de muita droga no cérebroo que fecha com que o renato escreveu.Já, roger é uma questão de que mal avaliarmos bem.Já naquela época não produzia merda nenhuma prá garotada. Fazendo letrinhas tipo: nós vamos invadir sua praia, a da galinha não sei oq, pelado pelado..blablablás.Tipico de "jingles" que a globo gosta de botar nas suas novelas e drogas para o povo.

    Yuri Braga em 03/12/2013 - 18h44 comentou:

    Valeu, Pedro Borges. Falou o que eu tava pensando.

    milton em 23/03/2014 - 01h26 comentou:

    acho que sua cabeça pensa "demenos".

    Priscila Fraiz em 22/02/2015 - 08h02 comentou:

    Estou sempre correndo na frente do prejuízo porque correr atrás dele é para alcancá-lo, o que ninguém quer. Mas minha correria foi de 17 semanas, cansei, ufa, ufa!. Mas dá para pelo menos dizer que consegui ler o final e adorei – Lobão do jeito de um olavo de carvalho rasteiro ou (digo eu) um guilherme fiúza escrachado.

    Priscila Fraiz em 22/02/2015 - 08h05 comentou:

    será que citei o Pedro Borges como incitador do meu comentário?

humberto em 01/11/2012 - 21h04 comentou:

Não é questão de estilo musical. O próprio Elvis procurou e foi "condecorado" pelo Nixon, como "agente honorário" do FBI, contra aquela hippaiada drogada e subversiva.

Responder

    Sergio em 07/03/2013 - 19h26 comentou:

    Pelo que eu conheço da história da música, Elvis sempre foi um jeca e nunca teve idéia da revolução que provocou. Foi para o exército só para fazer marketing, mas cumpriu seu papel junto ao governo americano.

    Andre Costa em 12/11/2013 - 02h33 comentou:

    Você está certo. Élvis era direita pura. O típico Republicano de hoje em dia. Já ouvi entrevistas onde ele encarna o papel do caçador de comunas, bem comum aos Macartistas

    guto em 12/11/2013 - 21h46 comentou:

    Elvis na época estava drogado, conseguia os remédios dele com a carteirinha que ganhou do Nixon, nem vale a pena comparar ele com esses dois…

Thales Barreto em 01/11/2012 - 21h10 comentou:

Hahahahaha… Quanta pobreza em um texto. Parabéns, ex repórter da Folha.

Responder

    Ex-petista em 02/11/2012 - 13h45 comentou:

    Eu acho que com o tempo eles como tantos outros que abriram os olhos, viram que aquilo realmente não era, não foi e nunca será o que foi prometido e meteu a boca no trombone. Simples assim. Quanto a esse texto, acho que você deveria era pegar carona em outras áreas para expor seus pensamentos.

    jose justino em 03/05/2013 - 13h02 comentou:

    Ex-petista??? Ainda há alguém que utilize esse argumento chinfrim? Como pode um sujeito que se diz ex-petista concordar com a declaração covarde de um sujeito que considerou mais importante a "perseguição" do Estado a ele por causa de seu galhinho de maconha do que as torturas, os assassinatos e o butins de guerras (achaques e roubos de propriedades de familiares de presos políticos) promovidos pelo Estado ditatorial. O ex-petista, então, com essa declaração se coloca ao lado de degenerados como o Ulstra e o Fleury?

    O novel boquirroto da direita não meteu a boca no trombone, o trombone é que saiu da boca dele depois de ter entrado pelo outro lado.

    Talvez, com a declaração do mais novo proto-fascista "roqueiro", e mais o apoio de alguns "ex-petistas", os golpistas de bico grande, os "cristãos" do Feliciano, os fãs da Suprema Inquisição e a quadrilha de neo-nazistas de Niterói, os democratas por conveniência possam encontrar algum apoio aqui e ali em sua jornada pela "democratização" e "moralização" do país.

    Pumba em 12/11/2013 - 00h40 comentou:

    acho legal a esquerda bater nos reaças desse jeito.. "degenerados como Ulstra e o Fleury"? e o Stalin, Mao, o Kin Jon Un, Castro, e todos os outros genocidas que a esquerda tanto idolatra mas ignora tudo de ruim que o socialismo trouxe até hoje pro mundo? me poupe de tamanha hipocrisia, parece que vocês são todos santos

    augusto em 30/11/2012 - 19h39 comentou:

    A ex-repórter incomodou! Viva a blogueira!

    Osório em 15/04/2013 - 00h29 comentou:

    Concordo, Thales.
    1 – "Nem todo direitista é derrotista, mas todo derrotista é direitista. Reparem no capricho do léxico: as duas palavras são quase idênticas. Ambas têm dez letras, soam similares e até rimam." Fazia tempo que não lia algo tão idiota assim.
    2 – "Se você tem dúvida se alguém é de direita observe essas características. Começou a falar mal do Brasil e dos brasileiros, a demonstrar desprezo por tudo daqui, a comparar de forma depreciativa com outros países, é batata. Derrotista/direitista detectado". Tradução: Começou a falar mal do PT e de seus cupinchas no poder, a demonstrar…, é batata (virgula, viu!), derrotista/direitista.
    Cara bloguista, sua pontuação é horrível, desculpe, mas para uma jornalista equivale a um cirurgião não saber usar o bisturi.

    morenasol em 16/04/2013 - 23h23 comentou:

    "vírgula, viu!" aí se usa interrogação, ~professor de português~ ; )

    Luiz Deschamps em 24/04/2013 - 00h46 comentou:

    Osóóóório, meu fio… peninha d'ocê!! hehehehe!! eu não acho q esses caras foram "revoltados"… pra mim, revoltados eram os punks de São Bernardo q vinham de trem fazer show em sampa… lobaum, roger, hehehe!! tadinhos… e vc, Osóro, sério, com esse nome… só faltava o General, hahahaha!! tadinhos dos dois, tadinho de vc! CYNARA DESTRÓI!!! hahahahah

    Juliano em 24/06/2013 - 01h42 comentou:

    Só parece impossível é você dar ponto final para essa sua babação de ovo a "bloguistas" reaças. Repete suas táticas textuais como um miquinho amestrado.

    Sergio P. Alves em 11/11/2013 - 18h51 comentou:

    Caro Osório, sua pontuação é horrível. (Ponto, viu?). Desculpe, mas para quem pretende corrigir o erro alheio, (vírgula. Não se esqueça da vírgula…) equivale a um cirurgião não saber usar o bisturi.

    Adilson em 13/11/2013 - 03h50 comentou:

    Tá bom direitista, vejo que se preocupou demais com a gramática textual e menos com o assunto. Só que as suas observações não depreciou em nada as verdades sobre os citados. Resumindo: São uns frustrados/derrotados de direita.

    Garrido em 02/05/2013 - 19h47 comentou:

    Boa Thales Barreto!!

    Não sei o que esta pessoa tem dentro do cerebro!!!

    Abraços

    Paola em 03/05/2013 - 00h00 comentou:

    Provavelmente algo que vc não tem.

    Solange em 05/09/2013 - 12h14 comentou:

    Ela está velha para esse tipo de pensamento, acho que é chororô puro. vingancinha de pobrinha da época da faculdade porque vivia de bolsa e não podia ir aos shows, kkkk! Na boa, estudei em colégio público e tudo o que eu queria era o acesso a uma boa escola. Falar de burguesia hoje é redudância.

    orlando em 24/04/2014 - 16h14 comentou:

    Conheci uma garota igual a vc Solange. Pobre, que vivia rastejando atrás de uma galerinha do bairro. Era escorraçada e tratada como lixo, mas não largava o osso. Hoje cresceu. Continua a mesma coisa. Medíocre, rastejante e fracassada. Leitora de revista veja, telespectadora de rede globo, e aplaude pondé, olavo e outros "pensadores" do gênero. Aplaude toda e qualquer sandice vinda dessas fontes e ainda se diz intelectualizada. Tudo isso na luta por uma ascensão social que nunca vem. Não sei se é o seu caso…

    José em 28/02/2015 - 22h13 comentou:

    "Conheci uma garota igual a vc Solange" , "Não sei se é o seu caso…" – é, SÓ faltou fazer sentido.

    Fábio Zappa em 04/12/2013 - 02h34 comentou:

    ex repórter da FOLHA ??? putz !!!!!!!

    retorica em 25/12/2013 - 03h38 comentou:

    Ad hominem detected.

Thiago em 01/11/2012 - 21h14 comentou:

Acredito também que está atrelado ao estilo musical. Os caras que se diziam rebeldes por ouvir o rock'n'roll dos anos 70, são os mais reacionários hoje, pois acreditam que seu estilo tem mais importância do que qualquer outro e também por serem oriundos da classe média, e de entenderem o discurso profanados à época: do machismo, por exemplo. O que leva a dúvida: um fã de Lady Gaga é mais progressista e aceita mais a diversidade (em todos os sentido) do que esses rebeldes de outrora? Acho que sim…
Gosto do rock'n' roll, sempre andei com as pessoas que ouviam as mais variadas bandas, dos 70's, 80's, 90's, por isso consegui distinguir o discurso do Michael Stipe e do Angus Young e sua turma. E há uma diferença muito grande.

Responder

    Luiz Orquestra em 02/11/2012 - 15h38 comentou:

    Gostaria (pensei muito e não encontrei nenhum!) que alguem citasse um rockeiro brasileiro(fora os já citados maravilhosos Renato Russo e Cazuza)que não fosse um grande reaça….cujos protestos dão um giro de 360 graus e causam um suicídio ideológico…….e isso serve tambem pros (arggh) sertanejos mobrais ou universitários(fora Renato Teixeira um pouquinho só)…..

    Indianara em 24/01/2013 - 13h31 comentou:

    Bom, eu diria o Raul Seixas (e o Paulo Coelho, já que muitas músicas eram compostas pelos dois). Raul protestava a seu modo, um tanto 'viajado', é verdade, mas protestava.

    Marcelo em 12/11/2013 - 19h50 comentou:

    Eu não ví nenhum integrante do Titãs sendo reaça, não ví ninguem do Barão fazendo merda, Capital Inicial, Biquini, os integrantes vivos do Legião Urbana ( não só o Renato "era" o legião ) e tantas outras bandas com menor fama ( posso estar errado, mesmo pq ando com pouco tempo pra me antenar! )… Não é o estilo de musica, e sim a criação do ser… não confundam…
    Geralmente os rockeiros são mais livres da ação de empresários e falam o q pensam… aí acaba saindo essas cagadas!!! Algumas frases até acho coerente, geralmente vindas do lobão, mas isso deve ser parte da minha tentativa de ser mais neutro e analisar os fatos de forma fria! antes de sair dando opinião!

    Max em 13/11/2013 - 16h23 comentou:

    Marcelo, você citou duas bandas de Brasília, Capital e Legião. Na sua opinião, eles não são reaças? Errou feio. São sim! Sem falar dos "americanos" da Plebe Rude.

    Rodrigo em 14/11/2013 - 20h53 comentou:

    Capital eu até entendo.
    Mas se Legião e Plebe são reaças, então eu não quero nunca ser de esquerda.

    bernardo em 24/04/2014 - 11h14 comentou:

    Inocentes, Cólera, Olho Seco…
    São bandas dos anos 80, inseridas no punkrock, fazendo shows e algumas lançando álbuns até hoje. Não tiveram a atenção da mídia, música em novela exatamente por ter um discurso mais politzado.

    Priscila Fraiz em 22/02/2015 - 08h24 comentou:

    Bernardo, ,você está 'a frente do seu tempo. Ontem, 21/02, na 1a página do 2º caderno do inominável O Globo há uma matéria-entrevista sobre a baixada de bola do rock e apontando vários fatores. Não precisa dar dinheiro para as Organizações Globo. Peça ao seu vizinho ou vá em alguma biblioteca pública.

zubreu em 01/11/2012 - 21h14 comentou:

espetacular!!!

Responder

Thiago em 01/11/2012 - 21h18 comentou:

Acredito também que está atrelado ao estilo musical. Os caras que se diziam rebeldes por ouvir o rock'n'roll dos anos 70, são os mais reacionários hoje, pois acreditam que seu estilo tem mais importância do que qualquer outro e também por serem oriundos da classe média, e de entenderem o discurso profanados à época: do machismo, por exemplo. O que leva a dúvida: um fã de Lady Gaga hoje é mais progressista e aceita mais a diversidade (em todos os sentido) do que esses rebeldes de outrora? Acho que sim…

Responder

Thaesl Barreto em 01/11/2012 - 21h26 comentou:

Quanta mediocridade num blog só.

Responder

    Magali em 18/11/2012 - 18h02 comentou:

    Então pra que você perde tempo por aqui? Vai procurar a sua turma!!!

    Luís Henrique - MG em 30/11/2012 - 13h23 comentou:

    Magali, ia escrever exatamente o que vc escreveu.
    O que pessoas como este Cara vem fazer aqui? Que acompanhem Lobão, Roger e os demais reaças de plantão.

    Lucas em 03/05/2013 - 04h04 comentou:

    Devem estar fazendo o mesmo que eu. Receberam o link de alguém e vieram ver o que era.

    Pode acreditar, se eu soubesse antes, não teria lido tudo…

    Cris em 20/02/2013 - 14h38 comentou:

    Tahesi vai para o Barreto que pariu e fica lá.

    jose justino em 03/05/2013 - 13h07 comentou:

    A blogueira deixou você muito mal, hein? Você se denunciou ao repetir praticamente o mesmo comentário sem apontar ou demonstrar onde está a mediocridade num "blog só"(sic).

    Ze Neto em 10/05/2013 - 20h31 comentou:

    hahahaha Boa Justino! Essa turma que posta comentários apenas pra desqualificar com esse discursinho vazio é de amargar!!!

    swamy em 10/10/2013 - 12h15 comentou:

    Quanta mediocridade numa pessoa só: você mesmo.

    Marcão em 11/11/2013 - 22h35 comentou:

    Valeu lobão….

    Lucas em 13/11/2013 - 03h38 comentou:

    Concordo..O artigo só atacou pessoas e não defendeu ideias..

    Djalma em 24/12/2013 - 05h00 comentou:

    Cai fora Zé Mané!

    marcus em 27/03/2015 - 16h06 comentou:

    o que esperar de um blog cujo nome é "socialista morena"? hahaha

    tem o mesmo valor de maturidade que o nick name de um adolescente "punk" de condomínio fechado

Victor Farinelli em 01/11/2012 - 21h36 comentou:

Meu, genial a metáfora final. Daria pra colocar a Soninha um pouco nesse esquema ou não? Ela talvez não tenha exposto tanto essa síndrome de vira-lata (e creio que não expôs ainda por interesses político eleitorais) mas ela também saiu da rebeldia enlatada estilo MTV pra se aventurar pelo esquerdismo de shopping até seu encontrar lugar na direita com alegoria socialista do PPS. As declarações dela atacando os moradores do Pinheirinho e outras mais ou menos no mesmo estilo poderiam caber na comparação-

Responder

    emerson em 18/03/2013 - 23h03 comentou:

    Otexto em sí dispensa até comentários

    Alf em 05/05/2013 - 19h43 comentou:

    Soninha nada mais é do que um cão de guarda do Serra. uma serviçal do mesmo.

Tatiana Lobatto em 01/11/2012 - 21h38 comentou:

Artigo excelente!!! Parabéns===>> a precisão foi cirúrgica!!!!

Responder

    tiggersp em 03/11/2012 - 17h43 comentou:

    Cirurgica como um machado, como uma enxada, cada uma que temos que engolir viu, pqp.

Luciana Cerqueira em 01/11/2012 - 21h44 comentou:

Outro paradoxo do direitista que me intriga Cynara, é o fato deles, nos anos 60, 70, quando seus apaniguados detinham o poder, serem ultranacionalistas e hoje, que o Brasil tem um governo popular e democraticamente eleito, são antinacionalistas, odeiam o país e criticam tudo que a ele se refere, beirando o patético.
Por isso sempre me lembro da frase célebre de Samuel Jhonson : "O patriotismo é o último refúgio do canalha".

Responder

    Pedro Ivo em 02/11/2012 - 06h26 comentou:

    Vc está falando algo equivocado.
    Lobão, por exemplo, fez muitas músicas criticando Sarney. E nunca foi nacionalista (isso é um defeito)….numa música que ele escreveu para Collor tem um verso: "ser presidente até que é um bom emprego num país de vagabundos…"

    É a nossa realidade, é a lei de Gérson

    Luiz em 02/11/2012 - 15h42 comentou:

    mas foi isso que ela disse!Não precisa arvorar-se em defensor do roqueiro pequeno burgues…..aliás a surfista campeã do mundo é nordestina e pobre…..

    Pedro Ivo em 04/11/2012 - 06h00 comentou:

    vc está sendo pontual demais…tome como modelo o contexto geral e vc verá que nós somos, de verdade, um país repleto de mediocridade

    Ane Brasil em 03/11/2012 - 00h00 comentou:

    Bem lembrado, não tinha pensado as coisas por este ângulo ainda.

    Roger Moreira em 03/11/2012 - 07h57 comentou:

    VC sabe o que eu fazia nos anos 70? Uau, vc é mais bidu que a socialista morena da Veja!
    http://www.implicante.org/artigos/cynara-menezes-
    http://simulacoes.com/blog/index.php/2012/11/a-me

    tiggersp em 03/11/2012 - 17h48 comentou:

    paradoxo doque cara-palida? ultranacionalismo, de direita???? talvez uma apologia da vertente nazi-fascista, daí sim, mas se vc acha que militares dos anos 60 e 70 eram direitistas sugiro que refaça todo o seu conhecimento sobre a historia contemporânea mundial apartir da Revolução Francesa e do Brasil, porque pelo menos de direita e esquerda vc entende É NADA .

    Naiara em 22/10/2013 - 21h37 comentou:

    Não odiamos o país, amamos tanto, que gostaríamos que líderes de verdade, com inteligência suficiente comandassem nosso país. Odiamos o que está se fazendo com ele, odiamos o Foro de são Paulo e toda a corja de corruptos que governam o Brasil.

    Bob 'mecânico' em 12/11/2013 - 23h52 comentou:

    O termo direita e esquerda é muito genérico para definir o perfil politico de um cidadão, mas vamos lá.
    Pelo menos a direita liberal não tem nada haver nem com ultranacionalismo, nem com nacionalismo. O liberalismo é pro livre mercado, apenas isso.

    O nacionalismo está muito mais próximo das politicas econômicas intervencionistas e estatistas do que o liberalismo. O governo Geisel, por exemplo, imprimiu uma politica nacionalista com reservas de mercado e tudo mais, até hoje temos herança no pensamento econômico dessa época.

    Estão confundindo as coias totalmente.

Rafael em 01/11/2012 - 21h47 comentou:

Bom texto, mas muito fervoroso… tem aquele cheirinho de raiva enrustida que o jornalismo imparcial não tem!

Responder

    Cristiano em 02/11/2012 - 14h18 comentou:

    E existe jornalismo imparcial? Aliás, existem seres humanos imparciais?

    Edgar Rios em 13/11/2013 - 02h44 comentou:

    Existe……. o Rafael

    Takarracha em 13/11/2013 - 18h06 comentou:

    Ué, e como querem que a tal grande mídia seja imparcial?

    marize souza em 02/11/2012 - 17h21 comentou:

    Onde você achou esse tal de jornalismo imparcial? Estou procurando há meses e não acho.

    harley em 15/01/2013 - 13h49 comentou:

    jornalismo o q? =)

    Barbara em 11/02/2013 - 23h34 comentou:

    sem falar que este blog não tem a intenção de jornalismo imparcial! só olhar o nome, babe. 😉

    Karine em 03/05/2013 - 01h42 comentou:

    Jornalismo imparcial?? Isso não exite… somos resultado dos processos sociais que vivemos, logo, não podemos ter imparcialidade dos fatos! Sempre enxergamos de onde estamos!!!!!!

    Donanne em 27/06/2013 - 12h56 comentou:

    Jornalismo imparcial? Jornalismo imparcial? Jornalismo imparcial? Ah, saquei, jornalismo reaça! kkkkkkkkkkkk

    Jaime em 19/08/2013 - 05h12 comentou:

    Acorda, Rafael, nada no mundo é imparcial, menino.

    Solange em 05/09/2013 - 12h17 comentou:

    Esse blog é imparcial???A mulherzinha pensa que é o último ser inteligente desse pobre paízinho…

    Rafael em 11/10/2013 - 12h57 comentou:

    Olha só, "paízinho…"? É Dona Solange, tenho uma péssima notícia para lhe dar, você é reaça!

    Marcel em 22/10/2013 - 21h37 comentou:

    Jornalismo imparcial. HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA, aiai…

    Fagner em 13/11/2013 - 14h35 comentou:

    Não se trata, Rafael, neste caso, de matéria jornalística, mas de texto opinativo, para o qual o estilo vibrante e bem humorado vem bem a calhar.

    Pedro em 31/03/2014 - 00h49 comentou:

    Jornalismo imparcial?! Onde? Cadê??

Adriano em 01/11/2012 - 21h53 comentou:

Esquerdistas são os que mais reclamam de preconceitos e xenofobia, e aí eu leio um texto desses e vejo atitudes ou pensamentos muito próximos daqueles que os próprios criticam. Honestamente, não sou direitista e espero nunca ser. Mas também não sou de esquerda, mas sinceramente acho que quanto mais nós pensarmos em, " Filinho de papai" e "povo ignorante e sem cultura", por parte de esquerdistas e direitistas respectivamente, nós nunca avançaremos para um outro estágio, precisamos pensar diferente. “Antigamente éramos um país pobre e medíocre… terrível. Hoje em dia somos um país rico e medíocre… pior ainda”. Infelizmente, condiz sim com a nossa realidade, mas também sou contra a atitude de criticar e chingar até não querer mais e não fazer absolutamente nada !

Responder

    Luiz em 02/11/2012 - 15h46 comentou:

    segundo suas palavras:"não sou direitista e não sou de esquerda…..Afinal que droga voce é?roqueiro?sertanejo?Carlito Maia o grande frasista brasileiro dizia:"Toda pessoa direita é de esquerda"

    André em 02/11/2012 - 16h46 comentou:

    E tem OBRIGAÇÃO ser de um dos dois? A filosofia da esquerda então, segundo o exemplo da tua lógica, é que ou apoia integralmente, ou é um adversário?

    Pedro Ivo em 04/11/2012 - 06h03 comentou:

    O problema é esse. Argumentos simplórios…cadê as nuances? A pessoa pode não concordar com a filosofia dita esquerdista e nem tampouco com a dita direitista. A gente tem mais opções do que essa merda toda na qual nós vivemos…

    Air em 11/11/2012 - 16h13 comentou:

    E o cidadão tem que carregar um boné com um desses nomes ? Aliás, Carlito Maia era de esquerda…

    Darkhom em 24/01/2014 - 16h48 comentou:

    Ninguém é obrigado a se rotular direitista ou esquerdista; isso é uma regra que criaram, e você, como uma marionete, não consegue se posicionar com personalidade sem seguir essa convenção idiota de direita e esqueda. O próprio Lobão no Roda Viva afirma não se considerar de direita; não somos obrigados a nos rotular. O comentário do Adriano foi um dos mais sensatos aqui até agora; enquanto tiver essa briguinha de esquerda e direita, o Brasil vai ficar estacionado no meio de um cabo de guerra. Abraços.

    Rodrigo_Galera em 24/03/2014 - 10h58 comentou:

    Centrista? Vocês acham que só existe direita e esquerda? Procure estudar mais o espectro político, cara pálida.

    ceticista em 26/05/2014 - 22h07 comentou:

    ██ Nossa q radical. Depois dizem q nao há radicais no Brasil.

    Povo cheio de dicotomia ou eh preto ou eh branco. Ate entendo isso eh herança do Cristianismo (ou eh Deus ou Diabo), apesar de nem todos serem religiosos, nossa sociedade foi criada com base nisso e acabou influenciando.

    E esse Carlito Maia eh quem? Dono da verdade? Opiniao dele. Se ele dissesse q beber esgoto eh bom vc ia achar isso tb? Pessoal aqui tem uns q nao sabem pensar por conta propria.

    Elias em 03/11/2012 - 03h46 comentou:

    Bom a própria classe média burguesa é ignorante. Mas dizer que o Brasil é um país de ignorantes é desconhecer o próprio país. Dou uma dica: aqui em SP, quem faz café filosófico e faz sarau toda semana que educa, fala de música, de literatura estrangeira e nacional e troca cultura é a periferia e favela. Talvez devesse andar menos com a burguesia que lhe envergonha por ser mediocre e andar mais com a periferia que se educa.

    Pedro Ivo em 04/11/2012 - 06h01 comentou:

    Mas isso é um trabalho de cúpula, não de massa. Verifique contexto geral.

    Indianara em 24/01/2013 - 13h35 comentou:

    Concordo com as palavras do Adriano. Direitista, esquerdista, meistas, para cimisita… O que interessa é o caminho rumo ao desenvolvimento e à evolução. Com esses pensamentos retrógrados não iremos a lugar algum.

    Rodrigo Souza em 02/05/2013 - 22h15 comentou:

    Tivemos ditaduras de centro também. Estilo de ditadura de direita é o Pinochet, pr exemplo. Os fascismos, grande parte do período do PRI no México, o Estado Novo e a Ditadura Militar no Brasil eram de Centro. Não cola isso de pegar "Centro" como apelo conotativo de "equilíbrio", porque não se sustenta.

    O que eu vejo de gente que diz "é tudo igual", 'não sou nada" é porque buscam um comodismo de serem franco-atiradores e não se comprometerem com nada. Só com a Filosofia do Girino.

    André Fontes em 13/11/2013 - 00h30 comentou:

    Ditadura de esquerda nao existe nao ne??

    Fidel Castro, Tito e Stalin mandam aquele abraço

    ceticista em 26/05/2014 - 22h14 comentou:

    ██ Antes tarde do q nunca. Ja saquei essa faz tempo. Aqui no Brasil, esquerda, direita nada da certo por completo.

    Ai o problema vai ser mais grave: a incompetencia do Brasil (e por extensao a America Latina) em se desenvolver (em todas as areas, e nao so em algumas).

    Pois ate onde sei, os paises desenvolvidos ainda sao quase os mesmos: EUA, Canadá, Europa (alguns paises da Europa ocidental), Australia, Nova Zelandia e Japão.

    tetsuoishida em 03/06/2013 - 23h46 comentou:

    Postagem mais sensata até agora, Adriano.

    Solange em 05/09/2013 - 12h20 comentou:

    Muito boom, cara!

    Sirley de Oliveira em 13/11/2013 - 14h46 comentou:

    concordo com você e quando a gente critica, somos de direita quando se elogia alguma coisa somos de esquerda, acho que no Brasil eles querem que a gente fica com a boca fechada,
    para o direitista e os esquerdista fazerem o que quiserem com nosso país

    naristela farias em 16/03/2014 - 20h39 comentou:

    aplausos

Adriano Pinheiro em 01/11/2012 - 21h54 comentou:

Sensacional, falou tudo que eu pensava em falar sobre estes caras, que decepção! Eu também curtia muito o rock brasileiro dos anos 80, foi importante para minha geração (hoje quarentona), mas é deplorável a forma como essa gente odeia o Brasil e os brasileiros. Detalhe: não dão UMA única opinião objetiva de como melhorar as coisas, só reclamam, reclamam, reclamam…

Responder

    tiggersp em 03/11/2012 - 17h51 comentou:

    Tem mais é que xingar mesmo, adianta alguma coisa propor algo para melhorar o que aí está? adianta? tem mais é que chutar o balde da bagaça, mesmo. TA CERTO O LOBAÕ, O ROGER e qualquer outtro que critique esta republica bananeira, quintal da China e paraizo de esquerdopatas metidos e preguiçosos que nada fazem pela segurança, pela educação, pela moralidade e pela ética, politicos ladrões, corruptos e bandidos que NADA FAZEM, portanto tem mais é que descer a lenha mesmo.

    ronaldo em 13/11/2013 - 00h56 comentou:

    Eu pensoque eles fazem isso para se sentirem melhores!

Francisco Libânio em 01/11/2012 - 22h04 comentou:

Acho que vale acrescentar, também, que o Lobão – principalmente – foi rebelde enquanto a ocasião permitia. Ele foi responsável por uma das maiores sacadas da indústria fonográfica com sua independência (à época). Seu CD A Vida é Doce (muito bom, diga-se), vendido em bancas de jornal revolucionou o mercado. Muita gente seguiu o caminho. Além disso, Lobão foi um dos primeiros a perceber a potencialidade da Internet e o CD teve grande vendagem no site também. Depois disso, veio o seu Acústico MTV (com o plus: Numa entrevista divulgando A Vida é Doce, o lobo detonou a emissora dizendo que nunca gravaria um Acústico) e o emprego lá. Uma vez dentro do mainstream, Lobão deu uma bela banana pro independente e deixou aflorar sua burguesia.

Responder

    Ane Brasil em 03/11/2012 - 00h03 comentou:

    Eu acho que "a vida é doce" foi o último suspiro de coerência/inspiração/qualidade do Lobão.
    Aliás, o que mais me chocou foi que o cabra que teve o culhão de peitar a indústria depois, foi lá pagar pau pra ela. e, não bastasse isso, ainda careteou de forma horrenda.
    Eu tenho uma tese, segundo a qual muita gente deixou de morrer na hora certa… sim, tem nego que tinha morrer antes de fazer merda, a fim de preservar a parte luminosa da sua biografia.

lelezinha em 01/11/2012 - 22h24 comentou:

Tu respondeu a uma pergunta que eu sempre fiz pra mim mesma…mas acho até q/pegaste muito leve com esses dois imbecis,q/se não tivessem sido lembrados por um determinado canal de tv,estariam amargando seu ostracismo…

Responder

Enderson em 01/11/2012 - 22h31 comentou:

Acredito que, necessariamente, a obra do autor não reflete sua personalidade. Nomes como Nelson Rodrigues e, no rock, Johnny Ramone, este um direitista fanático, estão ai pra provar que seus trabalhos são diferentes de seus autores. Em tempo, lembrei de uma frase do Washington Olivetto: “A cocaína é a droga da direita.”

Responder

    Elias em 03/11/2012 - 03h49 comentou:

    Esqueceu do Kiss e do AC/DC, duas bandas mega-reaças que eram contra até copia de uma simples música em mp3, pra nao dizer coisas mais conservadoras. Rock de boutique.

    Bob Brown em 27/12/2014 - 10h35 comentou:

    Quer dizer que a cocaína é a droga da direita?? Tu não conhece o PT, o PCdoB e o PSOL do RJ…rsrs. Vários vereadores, deputados e ex-secretários destas 3 legendas, aqui no RJ, cheiram cocaína na exata mesma proporção que os de qualquer outro partido. Todo mundo sabe e alguns, de tão viciados, pagam mico pesado em festas organizadas pelos citados partidos…rsrs. Acorda, ó ingênua militância de esquerda brasileira! Além de cheirarem muita coca, tem muita gente fazendo fortunas pessoais imensas às custas da otarice da militância… Acorda!

Joseane em 01/11/2012 - 22h41 comentou:

Muito bom, e nem estava sabendo dessa nova roupagem deles. Tava por fora mesmo.

Responder

Bruno em 01/11/2012 - 22h44 comentou:

Na minha "poesia" , esquerdista e direitista combinam igual com derrotista, apesar do numero de letras(esquerdista tem uma letra a mais, discussãozinha de criança, né…) Este início já mostra as qualidades do texto inteiro: parcial, preconceituoso e deturpado.

Responder

    Estela em 02/11/2012 - 05h37 comentou:

    Concordo plenamente …

    Daniel em 02/11/2012 - 14h25 comentou:

    Texto cheio de clichês mais ultrapassados que o comunismo.

    Benedito em 17/11/2012 - 03h39 comentou:

    O que é comunismo?

    Paulo Rodovalho em 02/11/2012 - 14h35 comentou:

    Entendeu tudo, tudinho mesmo. A comparação d número de letras é entre as palavras DIREITISTA e DERROTISTA, entendeu ou quer desenhe?

    Endy Abrado em 20/08/2013 - 21h12 comentou:

    "entendeu ou quer desenhe?"
    Se isso não é se prostar como criança…

    Marina em 06/07/2014 - 02h11 comentou:

    Perfeita colocação.

Aemiguel em 01/11/2012 - 22h51 comentou:

Mas esse é o rock nacional. As bandas geralmente vêm de famílias da classe média burguesa, Filhos de papais (não raro militares ou influentes na mídia) que têm dinheiro para dar guitarras Gibson Custom para seus bebês achocolatados contestadores de boutique. São assim as principais bandas como os Paralamas, Capital Inicial. Titãs, etc. Dinho Ouro Preto, no Rock in Rio, chapadíssimo, atacou Sarney, o mar de lama na política, etc,etc. O que ele queria mesmo era atingir o atual governo. Gozado que, nos anos 80, durante a ditadura militar ou durante o próprio Governo Sarney, ele não enxergava nada de errado; não abria a boca. Aquele Sarney era outro, claro.

Responder

    Ledres em 02/11/2012 - 15h36 comentou:

    Faltou dizer que o papai do Dinho foi diplomata nomeado pelo proprio Sarney…

    Luidgi VL em 27/06/2013 - 20h26 comentou:

    Perfeito, mano! o Dinho é um outro rockeirozinho reaça pra cacete. Só fala m*!!! Acho que isso se dá porque o rock é um estilo musical mais de classe média mesmo. A maioria esmagadora dos roqckeiros que eu conheço são filhinhos de papai.

    Giuseppe W. Bozzi em 26/09/2013 - 09h22 comentou:

    Qual o problema em ser roqueiro e filhinho de papai?
    Aliás, o que é ser roqueiro e, principalmente, o que é filhinho de papai?

    cris em 05/12/2013 - 12h31 comentou:

    sempre gostei de rock, sou pobre moro na periferia e conheço de monte como eu

    Roma em 21/03/2014 - 18h15 comentou:

    CLARO que para toda regra, há exceção, né, possoinhas?! Mas, caralho, vi todos os meus amigos ao ler esse comentário!

    Jorge Gomes em 27/03/2014 - 19h17 comentou:

    Eu ia escrever um comentário, mas fico com o seu. Era isso mesmo que eu queria dizer.

Toledo em 01/11/2012 - 23h34 comentou:

Cynara, permita-me um contraponto. Podemos também dizer que nem todo parasita e preguiçoso é esquerdista, mas todo esquerdista é um parasita preguiçoso. Se você tem dúvida se alguém é esquerdista observe essas características. Adoram bater no peito arvorando-se como salvadores da pátria e guardiães da probidade e da moralidade, denunciando os roubos, as negociatas feitas nas administrações públicas quando longe do poder. Mas adoram uma boquinha quando chegam ao poder, principalmente quando rejeitados pelas urnas. Se auto-denominam “progressistas”, “socialistas” e otras cositas más. Não foi eleito e arrumou uma boquinha, é batata. Parasita esquerdista detectado.
Temos hoje no Brasil personalidades célebres pelo parasitismo preguiçoso explícito e pelo esquerdismo assumido: Lula, Zé Dirceu, Delúbio, Palocci, Pimentel, etc, etc, etc.
Da geração dos 80, Lula sempre foi meu favorito. E não é porque Lula se tranformou num burguês que vou deixar de gostar. Sim, Lobão virou um burguês no último. Alguém que voltasse agora de uma viagem longa ao exterior ia ficar de queixo caído: aquele operário alucinado, barbudo, jeitão de Che Guevara, que ficou preso por liderar greves, se identifica hoje com a direita brasileira mais podre: José Sarney, Collor, Maluf, Temer,etc, etc, etc…
Não me importa que Lula critique os outro partidos. O que me entristece é ele ter se unido ao conservadorismo hidrófobo para perpetrar barbaridades como aliar-se a ao procurado pela Interpol, Paulo Maluf.
Muita gente se pergunta como é que isso aconteceu. O que faz um operário virar um babaca ao chegar ao poder? No caso a resposta é simples. Lula é parte de um fenômeno muito comum: o sujeito pobre que se transforma em burguês para enriquecer a a família. Mais tarde, com os primeiros cabelos brancos, começa a brotar também a vontade irresistível de nunca mais voltar às origens. Aos poucos, o ex-operario vai se metamorfoseando naqueles que criticava quando jovem. “Você culpa seus patões por tudo, isso é um absurdo. São empresários e é o que você nunca vai ser quando você crescer.
Enfim, incrível seria se Marta Suplicy ou o ex Eduardo, nascidos em berços de ouro se tornassem operários, uns grevistas de marca maior. Pago para ver. Mas Lula? Normal. O bom malandro à casa enriquece. A família deles, agora, deve estar orgulhosíssima do mimos burgueses que desfrutam.
Como já escreveram por aí, não são poucos os exemplos citáveis de preguiçosos, ineptos, despreparados, mal intencionados, desonestos, não necessariamente numa mesma pessoa, mas, por diversas vezes, uma comunhão de todos esses defeitos, que poderiam ser citados. Não são poucos os Antônios Pitangas e Beneditas da Silva, os Lulas e as Dilmas, os Mercadantes e os Arraes oligarcas, os Zés de Abreu e os Joões Paulos Cunha a decorarem as paredes e estantes de comunistas notórios que mais destruíram do que construíram pelo país e pelo bem estar social dos brasileiros, mas o propósito é mostrar a coerência dos incoerentes comunistas. Pois bem, a maior de suas coerências é seguiram as cartilhas do improdutivo sanguessuga Karl Marx, dos genocidas Stálin e Mao, do dissimulado Castro e o inteligentíssimo não operário Antonio Gramsci.

Responder

    Ivan em 02/11/2012 - 13h18 comentou:

    Prolixo do ad hominem. Argumento que é bom, nada…

    TOLEDO em 02/11/2012 - 16h36 comentou:

    Sr. Ivan… Ad hominem? Pois o Sr. Lula da Silva não é figura pública? Que argumentos o senhor deseja? Até quando vocês insistirão em defender o indefensável e não observar o óbvio? Que feitiço é esse que não os deixam parar de babar por tudo que Lula diz e faz? Que fascínio é esse que impede, por exemplo, que esquerdista nunca comentem os negócios escusos de Lulinha, o gênio das finanças? Que espécie de esquerda é essa que quando atinge o poder o filho do presidente eleito, ex-monitor do Parque Zoológico de São Paulo, com salário de pouco mais de 600 reais em 2002, torna-se sócio de uma empresa de Campinas, especializada em entretenimento e games junto com os filhos de Jacó Bittar, um dos fundadores do PT e um ano depois a empresa recebe um "aporte" de 5,2 milhões de reais da Telemar, empresa de telefonia cujo negócio é concessão governamental? Está correto, senhor esquerdista? Vocês que detestam a VEJA, se lembram da denúncia que a Telemar estaria ajudando o filho do presidente para ser atendida em uma alteração na Lei Geral das Telecomunicações que permitisse a sua fusão com a concorrente Brasil Telecom? Eis que, coincidentemente, em dezembro de 2008, foi editado o decreto presidencial assinado por Lula papai que permitiu a venda da Brasil Telecom para a Telemar/Oi. Quer nos explicar, Sr. Ivan. Quanto ao argumento, ad hominem, veja que a Dona Cynara diz com todas as letras que o “carioca Lobão, nascido João Luiz Woerdenbag Filho, descendente de holandeses e filhinho mimado da mamãe, estudou a vida toda em colégio de playboy, ele mesmo conta em sua biografia. O paulistano Roger estudou no Liceu Pasteur, na Universidade Mackenzie e nos EUA. Nada mais natural que, à medida que a ira juvenil foi arrefecendo –infelizmente junto com o vigor criativo– o lado burguês, muito mais genuíno, fosse se impondo. Até mesmo por uma estratégia de sobrevivência: se não estivessem causando polêmica com seu direitismo, será que ainda falaríamos de Roger e Lobão? Eu nunca mais ouvi nem sequer uma música nova vinda deles. O Ultraje, inclusive, se rendeu aos imbecis politicamente incorretos e virou a “banda do Jô” do programa de Danilo Gentili.” E ISSO É O QUÊ?????? E se eu escrever que “a baiana Cynara Moreira Menezes, nascida em Ipiaú, região cacaueira, em 1967 formou-se em jornalismo pela UFBA (Universidade Federal da Bahia) em 1987. Desde então, percorreu as redações de vários veículos de imprensa, a começar pelo extinto Jornal da Bahia, Folha de S.Paulo, Estadão, revistas IstoÉ/Senhor, Veja, Vip até perder o vigor criativo– o lado comunista, muito mais genuíno, foi se impondo e por uma estratégia de sobrevivência se rendeu aos imbecis petistas corruptos politicamente espertos e virou colunista de Carta Capital, revista da base alugada do PT?????? O que o senhor diria?

    Luis Carlos Brito em 03/11/2012 - 07h33 comentou:

    Comentário indefectível. Parabéns pela sobriedade.

    Fabio em 04/11/2012 - 23h59 comentou:

    Ivan infelizmente precisamos fazer conta ainda acho que o PT é o que rouba menos mas daqui 4 anos talvez isto mude, 2% de roubo para todos seria o Paraiso mas estes caras (todos os partidos sem exceção)com menos de 25% não fazem p… nenhuma.Vai do fiscal ate o senador passando por banqueiro, empresario e ate o sindico do prédio.

    ana em 06/09/2013 - 22h45 comentou:

    Toledo, tem algum blog ou página? sua observação tem 1000 vezes mais argumentos que este blog inteiro.

    Ander em 12/11/2013 - 23h30 comentou:

    Tapas e mais tapas em várias caras. Parabéns

    Tiba em 29/10/2014 - 02h47 comentou:

    Toledo! Você literalmente esmerilha!!! Escreve algum blog? Poderia nos passar o endereço!! Demais! Parabéns

    Luiz Fernando em 02/11/2012 - 17h22 comentou:

    Ivan, se aqui não houve argumentos, quais foram os do texto da Cynara, então?

    Rogério Marroni em 21/02/2013 - 06h15 comentou:

    Como assim, argumento que é bom nada? Então o que a Cynara escreveu é um ad hominem em relação ao Lobão e Roger. Que bobagem…

    george em 03/05/2013 - 17h04 comentou:

    correto Ivan, copiar e colar é para os fracos com o talzinho ai……

    Marcos em 03/05/2013 - 20h48 comentou:

    Estou procurando também no texto principal…

    Danilo Henrique em 09/06/2014 - 17h44 comentou:

    Igual a Cynara

    carlao75 em 02/11/2012 - 14h14 comentou:

    chamou todos os amigos para aprovar seu comentário pseudo esclarecido, hein!?

    TOLEDO em 02/11/2012 - 16h42 comentou:

    Não amigo…Isso é coisa de petista. Não foi o PT que divulgou uma nota conclamando a militância para “uma batalha do tamanho do Brasil” para a defesa do partido e de Lula agora que Valério começou a abrir o bico por pagar o pato sozinho? Vem coisa grande por aí amigo…E Lula está com medo, com pavor de Marcos Valério. O verdadeiro chefe do mensalão está vindo à tona. Por que o sempre tão valente e destemido Lula não desmentiu Valério? Não vai confrontá-lo publicamente? Não e vocês sabem muito bem por quê. Se ainda não sabe, leiam a VEJA desta semana.

    Fabio em 05/11/2012 - 00h02 comentou:

    A coisa grande pode ser a morte deste infeliz Marcos Valerio na cadeia e toda imprensa negando o famigerado mensalão do PSDB e colocando a culpa da morte deste f.d.p. no PT para ganhar a disputa no tapetão já que no voto só tem um infeliz do Serra.

    Bruno Matos em 05/11/2012 - 20h23 comentou:

    "Leiam a Veja". Não, obrigado. Não ficarei com calo nos olhos depois de ler fofoca de quintal, que mente em suas "reportagens".

    jose justino em 03/05/2013 - 13h31 comentou:

    "Se ainda não sabe, leiam a VEJA desta semana. "

    Devo ler a VEJA ou me informar diretamente com o Cachoeira?

    "Valério começou a abrir o bico por pagar o pato sozinho?". Realmente, ele vai pagar o pato como a modelo mineira pagou no mensalão tucano que COMPROVADAMENTE desviou recursos públicos se ele abrir o bico contra os tucanos. Mas, como o "mensalão" tucano vai preescrever, ele espertamente, para sua felicidade e dos gusanos que infestam o país, ele resolveu apontar o dedão sujo para o Lula para ver se ganha alguma coisinha do gordinho que descansou a bunda sobre o processo contra o Demóstenes, o Perillo, o Cachoeira e a VEJA.

    O cagaço do MV é ser suicidado como foram dois envolvidos num certo governo bicudo do Rio Grande do Sul e um deles no lago Paranoá após marcar um encontro em que denunciaria a corrupção bicuda. Tucanos assassinos são blindados pela tal "justiça" burguesa e o MV sabe disso. E já que estamos falando de mídia empresarial, assista domingo na Record a reportagem a respeito dos assassinatos cometidos pelos tucanos de Unaí. Depois, informe-se a respeito da lista dos partidos mais corruptos. E quando for chamar alguém de "parasita preguiçoso", lembre-se de uma das frases preferidas dos antropólogos (MACACO OLHE PARA SEU PRÓPRIO RABO). Se não entendeu, pergunte a um de seus amigos que o elogiaram aqui no blog o que significa o conceito de "projeção" em Psicologia.

    Roberto T. em 12/11/2013 - 12h57 comentou:

    Leiam a Veja dessa semana??? Canalha!

    dino em 12/12/2013 - 19h24 comentou:

    leiam a veja, a maior, concreta, objetiva, idonea fonte de informação..KKKKKKKKKKKKKKKKKK que ridiculos

    Quevão Tomanorabo em 28/02/2015 - 19h41 comentou:

    Ah, agora entendi pq tu tens que fazer copy/paste e trocar alguns nominhos pra tentar explicar tua posição política: Leitor da Veja/lixo.

    @emilnoron em 02/11/2012 - 15h32 comentou:

    MAIS UMA VEZ O COMENTARISTA ENGOLIU O AUTOR DO TEXTO, MEUS PARABENS!!!!

    lelezinha em 02/11/2012 - 15h33 comentou:

    Se esse aí não é o fascista,improdutivo,inútil,rançoso,atrasado,bolorento,ressentido e reacionário do Reynaldo Azevedo,deve ser o alter ego dele…

    TOLEDO em 02/11/2012 - 16h51 comentou:

    Uau!!!!! Fascista,improdutivo,inútil,rançoso,atrasado,bolorento,ressentido e reacionário????? Que belos argumentos…Lelezinha! Alias, nome bem sugestivo. Deixe-me contar-lhe uma história narrada pelo Elio Gaspari. É exemplar, em tempos de Silvinhos Land Rovers, Lulinhas, Pimentéis e Pallocis, nestes bons anos em que empresas de consultorias se tornaram um ótimo negócio. Principalmente para os companheiros. Em 1965, o marechal Castelo Branco leu no jornal que um de seus irmãos, funcionário da Receita Federal, ganhara em cerimônia pública um automóvel Aero Willys! Era o agradecimento de sua classe pela ajuda que dera na elaboração de uma lei que organizava a carreira. O marechal telefonou para o irmão, dizendo-lhe que deveria devolver o carro. Ele argumentou que se cada fiscal da Receita tivesse presenteado uma gravata, o valor seria muito maior. Castello interrompeu-o: – Você não entendeu. Afastado do cargo você já está! Estamos decidindo agora se você vai preso ou não.

    Carlos em 13/04/2013 - 18h21 comentou:

    Uau! Mas e daí? O Marechal Castelo Branco posou de impoluto em cima do maninho, e no país que ele "presidia", camponeses e operários continuaram a ser assassinados e brutalizados em massa, o líder comunista Gregório Bezerra torturado em praça pública com ácido de bateria, e gente foi para a cadeia porque tinha "A Capital" de Eça ou "O Vermelho e o Negro" de Stendhal na estante (Stendhal, que era liberal radical, apreciaria, mas as prisões deviam-se ao "Vermelho" do título, não à política do autor) . Com base nesse tipo de "argumento" , um neostalinista poderia defender Béria por ter derramado lágrimas sobre o cadáver do seu cãozinho de estimação… Independentemente da persona privada de Lula et alli, o que aconteceu no Brasil entre 2002 e 2010 foi um processo de INCLUSÂO econômica dos mais destituídos, e é isso exatamente que ressentidos direitosos não suportam….

    jose justino em 03/05/2013 - 13h49 comentou:

    Seu falso moralismo é comovente. De todo seu discurso PRÓ-LIXO em relação à esquerda e, particularmente, ao PT e petistas, não há nenhuma sobre a direita, os direitistas e seus serviçais corruptos e corruptores. Suas acusações apontando nomes são todas baseadas em reportagens dos assassinos de reputações da VEJA. VEJA é aquela revistinha que paga serviçais para invadir apartamentos alheios. É a revistinha que aluga espiões e que se associa a criminosos notórios. As provas dessas associações foram mostradas à exaustão até na mídia empresarial.

    A VEJA é aquela revistinha da famiglia expulsa dos EEUU, da Itália e da Argentina e que, aqui no Brasil, aproveita-se das liberdades democráticas para achacar, chantagear e assassinar reputações.

    Mostre para nós como a ABRIL consegue os "contratos" com o des-governo bicudo de São Paulo.

    A corrupção, os crimes de calúnia, difamação, assassinatos de reputação e até os crimes de tortura e assassinato são virtudes para a direita, os direitistas e seus serviçais.

    Citar Castelo Branco, um gusano serviçal dos criminosos de guerra de Washington, como exemplo de virtude é uma das coisas mais grotescas que já vi até hoje.

    Roberto T em 12/11/2013 - 12h59 comentou:

    Parabéns, Justino. Mandou super bem!

    george em 03/05/2013 - 17h09 comentou:

    Só mesmo no Brazilzeco dos milicos que nunca tiveram coragem de participar de uma Guerra de vdd. que um fulano de transforma em MARECHAL. kkkkkkkkkkkkkk XOREI!!!!!!!!!

    Bruno Mirra em 21/09/2013 - 00h09 comentou:

    Pessoal, desculpem a intromissão, mas estou lendo o post e percebi que – assim como tudo aquilo que nós não conhecemos – a discussão ficou fantasiosa demais.
    Primeiramente, o argumento do Toledo não é de todo ruim: mesmo não sendo o dono da verdade, sou filho de operário e venho de uma familia de operario. Por dois anos da minha vida fui operario e, não precisava disso, fiz porque quis. Como todos, fui seduzido pelo discurso marxista e, devo dizer que muita coisa fazia sentido. Inclusive o papo de família burguesa. Dessa forma, me filiei ao Sindicato e procurei uma formação de esquerda e pesquisei muito.
    Infelizmente, no Sindicato só achei gente de péssima qualidade que, entre outras barbaridades fazia conchavos com os donos de fábricas (burgueses) em troca de benefícios. Uma pena. E devo dizer que naturalmente surgiu em mim o desejo de sair daquele lugar e ter uma vida melhor (um desejo burguês de um filho de operário e sindicalista ou desilusão?)
    O comunismo surge como uma linda idéia – que eu inclusive gosto – mas é tão utópica quanto a Bíblia que os socialistas atacam. Uma sociedade igual é impossivel. Não somos iguais e não queremos ser. Uma sociedade comunista acabaria com a religião e com as classes, mas a que custo? Faria isso criando novos deuses, como a ciência, que é tão manipulável quanto a religião.
    Quanto o fato de citar as famílias, que também são alvo de críticas marxistas e que, numa sociedade comunista total não existiriam ( e é essa a proposta, basta estudar) acho muito antagônico.
    Veja, mai uma vez me cito como exemplo. Além de filho de operário também sou filho de religiosos ferrenhos. assim como abandonei a esquerda, também abandonei a religião. Portanto, sou neutro, porem com a vantagem de ter vivido tudo o que digo. Também fui pai recentemente, mas fui impedido de assumir a paternidade porque a mãe casou com alguem que ela fez crer que era o pai. Sim, ele é rico e isso, provavelmente motivou tudo.
    Eu também odeio os ricos, como esse cara que eu conheço. Trabalhei para essa corja no banco Itaú (no ramo imobiliário) e vi o pior do ser humano também olhando por esse prisma.
    Com minha simplicidade, só posso dizer que o melhor que o mundo pode oferecer da justiça vem de cada um de nós. Essas brigas ideológicas só servem aos donos do poder ( e esses são da esquerda, direita, centro).
    O Brasil está virando um lugar insuportável. A discussão inexiste e só os "Salvadores da Patria" têm a palavra. Será que não estamos todos errados?

    Márcia Terra em 16/11/2013 - 02h09 comentou:

    Caro Bruno, me sensibilizou o seu relato. Eu tb defendia a ideologia de esquerda. Brigava com todo mundo em casa, na rua. Usava sempre o discurso que nos foi enfiado goela abaixo pelos professores com seus posicionamentos nada imparciais. Hoje com toda esta "reviravolta" política, com todos estes desmandos, com essas políticas eleitoreiras, com esse asistencialismo tosco, acarretando essa parcela enorme da sociedade encostada, acomodada gritando para os quatro cantos que são vítimas (me chamam de burguesa pois corrí muito atras e sou hj de classe média) e com esse monte de demagogos no poder, me revoltei! Foi o efeito mola, sabe? Sei que estou muito envolvida emocionalmente para ser de todo coerente… Espero mesmo que um dia chegue à sua visão crítica tranquila e sensata, pois neste momento estou reativa demais, de fato. Muito decepcionada e com muita raiva de mim mesma por ter dado meu voto para esses canalhas e por ter pensado que, algum dia, fiz parte da massa crítica deste país… Forte abracó

    naristela farias em 16/03/2014 - 20h43 comentou:

    parabéns pelo depoimento

    Zilda Mendes em 12/11/2013 - 21h05 comentou:

    E como foi o final da história? Ele foi preso? Onde? Foi torturado?

    Mel em 02/11/2012 - 15h43 comentou:

    Sensacional! Comentário do ano!

    Manga em 02/11/2012 - 16h49 comentou:

    Este texto não pode ficar apenas numa resposta de um blog tão inexpressivo, tem que chegar em mãos mais expressivas e ser compartilhado por muitos, pois "eles" amam malhar, mas quando vem a porrada contrária, é tudo articulação do famigerado PIG, quando mais olho eles bradando e chamando qualquer pessoa que discorde deles de reacionários, percebo a semelhança com o Ahmadinejad com sua sandice negando o Holocausto, PIG, PIG, PIG, PIG, robôs programados

    jose justino em 03/05/2013 - 13h52 comentou:

    Ahmadinejad não negou o Holocausto. Não seja preguiçoso e leviano. Utilize a conexão que você tem com a internet e procure se informar melhor. Se você é igual a uns e outros que se alimenta dos vômitos dos assassinos de reputação da VEJA, então esqueça minha sugestão e continue pastando no curralzinho dela.

    Roberto T em 12/11/2013 - 13h00 comentou:

    Manga podre.

    Menezesmaia em 02/11/2012 - 17h23 comentou:

    CA-RA-LHO. QUE SURRA. Toledo, vc merece aplausos.

    Ander em 12/11/2013 - 23h25 comentou:

    Palmas, palmas, palmas… Sobrou só os cacos da pseudo progressista.

    Nunes filho em 02/11/2012 - 17h34 comentou:

    Perfeito

    edu em 02/11/2012 - 19h08 comentou:

    Detonou. Parabéns.
    Não se trata de esquerda ou direita, esse discurso não cabe mai. Não dá para aguentar os senhores da razão, os patrulheiros da ideologia, como se existisse uma única verdade. ..
    Vamos respeitar os pontos de vista de cada um.

    Felipe Rocha em 02/11/2012 - 20h14 comentou:

    Os defeitos da esquerda a qual você se refere não deixam de ser vícios históricos da direita também. Sua visão da política é eminentemente moralista. Talvez você seja um herdeiro ou fã do Lacerda. Fico curioso porque a direita das bandas de cá nunca se assume como tal. Felizmente, talvez não para você, a esquerda não se reduz aos petistas que chegaram ao poder.

    Brunno em 02/11/2012 - 22h06 comentou:

    Uma das grandes armas da direita reacionária é a incapacidade de comparar maçãs com maçãs. Criticar o censo comum é fácil. Lula não é padrão de esquerda. Ele nunca foi um intelectual da esquerda. Ele nunca participou do pensar a esquerda. Gramsci, Marx, Guevara, esses caras foram críticos pensadores. Lula é e sempre foi um operário que adotou a esquerda, pois é uma das poucas respostas possíveis aos operários e oprimidos. PT deixou de ser esquerda há 20 anos, então você ainda está devendo exemplos do que você falou.
    Faz uma critica profunda, sr Toledo, usando uma ideia sua e não um arremedo de sarcasmo. Aí eu posso saber se o que você tem a dizer é algo que faz sentido.

    Danni em 07/11/2012 - 20h51 comentou:

    Perfeito.

    Daniel em 03/11/2012 - 13h19 comentou:

    Essa lógica do Sr. Toledo não sei se funciona muito bem. Eu era esquerdista no colégio, hoje ganho relativamente bem, 7000 reais pór mês e continuo esquerdista. O fato de Dirceu entrar dentro de um estereótipo de esquerdista criado pelo Sr. Toledo (servindo bem pra usar falácia de espantalho) não quer dizer que todo esquerdista age assim, assim sendo deveríamos condenar todos os padres católicos de hoje pelo fato de Torquemada ter trucidado pessoas na Inquisição. Ayacar pessoas achando que está atacando idéias é a maior bola fora desse pessoal "cool anti-esquerda"

    okok em 03/05/2013 - 14h08 comentou:

    você ganha mal meu amigo…

    Guilherme em 11/11/2013 - 19h48 comentou:

    Essa é a critica do Toledo para com o texto da autora… ela tenta estereotipar a direita pelo pensamento de 2 pseudo Rockeiros… ele fez o mesmo com a esquerda…

    Pedro em 31/03/2014 - 01h36 comentou:

    Ele começou assim, mas depois mostrou sua face (leitor de revista veja).

    tiggersp em 03/11/2012 - 17h12 comentou:

    Vá estudar mais antes de chamar dinossauros babentos como Sarney e Maluf de "direitistas" seu doido, Você sabe ao pé da letra o que é realmente ser de direita?? Não existe direita verdadeira no Brasil por causa de gente como vc seu pateta, alem disso, conservadorismo só é sinônimo de hidrofobia lá no canil aonde vc mora. Gente como você só enaltece e massageia cada vez mais o ego desta maldita esquerdalha eivada de ódio e rancor da verdadeira direita, que ja foi no passado simbolo de etica e de prosperidade nesta republica das bananas, e que existe apenas no imaginario dos que não coadunam com as politicas nefastas de um regime que mais ceifou vidas no mundo: o comunismo, filho pródigo do socialismo, por isso, comentarios como o seu, ao invés de criticar faz mais é enaltecer a raça desta comunalha invejosa como esta blogueira burra que mal sabe que o Roger do Ultraje é poliglota e possui um QI de 172, muitissimo acima de qualquer esquerdopata que hoje se deleita do poder. Vcs morrem de inveja do "imperialismo" porque morrem de vontade de ir pra lá mas não conseguem nunca o visto de permanencia, então, babam e vomitam como cães raivosos que são. VIVA O LOBÃO, VIVA O ROGER, VIVA A VERDADEIRA DIREITA DESTE PAÍS, somos parcos,minimos, quase invisiveis, mas retomaremos nosso lugar, com a Graça Eterna de Deus.

    Pedro em 31/03/2014 - 01h41 comentou:

    Nossa! quanto ódio e rancor em um comentário só!! Tenho até medo de gente assim!

    Carlos Brasil em 03/11/2012 - 21h46 comentou:

    Comentário reacionário, beligerante, quatrocentão, untado de meias verdades que refletem tão somente dois sentimentos: o primeiro, é a velha sanha conservadora recalcada há mais de dez anos frente aos enormes avanços progressistas dos governos de esquerda, se apoiando e se assanhando (daí a sanha tacanha) com o espetáculo patrimonialista do STF; o segundo, também tipificado, é o formato único de proliferar ódio, sempre esperando um terceiro incauto para fazer o trabalho sujo. Tipinho verme. No mais, um texto longo, procurando desfilar um vocabulário erudito, que na verdade está busuntado de erros de português, perdendo apenas para os erros morais ali existentes.

    Porra_Serra_ em 04/11/2012 - 07h36 comentou:

    Tô até imaginando… O Toledo copia o texto da Cynara e depois chama os amiguinhos para dar "like" nos texto kkk

    Ana em 05/11/2012 - 23h02 comentou:

    É sempre assim, atacou o grande mestre ou o PT virou a PIORPESSOADOMUNDO… Os fanáticos não se dão nem ao trabalho de refletir um pouquinho… Vcs me cansam!

    Bruno Matos em 06/11/2012 - 12h55 comentou:

    Os fanáticos, realmente, não se dão nem ao trabalho de refletir um pouquinho. Os fanáticos que sofreram lavagem cerebral pela Veja.

    Ricardo Faria em 11/12/2012 - 14h40 comentou:

    Os fanáticos que não conseguem distinguir as boas idéias entre os dois lados.

    Solange em 05/09/2013 - 12h27 comentou:

    Isso!!!

    Roberto T em 12/11/2013 - 13h03 comentou:

    Jumenta é animal que come capim.

    Jovem em 07/11/2012 - 13h30 comentou:

    Falta conhecimento, sobram inverdades.

    Ana em 02/05/2013 - 23h20 comentou:

    Adorei!

    Rodrigo em 03/05/2013 - 01h23 comentou:

    Na boa… PQP! Como disse o cara acima, que surra! Copiarei seu texto meu caro. Quando o citar "Toledo" somente fica vago. Caso queira, mande tambem o primeiro nome. Meus parabéns, fico satisfeito por ver que estamos espalhados, mas ainda existimos.

    Fernando em 03/05/2013 - 04h03 comentou:

    Toledo, seu texto foi sensacional, e rebate os fracos argumentos da autora.

    Plinio Santos em 03/05/2013 - 09h49 comentou:

    Perfeito raciocínio Toledo!! Quando alguém da esquerda raivosa escreve, todos os miquinhos vermelhos idiotas aplaudem, não importa o teor do texto. Quando alguém faz um contraponto, COM FATOS, com sobriedade e inteligência, como vc fez, a esquerda raivosa amestrada usa as já batidas tátcas de Lenin pra argumentar: "acuse-os do que vc é, diga que eles fazem o que vc faz". Um bando de idiotas iludidos. Ainda bem que o Brasil está acordando pra essa turminha de "Maduros" brasileiros.

    leo em 11/06/2013 - 02h20 comentou:

    troll à vistaaa

    Ricardo em 20/09/2013 - 23h50 comentou:

    Ótima virada sobre o artigo medíocre da moça, sr. Toledo.

    Honorio em 12/11/2013 - 22h18 comentou:

    Cara!
    Parabéns! Perfeito o comentário!
    Eu acho engraçado esse povo falando que a VEJA é tendenciosa…kkkkkk
    E essa revista financiada há muito tempo pelo governo é oq???
    Não olham o próprio umbigo!

    Decio em 13/11/2013 - 01h43 comentou:

    Espetacular, Toledo!!! Falou tudo e com muito mais respaldo!

    Alina em 13/11/2013 - 21h15 comentou:

    Caramba…. NOCAUTE!!!!

    Cid em 14/11/2013 - 01h48 comentou:

    Caro Toledo, todo e qualquer ser que se atreva a discordar da cartilha é taxado de reacionário, burguês etc…se não disser "amém", é persona non grata…são achincalhados moral e profissionalmente apenas porque dizem o que pensam, porque exercem o pleno direito que nos concede a democracia, pensar, refletir e opinar…patéticos que se curvam diante da avacalhação geral da república, babam nos ovos do Molusco de Rapina que tem o mágico poder de iludí-los….precisam de um substituto pro Super-Homem, o Batmam, Capitão América, etc…uns adotam Edir Macedo, outros o Molusco…cada turma com seu Guru.

    Márcia Terra em 16/11/2013 - 01h47 comentou:

    PQP meu irmão vc foi fantástico!!! Gostaria da permissão de pulverizar o seu texto resposta nas redes sociais, logicamente, referenciando a sua autoria.

    Seven Lush em 04/12/2013 - 00h50 comentou:

    Grande Toledo!! Você foi fodasticamente violentíssimo!!! parabéns!! Se possível me adicione no facebook, será uma honra trocar ideias com vc!! https://www.facebook.com/zoiazeven

    Henry ducard em 14/02/2014 - 05h07 comentou:

    Esse blog devia ser seu, e não da Cynara, parabéns.

    Pagador de Impostos em 17/03/2014 - 00h22 comentou:

    Brilhante réplica!!!!

    Bárbara em 27/03/2014 - 13h57 comentou:

    Buuuuuuuuuuu!

    Tony em 22/04/2014 - 13h30 comentou:

    Isso é também chamado classico Tapa de Luvas. Boa!!

    Danilo Henrique em 09/06/2014 - 17h55 comentou:

    Ótima resposta….nada como mostrar a imbecilidade dos argumentos ad hominem, comuns neste blog. Um belo trabalho de destituir os elencos sofísticos

    O Filósofo agradece.

    Date0610 em 02/10/2014 - 21h04 comentou:

    AMEIIIII TOLEDO!

    Tiba em 29/10/2014 - 02h41 comentou:

    APOTEÓTICO ! ! ! Sabe aquele solo de guitarra que entra nas veias e eletrifica a alma???

Christiane Mª P. R. em 01/11/2012 - 23h48 comentou:

Perdão, cara Cynara, mas creio que você constatou o óbvio. Lóóóógico que qualquer pai de família burguesa prefere mil vezes o filhinho mexendo com drogas(que depois é só levar pra uma clínica caríssima de desintoxicação,, né? pagar psicanalistas caríssimos) a falar de justiça social, distribuição de renda justa, igualdade social, respeito ao próximo, cidadania, etc, etc e etc. Isso é papo de "petralhas" comunistas. Adoro suas repostagens na Carta Capital, da qual sou assinante recente. Grande abraço!

Responder

    TOLEDO em 02/11/2012 - 20h32 comentou:

    Christiane,
    É obvio que todos nós sonhamos em viver em um mundo plenamente justo onde não haveria diferenças sociais, miséria, violência, pobreza, analfabetismo, mortalidade infantil, violência doméstica, e preconceitos. Só que é impossível. O próprio Marx admite que somos diferentes. Segundo ele, “um homem é superior a outro fisicamente ou mentalmente, e assim fornece mais trabalho no mesmo tempo, ou pode trabalhar por um longo tempo… Além disso, um trabalhador é casado, outro não, um tem mais filhos do que outra, e assim em e assim por diante…” Pois é… Enquanto uns estudam e trabalham, outros preferem curtir a vida. Uns ralam na biblioteca e outros fumam maconha na faculdade. No fim, as consequências serão distintas.
    Eu expus meus pontos de vista aqui e fui taxado gentilmente de fascista, improdutivo, inútil, rançoso, atrasado, bolorento, ressentido e reacionário. Bem, na verdade já votei em FHC e em Lula, trabalho das 7 as 17:30 e estudo direito das 19:00 às 22:30 a 60 KM de onde moro, chegando em casa á meia noite. Onde trabalho, geramos em torno de 80 empregos diretos e pagamos em dia, com todos os direitos. Eu conheço vários capitalistas. Todos eles geram riquezas e empregos, pagam impostos e ganham sim bem. Somos chamados de burgueses. Não bebo, não fumo cigarro nem maconha, sou heterossexual e cristão. Esse é meu erro?
    Eu gostaria que você me apontasse um esquerdista que produz, que gere rendas e empregos e apenas não discurse sobre justiça social, distribuição de renda justa, igualdade social, respeito ao próximo, cidadania, etc, etc e etc. Onde estão eles?
    Veja o caso de Lula, expoente maior de todas as utopias esquerdistas. Quando presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo, Lula pregava um sonho de consumo, não de revolucionários. Lula sempre usou nas campanhas eleitorais a lógica do “nós” contra “eles” mas sempre sonhando com as conquistas do capitalismo. A prova é que hoje Lula está com eles (Maluf, Sarney, Collor e etc). O homem agora só usa ternos impecáveis Armani ou feito sob medida pelo estilista Ricardo Almeida. A última dele foi berrar, confortavelmente instalado num apartamento duplex de cobertura, que “a burguesia não pode voltar ao poder”. Sim, não pode, porque agora quem nos governa é a classe operária, aquela que já chegou ao paraíso. Tudo conforme a ética petista, antiburguesa que se permite roubar dinheiro público, mediante empréstimos fictícios. Não sei se rio ou se choro…E eu é que sou o errado por ser de direita.

    Edaurado Costa em 12/11/2013 - 19h45 comentou:

    Christiane, um filhinho com drogas não é tão simples assim. Clincas e psiquiatras caros não resolvem uma doença caracterizada pela recaida que é certa, mais cedo ou mais tarde. VocÊ conhece sufucuentemente o assunto ?

    Eu sou Amarildo em 13/11/2013 - 00h05 comentou:

    Minha cara Christiane, defender que alguém deseja o próprio filho na droga, por qualquer que seja o argumento demonstra uma total insanidade social, ou que até mesmo a própria está sob efeitos psicotrópicos para escrever tal absurdo. menos de 30% que tenta se recuperar do crack consegue, menos de 50% da heroina e cocaina, como em um mundo são isso é considerado positivo? Espero que você consiga sair das drogas, e que após isso seu cérebro consiga raciocinar com mais clareza.

    questionario em 17/05/2014 - 21h26 comentou:

    Imagino q ela tava sendo ironica. Acho q nao entendeu o q ela postou.

    Pedro em 31/03/2014 - 01h47 comentou:

    Você resumiu minha família neste comentário! Eu (o comunista diabólico) e meu irmão.

Flávio Calixto em 02/11/2012 - 01h58 comentou:

Dona Cynara Vermelhona:
Quero dizer que gostei. Mas acho que deveríamos acrescentar tb a questão da conta bancária de ambos. Isso normalmente tb pesa.
Saudações
Vladimir Ilich

Responder

    Patrícia em 22/02/2013 - 09h35 comentou:

    Antes que se esqueçam de que a conta bancária de todos os roqueiros dos anos 80 eram bem recheadas : Renato Russo, Dinho Ouro Preto, Hebert Vianna, Cazuza… Enfim adoro todos eles que tiveram uma contribuição para a música brasileira.

    Joao Paulo Carvalho em 13/11/2013 - 03h58 comentou:

    Você tem inveja da conta bancária deles? Interessante. Dá conta bancária da Dilma ou do Lula você também tem inveja? Acho que não. Que que tem a ver uma coisa com a outra rapaz? O trabalho deve ser recompensando, inclusive o seu. Afinal, o computador que você tem aí debaixo dos dedos brotou na mesa?!?!?!?!

marcia mendes em 02/11/2012 - 02h02 comentou:

Sabe que o tal Lobão aparece em coluninha minha à direita, às custas do Facebook(?)com seu nome real, procurando, tal como o Merval Pereira, mais e mais friends, na minha geração! Tenho um CD de blues, rock jamais passou na minha alfândega, ouvir quando em vez no rádio já é muito. Não perca mais seu precioso tempo com o rancor histérico destas figurinhas

Responder

Roger em 02/11/2012 - 02h15 comentou:

Bom se sem reclamar isso aqui já está do jeito que está imagina achando tudo bom! O país está extremamente violento, corrupto, a educação continua uma merda, hospitais também e a população está sim emburrecendo com a cultura massa exacerbada que também é usada por populistas como uma forma de manipulação. Cade o trabalho de base e politização que a esquerda fazia na década de 70 e 80? Será que isso ainda interessa a esquerda brasileira? Respeito o Lobão e o Roger que fizeram discos do caralho já disseram muita coisa legal e com um tremendo talento. Ficar taxando de burguês como se isso fosse uma mancha horrenda na biografia só pra chamar atenção pra um artigo mal escrito e sem fundamento. Viver nesse país e ter a mãe na zona sim. Não ao nacionalismo e ao ufanismo barato. Isso sim é coisa de direitista. Libertarios e a esquerda se mantem no combate contra o stablishment seja ele qual for!!!

Responder

luiza muniz em 02/11/2012 - 02h23 comentou:

Ai que vergonha você me causou. Mal informada, tirando frases de contexto, fazendo exatamente o que a mídia que vc critica faz. Pega 2 frases e faz um texto. Socorro! Eles não são tão idiotas e insignificantes afinal você dedicou um post prá eles!!! Ou vc costuma chutar 'cachorro morto' ? Vc ficou transparente nessa, Cynara , transparente. Vc está nua. E fraca, muito fraca.

Responder

    Roger Moreira em 03/11/2012 - 07h27 comentou:

    Exato!

Leticia Frigo em 02/11/2012 - 03h40 comentou:

Adorei…olha, não havia observado por esse ponto, até então…

Responder

Roger Moreira em 02/11/2012 - 04h26 comentou:

Que sucesso, hein? Foi só falar na gente e seu post pulou de 19 likes pra 697! Aproveito para brindar seus leitores (e por que não vc também?) com esse texto de quando vc estava na Veja. Talvez vc aprenda que tacar pedra é fácil, mas fazer algo pelos outros é mais difícil. Realmente ser alguém na vida. Aqui: http://www.implicante.org/pig/pig-cynara-menezes-

Vai deixar aí, em nome do jornalismo? Ou vai se acovardar?

Responder

    meninuigu em 02/11/2012 - 17h04 comentou:

    Cara. Vai dormir.

    Tato De Macedo em 03/11/2012 - 06h13 comentou:

    Canta aí Roger, para ver se esse menino bobo dorme (kkk)

    Elias em 03/11/2012 - 04h06 comentou:

    Aff o Roger tá tão decadente que vem se justificar em blog? Gente quer dizer que ser membrinho do MENSA nem por sí tá valendo? Tá faltando exercício intelectual? Que patético… kkkk

    Elias em 03/11/2012 - 04h18 comentou:

    Rogerito você está comparando seu passadinho playboy de quem nunca precisou pagar contar com uma trabalhadora de verdade? É sério isso, ou o QI alto não reflete? Em que universo vives? Acha que jornalista não é um trabalhador com conta pra pagar que engole sapo e faz o que o chefe manda? Ou você acha que todo jornalista concorda com o que o editor manda? No mundinho playboy capaz de ser lindo se rebelar com o editor, se demitir por ideologia e o escambau e jamais trampar na sua área. Mas no mundinho real, trabalhador de jornal é que nem qualquer outro: engole sapo pra sobreviver. Sua comparação é tão medícore quanto suas opiniões. E nem sei se é você; mas seria cômico ver um zé ninguém com músicas imbecis da decada de 80 copiando o ramones terminar os dias se justificando num blog. kkk

    Outro idiota que leu em 06/11/2012 - 06h40 comentou:

    Jogando pedra na pessoa errada. O texto é fraco, vindo de uma pessoa que se diz esquerdista e fala bem do poder. Cadê a esquerda nisso? Volto a falar, a produção de cultura no país é pouco mediada, e se o artista resolve ler o que falaram sobre ele e se dá o trabalho de responder é louvável. Dor de cotovelo porque a pessoa teve maior acesso do que você não é argumento. Outra coisa ser artista num país inculto é trabalhar e duro. Ultraje a Rigor e outras bandas da década de oitenta se saíram bem mas não esqueça que produção de cultura é um trabalho FODA. Quantos escritores não lemos pois não conseguem dinheiro para ser publicado, quantas bandas independentes estão aí na correria vendendo cultura por trocados. KKK pra você que fala mal de pessoas que trazem a arte para o Brasil. Não entro no merito da banda ser boa ou não, cultura é fundamental. Qual foi a sua produção cultural para a nossa nação? Achar que o trabalho do artista não é trabalho, é a mesma coisa que pensar que coletor de lixo também não é importante. TODO trabalho é importante, por menos que você goste dele.

    Carlos Souza em 03/11/2012 - 07h41 comentou:

    A verdade é reativa, aguarde as pedradas.

    Outro idiota que leu em 06/11/2012 - 06h52 comentou:

    O sucesso ou falta de, da jornalista blogueira, não se faz valido nessa discussão, todos temos altos e baixos e mudamos com o tempo. Somos seres incompletos e mutáveis. Coisas que fizemos no passado, hoje não fazem o mesmo sentido. O texto é lamentável, ignora a situação da produção cultural nacional. Porém, jogar na cara do assalariado o trabalho mal-feito é sacanagem. Vai saber se ela se sujeitava a escrever aquilo e hoje ela pode ser livre e mandar mal pra caramba? Cada um na sua praia, invasão aqui não rola. Continue com o seu som e ela com os textos dela. Ambos questionáveis.

Luan em 02/11/2012 - 04h34 comentou:

"O cara que cantava músicas divertidíssimas como Nós Vamos Invadir Sua Praia, Marylou ou INÚTIL virou um coroa amargo que deplora o Brasil e vive reclamando de absolutamente tudo"

A música "Inútil" é uma crítica aos brasileiros, OU SEJA, desde aquela época ele já fazia músicas, NA TUA VISÃO, capitalistas…

Responder

Bruno em 02/11/2012 - 04h45 comentou:

aposto que você tem plano de saúde, segurança privada e se tiver filhos, educação privada

e quer postar textos socialistas?Faça como eu, estude em escola publica, saúde publica por 4 anos e depois venha falar alguma coisa! Essa mulher quer aparecer

Responder

Outro idiota que leu em 02/11/2012 - 05h00 comentou:

Imbecil esse comentário, a partir do momento que o PT é posição a oposição torna-se esquerda. Como não há partido inteligente e forte a esquerda do PT, todos são de direita. Então você acha imbecil e reacionario alguém que olha para a realidade e diz que vai dar merda, pára e desça da sua espaçonave cor rubro e preste atenção em nossa econômia. O dito Partido do Trabalhador abaixa encargos de carros nacionalizados, não investe em novas tecnologias, e luta para segurar o dólar para que os exportadores(todos nós brasileiros precisamos que nossas riquezas naturais tenham que ser vendida para o exterior) não percam mercado no exterior. Me explica como é ser um esquerdista que faz tudo para o neo-liberalismo burro e sem base?
Outra coisa, viva como um artista, vá correr atrás de shows, de músicas de sucesso, vender música e discos com downloads gratuitos por todos os lados. Tente pagar a sua conta de luz com uma canção, faça melhor tente pagar as suas contas com balas, que na época do maldito PSDB custava R$0,01 e hoje fica entre R$0,05 a R$0,10. Muito fácil sentar atrás de uma merda de pc de marca escolhida por um mercado, falando mal de pessoas que vivem do mesmo mercado, e vomitando merda sobre o mercado. Está insatisfeita com nossa cultura, proponha novos meio de cultura, novos meios de educação, maior infraestrutura para o assalariado, novo modelo econômico.
Citou Emicida como se fosse alguma coisa de mérito as canções/poemas do figura. Mais um que grita pra polícia filha da puta parar de maltratar. Só ignorante não vê que os fdps são mal treinados, maltratados, esculhambados e forçados a trabalhar para um sistema podre para ficar entre o povo, os contra-leis e os comandantes desse país. Tomando porrada de tudo quanto é lado para um pseudoburguês atrás de um pc em sua casa com água, luz, telefone, internet e outros, poder falar que quem se propoem a trabalhar/escravizar-se é bundão e reacionário. Por favor acorde, esquerda burra é o que a direita precisa para continuar no poder.

Responder

Gil Rocha em 02/11/2012 - 05h04 comentou:

E na biografia da inteligente jornalista também
teremos seu lindos textos na época da Veja e
outras publicações?
Constará os elogios tão fascinados feitos a políticos
da direita?
Hum, ou será que a digníssima jornalista sofre de amnésia
seletiva?
Aliás temos outros colegas seus que também sofrem do mesmo
mal como Paulo Henrique Amorim, Nassif e tantos outros que mudaram
de lado assim que o dono da cadeira presidencial mudou também.
O mais incrível é que alguém leve a sério o que "mercenários" da caneta
(ao qual o próprio Mino Carta denominou-se um dia), escrevem.
Eu gostaria de ver um texto seu sobre a Yoani Sánchez , essa sim uma
guerreira e lutando sozinha…

Responder

Cassiano em 02/11/2012 - 05h29 comentou:

AH, claro, é rico? então não tem moral para criticar. justo né?
não

Responder

Pedro Ivo em 02/11/2012 - 06h19 comentou:

Argumentum ad Hominem reinando nesse blog!!
Leia o contexto em q eles escreveram e critique rebatendo argumentos, não o argumentador! Isso é retórica básica!
Monocromatismo acachapante que diz: (crítico à esquerda vigente=direitista)

Porra, eles sempre batem na direita vigente também!
Até pq o PT e seus comparsas estão aliados com a direita histórica…o governo PTista é uma verdadeira esquizofrenia ideológica!

O Brasil é medíocre pq é verdade! Nossos índices de IDH são ridículos…educação e saúde decepcionantes…o Brasil está sempre na marca do "aceitável" em muitos aspectos e a população fica se agarrando a isso…isso é mediocridade, é a cultura do "menos ruim", do "pelo menos"…

Responder

    Outro idiota que leu em 06/11/2012 - 06h58 comentou:

    PT + PMDB… Espere um minuto, não era a turma do partido do Sarney que exilou alguns PTistas??

nina em 02/11/2012 - 06h44 comentou:

Sua genialidade interpretativa é proporcional à sua alienação e idiotice ideológica!!

Responder

    Fernanda em 02/11/2012 - 13h46 comentou:

    Nina, vc copiou essa frase da internet e nem colocou a fonte… rsrsrs, que dureza! Nem adianta me desmentir, vi que há uns 2 dias um cara escreveu isso para o Zé de Abreu (isso se ele tb não copiou de outra pessoa e não citou a fonte)… Vamos ser mais criativos/originais, por favor! Ou, ao menos, cite a fonte, pq isso se chama plágio. Obrigada.

Denis Vaiano em 02/11/2012 - 12h37 comentou:

Estamos falando das mesmas pessoas? Várias músicas do Ultraje criticavam fortemente o Brasil, junto com irreverência, humor e mulheres. E a pessoa ter estudado nessa ou naquela instituição de ensino à desqualifica quanto à caráter e credibilidade? E se mudaram de idéia (que pra mim não é o caso)? A autora desse blog também mudou muito de idéia, da época em que era da Veja ou da Folha.
O fato é que a maioria do povo aceita tudo calada, com um "bolsa cala a boca" qualquer, apóia determinado político e quando este é pego fazendo coisa errada, ainda assim o apoiam. Isso pra mim é cegueira, é passar a mão na cabeça e dizer: "apoiamos isso que você fez, pode continuar".
Mais do que nunca: "Ê povinho bunda!"

Responder

    Bruno Matos em 02/11/2012 - 14h09 comentou:

    Concordo. Uma parte do povo apóia determinado político e quando este é pego fazendo coisa errada, ainda assim o apoiam. Isso pra mim é cegueira, é passar a mão na cabeça e dizer: "apoiamos isso que você fez, pode continuar". Vide mensalão tucano, privataria tucana e afins

silvio de sousa em 02/11/2012 - 12h59 comentou:

Gooooooooooooolllllllllllllllll

Responder

Wagner em 02/11/2012 - 13h08 comentou:

Gostei bastante dessa análise. Mostra que as pessoas mudam e, infelizmente, algumas pessoas mudaram para pior.

Responder

rose em 02/11/2012 - 13h12 comentou:

♫Ma ma ma.♫.ma ma ma ma (papapapa papapapa♫)…♫ meus dois pais me dão apoio moral (não dá pra ser legal, só pode ficar mal) ♫..não vai dar, assim não vai dar..(como é q eu vou crescer sem ter com quem me rebelar)♫ rsrs

Responder

Julius Ribert em 02/11/2012 - 13h14 comentou:

Só não gostei da generalização, de que todo filho da elite é um direitista :/

Responder

Andrea em 02/11/2012 - 13h21 comentou:

Adorei! Mas senti muita falta do babaca do Ed Mota.

Responder

Jonas Blau em 02/11/2012 - 13h27 comentou:

Faltou incluir a Rita Lee nessa lista. A mesma que, durante a campanha de 2010, chamava Lula de "pinguço analfabeto", Dilma de "vaca terrorista" e o povo brasileiro de "pobre, favelado e ignorante".

Responder

Danilo em 02/11/2012 - 13h40 comentou:

Criticar o nosso país agora é derrotismo, logo, direitismo ? Isso é liberdade de expressão. Isso é democracia. Assim como na ditadura quem criticava o governo era chamado de comunista. Inclusive está no 7° mandamento do esquerdismo moderno, nunca perder a capacidade de se indignar. Sobre o estrangeirismo, a primeira imagem que eu vejo nesse blog é de uma mulher olhando para o horizonte (futuro), branquela e embaixo um coisa escrita em sei lá que língua. Usando falácias, incoerências e vestindo um nacionalismo hipócrita, você é uma "esquerdista pacheca". Aquela que tapa os olhos para os problemas sociais da população, quando um partido de esquerda (Se é que o PT, atualmente, é esquerda…) está no poder.
Obs: Pacheco era um personagem e torcedor fanático pelo Brasil na época da Copa-82. Sempre arrogante nas propagandas da Gillette, acreditava que o Brasil iria ganhar sempre. Quebrou a cara quando perdeu para Itália. Depois dessa derrota, estranhamente sumiu esse personagem fanático das tv's http://www.youtube.com/watch?v=nJsqxzZpNkg

Responder

    meninuigu em 02/11/2012 - 17h21 comentou:

    O ponto não é criticar o país. O Brasil possui muitos problemas, e cabe a nós apontarmos e criarmos soluções para elas. POINT IS: ficar apenas vendo o lado negativo do país. Mesmo com todos os problemas do mundo, o Brasil mudou bastante nos últimos 10 anos. E, quer queira, quer não, pra melhor.

Antonio Valadão em 02/11/2012 - 13h42 comentou:

E o Caetano, não pode ser incluído nesta lista ?

Responder

    Elias em 03/11/2012 - 04h21 comentou:

    O Cae não é da elite, nasceu de familia pobre. A Rita Lee entraria fácil nela.

    Roma em 21/03/2014 - 18h26 comentou:

    Caetano é filho da classe média, mas sempre deixou claro seu desgosto pela política. Ele não costuma se rotular.

Mary Valeriano em 02/11/2012 - 13h42 comentou:

A parte mais rica da cultura brasileira vem dos pobres, negros, retirantes… Gente que conservou, capoeira, muisalidade… Perpetuou a gastronomia proveniente dos pratos pobres que hoje fazem grande o nome do Brasil… A base do melhor do Brasil passa muito longe destes "roqueiros" , eles não são a cara do Brasil, sabem disso, mas comtinuam cospindo fogo pra todo lado.
Que pena! Eu curti tanto eles… mas o resumo da opera è: Eita gentinha sem noção esses jurassicos personagems da inutilidade.

Responder

    Roger Moreira em 03/11/2012 - 07h34 comentou:

    Que coisa mais idiota. Como qualquer um que fez pelo menos o primário sabe, toda nossa cultura vem da Europa e da África. Só o que tinha aqui era índio, que provavelmente veio da Ásia.

dinho em 02/11/2012 - 13h43 comentou:

kkkkkk mim gosta é ganhar dinheiro!

Responder

Gerson Carneiro em 02/11/2012 - 13h44 comentou:

@cynaramenezes enfiou o dedo nos olhos do Lobão e Roger Moreira.

Responder

    Roger Moreira em 03/11/2012 - 07h48 comentou:

    e está com o dedo doendo agora.

    Gerson Carneiro em 04/11/2012 - 19h09 comentou:

    Huummmm… magoou.

Chico em 02/11/2012 - 13h51 comentou:

Quem não tem uma contradição em sua vida?? hshs, mas esses ai forçam a amizade!

Responder

Francisco em 02/11/2012 - 13h53 comentou:

Direitista convicto, de berço, é triste. Direitista que um dia foi esquerda e virou casaca, é repugnante. Aliás , não ha nada mais repugnante q vira casaca, seja de que lado pra que lado for. Muito simplesmente pq na prova maior que é explicar pros filhos, o cara vai ser reprovado.

Responder

    Roger Moreira em 03/11/2012 - 07h47 comentou:

    Estou do mesmo lado: contra o governo. A favor do povo, do qual faço parte.

Gerson Carneiro em 02/11/2012 - 13h54 comentou:

A ironia é que o prórpio Lobão disse: "se ninguém olha quando você passa você logo acha: a vida voltou ao normal".

Responder

Caveira em 02/11/2012 - 14h01 comentou:

Então o Brasil é maravilhoso…… Viva Roger, viva Lobão !!!!!! O Brasil é formado por uma massa de pessoas pobres e analfabetas (analfabeto para mim é que não consegue interpretar acontecimentos), que só conseguem comprar bens de consumo por causa dos financiamentos a perder de vista….. E é comandado por hipócritas da esquerda, que de tanto dizerem que o país mudou, acabamos acreditando…..Para se manterem no poder é só manter os juros baixos, daí os pobres podem continuar comprando a prazo……

Responder

    Melissa em 03/11/2012 - 01h25 comentou:

    É fácil desdenhar das camadas mais pobres pelo fato de terem maior poder de compra e acesso a bens de consumo de forma INÉDITA na história do país quando você é da velha classe média ou da elite, e sempre teve todos esses bens de consumo ao alcance. É fácil desdenhar do pobre feliz por comprar um "noitebruique" quando você já ganhou vários de presente no Natal do papaizinho. Você não sabe a importância (no sistema em que vivemos) da "democratização" do consumo porque desde que nasceu consumir era a coisa mais natural do mundo. Por isso não enxerga nenhum avanço quando finalmente parte da sociedade historicamente excluída começa a poder desfrutar de um privilégio que antes era só da sua classe.

Tarso Freire em 02/11/2012 - 14h02 comentou:

Belo texto, Cynara. Realmente, como dizia a vovó, quando a pessoa envelhece ela não muda: apenas apresenta-se na forma que sempre foi e que sempre procurava esconder.

Responder

    Roger Moreira em 03/11/2012 - 07h46 comentou:

    Uau, esse segue a vó!

Paulo Martins em 02/11/2012 - 14h04 comentou:

Não sigo e nem acompanho nada dos 3 roqueiros, e sigo com entusiasmo o que a Cynara escreve, mas ultimamente é muito fácil saber a opinião dela sobre qualquer coisa, sempre do lado dos seus, sem muita crítica. Agricultura? Contra – independente de qual tipo; governo? a favor. Um exemplo, há bem poucos dias li em seu twitter que o vinho nacional era terrível (no caso de diminuição de impostos). Deve ser, principalmente, pq ele é feito em sua grande maioria no sul, pq se o vinho fosse algo de algum pequeno estado do norte ou nordeste, teria apoiado cegamente, diria que nunca tomou nada igual… Então é por esses posicionamentos que ver a Cynara tomando um calor de trolls e "implicantes", estar desesperadamente dando RTs em elogios ou contra o Roxmo, não é tão ruim de se ver assim.

Responder

Nezimar Borges em 02/11/2012 - 14h05 comentou:

Muito bom seu artigo. Simples é entender óbvio, já que eles nunca sentiram na pele o drama de milhões de brasileiros. Sempre foram burgueses idiotas.

Responder

João Fontoura em 02/11/2012 - 14h10 comentou:

Honestamente: são ex-artistas que buscam agora espaço no disputado mundinho das celebridades. O tamanho dos seus egos é inversamente proporcional à dimensão dos seus talentos e índoles. Se recusam a repousar no anonimato, de onde nós mesmos os tiramos.

Responder

Nelson Oliveira em 02/11/2012 - 14h12 comentou:

Não dá realmente pra digerir a trip direitista de ex-rebeldes, se bem que eu considere a rebeldia deles apenas comportamental – e não fruto de consciência política. Esse é em geral o figurino do artista: compromisso frágil com a luta pela melhoria da sociedade, ânsia por popularidade, ambição por uma boa fatia do mercado, egolatria. E isso independe de o sujeito ter sido “filho de papai”.

Poucos têm a fibra de uma Mercedes Sosa, de um Victor Jara. Infelizmente, entre esses artistas da geração de ouro da música latino-anericana havia o ranço do autoritarismo de esquerda, ainda que como reflexo do autoritarismo de direita.

Mas deveríamos cobrar participação positiva de todos. Até dos que nunca foram rebeldes. E eu não acho que o artista deva inserir temas políticos e sociais em suas músicas, necessariamente. A questão é mais o que ele diz em entrevistas, como se posiciona em relação a movimentos civis. E penso que deve ficar resguardada a escolha eleitoral, se o indivíduo assim o desejar.

Quanto ao texto da Cinara, a meu ver padece do viés ideológico da maioria dos que atualmente militam ou apoiam o PT. Há sempre um substrato de arrogância, como se fossem os portadores da transformação que o Brasil precisa.

Ora, há muita gente com boas ideias e disposição para ajudar o país a seguir em frente. Sem essa de: 'nós somos os que sabem o caminho a trilhar. O resto é a direita raivosa, a imprensa golpista ou os ingênuos que se deixam arrastar por críticas e acusações ao governo'!

Embora não no estilo e na escolha ideológica, compartilho da impressão de outro comentarista quanto à surpreendente mudança de alguns petistas históricos. Eu estou longe de achar que o PT 'montou o maior esquema de corrupção da história do Brasil'. Isso não é verdade. Antes do PT e dos aliados do mensalão, houve esquemas tão ou mais corruptos. Acho até que bem mais corruptos. Agora, esse esquema do mensalão se deu num momento em que amadureciam na sociedade mecanismos destinados a tornar o país mais republicano. Assim, os bem intencionados que tentaram comprar votos para ajudar a transformar o Brasil foram pegos. Eu duvido que Dirceu e Genoíno, por exemplo, estivesse interessados em enriquecer e coisas assim. Mas o fato é que foram pegos comprando votos. Porque entenderam que de outro jeito, não daria para governar.

A história talvez os absolverá, como acredita Fidel. Mas a construção da República (se é isso que está em andamento), vai arrastando os bem intencionados também. Os mal intencionados têm menos chances de serem punidos. Essa é uma realidade. E assim é porque são mais fortes, praticam a lei do mais forte, têm mais apoio na rede difusa de interesses que se estende por toda a sociedade e o poder público. Caso os petistas tivessem ficado do lado estrito da mudança, não teriam se aliado aos que antes combatiam, e nem imitado nenhuma de suas práticas.

Para melhorar a política e a sociedade, temos que fazer o que em parte fez a Cinara: desmitificar.

Responder

    Roger Moreira em 03/11/2012 - 07h46 comentou:

    Sinto informar-lhe que precisaria de uma manada de Cynaras para nos desmitificar.

    Nelson Oliveira em 03/11/2012 - 10h55 comentou:

    De forma alguma. Você já está desmistificado pelo próprio modo como hoje opera o mercado da comunicação. Antes o artista ficava encastelado em seu mundo produzindo coisas interessantes (o que era o caso da sua banda) ou não. Agora é questionado o tempo todo e tem que vir até o público (seja este esclarecido ou não) para se explicar, se defender e, principalmente, se manter na mídia.

    Ou seja, o artista hoje tem de trabalhar muito mais – para o bem ou para o mal. Passou o tempo em que o cara contratava alguém para responder cartinhas de fãs.

    E para piorar, todos hoje são muito mais como agulhas num palheiro. O fato de você estar debatendo comigo pela internet é um prova de que o mito desmoronou. Acho que para o bem.

    Desculpe-me ultrajá-lo, mas, parafraseando a célebre passagem literária do Andersen: O artista está nu. Nu. Com a mão no bolso. Nuzinho pelado (rs).

Carolina em 02/11/2012 - 14h14 comentou:

Mano Brown já é quarentão e não mudou de lado 🙂
cabe analisar porque.

Responder

    Castor em 29/11/2012 - 19h42 comentou:

    Falta de inteligência. O cara não sabe falar, tá ligado?

BullittKowalski em 02/11/2012 - 14h17 comentou:

Tá nelvosa, ô cumunista. Trabalhou na Veja e na VIP é? Calma que vai pintar um emprego bão no grupo Bandeirantes (TV acho muito pra você, você não é o Lobão ou o Roger, quem sabe um trampo de revisora do jornal Primeiramão, que é do grupo Band e é pro seu nível) pra poder pagar a prestação de seu Ultrabook da Apple.

Responder

Daniel em 02/11/2012 - 14h22 comentou:

Esquerda, direita, reacionario, … Quanto bla, bla, bla e quanto clichê num texto só.

Responder

Cristiano em 02/11/2012 - 14h23 comentou:

Já dizia o Cazuza: "Enquanto houver burguesia, não vai haver poesia." Na medida em que esses caras foram envelhecendo e abraçando os valores do ambiente em que foram criados, a sua criatividade foi se esvaindo. Hoje, Roger toca em um programa de quinta categoria na band e permanece gritando que tem o QI altíssimo. É aquela criança prodígio, frustrada porque não foi um adulto reconhecido como deveria. Lobão não consegue completar uma frase… Ainda está em busca de sua identidade e muito longe da maturidade. E Léo Jaime? Bom, esse se sujeita a trocar ideias (?) com Mônica Waldvogel.

Responder

    Roger Moreira em 03/11/2012 - 07h44 comentou:

    O programa de quinta já foi citado no The Guardian (hoje) e no New York Times. E não grito nada, fiz vários testes e faço parte da Mensa. Deal with it.

edvaldo Lacerda em 02/11/2012 - 14h31 comentou:

Esse "toledo", (não seria tolete ?) comparar pessoas que lutaram contra a ditadura, levaram nosso país a ser respeitado, colocaram o Brasil na esteira do progresso social, econômico, etc, etc , etc, só sendo capacho de todos os agripinos maias, arthur virgílios, serras, fernando henriques, e toda a podridaõ da direita reacionária até a alma !!! Eles não aceitam que um operário – respeitado em todo o mundo – tenha feito do nosso país, uma terra respeitada por todos ! A elite é assim mesmo, só quer desgraça…

Responder

Marcio Cione em 02/11/2012 - 14h38 comentou:

Caramba, disse tudo!
Notem que em qualquer comentário dos 03 (três) estão sempre destilando ódio e torcendo contra o crescimento do Brasil. Pena que eu ainda curto suas músicas, já passei dos 40.

Responder

    Roger Moreira em 03/11/2012 - 07h42 comentou:

    Torcendo contra? Que imbecil! Por acaso não me interessa que o Brasil melhore? Não estive sempre criticando gente burra justamente para que o povo tivesse mais educação? Tapado!

    Marcio Cione em 03/11/2012 - 22h53 comentou:

    Parabéns Roger, acabou de provar o que eu disse!

gbarceloss em 02/11/2012 - 14h49 comentou:

Texto desnecessário. Abandona o foco, que é a crítica política às opinões de direita destes caras, para partir pra ataques pessoais e simplismos como "você é um filhinho de papai mimado". Você já foi melhor Cynara!

Responder

Tania Reis em 02/11/2012 - 14h49 comentou:

ADOREI…

Responder

Danilo em 02/11/2012 - 14h55 comentou:

Texto mostra conveniência. Antes do PT no governo, Roger, Lobão e outros roqueiros fizeram criticas assim desse mesmo jeito. Criticavam a população, o país e o governo, que no caso era de direita, de forma depreciativa. Hoje criticam da mesma forma, porém o governo mudou. De intelectuais, ídolos e esquerdistas, para burgueses e derrotistas. Não concordo com todas as opiniões, algumas uma merda, dos roqueiros. Pode parecer incoerência deles (criticavam a direita, agora criticam a esquerda ?!) . Mas não tem nada haver com questão ideológica. É indignação com um partido que prometia mudanças, hoje se envolve nesses escândalos de corrupção. Se alia a partidos conservadores para chegar ao poder. Depois de 8 anos o país com essa educação, saúde, segurança etc. PT faz um bom governo, mas não cumpre o que prometeu e nem faz diferente das críticas que fazia quando era de oposição. Eles são mais esquerdistas que muitos por aí. Está no 7° do esquerdismo moderno: Nunca perder a capacidade de indignação.

Responder

Rômulo Mafra em 02/11/2012 - 15h04 comentou:

Belo texto! Aliás, um outro povo roqueiro que tem geralmente o mesmo fim, é a galera do heavy metal. Não sei porque, quase todos acabam tocando MPB (nada contra) e virando reaças (tudo contra).

Responder

Francisco em 02/11/2012 - 15h05 comentou:

Perfeito o texto, concordo plenamente com suas palavras.

Responder

vivresavie em 02/11/2012 - 15h09 comentou:

Excelente artigo!
Cazuza e Renato Russo, tinha uma mensagem bem diferente desses bobalhões.

Responder

    Mateus em 02/11/2012 - 15h39 comentou:

    uma pena q eram pessimos como musicos neah?!

    Elias em 03/11/2012 - 15h27 comentou:

    Concordo com o Renato Russo ser um péssimo músico. Mas o Cazuza tinha mais música que qualquer acordinho do Ultraje a Rigor. Desses, o Lobão é de longe o melhor guitarrista e compositor, musicalmente falando.

Fábio Coca em 02/11/2012 - 15h33 comentou:

~blog favoritado~

Responder

Leandro Verde em 02/11/2012 - 15h34 comentou:

Achar “bacana´´a apresentação brasileira “clichê´´ no encerramento da Olimpiada de Londres, é realmente um ponto de vista peculiar….não somos aquilo, aliás não somos porra nenhuma a partir do momento em que reacionários de esquerda criticam reacionários de direita em nome única e exclusivamente de UMA NEUROSE OBSESSIVA PESSOAL ….

Responder

    Elias em 03/11/2012 - 15h08 comentou:

    Apresentação clichê? E a apresentação da china falando de pergaminho, da pólvora e de sua escrita? Ou da Inglaterra falando de revolução industrial e de banda de pop rock ? Tudo a suma do clichê. Acorda pro mundo Alice, essas apresentações são para serem o clichê de seus países, é sua proposta. E mais, trabalho diretamente com estrangeiro e todo mundo que não era brasileiro achou lindo e ficaram horas me perguntando sobre o que viram. Só vira-latas como Roger, e você pelo jeito, para ficarem reclamando no twitter. Possivelmente porque a cultura apresentada lá é indígena, negra e mestiça e não um ideário que consideram evoluído, típico de complexado que vocês aparentam ser….

Mateus em 02/11/2012 - 15h36 comentou:

haha muito bom! um texto acertado de um tema engraçadinho. mas tbm é dispensável como texto politico né? eles sao artistas q conquistaram seu espaço e têm mt merito, independentemente de qlqr questão política. Foram puta duns músicos, mesmo o roger, que nunca tentou ser um letrista serio e fez disso um grande sucesso.
eu tenho medo é de ler citaçoes do renato russo… joga todo a credibilidade por terra. Digo, este é um ótimo texto para ler, lendo como um texto engraçadinho e cheio de razao, ainda q sobre um tema de absoluta desimportancia. Criticar artistas por um conteudo polico soa como censura subliminar. Ao passo q citar um musico sem o mesmo merito, parece uma injustiça tremenda né?
Bom, minha dica é: ouçam lobao, como quem ouve um excelente artista conservador (bem como qm ouve bruce sprigsten); ouçam o roger como quem quer ouvir músicas legais (e direitistas! ^^); mas, sob circunstancia alguma, se submetam à legiao urbana, simplesmente pq é pessimo (apesar das letras elaboradas)

Responder

    Elias em 03/11/2012 - 04h45 comentou:

    Faltou-lhe senso crítico. A Autora afirma inclusive ser fã do Lobão. Não está em jogo o talento dele, mas a mudança de crítico social para defensor conservador do status quo social (o que vai muito além de criticar ou não o PT). Reflita. Agora dizer que Ultraje a rigor é ser puta músico é ofensa a qualquer um que se formou na carreira. Ultraje é uma versão de 3 acordes pobres do Ramones, pára. Pelo menos esse segundo fundou um movimento. rs

Brar Braren em 02/11/2012 - 15h50 comentou:

Humor sempre foi algo de direita e falta de bom humor sempre foi algo de esquerda, ou não!

Responder

Ale em 02/11/2012 - 15h52 comentou:

Acho que o Roger sempre foi de direita, e o Lobão depois de um tempo resolveu que não quer brincar mais.

Responder

Panda Lemon em 02/11/2012 - 15h56 comentou:

Socorro! O que é isso! Direitismo, rock? Voltamos aos anos 60? Vocês não evoluem nunca?!

Responder

Destro em 02/11/2012 - 16h07 comentou:

Com a idade vem a sabedoria

Responder

Joaodias em 02/11/2012 - 16h19 comentou:

Sempre achei que a velhice "endireita" as pessoas. Tem fatores como filhos, sobrevivência, descoberta da mortalidade… Mas também aprendi, nos meus 54 anos exageradamente vividos, que a liberdade eh mesmo o maior patrimônio do homem. Liberdade de mudar de opinião ou liberdade de continuar eternamente com a mesma opinião… acredito que mudar eh uma característica fundamental para quem pensa e cria. Continuo me considerando de esquerda. Mas mudei e muito a minha maneira de ver esquerdistas e direitistas. Aprendi com o tempo a respeitar pessoas e dividir grupos entre sérios e não sérios; Honestos e desonestos; canalhas e íntegros. Expressar opinião eh bom. Respeitar opiniões eh ótimo. Cabe a humildade de cada um, respeitar ou, continuar se achando a "tampa de Crush premiada" mesmo quando quase todos pouco sabem ou reconhecem o que se eh.

Responder

    Elias em 03/11/2012 - 04h48 comentou:

    Dificilmente uma pessoa que entende e emprega uma filosofia muda realmente de lado. O fato é o que o texto expõe: sempre foram revoltados de boutique que nunca fizeram nada de concreto pra mudar ou vivenciar o que criticavam.

    Não é por acaso que no HIP HOP é muito mais difícil de ver essa mudança acontecer. No samba, boa parte também mantém sua raiz na luta social de classe. Esse é o cerne do texto.

    tiggersp em 03/11/2012 - 17h21 comentou:

    Ate hoje eu nunca vi um diretista virar a casaca pra esquerda, alias, apontem-me aguma figura conhecida qu efez isso, agora, ex-esquerdista ou esquerdista que virou pra direita eu ja vejo de longe, depois que envelhecem e reconhecem a merda em que viviam quando se atolavam na esquerda mentirosa, invejosa e nefasta, mãe sacripanta dos regimes mais nefastos do mundo, o nazismo e o comunismo, dai criam juizo e passam a adotar os VERDADEIROS valores da direita, e não aquelas mentiras que a esquerda nefasta diz sobre ela.

Mariana Sá em 02/11/2012 - 16h35 comentou:

Só queria entender uma coisa nesse critério seu para ditar quem é ou não reaça: vira-latismo do Roger e do Lobão é prova incontestável, mas machismo do Mano Brown não é? Me explica melhor.

Responder

    Elias em 03/11/2012 - 15h19 comentou:

    Não confunda alhos com bugalhos. A esquerda está cheia de machistas e homofóbicos por exemplo, o que não impede que sua ideologia lute concretamente contra isso, ao contrário da ideologia no prisma direitista que é sempre conservador desse status quo de opressão. Acho que a melhor resposta seria, o Mano Brown (se é que é machista, vou acreditar em você) é um lutador de classe com alguns comportamentos reaças. Roger e o Lobão pelo que vejo, assumiram todo o comportamento reaça: chamar pobre de burro, preguiçoso, ser vira-lata contra o próprio país, fingir que corrupção só acontece no PT e ignorar a privatização do PSDB e por ai vai. É seleção da realidade. Com a diferença que um tem um QI (diz ele) enorme, que, pelo visto, serve pra nada, nem pra compor musica e o outro é fruto da exclusão social e, fatalmente carregará conservadorismo consigo por falta de acesso à informação que os outros dois tiveram de sobra.

jucazito em 02/11/2012 - 16h48 comentou:

eu sempre me pergunto: quem se diz nazi-socialista nunca estudou história e, portanto, não sabe que são responsáveis pela morte de 100 milhões de pessoas no planeta no breve século XX. nós, libertários e anarquistas, temos nojo de vocês.

Responder

Matosalém Freitas Jr em 02/11/2012 - 16h55 comentou:

A descoberta dessa causa, a volta as origens, é genial.

Responder

Afonso Rodriges em 02/11/2012 - 16h59 comentou:

Esquerdista rima com derrotista também. Just to let you know.

Responder

Gerson Carneiro em 02/11/2012 - 17h16 comentou:

Descobri a razão do azedume do Roger Moreira: ele está assinando contrato milionário para tocar nos cultos do Malafaia.

Responder

Marcos Pecci em 02/11/2012 - 17h25 comentou:

Lobão é e sempre foi um mediocre cantor pop romantico (afffff!! socorrrrrro) , jamais um rockeiro.
Roger, esse nem sei quem é! Os dois estão na decadência, precisam desesperadamente chamar atenção dos leitores da Veja e dos midiotas da MTV. . Estão dizendo o que sai na Veja e passa na MTV, é simples!!!

Responder

Lucian Wagner em 02/11/2012 - 17h40 comentou:

E você que escreveu tudo isso, é só um burguês revoltado, um blogueiro que aparece no programa da Luciana Gimenez ou é só um cara que está em cima do muro? Abraço!

Responder

Pedro Rocha em 02/11/2012 - 17h45 comentou:

Penso que a esquerda também seja, no fundo, derrotista nesse ponto de "lá fora é melhor", comparando com países lá de fora. Mas dai já saem de casa derrotados, porque 'voilà', não há pais de esquerda melhor que o Brasil. Ai investem o verbo em dizer que na periferia é tudo melhor, que só há amor na pobreza e outros discursos que podem ser encontrados desde Jesus Cristo à qualquer novela onde o pobre é o legal e o rico o metido playboy. Tudo isso é instrumento pra mídia de massa usar e deixar pobres felizes na pobreza. E agora os pobres assinam embaixo desse discurso feito pra eles aceitarem sua condição. Além de que, parece ser proibido no Brasil ser bem de vida e ter opinião política válida, só vale a opinião de quem veio de baixo.
Pra cada opinião de alguém famoso e de "bom berço", existe toda uma horda de esquerdistas babando e rosnando que por ele ter uma condição legal, tem que defender quem não a tem, não importando todas as experiências de vida que ele teve, etc..
Cynara, aposto que você também é classe-média que tem raiva de sua condição de classe-média e acha que com alguns textos vai conseguir reparar o pecado de ser financeiramente estável.

Responder

Lica Martins em 02/11/2012 - 17h53 comentou:

Texto fantástico. Sempre tentei descobrir os porquês de toda aquela incontinência verbal. Obrigada por me dar uma resposta coerente. Infelizmente, com músicos continuo fã. Como ídolos… Eca!

Responder

Kurt em 02/11/2012 - 18h17 comentou:

ainda acho que eles estão certos.

Responder

Lince em 02/11/2012 - 18h30 comentou:

A postura dos dois não seria em parte com a decepção da esquerda no poder? Eu também acreditei muito na esquerda quando jovem até descobrir que a grande diferença para a direita e que uma rouba com a mão esquerda e a outra rouba com a mão direita… Não importa muito a ideologia, no poder governam para si e os seus e o resto fica com o que sobrar.

Responder

lenrasoon em 02/11/2012 - 18h36 comentou:

Texto pefeito!

Responder

Eduardo Messias em 02/11/2012 - 18h40 comentou:

Entendo sua observação, mas discordo. O Lobão é o cara do avesso: quando todo mundo anda para cá, ele vai para lá, um pouco sem justificativa, outras vezes com razão. Quando ele critica o ex-ministro Gilberto Gil ou o conclamado Chico Buarque, o risco de apanhar sempre aumenta, sobretudo, da intelectualidade da esquerda, também com razão às vezes, outras sem nenhuma. A impressão que tenho dele é um pouco parecida com a que tenho do Caetano Veloso, outro personagem que ele adora debater: a do sujeito que idolatra a dúvida, te contrariar sempre que possível, a ponto, inclusive, de sustentar que a visão, por exemplo, "do malandro na praça outra vez" era a do esquerdista intelectual que jamais conviveu com "a galera da onze".
O Roger é da mesma linha, mas muito menos atirado nos debates de peito aberto feito o Lobão.
A teoria do Lobão é sempre a de tomar o "mainstream", aparecer, tocar, ser ouvido, e ter o que falar.
Para mim, uma voz dissonante sempre faz bem, mesmo que seja para nos questionarmos.
A propósito, sugiro uma entrevista com ambos aqui.

Responder

Panambi em 02/11/2012 - 18h44 comentou:

Eu não levo muito jeito para interpretação de texto, mas se tivesse que fazê-lo, traduziria o que foi escrito, e muito bem escrito, algo como: BABACAS!!!

Responder

Renato em 02/11/2012 - 19h36 comentou:

Eu ando de onibus, eu pego trem e metro, eu ando na avenida Paulista em meio a multidao, e não discordo da mediocridade que rola sim
Mas ela rola em qualquer lugar da mesma maneira.
É burrice achar que em nenhum outro lugar se encontrará pessoas sem vontade de trabalhar, sem a força e persistência necessária para se conquistar seu lugar profissional e pessoal.
Infelizmente, e talvez mais pela história do que a genética, nos constituimos como um povo trôpego e malandro, que dá voltas e constata o óbvio sem reagir à medida necessária para fazer de seu país uma pátria melhor (vide quaisquer reações presentes/ausentes a respeito do mensalão).
Muito mais nesse sentido é burrice imaginar que isso é visto e vivido ou só pela direita ou só pela esquerda. Esquerda é só reacionário que não pensa? Direita é só conservador retrógrado que esculhamba o país?

Responder

Flavio em 02/11/2012 - 20h40 comentou:

"Não me importa que Lobão critique o PT".

Aham, agora conta aquela do papagaio.

Responder

Macka em 02/11/2012 - 20h56 comentou:

Enquanto um grita me chama, me chama, um procura cornamente sua Sonia para junto com o terceiro sairem de braços dados cantando que são inúteis…

Responder

mineiro em 02/11/2012 - 21h02 comentou:

na mosca eu tambem ate gosto das musicas deles , mas uma coisa nao tem nada a ver com a outra. eles nascido em berço de ouro , criado no meio da burguesia e no luxo, e nunca conheceu a vida dura. alguem acreditaria que essa turma dos anos oitenta seria mesmo de esquerda. eles eram de esquerda ate mexer no bolso deles. o texto foi certeiro , foi na ferida. sao uns bandos de burgues filhinhos de papai e nao ta nem ai para o brasil e o povo brasileiro. estao mostrando a verdadeira face , a face do facismo.

Responder

Marcelo em 02/11/2012 - 21h38 comentou:

Pelo que entendi, quem tem o bom senso de ver os problemas do país é reaça, na sua opinião. Bem…então vamos torcer para ter cada dia mais reaças!

Responder

Paulo Santos em 02/11/2012 - 21h42 comentou:

Aproveitando o finados: sabe porque os comunistas não tem medo dos zumbis?? Porque os zumbis só atacam que tem cérebro.

Responder

    Bruno Matos em 06/11/2012 - 21h20 comentou:

    Comunistas não são leitores de Veja, e eleitores dos tucanalhas. Esses, sim, os zumbis passam longe.

Cabral em 02/11/2012 - 22h48 comentou:

"Não me importa que Lobão critique o PT ou qualquer outro partido" …. tá, acreditamos,rs …

Porretas mesmo são figuras como Pereio e Emir Sader. Acompanhe-os no twitter e morra (ou de tanto dar risada, ou de desgosto).

No mais, leiam o texto do Toledo. É perfeito e mostra como, muitas vezes, pau que bate em Chico bate em Francisco.

Responder

Bernardo Cotrim em 02/11/2012 - 22h49 comentou:

Tô rindo alto. Que tipo de gente entra num blog pessoal, lê um texto e reclama que ele não é imparcial? Não vou nem entrar em digressões sobre neutralidade axiológica, o mito da imparcialidade jornalística e outros debates de fundo. Simplesmente a idéia de um blog PESSOAL não é o seu autor ou autora escrever ali o que estiver afim?
De resto, concordo com tudo. Não faltam exemplos de ex-rebeldes que viraram cretinos de primeira (começando com o velho Caê, o maior e mais brilhante de todos os direitistas), E não dá pra levar muito a sério um cidadão que se gaba de ter um QI de gênio, quase um Einstein, e tem como grande contribuição à humanidade uma música sobre uma galinha, feita na sua adolescência tardia.

Responder

    Elias em 03/11/2012 - 15h30 comentou:

    Povo educado pela revista Veja. Simples.

Marci em 03/11/2012 - 00h48 comentou:

Eita!!
Cynara, acho que o reinaldo toledo azevedo ficou com inveja do teu texto, rsrs
Tb pudera, ele jamais conseguiria escrevr tao bem; alias, se tivesse iolo pra tanto, nao seria office boy da revista veja, ou melhor, nao veja!!

Responder

E.Neto em 03/11/2012 - 00h48 comentou:

A idade faz bem ao Homem. Queria o que? Lá nos anos 80 União Sovietica ainda existia, de tabela a mesada que davam pros famintos cubanos matar a fome e toda aquela pataquada marxista que caiu junto com o muro de Berlim e que sobrevive na cabeça de imbecis aqui em terras tupiniquins…

Pow Tia, queria que os tios do rock nacional continuassem pregando essas ideias furadas? A proposito, parece que o fato deles terem vindo da classe média retira dos mesmos o direito de opinar sobre o que acham pertinentes?

Responder

    Elias em 03/11/2012 - 15h36 comentou:

    Pow tio,bom é o capitalismo né? Que matou mais de 100 milhões de seres humanos em 300 anos, construiu sua base na escravidão de outros seres humanos, que continua te escravizando que nem um zumbinho pra ter um emprego medíocre fazendo algo desnecessário que você finge que tem valor pra não dar um tiro da cabeça né? Pra todo feriado você ser tocado q nem um gado pra uma praia qualquer pra fingir que é livre, num trânsito infernal e voltar dois dias depois pra começar a zumbificação de novo e mentir pra si mesmo que tá tudo bem. Isso é vida. A verdade dói, ne?

    Marcio Cione em 03/11/2012 - 22h32 comentou:

    Disse tudo, Elias!

Tato De Macedo em 03/11/2012 - 02h34 comentou:

Cynara, sempre a admirei como jornalista, mas acho que a paixão política está te tirando do chão.

Tudo isso só porque os seus ídolos (nossos, porque não dizer) não votaram ou não apoiaram os candidatos governistas?

Acho conveniente para cacete, agora, os que antes se chamavam esquerdistas, ao estarem no governo, tornaram-se tão ou mais reacionários, conservadores e cegos diante de uma realidade aterrorizante.

Os filhinhos de papai, você está certa nesse ponto, pelo menos, mesmo sem sentir na pele, ao menos, percebem essa realidade que é descrita por ti, mas que você também não a vive como a maioria da população.

Esse barraco tolo, infantil, criado pode ser, na verdade, uma auto-defesa sua e de seu grupo para justificar os fatos que saltam aos olhos de todos. O Brasil tá uma merda para 80% da população e muito bom para 20%.

Você, Cynara, está agora nesses 20%, ou não?

Já faz algum tempo que parei de ler Carta Capital e outros blogueiros visivelmente chapa-brancas.

Só vão se dar conta disso quando estiverem fora do poder central. E a se mirar pelo andar da carruagem, não vai demorar muito. Lamento.

Ou será que, no fundo, no fundo, toda esse rancor vomitado é porque negaram-na autógrafos?

Desculpa, Cynara, mas acho que você tem mais talento do que o veneno aí destilado.

Abraços

Responder

    Elias em 03/11/2012 - 15h39 comentou:

    Filho blog é opinativo, será que nem isso o analfabetismo funcional permite a vocês entender? Blog não é revista informativa (que tampouco é imparcial mas nem entro no mérito).

    E o Brasil está ruim pra 80% da população chega a ser riśivel.

    Você nunca saiu da sua torre de marfim e foi na periferia né? Porque se fosse, jamais diria algo tão estúpido. Vai conhecer o Brasil de verdade, Alice. Não mata…

    Tato De Macedo em 04/11/2012 - 04h24 comentou:

    pai, afasta de mim essa tua ignorância.

    Arranca a bundinha gorda do sofá e olha ao teu redor.

    Os petistas estão se tornando uma patotinha de alices alienadas.

    Marcio Cione em 03/11/2012 - 22h30 comentou:

    Certamente esse Tato é mais um que não conhece o Brasil. Não enxerga que apenas SP parou no tempo.

    Tato De Macedo em 04/11/2012 - 04h25 comentou:

    Se não tem argumento nenhum, não perca e oportunidade de ficar calado, né !?

André Santiago em 03/11/2012 - 07h26 comentou:

São muitas características que entregam a verdadeira face de um direitista, como por exemplo, a busca pelo poder a qualquer preço, a maioria dos membros do PT age assim, conservadores golpistas que usam como marketing o falso progressismo. O Próprio Lula já negou ser de esquerda, a cada dia vejo a esquerda mais contraditória do que nunca, dando guinadas para a direita na cara dura.

Responder

Felipe Boni em 03/11/2012 - 12h59 comentou:

Cara Cynara, socialista utópica.
Você acha mesmo uma deploração por parte do Roger Moreira opinar (direito de todos) sobre fatos ruins do país?
Ninguém tem culpa que o socialismo esconde os problemas debaixo do tapete.
Os políticos (maioria) não tem vergonha na cara, mesmo mostrando o que há de ruim, a tendência continua sendo piorar.
Creio que a veia jornalística que tu tem, esse texto veio com sentido de polemizar. Não quero crer que você tenha opinião sobre Roger e Lobão, e a situação do país. Mas se realmente for essa sua opinião, temos que respeitar.
Cuidado com tanto patriotismo, em vão.

Responder

Daniel em 03/11/2012 - 13h24 comentou:

Um bom texto. Infelizmente muitos roqueiros de hoje se deixaram seduzir pelo status quo, coincidência ou não acabou levando a uma obsolência criativa

Responder

Paulo S. em 03/11/2012 - 15h41 comentou:

Parabéns pelo ótimo texto, Cynara. Ultimamente o Lobão de boca fechada tem sido um gênio.

Responder

mmagnesio em 03/11/2012 - 17h20 comentou:

Cynara, muito bom, o texto, o mote, e a discussão! Adorei! Tem muito tempo q tô com o Lobão engasgado! Ele realmente se tornou tudo que ele criticava, um reaça derrotista dos mais chatos. Mas como alguém comentou aqui na discussão, ele ganha bem indo pra esse lado. Se aproximou da direitona paulistana pra se dar melhor nos negócios, já que ser 'Outra Coisa' não tava dando muita grana…

bjão,
SUCESSO!
maneco

Responder

Juan em 03/11/2012 - 17h23 comentou:

Falta de nacionalismo é ser de direita? O Nacionalismo nasceu de dentro da direita… faz parte da ideologia burguesa e foi formulado por ela. Em meados do século XX, com o movimento de descolonização, foi que apareceu um nacionalismo anti-imperialista. Os colonizados, utilizando-se de uma linguagem e uma identidade política emprestada dos colonizadores, incorporaram o nacionalismo e o utilizaram como arma de mobilização e defesa. Mas a esquerda "clássica" sempre foi internacional. Ser nacionalista por si só não confere a ninguém a marca de "esquerda". Nacionalismo existe tanto em setores da esquerda quanto da direita. Ditadura militar tinha nacionalismo e muito.

Responder

v de verdade em 03/11/2012 - 17h45 comentou:

Vocês são muito ignorantes e estão caindo na burrice de achar que os classe mérdias são a burguesia. Acordem Chauinences, a classe média média tem mais haver com vocês, -classes médias baixas que almejam ser classe média média e acham que estão conseguindo isso por causa do PT- do que com a burguesia de verdade.

Responder

Luiza Muniz em 03/11/2012 - 17h54 comentou:

No seu lugar eu ficaria quietinha e escondidinha aprovando coments na surdina como vc está fazendo pq até quem te curtia tá contra você. Não devia ter sido leviana e vc sabe disso. Vc não tinha o lastro que pensava. Mas de certa forma eu te entendo. Vc cedeu à facilidade de ter atenção dele – falo de Lobão – bancando a hater que ama.
Mas Lobão só te dedicou um reply. Que frustrante, né? Sua cartada foi confusa e esquizofrênica .Mas ok. Na internet tudo é esquecido facilmente. Até 4a. feira que vem vc volta a ter seus 9 coments de média.

Responder

vitor em 03/11/2012 - 19h30 comentou:

Awesome! Voltamos à teoria "você é rico, burguês, nasceu rico e burguês. Concluindo: você é mau! Estudou em colégio de playboy!" Enfim. Profundidade ímpar! Parabéns, Cynara. Mas, e você? Conta mais sobre sua vida, sobre como foi sua infância difícil na escola pública…

Responder

Guilherme Jorge em 04/11/2012 - 00h56 comentou:

Faz um tempo que penso isso. O Roger não me interessa tanto. Era divertido, mas não mais que isso. Já o Lobão tem uma parada q me intriga que é o enfrentamento com a industria fonográfica. Que tb hoje foi pras picas, mas acho que essa questão da industria fonográfica diferencia suas trajetórias, apesar de igual refugo reacionário. Sim playboy do baixo gávea assim como Cazuza, Léo Jaime e outros "ícones" culturais cariocas.
Ótima análise.

Responder

Alan Brochier em 04/11/2012 - 11h54 comentou:

O que esperar de um Blog que tem na sua missão um verdadeiro “conflito de interesse”? Nos anos 80 quem estava cheio de ódio, comparando o BR a países do 5o mundo são os quehoje apóiam esse poder corrupto que aí está! Alguém ainda consegue ser tão tosco em acreditar que esta máfia que está no poder capitaneada por LULA e sua Organização Criminosa tem ideais de esquerda? Quem são os reacionários? …os que beijam os pés de Sarney e Maluf em nome do pragmatismo?? O que você chama de esquerda brasileira hoje, nada mais é do que a direita travestida de vermelho e decorada com estrelinhas! Lobão é mais lúcido que esta esquerda shopping-center de fachada! Coerência passa longe deste blog!

Responder

Felipe Siqueira em 04/11/2012 - 16h53 comentou:

Mulher, você quer o povo mais apático e passivo do que já é? Quer que toda sociedade diga 'sim senhor' numa só voz? Isso não é progresso, é só alienação. Vocês não aceitam oposição de idéias, são absolutistas conservadores, não são progressistas, nem aqui, nem na China.

Responder

Gutemberg de Freitas em 04/11/2012 - 17h47 comentou:

Pelo menos a morena poupou Cazuza e Renato Russo, talvez por respeito aos mortos. Senão, caberiam perfeitamente nesse rol maluco dos "derrotistas reaças" que ela construiu sob o prisma do preconceito.

Responder

Marcio Cione em 04/11/2012 - 19h30 comentou:

É , parece que a Cynara tocou mesmo na ferida. A verdade dói, e eessa dor não para há exatamente 03 dias,desde sua publicação.

Responder

Carlos Salignac em 04/11/2012 - 20h18 comentou:

Engraçado, isso também acontece do outro lado. Ano passado quando o ator Fábio Assunção declarou abertamente que era Corinthiano e votava no Lula o coitado foi massacrado na internet, chamaram o cara de fracassado, drogado e sem noção. O mesmo acontece diariamente com o José de Abreu que é militante petista declarado e logo é taxado de burro, além de ser xingado todos os dias no twitter. No meu ambiente de trabalho o Chico Buarque, Alceu Valença, Zeca Pagodinho, Gilberto Gil entre outros que apoiam o governo do PT são taxados de Fracassados. Como diria o Chalita em sua campanha, será que essa picuinha nunca vai acabar entre PSDB e PT? Esse negócio de chamar qualquer um que não apoie o governo do PT de reaça não existe. Se o governo está trabalhando mal em um setor nós temos mesmo é que criticar, apontar o erro para que melhore. Se vcs não lembram, o governo FHC foi muito criticado pelo próprio PT quando era oposição, e agora?
No PT existem muito corruptos queimando o filme da legenda, assim como também no PSDB e no próprio DEM, que se eu não me engano é o campeão em corrupção. O único problema dos três músicos citados pela Cynara é que eles não viajam mais como antigamente, eles não fazem mais shows pelo Brasil, daí a desinformação quanto ao desenvolvimento e crescimento de outras Regiões no País, acho que é só por isso. Continuo sendo fã do trio e também acho que eles devem continuar sim a expor suas ideias em qualquer mídia, e viva a democracia.

Responder

Garoto do Brazil em 04/11/2012 - 22h29 comentou:

Bastou criticar ou se opor ao PT que se ganha a pecha de “reaça”? Que biito…

Responder

Fabíola em 05/11/2012 - 02h11 comentou:

Clap! Clap! Clap!
O Bruno Mazzeo já havia citado, não de forma brilhante como vc, o final da carreira do Roger, no Agora é Tarde.
Mais apelativo se fosse ao Pânico.

Responder

João Roberto em 05/11/2012 - 18h28 comentou:

Fora alguns exageros estrelistas, a fala do velho Lobão é bem apropriada para a realidade brasileira. Enfim, aqui fala-se de ideias, mas, na superfície, a estigmatização que Lobão/Roger e outros playboys de direita fazem do Brasili e do seu povo encontra seu igual enantiomorfo na estigmatização que os esquerdistas, também playboys e patricinhas mal vestidas, fazem, porém isso ganha outro nome: ufanismo. Espanta-me, ainda, esses que têm a mídia a bajular suas idiossincrasias, posando de críticos de tudo, fato que demonstra cabalmente a mediocridade de ambos, não do povo brasileiro, muito ocupado para perder seu precioso tempo com esses… sábios. Enfim, para terminar com rock nacional: 'Todos iguais, todos iguais, mas um são mais iguais que os outros'.

Responder

Pedro em 06/11/2012 - 00h26 comentou:

O Lobão não é direitista por "falar mal do Brasil", mas por estar a serviço do capital. A idéia de que o nacionalismo e o ufanismo, mesmo no terceiro mundo, são sinônimos de esquerdismo é perigosíssima. A verdadeira esquerda luta pela classe trabalhadora internacional, não pela burguesia nacional, que é o que toda forma de nacionalismo defende, intencionalmente ou não.

Responder

Embasbacado em 06/11/2012 - 11h16 comentou:

Que texto inconsistente, me desculpe. Utiliza o mesmo discurso que os "reaças" utilizam pra demonstrar a incoerência dos pseudocomunistas que usam internet, iPod, Mac Donalds, Nike e desfrutam dos prazeres do mundo capitalista; só que, como tem que ser criticado o lado "reaça" só por criticar e pra deixar um bando de esquerdiotas felizes, a autora pouco se importa em ser coesa, e utiliza a mesma forma de atacar a "incoerência" de se ser riquinho e roqueiro (wtf?).

Em que o fato de se ter nascido com condições de vida melhores impede que o sujeito seja um rebelde? Que tipo de lógica está utilizando ao propor tal premissa? Lógica Modal? Tabela-verdade? O que?

O pior é ver que a "verdade" dessa autora só é "verdade" no reduto daqueles que simpatizam com o "ismo" a que o discurso tenta se agarrar, independentemente de qualquer coerência lógica ou compromisso com verdade. Não sou esquerdista nem direitista, mas acho ridículas essas manifestações pseudointelectuais de internet, totalmente descompromissadas com verdade e rechedas de inconsistência lógica.

Em que o fato de a pessoa ser de família de classe média a impede de ser revoltada? Em que as condições socioeconômicas do sujeito o impedem de se rebelar contra aquilo que o incomoda? Esse discurso esquerdiota não tem sentido algum, como a maioria dos discursos dessas mesmas pessoas, pautados em paixão e argumentos puramente dotados de tom pejorativo quanto àquilo do que discordam.

O pior é saber que tem gente que ainda se acha "bem representada" quando surgem textos assim. Pobres pessoas… sentirão vergonha quando souberem fugir um pouquinho desse mundinho de fábulas comunista, e passar a enxergar a realidade antes de absorver e dizer amém pra tudo o que alguém autointitulado esquerdista diz, dizendo amém SÓ por causa disso e porque identifica um teor esquerdiota no texto. Até pode ser esquerdiota, mas é recheado de inconsistências e falácias. Esquerdismo, assim como o direitismo se pauta em um viés elitista, se pauta em um senso-comum, doxa, "saber popular" que nada diz; se pauta por paixão e compaixão cega guiada por um "oito ou oitenta" que não funciona quando o assunto é socioeconomia.

Tsc tsc tsc…

Responder

Zeca Moraes em 06/11/2012 - 12h07 comentou:

O mais patético nesses filhinhos-de-papai é falarem do Brasil e dos brasileiros como se também não o fossem eles mesmos.

Responder

Leônidas C. Andrade em 06/11/2012 - 12h12 comentou:

Elucidante texto, há tempo que venho tentando desvendar o "porquê" de tanta revolta do Lobão com o "Brasil que dá certo", a sua análise me deu uma luz, mas, acho que tem outro motivo: o cara já não tem mais criatividade, o rock de protesto já não consegue mais espaço na mídia, durante a ditadura protestar tinha aquele gostinho de sexo no elevador, tudo cheirava rebeldia, caras como ele ficaram órfãos da ditadura, o Chico Anísio certa vez disse que quando o país começa a dar certo o humor fica sem graça (mais ou menos assim), eu também sou órfão do rock rebelde, Cazuza ainda é o melhor nisso e olha que ele conseguiu compor músicas que até hoje são atuais, acho que roqueiro bom tem que morrer cedo senão fica ultrapassado, veja os exemplos: Cazuza, Raul Seixas, Renato Russo estão muito mais vivos que Lobão e Roger.

Responder

Guilherme em 06/11/2012 - 18h51 comentou:

O texto, sendo bom ou ruim, despertou os sentimentos de todos aqui. Só por isso já merece nota 10 ! hahaha

Responder

Ricardo Vidigal em 06/11/2012 - 20h07 comentou:

Cynara,

Que belo texto! Seus textos são leves e prazerosos para ler – divertido pra c….

Agora, essa sua raiva diante dos 'burgueses' é que não me faz muito sentido. Ao final do texto, chego a conclusão que todos os ex-rebeldes/playboys um dia virão a se tornar derrotistas/direitistas de primeira. Me incomodou um pouco essa generalização da "raça" burguesa.

Sou integrante da mesma, mas não me vejo, em hipótese alguma, degradando a imagem do meu país, que tenho muito orgulho de pertencer (Não como aquele brasileiro-gringo, que critica tudo quando mora aqui, mas quando sai do país é o maior patriota de todos). Um derrotista pode também vir das camadas esquerdistas. Um esquerdista desacreditado, que não põe fé em seu país, e portanto, se amargou e desistiu da luta por um país melhor. Assim como "virtuosistas" podem, sim, ser de camadas mais avantajadas da sociedade. Qual o erro de um empresário social que têm ótima condição de vida, mas reverte o lucro de seu negócio para fundações?

Sim, burgueses podem não ter vivido o que Mano Brown, Emicida ou até mesmo você, viveu. Podem não conhecer o gatilho do Policial. Mas não serão necessariamente ignorantes. Talvez o que quero dizer é que a amargura do sujeito vai muito além da opinião política/ideológica dele. Fico um pouco abismado com essa falta de "visão" por sua parte.

Bom, ficaria grato por um retorno. Um abraço,

Ricardo

Responder

    morenasol em 06/11/2012 - 20h31 comentou:

    ricardo, minha crítica não é aos burgueses em si. é a quem, sendo burguês, é reaça por natureza. quando jovem, vive uma outra vida e, quando velho, volta a ser quem é de verdade… imagina, acho o máximo que você seja burguês de cabeça boa. quem dera todos fossem assim! veja que, em nenhum momento, você cabe no "derrotista" que descrevo, para começar. o resto é provocação pura, não leve tão a ferro e fogo. um abraço

alex em 06/11/2012 - 21h35 comentou:

Fim de carreira é phoda!
principalmente, para alguns …

Responder

Leônidas C. Andrade em 07/11/2012 - 13h12 comentou:

Ah, tenho que lembrar que há exceções, Chico Buarque (o mais brilhante intelectual brasileiro de todos os tempos) também é um burguês e com mais de 60 anos continua coerente com a sua história, bom, mas, nunca foi roqueiro, né?.

Responder

Ivan em 07/11/2012 - 13h22 comentou:

Cynara, estou confuso. Me considero de esquerdas. Costumo falar com meus amigos do PT-governo que hoje estou mais à esquerda do que eles, porque meu esquerdismo não está pautado pela governabilidade, ou por pragmatismos políticos, mas pelo humanismo – de toda la vida. Meu esquerdismo não vende concessões. Mas, leio seu texto – permita-me uma crítica, com demasiados adjetivos e generalizações – e não me identifico com ele enquanto critico do derrotismo direitista que sou. A impressão que dá, agora que temos um governo um pouco mais à esquerda é semelhante åquela que pautou a direita nos anos mais terríveis da nossa história recente: ame-o ou deixe-o. É assim? Não se pode criticar? Tudo está certo? São culpas, todas elas, herdadas das capitanias hereditárias? Não moro no Brasil ha algum tempo, mas trabalho dos dois lados do Atlantico com igual frequencia. Estar na Africa, Europa e Asia, me deixa tranquilo para entender ainda mais a America Latina. Veja bem, não quero aqui endossar o que Lobão e Roger opinam, apenas dizer que ser crítico com determinadas coisas e situações são tremendamente importantes para melhorar uma sociedade. E graças aos bons deuses pagãos, pessoas da minha geração (tenho 35) ajudados pela tecnologia estão pouco a pouco colocando estas melhoras na pauta do dia. Precisa ser muito inteligente para ver a idiotice do brasileiro com relação ao automóvel particular (em todas as esferas sociais)? Precisa ser uma Marilena Chauí para entender que o brasileiro de uma maneira geral busca diploma e não conhecimento (em todas as esferas sociais)? Podemos seguir culpando Gengis Khan pela globalização nefasta ou reconhecer nossos erros, os acertos de outras sociedades e buscar mudar. Humanamente.

Um forte abraço,

Ivan

Responder

lucas em 07/11/2012 - 16h41 comentou:

Que idéia mais determinista!
O senador Eduardo Suplicy é de familia rica para caramba, e nada disso aconteceu.

A associação entre a depreciação do país e o direitismo, porém, dá o que pensar …

Responder

Bruno Guerra em 07/11/2012 - 17h53 comentou:

Só discordo em um ponto, Cynara: Lobão ainda é muito foda musicalmente. Na minha opinião, ainda melhor do que nos anos 1980. Ouça os últimos discos dele, principalmente a fase após o "Noite" (1998, acho).

Responder

Ivan em 08/11/2012 - 15h09 comentou:

… "Direitista e Esquerdista – (FREI BETTO, revista Caros Amigos, novembro/2012)

Nada mais parecido a um esquerdista fanático, desses que descobrem a nefasta presença do pensamento neoliberal até em mulheres que o repudiam, do que um direitista visceral, que identifica presença comunista inclusive em Chapeuzinho Vermelho. Os dois padecem da síndrome de pânico conspiratório. O direitista, aquinhoado por uma conjuntura que lhe é favorável, envaidece-se com a claque endinheirada que o adula. O esquerdista, cercado de adversários por todos os lados, julga que a história resulta de sua vontade.
O direitista jamais defende os pobres e, se eventualmente o faz, é para que não percebam quão insensível ele é. Mas nem pensar em vê-lo amigo de desempregados, agricultores sem terra ou crianças de rua.Ele olha os deserdados pelo binóculo de seu preconceito, enquanto o esquerdista prefere evitar o contato com o pobre e mergulhar na retórica contida nos livros de análises sociais.
O esquerdista enche a boca de categorias teóricas e prefere o aconchego de sua biblioteca a misturar-se com esse pobretariado que nunca chegará a ser vanguarda da história. O direitista escreve, de preferência, para atacar aqueles que não reconhecem que ele e a verdade são duas entidades numa só natureza.
O esquerdista não só combate o sistema, mas também se desgasta em tentar minar políticos e empresários que, a seu ver, são a encarnação do mal.
O direitista posa de intelectual, empina o nariz ao ornar seus discursos com citações, como a buscar na autoridade alheia a muleta às suas secretas inseguranças. O esquerdista crê na palavra imutável dos mentores do marxismo e não admite outra hermenêutica que não a dele.
O direitista considera que, apesar da miséria circundante, o sistema tem melhorado. O esquerdista vê no progresso avanço imperialista e não admite que seu vizinho possa sorrir enquanto uma criança chora de fome na África. O direitista irrita-se se encontra no armário a gola da camisa mal passada. Dedicado às grandes causas, as pequenas coisas são o seu tendão de Aquiles. Detesta falar em direitos humanos, e é condescendente com a tortura.
O esquerdista admite que, uma vez no poder, os torturados de hoje serão os torturadores de amanha.
O direitista esbraveja por ver tantos esquerdistas sobreviverem a tudo que se fez para exterminá-los: ditaduras militares, fascismo, nazismo, queda do Muro de Berlim, dificuldade de acesso a mídia etc. O esquerdista considera o direitista um candidato ao fuzilamento.
Direitista e esquerdista – os dois são perfeitos idiotas. O direitista padece da doença senil do capitalismo e o esquerdista, como afirmou Lênin, da doença infantil do comunismo. Embora mineiro, não ffico em cima do muro. Sou de esquerda, mas não esquerdista. Quero todos com acesso a pão, paz e prazer, sem que os direitistas queiram reservar tais direitos a uma minoria, e sem que os esquerdistas queiram impedir os direitistas de acesso a todos os direitos – inclusive o de expressar suas delirantes fobias."

Responder

Cristiano em 08/11/2012 - 16h40 comentou:

Lendo teu texto me senti vivendo os tempos do "Brasil: ame-o ou deixe-o". Que coisa hein…uma socialista "morena" , seja lá o que isso significa, emulando os slogans da ditadura militar! Se bem que só se surpreende com este tipo de identificação entre esquerdistas e ditaduras quem não conhece nem um nem outro! Fale bem do Brasil ou deixe-o, é isso mesmo? Ufanismo? No século 21? te sugiro um bom lugar pra viver: Coréia do Norte. Lá, te garanto, ninguém pode se expressar contra o país. Cuba, dizem, também é assim. Pra finalizar, entre um Lobão ou Roger à direita e um Sarney, Maluf ou Renan Calheiros à esquerda fico com os primeiros, sem pestanejar.

Responder

Renato Nunes em 08/11/2012 - 18h44 comentou:

Dona Cynara, a letra de "Inútil" fala de quê mesmo?

Responder

luiza muniz em 09/11/2012 - 02h24 comentou:

Ai Cynara, a Veja tirou suas matérias de contexto e a A FSP fez o mesmo com a palestra do Lobão que ele fala das unhazinhas (péssima piada, péssima!podemos massacrá-lo por esse tipo de humor! ) mas ele não diz que é à favor de tortura. Tirar de contexto não é desculpa prá nada. Posso dizer que vc usou essa mesma desculpa prás matérias ruins que vc fez na Veja. E aí?Com a diferença que vc não tem provas do que fez. Lobão tem o vídeo todo da palestra como prova . Sabe como eu descobri isso? Um amigo da anistia internacional que ficou puto com as 'unhazinhas' foi ouvir a palestra toda (no Ytube, eu vi) e POW! Não concorda com as posições do Lobão mas não pode acusá-lo de nada! Mas vc se recusa a acreditar nisso. O que prova que vc nao assistiu toda a palestra assim como não leu o livro que ele escreveu pq ainda deve acreditar que foi o Tognolli, né? Eu lembro dos seus tuites sobre isso. Pdralex que esclareceu pq ele entrevistou o Lobão. A piada ruim do Lobão sobre unhazinhas só perde prá sua sobre os Gulags/Cyberia. Jornalista mal informado é quase imperdoável, mas vou colaborar colando aqui um texto q meu amigo me mandou.Mas acho que vc não vai ler. Mas ok.Eu não vou saber pq não vou mais te acompanhar.Não tenho mais nenhuma empatia. Sorry, de verdade.
http://cmarinsdasilva.com.br/wp/retratacao-ao-art

Responder

    morenasol em 09/11/2012 - 02h43 comentou:

    "repRicado" é o quê? devo baixar meu nível intelectual pra ler o que você recomenda? querida, se você gosta de bajular ídolos do rock direitosos, fico feliz que deixe de me seguir ; )

Letícia em 09/11/2012 - 03h07 comentou:

Tudo bem que essa é a proposta do blog (fazer o quê, né?), mas acho muito difícil definir pessoas como esquerdistas ou direitistas só por frases soltas da mídia e embasar isso a partir de biografias…

Digo, todos nós temos momentos esquerdistas e direitistas ao longo da vida – ao longo de um mesmo dia, eu diria. É, por exemplo: quando a pessoa acorda, vai tomar seu café da manhã, liga a tevê e se chateia – com toda a razão – contra o tom violento do economês que é vomitado no jornal da manhã, inacessível à população em geral que é violentada pelas tais ideias de crises… mas aí, logo ao sair de casa (digamos que em uma bicicleta mesmo), não consegue perceber o absurdo de seu ódio contra um catador de lixo "atrapalhando" o trânsito.

Essa foi só uma cena, claro, e acho que bem comum. Tem o cara que mora na periferia e pode fazer escolhas não muito inteligentes pra se promover nas relações pessoais ou profissionais & movido pela tal da ganância humana que nos é familiar; e tem o sujeito filho de papai que estuda Direito no exterior e tem uma visão de mundo conciliadora nas relações pessoais e profissionais….

Responder

luiza muniz em 09/11/2012 - 03h22 comentou:

Bingo! Vc venceu! Talvez vc tenha mesmo razão em desqualificar uma pessoa que comete um erro de português desse tipo – escrever repRicado é horrível ! . Peraí, tem um País aí que teve um presidente que falava errado pra caramba…qual era mesmo ??? Hummm… O Brasil é que não é! . Lula falava errado e foi ótimo presidente. Perdeu, Cynara, perdeu.

Responder

    morenasol em 09/11/2012 - 12h13 comentou:

    uai, lula escrevia em blog? se arvorava em intelectual de internet? oi?

    luizamuniz em 12/02/2013 - 21h07 comentou:

    hahahahahahahahaha desculpe a demora , mas só agora que me falaram desse seu coment. Quer dizer então que uma pessoa que tem blog, tem história de tortura prá contar, não pode cometer erro de português…hummm…conte-me mais, conte-me mais….

jsenaribeiro em 09/11/2012 - 13h11 comentou:

Cynara, gostei muito do seu artigo. Queria que me desse a honra de ler o meu, quando tiver um tempinho. Eu faço um balanço da geração 80. http://neoguerrilha.wordpress.com/2012/11/09/loba

Responder

Rafael Leal em 10/11/2012 - 12h25 comentou:

Os derrotistas de direita como Roger e Lobão, assim como toda a turma do PIG, querem que o país seja um eterno puxadinho dos EUA. Não é uma questão de patriotismo, de "ame ou deixe-o" ou de "delírios do partidão", mas sim de um grupo de pessoas nascidas em condições absolutamente privilegiadas querendo manter o status quo que tanto as beneficia, ignorando um universo que abrange um número gigantesco de pessoas que são excluídas de todos os benefícios sociais possíveis e imagináveis. E o pensamento de "isso aqui é uma porcaria mesmo, não vai mudar nunca mesmo, nunca vai ser como os EUA ou a Europa" é muito cômodo vêm muito fácil quando a pessoa mora no Leblon ou em Higienópolis. Ai não precisa mudar mesmo, né?

Responder

Aloprado Alonso em 10/11/2012 - 17h15 comentou:

Lobão é aquele tipico jumento amarrado num toco de idéias que só fazem sentido na melhor das hipóteses no submundo mental que ele abstrai do vácuo da vida dele como se fosse um aspirador de pó.

Responder

saggio2 em 12/11/2012 - 00h19 comentou:

como é impressionante a pobreza dos "argumentos" da temivel juventude reacionaria que ABUNDA na internet… lamentavel ver jovens tão velhos assim, tão velhos e sem ideias como o ex-Lobao…

Muito boa crônica Cynara! Você está muito acima da média das "jornalistas" que temos por aí. Poderia ter um programa de entrevista na tv, né?

Forte abraço!

Responder

Everaldo Efe Silva em 13/11/2012 - 15h57 comentou:

Excelente, Cynara! Obrigado pelo texto!

Responder

beto ehongue em 16/11/2012 - 16h17 comentou:

demais, parabens. copiando e colando.

Responder

Marcelo em 16/11/2012 - 22h17 comentou:

"Não me importa que Lobão critique o PT ou qualquer outro partido."
Será? (Legião Urbana)

Responder

Alexandre Maluf em 16/11/2012 - 22h41 comentou:

Porque você não reclama dos socialistas assumidos Lenine e Chico Buarque? Esses sim também são nomes de pesos e nem sequer abrem a boca pra reclamar, preferem apoiar a "esquerda" que está no poder escondendo a sombra da fama de intelectuais. Quem será que está errado? O direitista que fala mesmo que for aos quatro ventos ou o esquerdista que se cala? Hipocrisia, a gente vê por aqui.

Responder

Edu em 17/11/2012 - 01h59 comentou:

Morena, a direita no Brasil sempre contou com "o auxílio" nada "luxuoso do pandeiro" de um esquerdista arrependido. Isto que no passado era uma uma tradição (de Lacerda a Paulo Francis) agora já é uma questão de sobrevivência mesmo. É muito candidato para pouca vaga (professor de curinho, dublê de jornalista, roqueiro aposentado, intelectual, etc etc etc….e quem vai querer perder essa boquinha? Então Eles gritam para os patrões de plantão da grande imprensa uma versão modificada dos versos de Cazuza: Ideologia eu tenho uma pra vender….

Responder

Yacov em 19/11/2012 - 18h44 comentou:

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK…. Os COXINHAS do ROCK. Casos típicos aonde o ROCK ERROU.

NO PASSARÁN!! VIVA ZÈ DIRCEU!! VIVA O PT!! VIVA O BRASIL!! CPI DA PRIVATARIA TUCANA JÁ!! LEI DE MIDIAS JÀ!! "O BRASIL PARA TODOS não passa na glOBo – Oq ue passa na glOBo é um braZil-Zil-Zil para TOLOS"

Responder

Anselmo Heidrich em 21/11/2012 - 04h56 comentou:

Não sei se perceberam, mas aí um nítido “psicologismo de bolso”, quando não passamos de uma cópia tardia dos nossos pais e seus padrões de comportamento. O que se torna comum a este tipo de pensamento de matriz socialista, seja aplicado na sociologia ou na psicologia, é o que o indivíduo simplesmente não existe. Ele é um mero refém de categorias coletivas de análise, seja a macroestrutural como a classe social, seja a menor, como a família.

Responder

Gustavo em 25/11/2012 - 14h37 comentou:

Perdeu tempo. Os artistas devem apenas ser lembrados pelos momentos de felicidade que nos permitem, suas composições e interpretações. Até mesmo REGINA DUARTE "medrosa" procuro enxergá-la como boa artista, muito embora detesto telenovelas. E Caetano Veloso, tanta alegria me proporciona suas músicas? Apenas quem perde são eles próprios por seus posicionamentos. Apago a pessoa retrógrada do artista, e a vida continua.

Responder

Thiago em 04/12/2012 - 18h34 comentou:

Lobão e Roger cairam na real depois de conviver a vida inteira com essa escória demagoga de pseudorevolucionários. Lobão inclusive, vendeu discos e fez shows a um preço mais barato do que gil, caetano e a família buarque.

Responder

Administrador em 09/12/2012 - 13h42 comentou:

SENSACIONAL O TEXTO! Foi no ponto certo! Era tudo que eu queria falar! Vou viralizar esse texto! PS: Adorei seu blog! Parabéns!

Responder

Alessandra em 13/12/2012 - 15h30 comentou:

eu não sei se tenho mais medo da "direita" e tudo que ela representa ou se dessa "esquerda" dessa Cynara e sua trupe que concorda com ela e que ainda defende o PT. pra mim é tudo farinha do mesmo saco. O Brasil continuará perdido quando no poder a de se optar entre PSDB/Veja ou PT/Carta Capital. UM Horror!!! ler os textos/comentários dessa "esquerda" me dá tanta vergonha quanto ler o de claramente reacionários.

Responder

matheus em 13/12/2012 - 19h01 comentou:

De Boua voces so falam isso porque ele é cantor, que perdeu um pouco de sua fama, se fosse alguem com fama mundial voces estariam o apoiando agora, e tambem mencionar programa de humor como imbecil, É HUMOR CARALHO

Responder

Matheus em 15/12/2012 - 02h23 comentou:

ah meu deus era só o que faltava. vocês simplesmente não se dão conta que 80% que compõe a esquerda não passa de um bando de mimado criado a leite com pera do mesmo modo que foi Lobão. Pegou pesado quando falou em derrotismo… essa, eu tive que rir, comparações com outros países servem de parâmetro para tudo que é problema ao brasil e como resolvê-las! a esquerda que é derrotista, nunca vi tanta gente contemplando merda. O Lobão representa exatamente um ser com cabeça aberta, disposto a mudar caso o que acreditasse não funcionasse na prática. enfim, por que parei nesse site de merda mesmo? A esquerda como sempre atacando pessoas, nunca ideais. Só digo: Vê se cresce

Responder

AMILCAR em 16/12/2012 - 02h14 comentou:

Eu tenho uma opinião… os artistas hoje só tem espaço na mídia se propagarem os mesmos discursos que leem na Veja e escutam no Jornal Nacional… artistas, como Caetano e estes dois roqueiros, estão numa tentativa desesperada de voltar à mídia e para isso teem que vender a sua consciência…

Responder

Alexandre em 17/12/2012 - 16h18 comentou:

O proprio Roger compos uma música que resume tudo…
"Rebelde sem Causa"

Esse era ele em sua juventude…

Responder

thaís em 19/12/2012 - 00h57 comentou:

Vejo aqui um amontoado de papagaiagens de teor preconceituoso contra os músicos em questão. Ao ler os comentários vejo que o restante dos leitores também compartilha dessa visão, preconceito sobre preconceito é o que constrói o Brasil. Espero que não censurem este comentário assim como o governo faz com o restante das pessoas que se opoem a ele, os considerados "reaças" apenas por criticar o governo, muitas vezes nem sendo de "direita", mas que se dizem contra o modo atual de se governar.

Responder

Stefano Picca Neto em 30/12/2012 - 22h12 comentou:

"Los únicos interesados en cambiar el mundo son los pesimistas, porque los optimistas están encantados con lo que hay".
José Saramago.

Responder

José Antônio Silva em 30/12/2012 - 22h19 comentou:

Muito boa – e bem escrita – a análise, Cynara. Lobão passou dos limites do razoável com aquela defesa dos torturadores, e automaticamente se matriculou na escolinha dos humoristinhas reaças. Do Roger eu não sabia – e só lamento, pois gostava de algumas músicas do Ultraje a Rigor. Do Leo Jaime, enquanto roqueiro, só me lembro dele cantando "Télia, eu não sou gay…".
Parabéns pelo texto.

Responder

LeoContesini em 01/01/2013 - 21h05 comentou:

Porra, eu acho do caralho esse papinho esquerdopata. Quer dizer que por ser branco de classe média eu tenho obrigação moral de ser um esquerdista nacionalista para não ser tachado de reacionário de direita? Dá um tempo. Acho que quem não conhece a realidade é quem defende partidinho, seja azul ou vermelho.

Nunca conheci um esquerdista fanático da classe C. Só gente com mais grana que eu.

O Brasil é uma grande subversão de valores universais, e a esquerda acha que isso é "brasilidade". Acha que isso é o nosso melhor, é a nossa característica master. O dia em que 50% dos brasileiros souberem escrever uma redação sobre sua casa sem erros de português, eu pensarei em começar a falar bem do país.

Ops… isso é reacionarismo. Eu estou subjulgando aqueles coitados que não tiveram chance de aprender, não é? Coitadismo é característica nossa. No mundo inteiro saber escrever é um dos valores básicos, mas no Brasil é motivo de luta de classes. O esquerdista coitadista acha que é bonito falar errado pq isso mostra a origem humilde não burguesa. Não querem melhorar a condição do pobre, querem transformar a pobreza em chique.

Mas a esquerdinha é previsível. A primeira reação de quem leu isso que escrevi é pensar "mais um reaça burguês".

O esquerdismo no Brasil é "direitos iguais para todos, desde que não afetem meus privilégios". E quem afetar, é reaça!

Responder

mauro em 02/01/2013 - 01h09 comentou:

O Brasil está mesmo ficando mais ridículo à medida em que a demanda chinesa nos enriquece. Desde Costa e Silva que o Brasil não via gente tão iletrada, incapaz de falar e de organizar os próprios pensamentos virando presidente da República. Não se via megalomania do nivel atual nem na época do Império. Roger e Lobão são inteligentes, simples assim, sorte deles a de serem letrados, melhor do que falsificar o currículo, como a Noiva do Chucky fez para pagar de gerentona. Infelizmente emicida e mano brown não tiveram a mesma sorte, só falam bobagens e clichês.

Responder

Jotakar em 03/01/2013 - 11h09 comentou:

Cynara, adorei, como sempre seu texto, vai de encontro ao q penso, claro q eu já tinha lido, mas com a correria não deu pra comentar qdo saiu, agora vou recomendar no Twitter, a leitura novamente, até pq os roqueiros q denigrem minha geração, tenho 50 anos ( ah! Renato Russo pq nos abandonastes?)

Responder

Felipe em 05/01/2013 - 00h37 comentou:

Se contrariar a opinião é reaça, não pode haver debate pois senão é direitista… a mediocridade do esquerdismo ignorante está criando "colunistas" em série no Brasil.

Aguentemos pois passa.

Responder

Rodrigo em 09/01/2013 - 18h26 comentou:

Acho o blog interessantíssimo! Comparto gostos [Darcy Ribeiro, crítica social, estudos antropológicos e sentido inconformista, entre outras coisas], e ñ compartos gostos [alguns posicionamentos pouco sensíveis à totalidade das coisas…geralmente opino que ñ há uma verdade, nem tudo de um/uma é melhor, toda teoria-idéia-visão-pensamento, é passível de acertos parciais ou erros compartidos. De todos modos, sou fã do blog, admito que uma postura reinvindicativa e pró direitos e deveres humanos deve ser conditio sine qua non! A defesa e a postura da classe conservadora é ñ querer dividir a torta, sempre [em todo canto do mundo]. Com isso, o individualismo -que até pode ser positivo ao princípio-, se torna um egoísmo pernicioso, desmoralizador, ilegal. Enfim. Sobre o post atual, considero que acompanho mais o Lobão que o Roger. Esse último sei que está na Band, nada mais. Sobre o Lobo, temos a Bio e sua inúmeras intervenções aqui e acolá. Tem coisas que acho descolocadas, quando se posiciona. No entanto, e fazendo um trabalho empático, comprendo algo do que deseja transmitir [ao menos acredito comprender, pois ñ o conheço, jamais falei com ele, e, claro, toda interpretação subjetiva ñ está fora de erro]. Mas, por exemplo, os seus tweets revelam uma atitude mto inconformista e criticar é bom! Ñ importa a quem [ainda que o comentário das unhas sobrava]. Eu ñ sei o que sou políticamente, pois aqui ñ há esquerdas,nem direitas, mas talvez sobrevoe algo assim como um centro abraçando a esquerda [se isso é possível…lá na europa se denomina social democrata, dos socialistas atuais]. Diante disso, ñ perco oportunidade de criticar, mas verdade seja dita, criticar à sociedade civil, tão desengajada políticamente, ainda mais em tempos de redes sociais, blogs, e um largo etc. Criticar o gverno atual por criticar, sem oferecer algo em troca ñ vale, atira a pedra e mostra o pau, meu filho. Vamos ver quem tem o maior! Temos que dar a cara. Falar por opinar, sem argumento convincente e proposta, ñ!!! Então, creio entender que o Lobão assume essa coisa de criticar aos internautas indiretamente, numa forma de dizer: "vcs são culpados, estão apáticos e não estão nem aí…E são vcs que mandam nisso, porque vcs estão nas universidades, nas mídias, em suma, no poder atual". Há mta gente boa e interessada que deseja fazer as coisas bem, sim. Mas tb há mto descontrole político. E as faturas estão aumentando nas obras públicas para a Copa, e tem muita gente preocupada com o BBB, e tem pouco de participação política, sempre teve. Acho o Lobão ñ se converteu, sempre foi mto perseguido. Não convidado para as festas, se enturmou com os pequenos grupos, se defendeu sozinho mtas vezes, quebrou o pau com as gravadoras, etc…E segue aí, dá a cara. Ñ esconde a cobra. Acho isso, Valeu pelo espaço. Obrigado pelo blog.

Responder

Luís Carlos em 27/01/2013 - 20h42 comentou:

Concordo com seu texto. Não dá mesmo para comparar Lobão com Renato Russo. Roger então,nem pensar. Roger sempre fez o rock de rima fácil e pobre de música. Cheguei a gostar de "Inútil", mas de fato, ele sempre foi compositor muito limitado.
Parabéns por suas reportagens!

Responder

Rafael em 04/02/2013 - 01h39 comentou:

Então quem critica a esquerda ou a podridão do Brasil na política é obrigatoriamente um otário burguês mimado e recalcado? Generalização típica da Cynara….

Responder

Marcelo Aguiar em 18/02/2013 - 22h30 comentou:

Cynara… babei! Como dizemos aqui em Florianópolis: "dás um banho, ô".

Responder

Rogério Marroni em 21/02/2013 - 06h10 comentou:

Descobri seu blog hoje. Você já escreveu alguma coisa sobre Carlos Arthur Nuzman e a roubalheira do Pan e das Olimpíadas de 2016?

Responder

Thiago em 22/02/2013 - 04h42 comentou:

Renato Russo??? Quer mais burguês que ele??? Ah, para com essa dor de cotovelo e vai arranjar coisa mais produtiva pra falar a respeito. Deixa de ficar escrevendo baboseiras dessa filosofia morta, mais conhecida como socialismo, e vai ver o que tu pode fazer pra melhorar a vida das pessoas que estão ao teu redor. Essa merda socialista falhou em todos os países pelo qual passou! Ou tu vai me dizer que a China é o grande exemplo de que comunismo e socialismo podem dar certo?

Responder

Eduardo em 22/02/2013 - 18h33 comentou:

Quem aqui nunca mudou de opinião?

Ou mesmo de emprego….

Se vivemos num país onde podemos ter a liberdade de expressão, porque execrar essas pessoas pelos seus comentários e pensamentos ? Além disso, ninguém escolhe o berço que vai nascer.

Uma sugestão, escreva sobre ideias e não sobre pessoas.

Abraço !!!

Responder

ale em 24/02/2013 - 05h01 comentou:

Como se os pseudo comunistas da USP ( Universidade que só entra rico ) também não fossem burgueses… Sua classe social não é o motivo pra se ser reacionário,muito menos criticar o governo e o país,que é sim,cheio de problemas .. não existe governo que deva ser intocável,tudo merece análise e não é porque o presidente tem a mesma ideologia politica, econômica que vc,que vc deva endeusa-lo ,isso sim é ser alienado.. o próprio Buda possui um pensamento que é o seguinte :

" Você estudante da filosofia budista,se encontrar Buda no caminho,mate-o .. "

Não deixe que a sua filosofia te aliene e te faça perder a capacidade de crítica …

Responder

Dhiego em 28/02/2013 - 00h27 comentou:

Interessante, uma jornalista que fica puxando sardinha para o governo, se diz imparcial e critica os artistas por não aplaudirem o PT. Ser parcial por trás de uma capa de pseudo-esquerdista é triste, mas é compreensível, não é o primeiro caso. Agora, chegar ao ponto de desmerecer até o "vigor criativo" de dois artistas só porque eles não fazem média com seus "heróis" é complicado. Antes de qualquer coisa, cada um tem o direito de pensar o que quiser, aliás, esse é o importante: pensar, e não ficar apenas sendo levado pela boiada, seja do PT, dos politicamente corretos, ou do revolucionários de sofá.

Responder

    morenasol em 28/02/2013 - 12h58 comentou:

    a única pessoa que falou em partidos políticos aqui foi você. sugiro que leia, releia pra ver se consegue entender o texto. porque não dá para eu desenhar.

Dhiego em 28/02/2013 - 01h04 comentou:

O pior são os textos da época da VEJA. hehehe… triste…

Responder

    morenasol em 28/02/2013 - 12h59 comentou:

    tem um texto sobre isso também no blog, leia antes de falar.

ronaldo em 08/03/2013 - 14h34 comentou:

Tudo bem, muitos pontos importantes, mas tem que filtrar o preconceito, transborda do texto e fz mal à saúde do planeta
.

Responder

Rudá Reis em 11/03/2013 - 19h11 comentou:

Leio seu blog, nunca comentei. Concordo com coisas umas, discordo de coisas outras. Normal. Porém, voltando a este post, devo dizer que contorço-me quando vejo que contradições do mundo contemporâneo, globalizado ou mundializado como preferem alguns, inclusive eu, são avaliadas sob conceitos antigos, de outro tempo, nos quais não cabem as complexidades do mundo de hoje. Burguês? Quem é burguês? Classe média, todos, são burgueses e por isso possuem algo de demoníaco no que dizem e pensam? E você, caro blogueira, não seria uma burguesa, nestes parâmetros? A Daniela Thomaz, que é uma grande artista e vc elogia, não seria burguesa? Mas ela é uma "boa burguesa"? Seria isso? Olha, penso que a coisa é assim: há boas e más ideias e elas devem ser defendidas ou atacadas com argumentos sobre as ideias, não sobre o berço de quem as profere. Até porque, tenho certeza, fosse ver o berço de quem escreve e de muitos que comentam aqui, encontraríamos travesseirinhos e mimos burgueses. Discutamos, então, ideias, para que não fique naquele termo: "Você não pode dizer isso porque nasceu no Morumbi", ou "Você pensa assim porque não é negro", ou "não é mulher", "não é gay", "tem curso superior" e por aí vamos.

Responder

Rodrigo Mello em 14/03/2013 - 18h06 comentou:

Ja dizia Odete Roitman que "o Brasil e uma mistura de racas que nao deu certo". Se o raciocio fosse o mesmo, aparentemente estudar em boas escolas e ter uma boa formacao poderia significar um direitismo sistematico. A percepcao de nossa cultura (ou falta dela) pode estar muito mais ligada ao nosso cotidiano, do que imagina a nossa va filosofia. O cara que nao respeita um sinal vermelho no transito, a senhorinha que se aproveita da idade avancada para desrespeitar os outros, a crianca que e eduacada para, desde pequena, concorrer com os amiguinhos na escola em quem tem o melhor tenis ou a melhor mochila. Somos e estamos no limbo etico, mas temos um motivo para isso. Aprendemos que, no mundo cao, o mais fraco tem o direito de pegar uma carteira para jogar num coleguinha de escola, quando ameacado. Ou mesmo, numa esfera bem maior, que todo rico fez dinheiro ilegalmente, logo, nao vale nada. E quem sao os ricos que estudam em instituicoes publicas de ensino, estacionam seus carroes, vestem roupas de grife e ocupam vagas daqueles que nao podem, de fato, pagar pelos estudos? Quem sao as pessoas que levantam bandeiras defendendo a tal "cota" para negros, como se os mesmos nao fossem capazes, intelectualmente falando, de obter resultados que garantissem suas cadeiras nas salas de aula? Indefensavel, como o proprio termo ja define, e tudo aquilo que nao tem defesa. Vivemos um ciclo em que muito se fala, mas pouco se faz. E adoramos rotulos, talvez uma das sociedades mais arcaicas neste sentido: Loiras sao sempre burras, gays sao sempre promiscuos, negros sao sempre ladroes e favelados nunca serao alguem na vida. Mas perai! Tivemos um ex metalurgico no comando da birosca por longos – muito longos – 8 anos. Bem, o caso dele me parece um capitulo a parte, ele teve a contribuicao de uma maioria de votos para isso. Reclamar? Nao, devemos engolir em seco a fortuna feita, os passaportes diplomaticos distribuidos, o rateio politico, as bravatas tao criticadas na epoca do Collor, mas que, num novo momento, lhe foram muito uteis. Roger? Lobao? A burguesia esta acima disso e e bem mais complexa. Deixemos que eles dirijam seus carroes importados, porque na tv ou em foto, so aparecerao os tenis dos anos 80 com buraquinho na ponta e sola torta e gasta de tanto uso.

Responder

Uriel em 19/03/2013 - 19h08 comentou:

Parabéns pelo blog, estou acompanhando e gostando bastante do conteúdo.

Mas não esperava ver um post de acusação por aqui. E o pior é vir de uma pessoa brilhante como você. E não digo das suas convicções(!) ideológicas, essas ao qual estou para além do bem e do mal, pois não me enquadro ao mofo deixado pela briga oriunda dos restos dessas velhas narrativas (neo-liberal, liberal, direita, esquerda, seja lá como definirem.). Essa parte eu eu deixo para vocês degladiarem entre si. O que digo aqui é que como uma intelectual você tem uma presença e opinião forte e ao ler uma crítica tão "pessoal" sobre essas personalidades e suas convicções, não achei digno, pelo contrário, achei totalmente desnecessário.

Qualquer "bom" ateu ou agnóstico ao bater o olho em um post como esse e ler com cautela poderá ter um sério problema com o quesito "Malleus Maleficarum". E nesse post o martelo cantou, viu? Se eu nao sou direita e nem esquerda, o martelo cantará pra mim um dia só porque opto por não concordar com as suas convicções?

E eu que tinha pensado que a excelência na perseguição estava diretamente associada à moral judaico-cristã institucionalizada e sua má utilização.

É muito triste ter que ler opiniões e ter que nos preparar para uma guerra. As discussões são como se fossem um conflito: Você tem que tomar cuidado com cada letra ou palavra que usar, ao contrário será usado contra você.. Enfim, é muito triste ver isso em pleno século XXI e mais triste quando vem de pessoas que possuem uma enorme maestria para com a sua inteligência.

No mais, um forte abraço!

Responder

ademanes em 20/03/2013 - 16h36 comentou:

Você foi muito simplória! Fez uma "análise Junguiana " de duas criaturas que expressão que pensam de forma crítica não apenas pela metamorfose temporal que sofreram, mas pela própria evolução. Só imbecis acham que está tudo bem com este país. Assim como somente estes pensam que está tudo mau. A verdade tem que ser dita para direita, esquerda e centro. Eles têm peso para criticar e opinar o que está errado e mexer com os canais e a mídia para que coisas aconteçam. Me diga quais são os meios que nós podemos cobrar as instituições? São poucos e raramente eficientes. Lobão foi ganhador de um Grammy Latino em 2007 e o Ultraje a Rigor trouxe o primeiro disco de ouro e platina para o rock nacional. E você diz que há muito não produzem nada de novo. E para piorar cita "clicheniosamente" Renato Russo…Ave Santa!!! Se informe antes de opinar. Eu sei que em um país em que seis famílias controlam 70% da informação fica difícil construir ou argumentar. Credo sua coluna foi muito fraca……

Responder

danilo em 22/03/2013 - 13h07 comentou:

Brasil um País em que existe o maior esquema de compra de votos do mundo. #Fato
Estão certos eles de defenderem o que é seu, pra que ficar dando murro em ponta de faca, nesse governo imbecil do PT.
Tem que privatizar tudo, e quem quizer usar que pague !!
Como dizia Raul: "eu prefiro ser essa metamorfose ambulante do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo"

Responder

Carol Ornellas em 30/03/2013 - 20h21 comentou:

E isso porque você só analisou a cena do rock, que por si só já parece revolucionária e subversiva. Mas, se formos buscar a fundo, por todos os cantos há esse tipinho "uma vez burguês, sempre burguês", e nem precisa esperar que cheguem aos 50.
Excelente texto, eu adoro isso aqui.
Beijos,
Carol.

Responder

Isadora Franco em 02/04/2013 - 13h45 comentou:

Na boa, que post RIDÍCULO.
Ok, eles viraram reaças, mas será que isso é só uma questao de origem?
Será que todo mundo que veio de família abastada e na juventude vira "revolucionário" volta a ser reaça depois?
Acho que não. Estudei em escola particular a vida toda, e sou de esquerda; casei, tenho um filho, e nem por isso encaretei, pelo contrário: levo meu filho nos assentamentos do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto, onde dou aulas para adultos, faço questão que ele tenha convivência com as crianças e adultos de lá, e se não fosse por um problema muito sério que tivemos com a escola que ele estudava(e a falta de possibilidade do sistema público de trocar de escola no meio do ano letivo), ele continuaria na escola pública esse ano, como sempre estudou, POR OPÇÃO NOSSA. Continuamos eu e meu marido na militância, mesmo com todas as demandas de dinheiro que nos batem a porta – e são ferozes, já que sem nada de dinheiro vc não tem acesso a saúde, educação, moradia e todo o resto que é indispensável – e nós dois viemos de famílias de classe média e estudamos em escola particular a vida toda.
Se tudo se definisse pela origem, toda a classe operária seria comunista e não reacionária – o que não se observa. Tenho alunos da sala da EJA, negros, pobres e praticamente analfabetos, que se não fosse a nossa militância jamais teriam condições de deixar de ser analfabetos, que fala que quem é pobre é vagabundo mesmo, que religião afro-brasileira é coisa do diabo, e que eu deveria contratar uma empregada doméstica na minha casa. As coisas são infinitamente mais complexas do que denominar que alguém é reacionário simplesmente por ter estudado na infância em escola particular e ter vindo de família com grana.
Lembre-se que o Che Guevara era filho de aristocratas. O próprio Marx era filho da burguesia.
Sua alegação é de um simplismo criminoso e preconceituoso, na boa.
Por que vc não se atenta ao fato dos dois terem feito só música? Acho isso muito mais relevante. Ou então de nunca terem descido padrão social, de nunca terem de fato convivido com os que "invadiram a praia", de nunca terem entrado numa guerrilha ou nos movimentos contra a ditadura.

Responder

Paulo Vercon em 05/04/2013 - 13h13 comentou:

O que o Leo Jaime fez ou disse pra você classificá-lo como 'direitoso'?

Responder

zonacurva em 05/04/2013 - 17h17 comentou:

Muito bom. Brasileiro adora se auto-depreciar. Lembro do Lobão há dez anos atrás brigando com a indústria fonográfica e sendo capa da Caros Amigos, o tempo passa e a lusitana roda…. Escrevi sobre as nossas relações com os gringos em http://wp.me/p1YOKS-8z

Responder

Thiago Pimentel em 16/04/2013 - 21h13 comentou:

Poxa, que discurso sem fundamento; que texto pobre
– típico daqueles a quem falta sexo -.

Depois fiquei pensando, como foi que cheguei até aqui? Não consigo imaginar para que tipo de leitor escreve tu.

Responder

    morenasol em 16/04/2013 - 23h21 comentou:

    "típico daqueles a quem falta sexo": nossa, que argumento inteligente! se esforçou muito pra pensar assim? ; )

Filipe em 21/04/2013 - 14h53 comentou:

Cynara, sigo ambos no Twitter e seu texto foi ao núcleo da questão. Parabéns! Gostei muito do que li aqui. Infelizmente, é exatamente isso. Parafraseando Cazuza, podemos cantar: "Meus heróis morreram de overdose…". É muito triste. Um beijo.

Responder

claudio em 02/05/2013 - 17h22 comentou:

Não concordo. Lobão dispara ferozmente contra a inércia e falta de interesse do povo brasileiro. A merda todfa tá explodindo? Foda-se; deixa eu correr atrás e fazer o meu. Acho que é isso que ele critica, acidamente, é verdade.
E outra, o cara continua produzindo, na ativa. Confere aí: http://www.youtube.com/watch?v=KCj_Hpdlg0A

Quanto ao Roger? Bem, quanto ao Roger devo concordar contigo.

Responder

Luciana Mendonça em 02/05/2013 - 18h03 comentou:

Cynarita, mujer, está acompanhando a treta Lobão versus Mano Brown no Twitter? Lembrei desse seu texto na hora!

Responder

walter em 02/05/2013 - 18h44 comentou:

Cynara concordo que temos que ter esperança sempre mais, que o povo brasileiro é burro, não sabe votar, tem um tranporte coletivo que é um lixo total em todas as capitais e se vende por uns trocados que não colocaria na mesa de um político nem um gão de arroz isoo tenho que concordar. A copa vem ai (e é claro que não tô nem ai pra ela) mais seria uma grande chance da gente melhorar muita coisa. A Dilma conseguiu levar pro buraco uma loja de vender artigos de R$1.99 que tinha e com o Brasil não será diferente.

Responder

Cláudio Oliveira em 02/05/2013 - 18h45 comentou:

A verdade mais amarga para eles, mais óbvia para nós.

Responder

Enio de Souza em 02/05/2013 - 18h48 comentou:

Cynara, concordo com seu texto, exceto com a parte que os chamam de roqueiros. Roqueiros? Rock é subversão, marginalidade, revolta. Roger e Lobão são representantes daquele roqueirismo de butique, onde os afetados se irritam com a cor da cereja do bolo, com o café da empregada e outras revoltazinhas que duram até a mamãe chamar para jantar.

Responder

Alexandre Ramos em 02/05/2013 - 19h02 comentou:

Lobão é e sempre será polêmico. Nesse sentido, separar o artista Lobão, do cidadão Lobão é necessário.
Concordo em partes com que ele escreveu, assim como concordo e, de maneira muito sofrida, leio Nietzsche e por meio de seu niilismo sinto-me incomodado. Não estou assemelhando a obra de um e outro, entendam.
Mas, acredito que ter uma posição contrária é fundamental, pois a esquerda (que se aproxima de um religiosismo cristão) tende a inocentar pobres, negros, mulheres, crianças, minorias sofridas, maiorias modistas e tudo o mais.
Reconheço a importância de um Racionais Mc's, a realidade expressas nas letras revelam um mundo que um Lobão pouco ou nada conhecem. Mas que dela, a esquerda brasileira se beneficia e muito, com um discurso as vezes infantil de tão pobre.
Nessa "polêmica" financiada pela mídia, abre-se um "parmera" e "curíntcha" que, de tão primária a discussão, nenhum dos lados estão com a razão.

Responder

Lucinézio em 02/05/2013 - 19h19 comentou:

Bem colocado,
Mas acho esse conceito de burguês um pouco vago. Será que porque eles são burgueses que viraram reaça? Para mim, o derrotismo tem mais a ver. Eu diria "ressentismo" ou "rancorismo", características marcantes de um reacionário de direita. Como você mesma disse qual foi a última vez que saiu uma musica nova desses dois? No caso do Lobão, veja como ele gosta de detonar artistas da MPB e da Bossa Nova que alcançaram um reconhecimento que ele nunca chegou perto. E o Roger coitado, trabalhando pro Danilo Gentili, que fim triste. São dois ressentidos da carrera que gostariam de ter alcançado, mas não alcançaram. Como resultado ficaram amargos, ressentidos e reacionários.
Parabéns pelo post bacana!

Responder

Marcellus em 02/05/2013 - 19h39 comentou:

Que abordagem sagaz. É isso mesmo, e não deixa de ser chocante. Nunca mais ouvi falar do Roger e saber disso me deixou de cara. Do Lobão, desde aquela entrevista do "arrancar umas unhazinhas" fiquei com nojo. Não esperava isso dele, provavelmente ignorância minha… Parabéns pelo texto Cynara.

Responder

Punk Canibal em 02/05/2013 - 20h33 comentou:

Opa, peraí, defender torturador já é pilantragem, mas constatar a mediocridade do Brasil ostentação não, né? E, convenhamos, o Roger nunca escondeu de ninguém que era playboy, "Rebelde Sem Causa", e que achava que os brasileiros somos inútel! Fez, ademais, ótimas músicas sobre relações de gênero e liberdade sexual. Se eles são de direita – ou se tornaram algo que não eram – eu não sei, mas não é preciso ser de direita para constatar a política cultural cooptadora deste governo pelego e novo-rico. É possível discordar do governo, odiar a copa, e ainda assim gostar de jogar futebol de rua ou de várzea (coisa que eu não sei se eles fazem, se pá devem fazer em Ipanema, junto com o Chico Buarque, esse paladino!), saber que a alegria tá lá fora. Pô, interessante essa associação entre derrotismo e direitismo, será que é fenômeno desse país que vive de costas para a América Latina?

Responder

Ayn Rand em 02/05/2013 - 20h49 comentou:

Socialista em 2013? Francamente, é muito fácil sair sofismando contra quem está contra toda essa podridão política vigente… Mas o mais paradoxal e cômico deste texto é ver tantas criticas (das quais considero vazias e sem argumento) feitas exatamente através das tecnologias que só o livre mercado pode oferecer. Quero ver ser socialista em Cuba, na Venezuela, e mais recentemente na Argentina. Parabéns ao Lobão e ao Roger, estou com eles e sou reaça com muito orgulho. Quem é John Galt?

Responder

Fernando Esteves em 02/05/2013 - 20h53 comentou:

Eu só não entendi, quando se referiu à direita mais podre, quem seriam esses?? Seriam esses Sarney, Maluf, Collor e outros???

Responder

Gerson em 02/05/2013 - 20h53 comentou:

Profético!!!

Responder

AristarcoPederneiras em 02/05/2013 - 21h08 comentou:

Conta bancária do Roger e do Lobão??? kkkkk Só se for herança da mamãe, porque as duas ex-rebeldes, se fizerem um show, não lotam uma van. São bunda moles que andam a implorar: "Reinaldo, mostre-nos o caminho!" Vamos nós também ignorar esses otários, pelo menos até que produzam algo que valha a pena.

Responder

ney vieira em 02/05/2013 - 21h11 comentou:

Ele esta cavando um empreguinho na Globo , igual ao Jabor e o Ubaldo ! Vai ser entrevistado na Fatima Bernardes e se apresentar no Faustão . Vai tomar cafe da manha com a Ana Maria ! A maneira mais rapida de aparecer na Globo é falar mal do PT !

Responder

Rodnei em 02/05/2013 - 21h17 comentou:

Esse post é o sujo falando do mal-lavado.

Responder

olavo dada em 02/05/2013 - 21h31 comentou:

ei, SM, e o tal do roger, lembra, nunca me enganou, pois até cabo eleitoral do collor foi. já o lobão… o o leo jaime tá por fora – que ninguém presta atenção nele. abrax

Responder

Carlos Alberto em 02/05/2013 - 21h37 comentou:

O único senão do texto é que Emicida não pode ser visto como o parâmetro pretendido. Ele que é garoto propaganda de bancos e participou daquela terrível hipocrisia que foi o comercial do anti-drogas (sic!) do Rock in Rio: http://www.youtube.com/watch?v=h-GdqOO-u3s
http://www.youtube.com/watch?v=loEaHbYHvhc

Responder

Corinthiano em 02/05/2013 - 21h42 comentou:

Cynara Menezes, Conheço uma caralhada de “esquerdistas” que adoram uma criticazinha sem fundamento, e que ficam pentelhando todo mundo, sobre qualquer que seja o tema.. Não estou aqui para defender direitistas ressentidos, mas afirmo categoricamente: Todo extremismo é burro! Seja vc pobre, rico, classe média, negro, branco, heterossexual, homossexual… Um problema dos esquerdóides brasileiros, é caracterizar o filho de burguês como metidinho. Problema pq na história da humanidade os grandes defensores dos direitos iguais e das minorias, que conhecemos, vinham de famílias ricas, vide Carl Marx, Gandhi, Lenin (duvidoso mas…).
Eu concordo com vc que dá no saco esses comentaristas e anunciadores da merda que está o país, o problema é que não são só direistas que fazem esse tipo de critica, mas enfim.
Para concluir, bunda mole existe em todas as sociedades desse mundão!! Não interessa, e quer saber, é que foda-se… O povo já não aguenta mais intriguinha de INTERNET!! O mau do mundo globalizado é que ninguém briga pela verdadeira essência!

Responder

    morenasol em 02/05/2013 - 22h32 comentou:

    corinthiano, editei sua grosseria e publiquei seu comentário, mas da próxima vez ele será simplesmente deletado. se você sabe ler verá ao lado o aviso: aqui não alimentamos trolls. comentários civilizados serão publicados

    Penkala em 02/05/2013 - 23h13 comentou:

    Corinthiano, deixa eu dizer uma coisa: BURGUÊS não é sinônimo de CLASSE MÉDIA e nem de GENTE COM DINHEIRO. ser BURGUÊS é algo que ultrapassa o dinheiro. é o PENSAMENTO e a FORMA DE AGIR que fazem de alguém burguês.
    tu falas em VERDADEIRA ESSÊNCIA mas não consegues sair de cima dum muro muito suspeito onde tu te livra de assumir esquerdismo ou direitismo. isso, no fundo, é o pré-estágio do que Lobão e cia. ltda. estão fazendo hoje. se esquerdistas pentelham o mundo por qualquer coisa, é porque há muita coisa pelo que se pentelhar. mania que gente reaça tem de achar que "ai, tem gente que é radical demais!". sou esquerdista e brigo, todos os dias, pela verdadeira essência do que penso ser o mundo (ainda que o globalizado), mas acredito que seja chato pra ti isso, né? (como este texto sobre o Lobão, que pelo jeito te incomodou muito), porque tu deves considerar EXTREMISTA o que esquerdistas propõe como luta.

Penkala em 02/05/2013 - 22h00 comentou:

em EDUKATORS tem um personagem (o empresário rico que é sequestrado pelos guris) que fala algo assim: ser revolucionário (digamos, algo como DE ESQUERDA) até os 30 é obrigatório, depois dos 30 é burrice. eu, como professora de jovens, tenho visto que a gurizada hoje JÁ VEM REACIONÁRIA, DIREITOSA E COM PENSAMENTO ULTRACONSERVADOR. é uma tendência assustadora. mas o que eu noto, hoje passando bem dos 30, é que essa frase do Edukators tem dois sentidos. os derrotistas direitosos ex-revolucionários revoltadinhos acham burrice ser de esquerda hoje. os VERDADEIROS de esquerda passam dos 30 e continuam pensando pela esquerda. assim como o rock. quem gosta de rock MESMO, passa dos 30 e continua sendo fã de rock.

Responder

Paulo em 02/05/2013 - 22h07 comentou:

Que curioso! Nos anos 70, quem falava mal do Brasil e dos brasileiros, demonstrava desprezo por tudo aqui e comparava de forma depreciativa com outros países era detectado com derrotista/esquerdista. Que tal lançar uma campanha "Brasil, ame-o ou deixe-o" de esquerda?

Responder

Paulo Piloto em 02/05/2013 - 23h04 comentou:

Acho que a questão é bem simples, não dou credito a um viciado em drogas e musicas se é que pode-se chamar o que ele compõe de musica, sendo assim o rapaz não sabe o que é governar e sim badernar e claro o manicômio man quer apenas vender seu patético livro ainda bem que o povão aquele que anda de ônibus, metro, recebe bolsa família e se inscreve no pro uni não dá credito a esse tipo de esquizofrênico criado em apartamento com internet atacar a Dilma é fácil quero ver ele governar ao menos o seu quarto cheio de entorpecentes.

Responder

Claudio Fernandes em 02/05/2013 - 23h05 comentou:

Talvez estejam crucificando o personagem e esquecendo o conteúdo. Criticar o Brasil é algo óbvio para qualquer pessoa que já tenha visitado um país onde as coisa funcionam, onde há educação, respeito mútuo etc, e isso não faz da pessoa nem derrotista nem direitista, mas apenas atenta. E não precisa ser de "primeiro mundo" não. Para quem viaja muito internacionalmente, voltar ao Brasil não é motivo de alegria ou orgulho, mas de decepção e sensação de desperdício. Claro, temos a saída pelo hedonismo, mas somos de fato sufocados pelo ulfanismo, por crenças dogmáticas e atrasos políticos com viés totalitários, que esquecemos que ainda precisamos melhorar muito para alcançar um padrão civilizatório a altura da riqueza macroeconômica do país.

Responder

Leandro em 02/05/2013 - 23h10 comentou:

Escrito por Cynara, de viés esquerdista e hábitos burgueses disfarçados. Escrito por Cynara, esquerdista progressista e remuneração similar aos burgueses que tanto ataca. Escrito por Cynara, uma falsa e moralista, como todos os que mentem que são esquerdistas, quando são na verdade apenas oportunistas tirando de pensadores.

Responder

Plinio Santos em 02/05/2013 - 23h13 comentou:

A melhor propaganda contra um esquerdista é deixar ele falar. Depois, ele cresce, amadurece, fica inteligente e abandona a esquerda. É sempre assim.

Responder

Ana em 02/05/2013 - 23h18 comentou:

Porra, vocês são um chatos do caralho! Aspirantes a socialistas que criticam gente só porque nunca pegaram a porra de um ônibus!
E qual o problema de mudar de opinião, de voltar às origens, por “piores” que elas sejam?
Metamorfose Ambulante, lembram? É melhor do que ter aquela “velha opinião formada sobre tudo”!!

Responder

Willian Higa em 02/05/2013 - 23h59 comentou:

Gostaria de acrescentar algo que se junta a esses argumentos e que explicariam porque outros filhos da classe média dos anos 1980 não são necessariamente direitistas ao chegar aos 50 anos: há uma parcela significativa de pessoas que não se deram bem nos últimos 10, 15 anos. Ficaram estagnadas ou até pioraram. É o caso dessas pessoas. Enquanto Titãs, Paralamas, até Engenheiros sem relembrar outros que não gostava nos anos 1980 mas que estão na "crista da onda" ainda, Lobão e Ultraje se encontram na madrugada, com bandas de apoio ou aparecendo na Globo. Só resta reclamar daquele que proporcionou crescimento para todos, menos para eles…

Responder

Rodrigo em 03/05/2013 - 01h12 comentou:

Esquerda inútil que atrasa o Brasil… daqui uns anos seus filhos estarão trabalhando no BRASIL para chefes CHINESES, esses sim sem dó nem piedade. Ao inves de brigar com os que tentam alertar para o grande comodismo e falta de atitude da maioria dos brasileiros, que querem sombra e agua fresca com o mínimo dos esforços, acordem e vejam q o capitalismo é globalizado, e nossa briga como brasileiros é mto maior do que essa ideologia furada de um mundo igual pra todos. Eu amanha estarei no trabalho as 5:30, trabalho 12 horas por dia e ainda faço faculdade à noite, e vem vcs e dizem que se um dia eu ficar rico a vida é que é injusta, preciso dividir com os milhões de acomodados que predominam esse país. Não é à toa que os nossos representantes são exatamente isso que o brasileiro deseja ser, morcegos que vivam às custas dos esforços dos outros.

Responder

Luis em 03/05/2013 - 01h21 comentou:

Bicho, os caras fizeram umas canções engraçadas nos 80 e ficaram naquela, não estudaram música e não se aprefeiçoaram e agora não dá mais, a idade chegando a grana não entra… os caras apelam, não sabem fazer nada mais nada, de repente o Lobão vai animar simpósio do Milenium…

Responder

Fabricio em 03/05/2013 - 01h59 comentou:

kkkkkkkkkkkkkkkkkk… Ainda acreditam em direit a e esquerda????

Responder

Luis Turiba em 03/05/2013 - 02h48 comentou:

Muito bom seu artigo Cynara
Esse Lobão não come nem a vovozinha

Responder

Leonardo Gonçalves em 03/05/2013 - 02h53 comentou:

Existe uma interpretação intencionalmente distorcida do que é ser: "derrotista". O autor do artigo considera qualquer um que não seja um esquerdista típico e defensor das minorias que se dizem oprimidas como "reaças". Baseia sua tese em um ufanismo raso e os compara aos "manos" crescidos na periferia paulistana, como se aqueles que não nasceram e cresceram em comunidades nunca tivessem sofrido na vida.

Responder

Fernando em 03/05/2013 - 03h54 comentou:

Eu não sou derrotista, e acho que inúmeras coisas no Brasil não funcionam, não sou de direita, é vejo um monte de corrupto de esquerda no governo. É acho o Lobão muito melhor que você Cynara, o cara foi uma referencia da música é você? Você não é ninguém, além de blogueira puxa saco da esquerda, que se aliou com o que tem de pior na direita. O Lobão não é aliado de Sarney, Collor, Renan e Roseana. O PT é! O PT comanda o maior golpe institucional já visto na história desta país.. Não é o Roger! Vocês acham que estão acima da critica, e não é por aí. Meu tio foi preso na ditadura, nunca pediu indenização, e agora isso virou moda..

Responder

Thiago de Oliveira em 03/05/2013 - 04h40 comentou:

Que texto MARAVILHOSO!
=)

Responder

william tato em 03/05/2013 - 04h57 comentou:

Crítica meia boca, mas tá valendo.

Experimenta trocar "reaça" por reacionário de direita, ou elitista, ou conservador. kkkkkkkk

brincadeira, foi bem no ponto mesmo. Mas como nunca assisto band, fica difícil achar alguma coisa destes infelizes.

Responder

Luiza Lazzaris em 03/05/2013 - 05h10 comentou:

Gata isso é um desabafo? Porque pelos assuntos atuais, não tem nada realmente falando sobre politica. Acabei de ler um texto que apenas critica duas pessoas. Você conhece um algum deles para julgá-los pela conta bancaria dos seus pais? Ou agora quem é rico não pode ter a vida que acha certa pra si, não pode ter opinião ou mudar de?
Ou devemos ter aquela velha opinião formada sobre tudo?
Quem lhe fala isso, é uma pessoa financeiramente pobre, mas com respeito ao proximo.
Desculpa escrever isso, o blog é seu, você tem todo o direito de falar o que deseja, mas ao clicar no link esperava no minimo um texto inteligente, e desculpa novamente, mas é um textinho falando mau sobre duas pessoas, quer dizer, dando uma opinião equivocada sobre duas pessoas, e não sobre os assuntos pelos quais as nossas redes sociais estão conversando e que é muito mais importante para o esclarecimento da nossa sociedade no momento.
Li em algum comentário sobre um cargo que você exerceu, que eu considerei de respeito, e por isso gostaria de falar "diretamente' a você que com um cargo assim, você poderia usar seu nome e sua carreira para agregar conhecimento para as pessoas, a sua opinião, salva o seu mundo, o conhecimento, salva o nosso.
Desculpa novamente por dar minha opinião sobre o seu texto, no seu espaço. Mas ele apareceu no meu, e foi decepcionante, não acompanho o seu trabalho, mas isso me fez não querer compartilhar do seu ponto de vista, que pelo meu ver só enxerga o seu mesmo.

Responder

Luiz Pinheiro em 03/05/2013 - 10h18 comentou:

Discordo de muita coisa que o Lobão diz; às vezes, parece até que só quer causar polêmica, mas admiro sua coragem de dizer o que bem entender, se despir, colocar suas idéias. Aliás, estamos numa época em que é proibido falar do governo. Qualquer um que o faça é tido como reacionário. Também na época da ditadura não se podia fazê-lo. Será que estamos saindo de uma ditadura de direita , para uma de esquerda? Trocamos alhos por bugá-lhos, então. Recentemente a patrulha de esquerda está sempre de plantão para reagir a qualquer manifestação contra o governo. Quer dizer que ditadura de direita não pode. De esquerda pode?

Responder

Luciana em 03/05/2013 - 11h01 comentou:

acho que o avo do che, aquele mesmo, foi um dos homens mais ricos da america do sul. e se ele tivesse vivido 50 anos, seria reacionário??? argumento fraco, ne'.

Responder

gusma em 03/05/2013 - 13h54 comentou:

olá Cynara….

tudo bem, eu aceito o argumento…mas me incomoda muito, muitíssimo, é o fato de toda e qualquer opinião-crítica que aponte contra a vermelhidão esquerdista não receba uma linha de rebatimento, um contra-argumento. Ou seja, fala-se sempre sobre quem falou, deslegitimando-o, lobão é de fato um bobão, mas interessa é o que foi dito… que tal??

Responder

Angela Pinheiro em 03/05/2013 - 14h44 comentou:

Gostei de ter lido, muito bom!!

Responder

Gustavo em 03/05/2013 - 15h59 comentou:

Gostei muito do texto, acredito que sao mesmo reacionarios por buscarem o resgate de um tempo em que fizeram sucesso…e a identificacao burguesa transborda os limites da ideologia politica! Veja o maior filhinho de papi burgues de toda musica brasileira: Francisco Buarque de Hollanda! Esse aposto que nunca andou de onibus…e ainda acha que foi perseguido pela ditadura!Rs!

Responder

george em 03/05/2013 - 16h58 comentou:

Isso me lembra muito um ex-colega numa aula de sociologia ministrada por Antonio Rago Filho, que após ler e reler a Ideologia Alemã de Marx e Engels, ficou chocado com as criticas feitas à Ludwig Feuerbach, e repetia: " O que Marx fez com o Feuerbach, não se faz a ninguém". Eu odeio a máxima que dizem sobre a esquerda que é " um grupo de três pessoas, discutindo quatro idéias antagônicas". Mas é verdadeiro ao extremo os diversos rachas provocados por conclusões, opiniões ou necessidades sempre pessoais dos atores envolvidos nas questões. Sendo assim procurar quem tem razão ou não, vai ficar na dependência da opinião pessoal de cada leitor.

Responder

Edu em 03/05/2013 - 17h29 comentou:

Quem é Lobão?, o que caça os 3 porquinhos? 🙂

Responder

Antonio em 03/05/2013 - 17h55 comentou:

Pera lá ! qual o problema do Lobão ter estudado em colégio de playboy ou o Ultraje ser a banda do Danilo Gentili ? É o mesmo de alguém de esquerda ter trabalhado na Veja ?

Responder

Antonio em 03/05/2013 - 17h58 comentou:

O Lobão fala umas verdades que doem mesmo. Principalmente a quem toma partido de um dos lados.
Mas continuam sendo verdades.

Responder

Marcelo Cavinatto em 03/05/2013 - 18h18 comentou:

concordo com que disse e ainda acrescento que o rock é o carro chefe da política americana de coaptação da juventude mundial para seus valores,através de empresas com MTV, FOX, Multishow e grandes turnês mundiais de seus artistas.

Responder

Fernando Eiras em 03/05/2013 - 18h27 comentou:

Cynara Menezes,

Seu texto contém alguns enganos fundamentais. Dois, entretanto, merecem realce:

1.º ENGANO

Afirma você que “Nem todo direitista é derrotista, mas todo derrotista é direitista.” Fazer afirmações universais a partir de indução é o caminho mais curto para o erro. Veja essa lição de Karl Popper:
"É comum dizer-se “indutiva” uma inferência, caso ela conduza de enunciados singulares (…), tais como descrições dos resultados de observações ou experimentos, para enunciados universais, tais como hipóteses ou teorias.
Ora, está longe de ser óbvio de um ponto de vista lógico, haver justificativa no inferir enunciados universais de enunciados singulares, independentemente de quão numerosos sejam estes; com efeito, qualquer conclusão colhida desse modo sempre pode revelar-se falsa; independentemente de quantos cisnes brancos possamos observar, isso não justifica a conclusão de que todos os cisnes são brancos" (Popper, Karl. Lógica da pesquisa científica. São Paulo: EDUSP, 1985, p. 27-28).

Esquerdistas derrotistas há a pencas. Aliás, a derrota é o signo trágico da esquerda! Quantos países socialistas há no mundo?

2.º ENGANO
Para desqualificar o arcabouço argumentativo de Lobão, põe-lhe a coima de “filhinho mimado da mamãe, estudou a vida toda em colégio de playboy” etc.
Ainda aqui se esqueceu do seguinte:
1. Friedrich Engels era filho de rico industrial alemão, sendo também bem sucedido como homem de negócios. Às suas expensas, Marx viveu por muito tempo;
2. “Marx vinha de uma longa linhagem de rabinos, mas seu pai — um homem de negócios judeu que se converteu ao cristianismo luterano — era advogado e também proprietário de vários vinhedos. Marx teve uma confortável criação burguesa na cidade de Trier, na Renânia, onde nasceu em 5 de maio de 1818. Mais tarde, estudou nas universidades de Bonn e Berlim. Durante seu período em Londres, nunca teve um trabalho assalariado, mas passava bastante tempo na Sala de Leitura do Museu Britânico.” (ARCHIE, Brown. Ascensão e Queda do Comunismo. Rio de Janeiro : Record, 2010. pág. 37);
3. Fidel Castro era filho de um rico fazendeiro

Parafraseando Erich von Däniken, importa perguntar? Eram os burgueses Marx, Engels e Fidel?

Cordial abraço,

Responder

    Carolina em 21/09/2013 - 18h36 comentou:

    Fernando, que beleza um pouco de racionalidade por aqui.

Angelo Cestaro em 03/05/2013 - 18h43 comentou:

O que o Bobão quer é estar na mídia verbalizando bobagens seja através de livros pra idiotas ou entrevistas em programas decadentes como o do Jô, é um recurso bastante utilizado por "artistas" mediocres

Responder

raul franco em 03/05/2013 - 19h35 comentou:

rsrsrsrsrs apesar de não concordar com tudo o que li no texto, devo confessar que ele está muito bem escrito e divertidíssimo. rsrsrsrs

Responder

Paula Lima em 03/05/2013 - 19h44 comentou:

Todo tipo de generalizão é pobre e burra e esse texto, mesmo eu concordando em partes com ele, está mal escrito pra caramba, até meu filho adolescente tem uma redação melhor do que essa, eu hein…

Responder

jose em 03/05/2013 - 20h22 comentou:

Ha muito que nao leio tanta bobagem em um so texto. Parabens.
Ass: Um direitista que nasceu na comunidade.

Responder

Maria José Manoel em 03/05/2013 - 20h27 comentou:

É realmente muito triste no que se transformaram essas pessoas que admirávamos suas composições. Nem sei se podemos chamar de direitista, na verdade são extremistas de primeira linha

Responder

Marcos em 03/05/2013 - 20h45 comentou:

Desculpe, mas alguém que fala "burguês" em pleno século XXI só pode estar seriamente comprometido mentalmente com as asneiras esquerdistas. Não acredito que desconheçam a política internacional ao ponto de acharem que o mundo é dividido entre socialistas e capitalistas, isso sim é muita ingenuidade ou então mau caratismo, saber da verdade e tentar enganar a todos. Pesquisem: Diálogo Interamericano, ESPARTA, Forum de São Paulo. NÃO, não está tudo bem, medidas assistencialistas começaram com o PSDB, foram criticadas duramente por Mula, que faz pior! Todos os partidos são só braços dos globalistas, estão só fazendo seu pé de meia milionário, enquanto imbecis ficam achando que tudo vai mudar com reformas políticas, ideologias caducas e podres, ACORDEM ou parem de mentir para si e para os outros. O mundo real, acima desse nível básico ilusório é bem diferente, direita e esquerda são parte de uma farsa, a tese e a antítese para alcançar uma ditadura de alcance global, a síntese perfeita, nao para quem tem menos de 1 milhão de dólares nas contas, por isso os políticos vendem até suas mães e as nossas, eles sabem! São gerentes regionais. Pesquisem! Sejam curiosos! Não aceitam lavagem cerebral, seja lá de quem seja, faça como eles, só que para crescer, tese-antítese-síntese, pensem por si!

Responder

Rayan Siqueira em 03/05/2013 - 21h26 comentou:

HAHAHAHA Como que um blog tão medíocre ganhou tanta visibilidade? Prometo pra mim mesmo nunca mais perder meu tempo lendo um texto escrito por essa Cyanara Rodrigues. Foi realmente uma perda de tempo absurda. Sequer preciso me dar ao trabalho de refutá-la, pois, apenas dando uma rápida olhada nos comentários postados já vi que as baboseiras foram devidamente respondidas. Vai estudar minha filha! Assim tenho certeza que você vai criar vergonha na cara, reler toda esta defecagem intelectual que você tem escrito e fazer um bem para a sociedade: deletar este blog e sumir do mapa com o rabinho entre as pernas. É cada uma que me aparece…

Responder

Geraldo Vandré em 03/05/2013 - 21h53 comentou:

Extremismo é uma porcaria, seja de direita ou de esquerda, por isso não gostei do seu blog.

Responder

Flávia em 03/05/2013 - 22h08 comentou:

Eu só acredito em "rebelde" que faz algo, que age para mudar aquilo que o revolta. O que esses cinquentões fizeram pelo Brasil quando no auge de sua rebeldia/fama?! Agora, 30 anos depois, fracassados e beirando o ostracismo, é bem fácil encher a boca pra malhar tudo aquilo que os rebeldes de fato lutaram para conquistar.

Responder

Claudio em 04/05/2013 - 02h23 comentou:

Você já andou de trem no Rio de Janeiro? Tenho a sensação de que se já tivesse andado uma vez só gritaria a plenos pulmões o absurdo que é isso aqui. Seu texto me parece o de uma burguesa de esquerda criticando um de direita. Morrerão todos desiludidos com a escória política e se perguntando: como pude ser tão ingênuo(a)?

Responder

thiago joao em 04/05/2013 - 03h30 comentou:

Seus comentários são justificados e baseados na sua própria crítica. Seu alvo é sua escada. Não compreendi seu tom e sua crítica aos "reacionários" quando sua opinião é de total reação. E não, não vou dizer para atentares ao léxico "reacionário" + "reação", seria muito raso isso. Além do mais. argumento passou longe desse blog, tons de deboche, típico de uma patricinha de um colégio de classe média desde da década de 80, diga-se de passagem. Minha audiência começou hoje e termina hoje também. O "socialismo" desse blog é de plástico; como centenas de outros espalhados e que se encontram na – de certa forma desconfortável – situação. Falar mal de quem? Dos Camaradas? Nem pensar, né!?! Seu blog, querida, me traz uma angústia imensa ao ver no que o socialismo virou. Um outdoor de péssimo gosto criado por um publicitário das Casas Bahia do naipe "Quer pagar quanto?".

Responder

René em 05/05/2013 - 04h36 comentou:

Excelente texto, Cynara. Concordo em grande parte, mas acho que no caso do Lobão o buraco é mais embaixo: http://cabidemental.blogspot.com.br/2013/05/pra-v….

Responder

João Lúcio em 05/05/2013 - 06h26 comentou:

Excelente texto! Apesar de eu também gostar das músicas do Ultraje. Mas eles fizeram parte da fase mais massificada e menos visceral do Rock brasileiro, que naquela época se tornara uma farsa comercial, como dizia o João Gordo, do R.D.P.

Responder

Alexandre Freitas em 05/05/2013 - 12h59 comentou:

"Reaça" é atual rótulo preferido para aqueles que concordam 100% com as suas ideias? O Lobão eu até entendo vide suas últimas polêmicas desnecessárias ( e descabidas), mas até o Roger entrou na panela dos "reaça"? Quer dizer que o cara não pode criticar o governo ou o "jeitão" do brasileiro médio que já é direitista? Eu não sei se o Roger já se utilizou de transporte público, mas eu já, é uma porcaria MESMO. Quanto mais você depende do transporte público, pior é. E o você já viu o programa do "idiota politicamente incorreto"? É um programa divertido e o papel do Ultraje é bem diferente da banda do Jô, mas mesmo que fosse, não vejo motivo pra criticas – você piorou e usou isso como argumento para finalizar sua conclusão negativa sobre o Roger… Achei triste. Quer dizer que não se pode reclamar dos corruptos, porque se são do PT, então você é reaça. Não se pode criticar a porcaria da copa, porque "foi o PT que trouxe". Tem algo errado aqui.

Responder

Nedi em 06/05/2013 - 01h00 comentou:

Pois é…aí vc vê o Chico Buarque, sempre inteiro. O ser humano é aquilo o que traz na alma !!!

Responder

Roberto em 06/05/2013 - 02h43 comentou:

Quanta bobagem em um único texto.
O velho maniqueísmo bem/mal, Algumas pessoas relutam em acreditar que o tempo passa e que as coisas mudam. blablabla.

Responder

Jones em 06/05/2013 - 16h33 comentou:

“É um daqueles manés que vivem com a frase “imagine na Copa” na ponta da língua para criticar o transporte público, por exemplo, sem nem saber o que é pegar um ônibus.”

Bom, presumidamente, a autora do texto sabe “o que é pegar um ônibus” e então me pergunto: será que ela gosta? Será que gosta de ser enxocada ou simplesmente sufocada pelo excesso de pessoas e a escasses de ônibus, um problema crônico de todas as nossas capitais?

A autora poderia nos dizer por que alguém criticar o sistema de transporte urbano é ser reaça?!

Ser esquerdista agora é repetir o slogan da ditadura: Brasil: ame-o ou deixe-o!?

Responder

DAVIDSON em 08/05/2013 - 11h55 comentou:

Poderia colocar uma série de argumentos para criticá-la nessa matéria e principalmente em seu esquerdismo.
Mas acredito que nada que eu escrevesse ainda não tenha sido escrito, e de fato nada ouvido por pessoas como você que são como fanáticos religiosos.
Então a única coisa que posso lhe dizer é: CHUPA!

Responder

Marcelo em 08/05/2013 - 20h05 comentou:

Queria saber se a autora do blog ou as pessoas que por aqui comentam o texto, leram o livro do Lobão? Não conheço a vida do cara, não sei se ele é Burguês ou Miserável (também não me importa) mas senti no texto da autora que se sou burguês sou errado, seria isso?

Responder

    morenasol em 08/05/2013 - 23h40 comentou:

    este texto foi escrito em novembro do ano passado, portanto muuuuito antes de lobão anunciar seu livro. quanto à sua pergunta: não, nem todo burguês é reacionário, existem honrosas exceções. é uma questão de consciência. se você é burguês e não está nem aí para justiça social, se é a favor da ditadura militar, da pena de morte e pensamentos afins, sim, você é reaça.

Aluninha em 10/05/2013 - 19h04 comentou:

Hum , fico aqui na berlinda comigo mesma , gostaria de ter uma opinião mais formada e ainda não tenho , mas sinto uma raiva no artigo que obviamente não o faz um artigo impessoal , bom qto a isso F*d@ -se , ñ me importa o que são ou deixam de ser os respectivos cantores de rock que não estão mesmo entre os meus preferidos , os meus preferidos tem uma leve tendência a estarem mortos e bem , eu nem os conheci nenhum em seu auge. hoje com 21 anos estudante de história , eu fico tentando entender essa relação do brasil com ele mesmo , esses discursos dos quais foram flagrados . Foram flagrados pq vieram de pessoas em evidência , mas é um discurso muito vivo nas faculdades, no meio das pessoas comuns e elas nem se quer tem um pensamento teórico que os explique , é apenas um discurso que lhes sai naturalmente. Pq comparar nosso país e degradar sua imagem na comparação , é uma coisa tida como natural , e todo aquele que destoa dessa mentalidade que é tida como realidade é um idealista . Dai fico parcialmente em concordância com este artigo . Por que essas são pessoas formadoras de opinião e estão propagando esse pensamento que já é como uma praga pelo país …. No entanto fica muito complicado para mim retirar a impressão que tenho de que tudo é uma questão de necessidade e que esta torna "necessidade em ideologia " , com isso fica dificil saber quem são os idealistas ou aqueles que necessitam de uma ideologia a curto , médio , longo ou eterno prazo para justificar seus meios … E o cantor para mim ele vive com intensidade essa questão , pq precisa cantar ao seu público . Quem é o atual público ? ( eu me pergunto ) e qual era o antigo público ….. não são no meu ver nem foram jamais idealistas , são necessitados de uma ideologia , como já cantava cazuza …. Ideologia eu quero uma pra viver !
O que me leva a ´pensar qual é meu lugar , minha posição politica , mas essa já é outra discussão !

Responder

junior em 12/05/2013 - 21h14 comentou:

Depois de ver a palavra "Rockeiro" certa, sendo destruída gramaticalmente como "roqueiro", eu até pensei que fosse algum fã do roque do silvio santos, mas deixa pra lá, os lulistas descabelam-se de raiva, ainda não querer adimitir que essa política comunista já esta morta, acordem, bando de alienados

Responder

damastor dagobé em 20/05/2013 - 12h59 comentou:

"Todo artista de alguma dignidade é contra seu próprio país. Pense em Dante, Tolstoi, Shakespeare, Rabelais, Cervantes, Swift e Mark Twain” HL Mencken

Responder

suquim em 23/05/2013 - 22h57 comentou:

Legal a linguagem do texto, com argumentos claros e diretos. Ainda assim, não deixam de ser argumentos fracos. Se os rockeiros citados deixaram de se identificar com a esquerda, por conta de reflexões próprias, isso é maravilhoso porra! Opiniões devem ser sinceras e bem fundamentadas. Lobão tem um livro em que fundamenta tudo o que anda falando. Agora o que fundamenta o texto de Cynara? A classe social da família de Lobão e Roger? Puro preconceito, típico de quem não sabe debater de forma inteligente.

Responder

cristiano em 24/05/2013 - 04h14 comentou:

A esquerda não deu certo em nenhum lugar do mundo, só aqui na america latrina essa porcaria de comunismo ainda faz a cabeça de imbecis. Essa autora repete o velho polilogismo que vem desde Marx : cada classe social teria uma logica, então é só acusar alguem de burgues para configura-lo como “inimigo do povo” . Esse papo cheira a mofo de tão ultrapassado …

Responder

Fernando Trento em 24/05/2013 - 12h15 comentou:

Não acredito mais numa divisão bem definida entre esquerda e direita na política, tanto que me identifico muito com os ideais ditos de esquerda mas concordo com a afirmação do Roger. A maioria (não absoluta) da população brasileiro é cega, ignorante, alienada, manipulável e sim, o complexo de vira-lata do nosso país é um caso patológico e um dos motivos que estagnam o país. E a frase "imagina na Copa" não é de todo exagerada, visto que atrasos e altos custos das obras dos estádios e a ainda presente violência e a falta de infra estrutura das cidades que sediarão jogos me preocupa se conseguiremos fazer um bom evento.
O que estes roqueiros estão fazendo é criticar o que acham ruim no brasil o que não significa necessariamente que sejam reacionários ou derrotistas. Creio ser possível amar seu país e ainda criticar suas falhas.
Seu texto é muito bom, bem articulado e você tem o direito de expressar o que pensa. Apesar de não concordar com tudo te incentivo a continuar a escrever, a se expressar, algo que muitos brasileiros não fazem.

Responder

Ale em 26/05/2013 - 02h34 comentou:

Esse texto é pur Argumentum ad hominem.

Responder

Ronaldo Cavalcante em 27/05/2013 - 14h11 comentou:

Simplesmente perfeito Cynara. PARABÉNS!!!
Apenas agrego minha singela visão pessoal: Lobão não tem luz própria, sempre foi deletério, e se fez à custa dos outros, um pseudo-profeta. O aburguesamento é a marca do seu DNA. Mas o pior é que, além de uma genética comprometida, ele está possuído pelos demônios maiores da mpb: Gil/Caetano/Chico/Edu – não consegue se desvencilhar deles, sua missão é hostilizá-los. Enquanto eles existirem, Lobão existirá. E o mais dolorido é que eles o ignoram. Como o Lobão gostaria de estar no mesmo palco, usar a mesma coxia! Quanto ao Roger, há que se reconhecer, ele está um degrau acima, é um profeta de botequim.

Responder

Lucas Dias em 30/05/2013 - 20h25 comentou:

Tenho que agradecer ao Roger, graças a ele cheguei até você, brilhante incrível, já li alguns artigos seus na CC mas aqui tá mt melhor
Alias o Roger acabou de ter o twitter hackeado, e só porque eu zoeio cara disse que vai colocar a polícia atrás de mim, otário mesmo

Responder

Fernanda em 02/06/2013 - 06h17 comentou:

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Se sua intenção foi ser cômica, você conseguiu! Esse papo de direitistas "anti" soa tão estúpido… Quase durmo quando leio coisas desse gênero. Porém, prefiro continuar a leitura, a fim de me deleitar com a vigarice esquerdista (porque ignorante, ah!, essa turma não é mesmo – apostam na ignorância alheia). Não existe relação entre criticar o que está errado e ser um reacionário – um "reaaaaça", com ênfase no "a", como gostam de falar. Pude inferir por uma de suas colocações que você conhece de perto a realidade do transporte público brasileiro. Ora, se já viu de perto como ele funciona, não deveria demonstrar tamanha perplexidade frente a algumas declarações de Roger! Ser sensato, reconhecer as estultices do passado e caminhar contra a manada, minha cara, não significa tornar-se um "reaaaaça". E, se voltar às origens burguesas significa assumir essa nova postura, eu digo: "SEJA BEM-VINDO DE NOVO!".

Responder

Flavio Lima em 04/06/2013 - 00h53 comentou:

Cinara, pegou na veia. E os direitistas derrotistas vieram aqui babar raiva…

Responder

Paulo Oliveira em 12/06/2013 - 19h38 comentou:

Na verdade quase todo roqueiro é reaça e de direita! a tal "atitude" é so mais um adereço…

Responder

Erika em 12/06/2013 - 20h09 comentou:

Por incrível que pareça, Lobão e a autora do texto parecem defender a mesma coisa: maior incentivo do governo para artistas independentes que não têm a devida visibilidade. Vi umas poucas entrevistas do cara e devo concordar que, por enquanto, quem está levando a melhor no Brasil são “as Ivetes” e "os tchetchererêtchetchês”. Até Carlinhos Brown reclamou dessa palhaçada no último carnaval de Salvador. Indústria cultural pseudo-popular, sub-cultura. É só isso. Lobão é anárquico demais pra se misturar o que ele diz com política. O PT deveria ouvir o que ele tem a dizer. Isso ou ver oportunistas de plantão se aproveitando da situação pra fazer campanha à custa da indignação dele. Que por sinal, é de tantos outros também.

Responder

1bherto em 13/06/2013 - 15h20 comentou:

Acho que faz parte de um cenário de degradação da MPB, do rock e por aí a fora. Hoje se precisa pescar muito pra achar uma música aqui, outra acolá que preste, o resto é tudo bagulho. Membros da geração passada 'endireitaram'. Hoje só tem alienado e analfabeto, com exceções. Quero ver o que essa gente vai virar quando amadurecer.

Responder

antonio silva em 15/06/2013 - 15h10 comentou:

mais uma ex reporter em atividade,neste Pais onde tudo é maravilhoso quem discorda da patrulha vira reaça?bela democracia em velha senhora?

Responder

Aknus em 21/06/2013 - 04h09 comentou:

A frase do Lobão sobre a mediocridade brasileira se faz realidade quando leio um texto como esse…

Responder

Bruno em 21/06/2013 - 06h24 comentou:

Cynara, discordo do seu texto, mas não posso deixar de elogiá-la pelo espaço aberto de pontos e contrapontos que proporciona nos comentários aos seus textos, bem diferente de outros blogs que supostamente abrem um canal de debate, claro, dentro das regras mínimas de exposição do próprio pensamento ou ausência dele, em alguns casos (a exemplo do Reinaldo Azevedo, do cínico Paulo Henrique Amorim e cia).

Responder

João Fausto em 22/06/2013 - 02h56 comentou:

Prezada garota socialista vanguardista.
Caminhou pelas ruas em 89 empunhando bandeiras vermelhas e cantando sem medo de ser feliz?
E alguns anos depois de achar que ia ser feliz:
Você já teve o (des)prazer de tentar utilizar o SUS?
Já tentou pegar o metro às 06h ou às 18h?
Acha moleza ingressar em uma universidade pública?
Então por favor, amadurece um pouco mais… e presta atenção onde estão teus heróis esquerdistas!
Alguns beijando a mão do papa no vaticano junto com sua comitiva de nobres trabalhadores…

Responder

Paulo em 23/06/2013 - 13h04 comentou:

Parte da revolta do Lobao e o ataque ao Racionais tem origem na pura e simples inveja. Nunca houve no Brasil espaço para o Rock ser um movimento contra-cultura, nunca teve condiçoes de ultrapassar os limites dos bem-nascidos com acesso ao rock. O rap dos Racionais eh organico, expressa uma realidade violenta e profundamente mais rebelde do que qualquer ideia postulada no rock.

Eles nao eram rebeldes, nunca tiveram uma causa ou exposiçao a realidade brasileira. Quando o Lobao vê o Mano Brown explicar com detalhes a realidade brasileira, ser genuinamente rebelde (mano Brown dah show em programa de auditorio?), ele se revolta. A revolta do lobao eh inveja.

Fora o pseudo-intelectualismo….

Responder

Luidgi VL em 27/06/2013 - 20h06 comentou:

Perfeito, Cynara: além de gata, escreve bem para caramba e ainda acerta em cheio nas reflexões que faz aqui. Curti demais este espaço seu aqui na internet. Muito bom mesmo! Agora, em relação ao Lobão (que só fala asneira mesmo, certamente de tanto pó que cheirou ao longo da vida) e ao outro cara do Ultraje, você falou tudo. O filho de papai sempre volta para casa. Abraço!!!!

Responder

Raphael em 22/07/2013 - 20h00 comentou:

A lógica de um texto estar na semelhança entre duas palavras realmente mostra o tipo de pobreza de todo o argumento, cheio de frases de efeito e superficialidades típicas da analise tendenciosa. Mas ok, esse tipo de texto deve valer alguns reais de estatais e afins. PHA de saia ?!?! Ah, e morena…

Responder

Gama Aires em 01/08/2013 - 17h57 comentou:

Parabéns, belo texto.

Responder

Jairo em 06/08/2013 - 02h48 comentou:

Ô Cynara, vc é bonita assim mesmo, ou fez tratamento de imagem na sua foto?

Responder

Roberto Pedroso em 10/08/2013 - 16h47 comentou:

Infelizmente esse comportamento também assola outros meios de arte e não só o meio musical, desse mesmo mal padecem pessoas como Arnaldo Jabor, Cacá Diegues entre outros.

Responder

Jaime em 12/08/2013 - 23h05 comentou:

Curto Rock desde a adolescência e tenho visto muitos reaças no meio… mas o que fazer? bom, eu acho que o rock de verdade, nas suas várias vertentes está no underground…

Responder

Silvano Matiuzzi em 13/08/2013 - 13h14 comentou:

Comecei a ler o livro do Lobão, deu nojo e parei no segundo capítulo.

Responder

Douglas em 16/08/2013 - 17h40 comentou:

Achei esta análise extremamente rasa e pobre! As pessoas tem o direito de se decepcionar e se vc analisar a história de militância política de ambos, eles lutaram a favor do que está hj no poder e convenhamos o que está aí não é nada animador.
Duvido que vc tenha algum dia lutado de fato por algo nesta vida, duvido que tenha dado sua cara para bater e duvido que tenha feito algo esteticamente relevante pela arte de seu país. Basear-se no twitter para desconstruir uma biografia é no mínimo desonestidade intelectual!

Responder

Vovó Filomena em 23/08/2013 - 14h43 comentou:

Quem não gosta da Cynara tem ¨Pobrema¨na cabeça! Amo essa meninaa!

Responder

Novelli em 25/08/2013 - 03h21 comentou:

Engraçada a sua opinião, se manifestar a favor do partidão tá beleza, mas quando o cara tem independência de ter uma opinião contrária, o cara é reacionário, conservador, direitista e blá, blá, blá. Onde está a liberdade de opinião? Quem lê esta merda de blog, procure ler os textos do Lobão para entender porque ele foi para a direita. Defender a merda do status quo (que é todo de esquerda) é fácil, quero ver dar a cara a tapa e falar o que você pensa de verdade. Aplausos ao Lobão e ao Roger, ambos tem um par de bolas no meio das pernas.

Responder

Dener Nogueira em 27/08/2013 - 02h20 comentou:

So quero ver se caso surgir uma resposta a altura vinda de ambos, a autora do texto vai levar adiante uma discussao ou vai demonstrar a tal sindrome da bunda molice como se diz Lobao. Texto ridiculo, assino em baixo tudo que ambos falam, povo brasileiro juntamente com o pais sao mediocres, pegue as manifestacoes passadas como exemplo, cade??? parou???pq???houve alguma mudanca?? falavam que nao era so pelos 20 ou 30 centavos sei la, mas foi so abaixar o preco da passagem e as manifestacoes cessaram!! Espero anciosamente por uma resposta do Lobao a este texto!!

Responder

Flávia Marques em 27/08/2013 - 16h49 comentou:

Excelente!

Responder

Jasper em 27/08/2013 - 18h13 comentou:

PESSOAS INTELIGENTES PODEM E MUDAM DE OPINIÃO, LÍ O LIVRO DO LOBÃO E É ÓTIMO!!! ASSIM COMO TODAS AS PESSOAS SÉRIAS QUE APOIARAM O PT E SE DECEPCIONARAM COM O PRESIDENCIALISMO DE COALISÃO QUE IMPERA NO PAÍS! * mas sobre isso nem tenho pretensão que vc entenda o que significa!

Responder

Icaro Hupsel em 02/09/2013 - 15h47 comentou:

Infelizmente qualquer um que faça uma crítica que seja à esquerda deste país torna-se reacionário. Muita gente que foi detida durante a ditadura jamais sofreu tortura e sai por aí dizendo que sofreu barbaridades. Não estou negando nenhuma atrocidade ocorrida na época, nem Lobão nega, o que acho é que a esquerda não suporta manifestações contrárias como se o que trouxesse à política fosse o supremo bem social. A esquerda é parcial ao lembrar a história recente deste país, chegando a a assumir expedientes políticos que sempre criticou.

Responder

Guilherme Ferreira em 05/09/2013 - 00h36 comentou:

Quem nunca foi socialista até os 20 anos, não tem coração.
Quem continua sendo depois dos 30 anos, NÃO TEM CÉREBRO!!!

Responder

Erik em 08/09/2013 - 14h16 comentou:

Legal o artigo. Me lembro das falas do Lobão a respeito de sua mãe, dizendo que era reacionária e que gostava do Chico Buarque. Fico pensando cá com meus botões será que é
Complexo de Édipo mal resolvido? Vai saber.

Responder

andre em 10/09/2013 - 11h43 comentou:

Demais a análise! Parabéns !

Responder

andre em 10/09/2013 - 11h46 comentou:

Nossa quanta gente se identificou e consequentemente se doeeu com o texto ! Perfeito, só mais uma prova do quanto precisa foi a análise! Parabéns !!!!!

Responder

yuri em 17/09/2013 - 13h10 comentou:

Na moral, Que que porcaria de texto.

Responder

Rafael Bolini em 19/09/2013 - 00h41 comentou:

Acho mais fácil refutar o que disseram os "dinossauros reacionários" de suas respectivas bocas. Mas não…a estratégia é sempre desqualificar o oponente e não argumentar. Depois derrotismo é ser de direita…

Responder

Mauro em 20/09/2013 - 23h41 comentou:

O rock sempre foi a pedra no sapato da esquerda brasileira. Canalizou as rebeldias dos jovens que não queriam se tornar ovelhinhas de partidos. Quando a tropicália usou guitarras foram criticados de americanófilos e de fazerem "Música burguesa". Vida longa ao rock'n'roll ! E a todos que conseguiram sair do maniqueísmo e "tergiversar"

Responder

Alexandre Tambelli em 21/09/2013 - 03h51 comentou:

Existe um certo equívoco em dizer que todo filhinho de papai, ou seja, todo mundo que estudou em escolas de bacanas é direitista. Eu estudei no Liceu Pasteur, em Colégios de Freiras, no Colégio Objetivo e foi justamente por causa desses colégios particulares e seus professores de História, Geografia e Literatura, preferencialmente, que acabei desde os meus 18 anos votando no PCdoB e abraçando a Ideologia Comunista na minha vida! Tenho 45 anos! Nestas escolas acontece um fenômeno interessante, como visam o vestibular o Professor não pode dizer que MST é um bando de baderneiros que invadem fazendas, senão o aluno não entra em USP nenhuma! Ser reacionário, de direita ou esquerdista não pode ser culpa de estudar no Liceu Pasteur, ou nos dois colégios de freiras que estudei após sair do Liceu Pasteur. É muito mais complexa a coisa. Tenho muitos amigos de esquerda e revolucionários que tem o mesmo padrão social do Roger e do Lobão, como eu, também, tive. A Escola precisa ensinar direito o que é Comunismo, Socialismo, Reforma Agrária, etc. senão não passa no vestibular e nisso podemos ser capturados por uma visão de mundo de esquerda.

Responder

Andréa Costa em 21/09/2013 - 04h58 comentou:

Por falar no caso do Lobão e do Roger, noto um fenômeno bem curioso, pra não dizer engraçado dos tais derrotistas (não os já citados, mas em outros tantos do grupo). Este fenômeno é justamente o da associação ao catolicismo. Ora, minha infância inteira eu fui católica, grande parte da minha família é fervorosamente católica! Se há algo de valoroso no catolicismo é justamente o que essas pessoas não mantém! Digo isto por que não acho que suas visões assustadoramente estreitas do mundo tenham nascido do catolicismo, mas que o catolicismo esteja, hoje, sendo usado como ferramenta para defender estes ideais mesquinhos. Ora, era preciso qualquer ordem transcendente em que se apoiasse a lógica de vida destes senhores e senhoras, já que a Ciência – esta não corrobora – o avanço das questões sociais, tampouco. Mas é preciso defender privilégios, é preciso se sobressair às gentes comuns e isto estes fazem através da tradição cristã, da imponência da instituição católica, da grande contribuição ao conhecimento que a Igreja encabeçou por muitos séculos. A religião cristã, para estes, nada mais é que um veículo que lhes garanta qualquer lógica, qualquer fio de tradição e qualquer poder – além, é claro, de um motivo de distinção frente a enorme massa de "desreligionados"… Pra esses, o catolicismo é quase sobrevivência. Só não é vivência!

Responder

George Owel em 21/09/2013 - 12h08 comentou:

Nossa nunca li tanta besteira, falam do povão mas, não sabem ser do povo!

Responder

aloisio em 21/09/2013 - 12h56 comentou:

Que vergonha Cinara…Vejo que você aprendeu bem a dialética petista que desqualifica tudo e todos que não tem a mesma opinião do partido. A você, como inocente útil, espero que seja reconhecida por este partido logo que terminarem de implantar o comunismo e receba seu cartão do bolsa família. Por enquanto, só posso lhe dizer para começar a estocar papel higiênico.

Responder

Carolina em 21/09/2013 - 18h34 comentou:

Muito preconceito, e pseudopsicologia, e as pessoas ainda aplaudem?? Nada como ter uma confirmação "oficial" de que os sentimentos mais baixos são reconhecidos/defendidos por uma empatia coletiva , mesmo que isso signifique concordar com um texto fraco, preconceituso, repleto de clichês, julgamentos e ódio reprimido.

Responder

Nada em 21/09/2013 - 18h54 comentou:

Fique com um trecho do prólogo do livro do próprio criticado (Lobão) como resposta a sua matéria.

"A abençoar intelectuais, empanturrados de propinas
e ideologias fossilizadas, um monte de vaselina,
impondo goela abaixo um nacionalismo
barato para universitários otários
regurgitarem pastiches viciados,
repletos de vaidade imerecida,
ao som das mais horrorosas canções que ouvi na vida
ao balanço dos mais grotescos rebolados.

Com a santa ignorância dos que defendem cegos suas teses
Acobertando num silêncio um tanto cínico, aloprados e
de um governo cheio de revezes,
catequizando suas verdades imutáveis e eternas,
a patrulhar, ameaçar, comprar, reprimir (quando não, simonalizar)
todos aqueles que não se alinharam
nessa patuscada triste que eles mesmos inventaram:
A Inveja da Pobreza. A cartilha do bom brasileiro.
A terraplanagem é por baixo e a laje é o limite, companheiro

Para o inferno, vocês, proprietários dessas verdades de merda.
Fascismo não é monopólio da direita nem da esquerda.
Fascismo é imposição inflexível e truculenta de verdades sacralizadas,
geralmente, por bem intencionados perpetradas.
Estou farto de bem intencionados. Além de nocivos, são cafonas.

E o sol exibia uma crista vermelha de fogo,
como se tivesse extraído todo o sangue dos penhascos do mundo,
me levando no seu calor a rasgar o ar fazendo o vento soprar
meus farrapos alados, para além de qualquer segurança
e, das alturas, mergulhar no abismo da garganta mais profunda
à procura da face perdida da esperança

Você é dependente de ideias pré-fabricadas,
arquitetadas por um bando de salafrários auto-indulgentes.
Você é um faminto de misérias embelezadas
que se alimenta de migalhas, a você atiradas
como um animal domesticado,
abanando o rabo, agradecido e contente

Você faz parte de um rebanho de presas fáceis
repletas de sonhos fenecidos.
E Eu? Eu sou o lobo do homem, uivando pra lua,
sozinho, vencido.
Vencido, como se soubesse a verdade, mas livre Assustadoramente livre.

Você acredita em tudo que te mandam,
mas se ofende com tudo o que eu te digo.
Você esquece que a ofensa que vigora
é pura reação, castigo pelo castigo,
sempre em guarda cultivando essa paixão:
o ódio sem razão. Que perigo!
…engendrando o prejulgamento,
a ignorância, a irresponsável precipitação.
A ofensa é o expediente do imbecil,
Sangue e armadilha nos esconderijos do coração!"

Responder

Bira Lipe em 21/09/2013 - 20h09 comentou:

Que coisa engraçada!!
O filósofo Nietzsche que muitos não leram mas afirmam de pé junto que ele é o pai do nazismo, escreveu uma frase que diz tudo sobre esses dois sujeitos e seus seguidores : …" quanto mais ateu o sujeito,mais moralizante seu caráter…". Singular não??

Responder

Fernando em 21/09/2013 - 20h27 comentou:

É divertido ver a bandidagem vermelhinha procurando por onde atacar e acabar, como sempre, apenas chamando direitistas de burgueses e filhinhos de papai. Pros vadios da mesma laia soa ofensivo, mas pra cidadãos de verdade é apenas a ladainha dos derrotados. É a inveja eterna dos esquerdistas. Cambada de vagabundo que não gosta de estudar nem de trabalhar. Aí não conquistam nada na vida e depois se unem pra tomar à força tudo que os cidadãos de bem se esforçaram pra conquistar. Bandidos conhecidos mundialmente.

Responder

Thiago em 21/09/2013 - 21h32 comentou:

Deixa eu ver se entendi. Qualquer manifestação 'derrotista' pode ser vista como um ato de direita?
Sendo assim, o ultranacionalismo, aquele que exalta até os animais típicos de um país em detrimento da fauna estrangeira pode ser visto como um movimento oposto, logo, um movimento de esquerda?

Sendo assim aquela velha discussão sobre onde o Nazismo (Nacional Socialismo) se encontra no espectro político pode se dar por encerrada. Afinal, socialismo (e sim eles eram, foi um movimento nascido dentro de sindicatos) do partido nacionalista alemão já é algo enquadrado como 'esquerda', restava saber se o teor Nacionalista (e não Internacionalista, do socialismo russo) se enquadrava no espectro de esquerda também.

Responder

Osmar em 21/09/2013 - 21h38 comentou:

Uma merda de texto

Responder

Diego em 23/09/2013 - 00h15 comentou:

Ser filhinho de papai hoje ficou proibido?

Responder

Marcelo Ramos em 24/09/2013 - 23h19 comentou:

Fiquei pensando na argumentação, Cynara. Não discordo 100% do seu post. Mas acho que o bobão sacou que, falar mal do PT ia chamar atenção da grande mídia. Como ele havia acabado de lançar um livro, vomitou qualquer porcaria de última hora… sabia que a mídia publicaria.
O mesmo está acontecendo com o Oscar, o jogador de basquete. Podia finalizar a vida com dignidade, mas está aí, vomitando bobagens pra chamar atenção…. também de dar pena.

Responder

Rodrigo em 26/09/2013 - 04h07 comentou:

https://fbcdn-sphotos-e-a.akamaihd.net/hphotos-ak

Responder

Renato em 26/09/2013 - 15h26 comentou:

Falou falou e não disse nada, uma coisa não tem nada ver com outra. Eu sempre estudei em escola pública, ralei num emprego totalmente explorador para pagar minha faculdade e hoje me encontro até desempregado, mas, com toda certeza, sou muito mais conservador que o Lobão e o Roger. Princípios e Moral não tem classe social, são para todos e isso é uma coisa que a Esquerda não tem.
Eu posso até morrer pobre e sofrendo um monte que nunca irei me deixar levar pelo liberalismo e pela falta de princípio e valores que vcs tem e que estão matando a sociedade ocidental.
É típico dos esquerdistas quererem difamar as pessoas sem argumentos.
Divergir do pensamento das pessoas é uma coisa normal, agora da próxima vez tente colocar algo mais rico de argumentos, pq falou falou e não disse nada.

Responder

Caio em 27/09/2013 - 11h42 comentou:

Nem vou me referir aos citados. Mas sobre o Mano Brown, ele já tem seus 43 anos e definitivamente forjou seu posicionamento de forma oposta aos dois rockeiros da matéria. "Personas" lamentáveis!

Responder

João José em 30/09/2013 - 16h11 comentou:

Não acho que comparar o Brasil com países onde as coisas funcionam seja complexo de vira-latas nem seja direitismo. Pelo menos não me considero assim. Longe disso.
Passei um tempo estudando na Inglaterra, vivendo com a mísera bolsa dada pelo governo brasileiro que trata nós pesquisadores como meros "estudantes". Isso eu fiz pra trazer tecnologia pro Brasil, não é favor nenhum que me fazem, pelo contrário.
E olhar como as coisas funcionam em países desenvolvidos é quase uma flechada no coração quando se lembra do Brasil. A educação e a infraestrutura (pra não dizer da violência) me fez me sentir como um animal nessa volta ao Brasil. Somos tratados como lixo ( e sim eu uso onibus todos os dias) em todas as esferas.
Se reconhecer que o Brasil não dá o mínimo de dignidade ao cidadão (não esquerdistas de apartamento do Leblon) e saber que lá fora eu serei reconhecida pelo meu trabalho de pesquisa veterinária que é para o bem de toda a população, ao invés de me fazerem acreditar que estou "estudando" e "pedindo esmola" aqui. Fico muito feliz de me tratarem de derrotista ou direitista. Apesar de me considerar justamente o oposto disso

Responder

Leonardo Melo em 03/10/2013 - 17h18 comentou:

Onde eu assino, senhorita Cynara? Você disse tudo e mais um pouco! Como que um bando de playboys podem falar sobre ditadura, se eles não vivenciaram os fatos que estavam ocorrendo nas ruas e nas sombrias bases do DOI-CODI? Falar (Lobão e Roger) é tão fácil, quando se nasce em berço de ouro e tem o papai e a mamãe para segurar a onda. Ao contrário, daqueles que sentem as recriminações dessa sociedade injusta e mesmo assim permanecem lutando.

Responder

Marilda Rocha em 05/10/2013 - 11h32 comentou:

Cynara, fiquei curiosa: quais as características de um esquerdista?

Responder

Jussa Ruiz em 05/10/2013 - 18h16 comentou:

coitados… não conhecem nada da vida.. esperem só quando comunismo chegar ao Brasil vão ver o que o capeta tem mostrar..

Responder

Antonia em 12/10/2013 - 14h08 comentou:

Você citou o trecho da música de Renato Russo, mas tem uma música mais antiga de Belchior, imortalizada por Elis Regina que diz: " … minha dor é perceber que apesar de tudo que fizemos ainda somos os mesmos e vivemos como nossos pais." Espere alguns anos e veremos todos os coxinhas protagonistas das manifestações fazendo as mesmas coisas, que através do vandalismo, condenam hoje.Quem viver verá!

Responder

gabriel em 12/10/2013 - 17h25 comentou:

Lobão você ouve claro, mas os camaradas RACIONAIS, EMICIDA você não ouve? Eles tem uma visão tão bonita a respeito das mulheres brancas, dos japoneses e australianos…ÓINNNNNNN!
POUPE-ME!!!

Responder

Naiara em 22/10/2013 - 21h29 comentou:

Este blog é um lixo. Esse Toledo mandou ver, sabe do que está falando. A direita está apenas expondo os fatos que nossa mídia esconde, por ser comandada peça esquerda comunista, que pelo povo não faz nada além de enganar!

Responder

Marcelo em 25/10/2013 - 18h32 comentou:

Adorei esse blog! Parabéns aos leitores tb pelo nível do debate,,,Quanto ao Lobão, eu sou da geração de 80 – A Geração Coca-Cola, vcs lembram? Uma geração gestada no ventre da ditadura. Meus conhecidos, alguns burgueses odiavam o Brasil…símbolo de atraso, pois não conseguíamos comprar guitarras e pedais aqui, pois o mercado era fechado: tudo caro. Então essa geração sempre odiou o Brasil…a geração seguinte, do Chico Science ainda teve coragem e inteligência, e agregaram elementos da cultura brasileira à suas músicas – o que na Geração Coca – Cola não poderia ocorrer, pois viviam de costas para o Brasil! Lobão andou lendo Nietzsche, e toda a sua crítica à cultura de vitimização. Lobão andou lendo Nietzsche e acreditou que entendeu e deu nisso…ele também está criando um personagem que está dando fôlego a ele, além de ter tentado se infiltrar no ministério da Cultura sem sucesso…por isso tanto rancor.

Responder

Cris Campos em 26/10/2013 - 11h46 comentou:

Concordo com vc, Cynara. Mas há excessões como Cazuza que apesar de ter sido filho do dono da Som livre e sócio dos Marinho, morreu cuspindo na cara da burguesia.

Responder

Sergio em 10/11/2013 - 22h44 comentou:

E precisa pegar ônibus para saber que é ruim. Precisa ir em hospital público para saber que o SUS é ruim ? Por favor.

Responder

Joffre em 11/11/2013 - 16h26 comentou:

Já que gosta de anagramas, lá vai um. Militante / Limitante

Responder

Adriano Souza em 11/11/2013 - 16h31 comentou:

A fama do Lobão é indevida. As únicas músicas dele que prestam são aquelas com letra do Bernardo Vilhena. E adivinha? Depois do fim da parceria, o Lobão nunca mais fez sucesso! http://ultimosegundo.ig.com.br/cultura/livros/201

Responder

Lázaro em 11/11/2013 - 16h41 comentou:

Tenho medo de pensar isso mas eu penso: talvez um dos problemas do socialismo no Brasil seja o fato de que nasceu como uma ideologia burguesa. Ora, o socialismo é a luta de classes, não é? Acho que só funcionaria se encontrássemos o proletariado lutando pelo ideal socialista e não filhinhos de papai achando que vão salvar o mundo. Mas também tem um cero pessimismo em relação a isso: a classe trabalhadora comprou o sonho da burguesia, ela deseja agora ascender socialmente, não quer ter o poder político, só quer poder comprar um carro melhor ou o primeiro carro, a classe trabalhadora já está incorporada ao sistema, sinceramente não sei o que dizer quando chamam um garoto socialista que mora na periferia de utópico, deve ser verdade, além do mais, para os burguesinhos, quando a brincadeira de ser rebelde acaba eles podem ser como seus pais, o mesmo não acontece com um filho de um pintor, de um pedreiro, não é brincadeira, é a vida dele, a realidade dele.

Responder

João Carlos Dorea em 11/11/2013 - 17h01 comentou:

Na mosca. Excelente descrição do atual estado mental, destes dois, que outrora tambem fui muito fã, se encontram, dois medíocres burgueses fracassados na arte de viver.

Responder

Derico em 11/11/2013 - 17h01 comentou:

Sério que isso aqui existe?

Responder

fabio roberto em 11/11/2013 - 17h05 comentou:

No Brasil a alienação começa pelos ouvidos. O galera que transformar o Brasil ouvindo Ramones, Metálica ou os plágios nacionais.
O samba, por si só, é revolucionário!!!Pois é cultura popular e surge na essência da alma do povo.
Salve Candeia, Chico Buarque, Martinho da Vila, Paulinho da Viola, Beth Carvalho, João Nogueira, Luis Carlos da Vila, Paulinho da Viola, Noca da Portela e Monarco.
Esses sempre tiveram lado, ou seja, o lado do povo !!!

Responder

Leveny em 11/11/2013 - 17h07 comentou:

Não gosto do Lobão……acho as músicas do Ultraje divertidas, tanto quanto o programa do Danilo.
Acho inútil uma discussão sobre direita ou esquerda partindo de pessoas que querem "ter algo a falar" sendo que já passaram e/ou ainda estão nos piores jornais e revistas do país.
Esquerda, direita, centro ou qualquer opinião politizada é COMPLETAMENTE INÚTIL se as pessoas que as emitem não saem da frente do computador (incluo colunistas e comentaristas) para fazer algo que realmente seja o espírito de "esquerda" ou "direita". Traduzindo: Calem a boca e vão trabalhar em prol das causas.
Gosto do blog, isto é apenas uma opinião. De teoria já basta o Brasil né?

Responder

Nani em 11/11/2013 - 17h07 comentou:

Matou a pau!

Responder

Carlos em 11/11/2013 - 17h14 comentou:

O lobão sempre jogou merda no ventilador para aparecer, isso é dele mesmo, no mais são criticas sem fundamento e acaba fazendo o mesmo que acabei de citar do lobão.

Responder

Mauricio em 11/11/2013 - 17h16 comentou:

São cantores da geração do país fracassado dos anos 80. Eles expressam essa época, não mudaram. O país avançou e eles ficaram lá atrás. Devem ter telefone de disco em casa e jogar Atari até hoje. Ou será Otario?

Responder

Mario Silveira em 11/11/2013 - 17h32 comentou:

Ótimo texto!!!

Responder

Fabio em 11/11/2013 - 17h32 comentou:

Se ter uma posição contrária (ou melhor se decepionar) a tudo no mundo for classificado por toda a turma de esquerda de "reaça" estamos perdidos.
Então todos que foram as ruas em Junho, que a principio começou com a tarifa de ônibus e ganhou uma proporção jamais atingida, que independente de partido foi uma demonstração de insatisfação geral sobre o país em diversos aspectos eram todos "reacionários"?!

Texto que só serve pra soltar rojão e agradar os militantes do partido dos trabalhadores!

Responder

    Fabio em 11/11/2013 - 18h31 comentou:

    decepcionar*

Marcelo em 11/11/2013 - 17h42 comentou:

O milho falando da pipoca….ridículo…falta do que falar.

Responder

lenir vicente em 11/11/2013 - 17h44 comentou:

Aquele "vexame" lá em Londres me levou às lágrimas d e emoção e de orgulho .Cultura e talentos verde-amarelo, sem cair no exotismo barato. Aquela filha do Ziraldo é um um poço de talento! Amo os traços do Niemeyer que o bestão do Lobão criticou em video. Disse que Brasília podia ter sido construída com tijolinhos vermelhos. rsrsrs Isso não chega a ser complexo de vira-lata .É aquela coisa do velho sentimento do colonizado, e oportunista .Caíram no ostracismo, Não produzem nada de novo e pra ficar em evidência entram no jogo da mídia amestrada. Mais calhordas, impossível Eu gostaria que o tempo voltasse e me colocasse de novo no meio da multidão nos anos 80 em BH onde fui ver o Lobão. Aquele Lobão morreu.

Responder

Andrei em 11/11/2013 - 18h51 comentou:

"Burgues" é uma palavra de uso exclusivo de pobres invejoso e retardados. Socialismo é a ideologia do maconheiro ignorante que não faz ideia do que é o mundo e de como funciona a sociedade é tão utópico e burro quanto sair por ai chamando os outros de "burgues". Cada um tem direito a sua opinião, o que te falta é a educação de respeita quem pensa diferente de você. O fato deles serem de famílias ricas só influencia a posição e a postura deles pra você, provavelmente por excesso de uso de maconha na sua adolescência e ai seu cérebro travo na fase rebelde-vou-mudar-o-mundo, malditos-capitalistas.

Em uma palavra…. zoada

Responder

Sanders em 11/11/2013 - 19h00 comentou:

Olá.Li, e reli. Acho que o seu texto que não informa nada. Apenas expõe a sua opinião sobre A ou B. O leitor que odeia Roger e Lobão vai apoiar. Quem discorda, vai xingar… Eu vou ficar sem entender o que você acha do Brasil. A não ser que eu leia todos os posts…Melhor não.

Ao contrário de você, penso que as músicas do Ultraje sempre foram muito ruins (sem falar da voz do Roger). Discordo sobre os últimos trabalhos do Lobão, que recentemente fez um disco acústico muito bom. Não é só porque você não conhece, ou porque não fez sucesso como em outras épocas que o trabalho não tem qualidade. Mas o que faz sucesso são as porcarias cheias de onomatopeias, que o povo ama.

O brasileiro merece o Brasil que tem. E discutir com radical é perda de tempo. Ao invés de as pessoas tentarem mudar elas mesmas, elas querem mudar os outros. E você parece mais preocupada com o que o Lobão pensa.

Talvez isso me faça dar mais de crédito ao que ele diz.

Responder

Fabio C Montibello em 11/11/2013 - 19h17 comentou:

Cynara, Você não acha que existe um grande equívoco na forma como se definem as posições políticas (simplificadas em esquerda e direita) no Brasil… Nunca vi Lobão, Roger, ou mesmo Cazuza e outras figuras emblemáticas do rock, do teatro, do cinema, como pessoas posicionadas à esquerda, mas simplesmente com comportamentos rebeldes, típicos dos jovens, inclusive os de direita… Vide aécio neves, que tem sua "rebeldia", no contraste da tradicional família mineira, confundida com posições mais ao centro… Vejo muito pouca esquerda no Brasil, na minha opinião o PT não é esquerda, o PSB não é esquerda, me lembro de esquerda apenas na formação do PDT de Brizola, que tinha um projeto de esquerda, de educação, saúde, habitação amplo e universal… Não me decepciono com Lobão e Roger, vi Cazuza, várias vezes dando "pit" de filhinho de papai em pleno Baixo Leblon, sempre vi o cinema e o teatro brasileiro, com raríssimas exceções, compromissados com a direita… Acho que o grande problema da esquerda do Brasil é justamente sua apropriação festiva por figurinhas de baixíssimo grau de politização…

Responder

Angelo em 11/11/2013 - 19h43 comentou:

belo texto..Parabéns !

Responder

Jorge Vercilo Mané em 11/11/2013 - 19h59 comentou:

Pode voltar a escrever textos assim quando abandonar seu MacBook Air, pois assim você está sendo extremamente hipócrita, criticando algo que é.

Responder

Mr. T em 11/11/2013 - 20h11 comentou:

Peraí, o blog tá hospedado na carta capital?
e quer falar de movimentos de periferia? é sério?

Responder

Marcos em 11/11/2013 - 20h28 comentou:

O texto até engana pelo português correto, mas no fundo você é igual ao Lobão, metendo o pau em tudo e sem acrescentar nada. Da esquerda pra direita só muda a cor, porque os dois só querem encher o próprio ego e o próprio bolso.
É como se olhar no espelho. Você aponta os defeitos da direita mas são os mesmo defeitos que a esquerda tem.
Pare de escrever porcaria ou então assuma logo seu gosto pelo rídiculo.

Responder

lucas fernando em 11/11/2013 - 20h30 comentou:

Isso é burrice, quem reclama da vida não ve que so se vive uma vez …

Responder

Marcos em 11/11/2013 - 21h02 comentou:

…"paralelando" Foucault, que escreveu "existe cadeia para que você se sinta fora dela", ainda bem que a direita existe pois, como poderíamos saber que nós ainda não viramos merda sem esta referência universal?

Responder

Orlando em 11/11/2013 - 21h21 comentou:

Linda morena… Linda e lindo texto!

Responder

Bruno em 11/11/2013 - 22h02 comentou:

Concordo com absolutamente tudo.
Texto claro e direto.
Parabéns!

Responder

Edemerson Aquino em 11/11/2013 - 22h16 comentou:

Não gostaram??? Então, que vão chorar no colinho da mamãe. " Meus dois pais me tratam muito bem…"

Responder

ALBERTO em 11/11/2013 - 22h34 comentou:

É a volta do FABEAPÁ…

Responder

Igor Comune em 11/11/2013 - 23h17 comentou:

Boa noite, como eu vi no canto do site "não alimente os trolls", irei fazer um comentário "de gente"

Eu não me encaixo muito bem na palavra "rockeiro" mas por estar no meio vou deixar minha opnião.
Já deixo claro que sou o que vocês chamam de reacionário.

Bom, somente vou comentar sobre os motivos do que leva tal tipo de pessoa a ser reacionário.
O quê eu, eu reaça, "rockeiro"/"headbanger" me fez ser reaça, eu ouso a discordar da sua opnião que seja da origem "burguesa" como você cita, mas sim O MEIO EM QUE SE VIVE.

Usarei minha própria vida como argumento; sou de uma família MUITO pobre e desde sempre fui pro "outro lado" (direita) pois minha vida nem sempre foi fácil… devido as altas taxas do governo impostas a nós, eu conservo o sonho de ser piloto, mas nesse pais com mais de 50% de taxa só no combustível temos cada hora de voo saindo por volta de R$ 300,00. E isso não é culpa do empreendedor e sim do governo devido aos impostos e burocracia, e como vemos, nosso governo é socialista, acho que neste ponto concordamos, ao "vislumbrar" outros países vemos a diferença, incluo neste argumento Nova Zelândia e Austrália, exemplos de livre mercado, onde se formar piloto é muito mais simples.

Ou seja, sua ideologia política vem das dificuldades que você tem na vida e as causas dela.

Espero sinceramente que esse comentário seja aceito e possamos discutir como pessoas sobre este fato, não me escondo e usei meu nome e e-mail real aqui.

Att,
Igor Comune

Responder

olavo em 11/11/2013 - 23h23 comentou:

Voce escreve muito bem, concordo absolutamente , gostei.

Responder

Pagú em 11/11/2013 - 23h58 comentou:

Excelente!! E eu na minha adolescência era fanática pelo Roger…mal sabia que no futuro ele se tornaria contrário de tudo o que externava em suas canções. lamentável Roger atacar o governo que tanto lutou pelo fim da ditadura militar. Obviamente, 'mauricinho' paga pau para a direita reacionária, conservadora e mais corrupta que todos nestes 513 anos de História. Ao lado do idiota do Danilo Gentilli então, coitado se expôe ao ridículo sempre com o mesmo discurso, sem fundamentos e vazios. Juntamente com as 'meninas' do Jô, Sadenberg, Arnaldo Jabor…asco e outros preconceituosos e racistas da 'elite brasileira', eles vão mostrando suas verdadeiras caras de fascistas.

Responder

Rogelho em 12/11/2013 - 01h09 comentou:

A única esquerda que vejo hj no país é a do Conlutas e do PSTU. O resto que já de foi esquerda hj se rende ao capitalismo da pior forma possível através dos mensalões e outros casos de corrupção. No caso do PT é ainda pior com Collor, Sarney entre outros pelegos brasileiros na base aliada, tudo para ter apoio para continuar no poder.

Responder

Lucas em 12/11/2013 - 01h35 comentou:

Ele ficou 3 meses preso por "porte de drogas" e não um ano. Filhotinha, arrume isso por favor.

Responder

Chico Lobo em 12/11/2013 - 07h50 comentou:

Cynara falou e disse tudo… trabalhei com esse coió do Lobão no ano 2000 como técnico de som daquela anta metido a rockeiro oportunista. Um cara escroto até as unhas, narcisista, otário por natureza, desrespeitador do semelhante… desde aquela época (quando ele ainda metia o pau nas gravadoras) e agora vira casaca pra lamber o rabo da industria fonográfica… Oras, seu "Lambão" poupe-nos de suas esquisofrenices patológicas… reconheça que vc só tem liberdade de vomitar merdas na midia por conta daqueles que foram mortos e torturados na ditadura e que o senhor satirizou desumanamente e imbecilmente.

Responder

ERIK em 12/11/2013 - 09h00 comentou:

Lixo!!!

Responder

Rinaldo Costa em 12/11/2013 - 11h04 comentou:

Quer dizer que uma pessoa não pode falar mal do Brasil, criticar, apontar defeitos, enxergar o contraditório, o podre, a pobreza do país… que já é direitista? Que argumento, hein…

Responder

Fábio Arantes em 12/11/2013 - 11h04 comentou:

nessas horas Esquerda sempre esquece do companheiro Lula… ninguém comentou que o maior bandido do Brasil é colunista da NY Times… vc lembrou Cynara???

Responder

Bruno Santos em 12/11/2013 - 11h30 comentou:

Eles apenas não pararam no tempo, não se perpetuaram conjecturando em suas próprias fantasias. Basta entender o que é "liberdade econômica" para abandonar qualquer convicção esquerdista que já se teve algum dia. Não é por acaso que que socialistas, ou social-democratas, ou qualquer outra posição de esquerda, só apelam à emoção, nunca à razão, nunca aos fatos, ao empirismo pelo mundo. Negam a história, creem cegamente que são capazes de revolucionar, à força, o mundo. Os melhores países para se viver são os que possuem maior liberdade econômica, e certamente não foi algo coercivo. Os piores países para se viver são os que mais se aproximam do socialismo, com governo regulando a economia, a alocação de bens e serviços, centralizando. Certamente defensores da esquerda não são economistas, não são engenheiros, não conhecem a matemática.

Responder

leticia em 12/11/2013 - 12h50 comentou:

“Você culpa seus pais por tudo, isso é um absurdo. São crianças como você, é o que você vai ser quando você crescer”. Não existe o "é" nesse verso da música Pais & Filhos. O correto é: você culpa seus pais por tudo. isso é um absurdo. são crianças como você. o que você vai ser quando você crescer?

Responder

Marcello em 12/11/2013 - 13h56 comentou:

Cynara,
Lendo seu o texto me convenço cada vez mais de que não existe nada mais à direita que a esquerda latino-americana. Que triste!

Responder

Ruben em 12/11/2013 - 14h14 comentou:

Lendo o "distinto" texto penso; Então seria o mais natural Marx se tornar um reaça louco pois não veio da periferia, muito pelo contrário, nunca trabalhou e nos tempos de hoje seria um "playba".
Pq será que toda esquerda não dialoga em argumentos plausíveis invés de agressões a pessoa?
Defendem os "oprimidos" pela garganta, de costas para o problema e vivem uma vida que é contrário ao que defendem.
See ya!

Responder

Lindi em 12/11/2013 - 14h15 comentou:

Cynara, depois que Chico , Caetano, Gil e cia passaram a apoiar a censura em bibliografias, eu não duvido mais nada…. "Quem te viu… quem te vê… " diz a música do Chico…

Responder

Lídia Maria em 12/11/2013 - 14h34 comentou:

O Roger também???? O Lobão, por mais que adorasse as suas músicas, nunca me enganou, mas o Roger???? Que decepção…

Responder

Luciana em 12/11/2013 - 14h39 comentou:

o que faz um roqueiro virar reaça… gente como você e essa turma que se apoderou do Estado brasileiro para seu bel prazer….

Responder

Claudio em 12/11/2013 - 14h49 comentou:

O Mano Brow nem precisará chegar aos 50, já faz tempo que também não produz nada de bom e já vive do passado como a trinca aí em cima. Aliás, a música brasileira merece um capítulo a parte. Agora, aproveitando a deixa pra por mais lenha na fogueira, algum leitor aqui com menos de 40 anos estudou em escola pública? O fato é que, tanto na direita como na esquerda, quem discute política em geral é a classe média. Os pobres tem coisa mais importante para cuidar e os ricos estão c…e andando, pois no fim, independente de governo, nada muda pra eles. Abs.

Responder

Moisés de Brito em 12/11/2013 - 15h55 comentou:

Essa sociedade de esquerda da sua mente tem mesmo muito que se capitalizar e liberar. A liberdade é tão interessante que podemos ter, hoje, depois da privatização das teles, blogs e mais blogs dizendo como essas privatizações foram ruins para o país. E a privatização do roqueiro? Estes tais da reportagem tiveram seu tempo na mídia e aproveitaram do jeito que eles acharam melhor. O que fazer então quando o ódio deles é contra os seus morenos socialistas? Simples: dizemos que estão perdidos e não sabem o que falam. Podemos ler o mesmo em blogs de direita vermelha. Dentro em breve algum post surgirá para dizer que Cuba e Venezuela são exemplos a serem seguidos…e seu blog sairá do ar, nesta época. Parabéns pelo texto. Só falta observar a realidade com olhos menos tendenciosos
.

Responder

Neto em 12/11/2013 - 18h57 comentou:

Certo, me faltaram só argumentos, só apresentou falácias, fez teorias e nada de alguma prova… mas enfim.

Responder

victor em 12/11/2013 - 18h58 comentou:

A única coisa que me incomodou no texto foi não estar justificado.
No mais, não há nada de injustificado: falou verdades. Ardidas, mas verdades.

Responder

joão das abóbotas em 12/11/2013 - 18h59 comentou:

HUEUHAEHHUEAUHEAUHEAUHEHUUHEUHE que texto absurdo! Uma das principais características do rock é a contestação, não importa a situação. Só porque ela é de esquerda não se pode contestar? Ah vá pro inferno!

Responder

Lourenço Faria em 12/11/2013 - 19h04 comentou:

Poxa Cynara, não perde seu tempo com isso. Parece que os colunistas e blogueiros do país agora decidiram ignorar todos os problemas do país e ficar achando defeitos uns nos outros.
Bola pra frente e vamos discutir coisas que valem a pena.

Responder

Mari em 12/11/2013 - 19h04 comentou:

Lobão e Roger ganharam maturidade com a idade. É natural e esperado. Assim como é natural uma jovem mulata ser de esquerda. Um dia isso passa.

Responder

    morenasol em 12/11/2013 - 19h27 comentou:

    não sou mulata e nem tão jovem. agora explica por que é natural "uma jovem mulata ser de esquerda"?

Metal em 12/11/2013 - 19h09 comentou:

quem tem teto de vidro não joga pedra no telhado dos outros

Responder

Alexandre em 12/11/2013 - 19h12 comentou:

Uma análise extremamente simplista e repleta de falácias (especialmente ad hominem ).

Responder

Mas em 12/11/2013 - 19h17 comentou:

Cynara sua linda até gostei do comentário e, misturando com os comentários de Toledo parrudo, fica até uma delícia refrescante para esse calor. Não preciso queimar meus neurônios Capitais e nem agregar nada para que inglês Veja! kkkk conhece aquele negócio de yin yang? sim, o equilíbrio da sabedoria milenar chinesa..aaaa como eles são demais, não à toa já são a maior potência do mundo né(adeeeus tio sam), com tamanha sabedoria, podemos talvez absorver um pouco tb, visto que aqui no BraZil também tem asiáticos :D, e esclarecer, o equilíbrio entre ambos os pontos de vista pode ser a chave para o nosso problema. E quem quiser agregar que agregue e quem quiser dividir que divida!

Responder

Gabriel em 12/11/2013 - 19h19 comentou:

Me arrependi de ter lido essa porcaria, texto pobre,monótono,chato e que não acrescenta nada.

Responder

marcus vinicius em 12/11/2013 - 19h24 comentou:

acho que nessas guerrinhas de internet todo mundo é um pouco reacionario tambem…

Responder

Rodrigo em 12/11/2013 - 19h29 comentou:

que materiazinha mais infantil…. baseada meramente em preconceitos e valores duvidosos… que pena ver o que a esquerda virou… triste…

Responder

Alcir Souza em 12/11/2013 - 19h42 comentou:

Olha..eu tambem sou cinquentão (55)sempre fui comunista,vivo em pais socialista na Europa,sai do bordel aos 19 e voltei algumas poucas vezes..porem leio sobre e mantenho ainda contatos por ai..a internet ajuda então…a resposta é simples..que vão fazer merd@ quanto a isto nem tenham duvidas..aliás ja estão: passagens aeraeas para as cidaedes da copa ja subiram assustadoramente,hoteis e tais idem…imaginem os taxistas e restauranturs e butequineurs todos querendo faturar descarada e abusivamente(ate dos locais)…a micagem de coreografioas inerentes ao samba do crioulo doido,rabos e genitalias desnudas..não tem nada que ver com ideologias..a merda é o (dito)ser humano..ai reside o "pobrema~ !

Responder

Eduardo Costa em 12/11/2013 - 19h43 comentou:

Lobão já falou muita coisa boa e muita bobagem, assim como outros personagens culturais de diferentes origens e posturas politicas. Alguns revolucionários dos anos 60/70/80 hoje até querem censurar biografias e escrevem para O GLOBO, quem diria. Cynara, estou abismado como você (e muitos que se auto-rotulam da "esquerda" ou de "direita") tem a necessidade de rotular tudo e todos. Esse maniqueísmo é necessário para quem não consegue abstrair além de dois opostos, do claro/escuro, bem/mal, direita/esquerda. Reagem como animais de laboratório, condicionados a rebater de forma diametralmente oposta tudo o que não lhes agrada. Acho que as pessoas são muito mais que rótulos e tem potencial além de cobaias de laboratório. Seu texto está enclausurado pela rotulagem primária, limitadora, castradora da visão maior de um ser humano. Rótulos cabem bem nas coisas, não nas pessoas. O debate da vida, mesmo da parte dela que é a politica, sempre será limitado, enfadonho, enquanto viver enclausurado nisso.

Responder

Aline em 12/11/2013 - 19h43 comentou:

Achei o texto bastante tendencioso e é nítido que no Brasil não existe mais esse negócio de esquerda e direita!!! Concordo que o Brasil é rico e medíocre e que o povo é bunda mole!!!!

Responder

andreramos em 12/11/2013 - 19h49 comentou:

Esste texto aí é tudo burrice!!

Responder

renato em 12/11/2013 - 19h49 comentou:

Texto horrível, nem precisa explicar o porque

Responder

Ronald Carneiro Jr em 12/11/2013 - 19h50 comentou:

Direita e esquerda são pensamentos velhos, lotados de parasitas dos dois lados.Meus pêsames se vc não conheçe a discografia do Lobão após ele ter sido banido da mídia, é da melhor qualidade; Quanto ao Roger poderia ter sido menos baixa ao associar sua perda de criatividade ao avanço da idade .Cynara e Cinismo estão ali tb não acha? É claro no seu texto que vc é uma hyper esquerdista, uma pena pois está tapando o sol com uma peneira ao fechar os olhos aos defeitos da esquerda, esse é o mal dos posicionados nos extremos. Desculpe mas não consegui ler teu texto e ficar calado ,bjs.Eu sou petista, mas não uso cabresto.

Responder

Camila Rosa em 12/11/2013 - 19h51 comentou:

SENSACIONAL!

Responder

miranda em 12/11/2013 - 19h52 comentou:

Eu não preciso andar de transporte coletivo para saber que ele é uma bosta…

Responder

renata santos em 12/11/2013 - 20h00 comentou:

Está tudo confuso direita e esquerda, talvez a maior confusão é achar quem é contra esquerda, direita. Eu entendo o sentimento do Lobão e de Roger, embora não compactuo com eles (porque embora tenho pensamentos de esquerda, não suporto a esquerda, tanto quanto a direita, ambos mostram garras e dentes detestáveis, e então, sou o que???? ) porque os acho burgueses e bemmm satisfeitos com a grana que ganham e ganharam e que se dane o país que vivem. É uma pena pessoas ligadas com a cultura e com a formação de opinião somente sentem a bunda na frente de um papel e critiquem…. é pouco, o país precisa de mais…….

Responder

Mauricio Cordeiro em 12/11/2013 - 20h02 comentou:

Realmente lindo ver o @roxmo e seu QI de 173 chamar gratuitamente mulheres de VACA todo dia no twitter.

Responder

Profº Ricardo P. em 12/11/2013 - 20h04 comentou:

Excelente Artigo !!! claro, coeso, Lobão principalmente recebe o desprezo artístico a muitos e muitos anos, se tornou um Rebelde sem causa, uma pessoa que faz crítica pela crítica e que como sabemos só isso por isso não é isso ( não se explica) kkkkkkkkkkkkkkk

Responder

Renato em 12/11/2013 - 20h05 comentou:

Tem derrotismo pior do que ficar defendendo o esquerdismo nesses blogs vagabundos? Tem derrotismo pior do que ficar desqualificando os outros pela maneira de pensar? Quanta merda junta.

Responder

Diogo em 12/11/2013 - 20h06 comentou:

Quanta tosqueira, Cynara, você realmente é um zero a esquerda.

Responder

adil em 12/11/2013 - 20h07 comentou:

engana-se quem pensa que o fato do cara ser roqueiro e ter músicas com conteúdo de apologia a rebeldia, ter um pensamento revolucionário. justamente o contrário, para mim, eles sempre defenderam a direita, ou seja, estiveram do lado dos americanos aculturando os imbecis brasileiros que negam a cultura nacional. "inútil" para Roger sempre foi o brasileiro. Lobão o liberal que nega o estado e defende um ideal de liberdade no estado mínimo não é diferente, e Leo Jaime, sem comentários, um comediante da TV burguesa. em suma, um monte de alienados pelos ritmo fabril capitalista alienando a juventude drogada e desculturada brasileira, que sonhava em ser americano, "arrotando coca cola", entre outras drogas. mas só nos damos conta da merda quando estamos fora dela, ou saindo em direção a uma merda maior. Há culto muito o falso acústico de lobão e o chamado acústico de ultrage, certamente porque mudaram o ritmo, para algo mais consciente e menos drogado. Eles melhoraram muito depois de velhos, não são mais alienados, agora são aliados da sua classe, recomendo que façam o mesmo.

Responder

dom guedes em 12/11/2013 - 20h15 comentou:

Lobão apenas goza de sua liberdade de expressão. Ninguém é obrigado a concordá-lo ou discordá-lo. Mas, para aqueles indignados com postura atual de Lobão, em vez de criticar o histórico de vida pessoal do figura, seria muito mais afeito à inteligência se criticassem o conteúdo dos argumentos por ele expostos. A pluralidade de pensamento fomenta o exercício da trialética. Travar discussão com base em vilipêndios, chamando um de "burguesinho-filho-de-papai" e outro de "favelado-perrapado", em nada progride. Abs.

Responder

alexmabreu em 12/11/2013 - 20h18 comentou:

PARABÉNS, Cynara, nossa querida SOCIALISTA MORENA!

Responder

Rodrigo Saraiva em 12/11/2013 - 20h35 comentou:

''“Há um excesso de vitimização na cultura brasileira. Essa tendência esquerdista vem da época da ditadura. Hoje, dão indenização a quem seqüestrou embaixadores e crucificam os torturadores, que arrancaram umas unhazinhas”

Parabéns pelo texto.
E sobre o Lobão, você expressou tudo que penso dele, o cara não passa de um playboy mimado que precisa aparecer. O que ele disse sobre a ditadura,mostra o babaca que ele é.

Responder

Vinícius em 12/11/2013 - 20h46 comentou:

Bom, me parece que seu radicalismo é tão incoerente e prejudicial quanto os dos citados no texto. Você não apresenta nenhum bom contra-argumento, apenas cospe palavras desordenadamente. Eu não concordo com algumas opiniões do Roger e do Lobão, mas muitas fazem sentido.

Responder

Priscila em 12/11/2013 - 20h46 comentou:

Excelente!!

Responder

Beto em 12/11/2013 - 20h50 comentou:

Concordo.Mas não são só eles.E não é só sobre política.Artista quando não tem talento nato,sofre.Precisa fazer alguma coisa para chamar atenção: Casa 500 vezes,briga com familiares,se declara homossexual ou heterossexual(o que for mais conveniente na ocasião),regrava as mesmas músicas de sempre,etc…Tudo o que a mídia gosta de fazer.

Responder

Rodolfo Athayde em 12/11/2013 - 20h56 comentou:

Perfeito!

Responder

ederdom em 12/11/2013 - 21h03 comentou:

texto lixo !!!

Responder

Vagner Rossi em 12/11/2013 - 21h07 comentou:

Texto medíocre, cheio de inferências distorcidas e visões generalizadas. Jornalistas também são filhinhos de papai, estudam na USP, andam de carro próprio. Se Lobão ou Roger hoje alimentam outra visão de mundo é porque não são blocos monolíticos, revisaram suas ideologias e descobriram que estavam errados, coisa que muito esquerdnha por aí não faz, primeiro porque não têm cérebro, segundo porque acreditam demais em tudo o que pregam. Esquerdistas são retrógrados, hipócritas, maniqueístas. Pra eles, não ser de esquerda significa ser de direita, de tão reducionistas que são. Esquerdistas são ressentidos, adoram culpar os fatos sociais pela sua incompetência pessoal, vivem cheios de uma vaidade moral e de um sentimento messiânico de que vão salvar o mundo, são os inquisidores ideológicos em seu paredão contra a divergência. Basta pensar de forma diferente pra que a polícia de esquerda te cale e te persiga com epítetos de reacionário, fascista e outras bobagens mais. São monológicos porque são fechados, odeiam o diálogo porque não suportam ver suas idéias contestadas à luz de uma abertura dialética fundamental a qualquer processo político e entendimento, sobretudo se pensarmos no contexto da tolerância, tão em voga hoje em dia.

Responder

Kaká em 12/11/2013 - 21h10 comentou:

Ai, acho uma bobagem essa história agora de chamar todo mundo de "reaça". Esse termo apareceu com força durante as manifestações de junho e muita gente incorporou essa palavra ao seu vocabulário com um orgulho que não entendo. "Direitistas e esquerdistas". Que ilusão de quem acha que a política se resume a isso. Ainda mais a política brasileira. Como se não houvesse políticos burgueses, ou com atitudes burguesas, dentro da esquerda. Falo inclusive de políticos do alto escalão do governo. O filho do ex-presidente Lula, por exemplo, acaba de perder o direito (ainda bem!) ao passaporte diplomático que seu pai havia concedido a ele 3 dias antes de terminar seu mandato. Não vi até agora ninguém da esquerda criticar isso. Por que será? Porque é o Lula, claro. Se fosse o Aécio seriam outros 500. E se tivesse sido com o Aécio, ninguém da direita teria criticado também, claro. A não ser que tivesse sido com alguém da esquerda. Esse apego à "direita e esquerda" é uma das piores coisas que já vi. Quanto aos cantores citados, pouco sei sobre eles, não posso falar muito. Mas esse papinho de "direitista", "esquerdista" e "reaça", já encheu o saco faz tempo.

Responder

Bruno em 12/11/2013 - 21h11 comentou:

Citar Emicida e Mano Brown? Um já apareceu na mídia sendo um oportunista, fazendo " rap" pra malhação. O outro está no mesmo caminho, aparecendo no caldeirão do Hulk.
Se ser reaça, direitista, ou derrotista como a sra. citou é ter a consciência de que nosso país é uma bosta, cheio de incoerencias e desigualdades absurdas, desproporcionais e até mesmo desnecessárias. E saber que com o povinho mequetrefe que aqui habita, que foi "domado" pra ser do jeito que é, as coisas não vão mudar tão cedo ( e é se é que vão mudar). Prazer, sou mais um

Responder

Daniely em 12/11/2013 - 21h49 comentou:

É incrível como a discussão permanece no nível do senso comum… Muito triste…

Responder

Honorio em 12/11/2013 - 22h12 comentou:

kkkkk…
Agora quem é contra esse governo corrupto e fala a verdade é direitista derrotista???
Que blog medíocre!
Perdi 10minutos do meu tempo lendo isso…
FUI

Responder

Max do Carmo em 12/11/2013 - 22h18 comentou:

Também gosto do Lobão e cheguei até a participar do show do "Ultraje a Rigor" onde foi gravado ao vivo e DETESTEI a forma pejorativa e sexista de uma música que trata as mulheres de forma aviltante a música é: Marylou… credo! Quase sair do show com a sensação que vinha da inquisição às bruxas. Sempre achei Roger Moreira reaça… O Lobão um vacilão arrogante! mas gosto de algumas músicas deles. Pelo menos marcou minha geração anos 80 quando fui morar em Sampa.

Responder

Roberto em 12/11/2013 - 22h20 comentou:

São os famosos quem?

Responder

Ronaldo em 12/11/2013 - 22h48 comentou:

O Brasil está muito ruim, mas se alguém ousa criticar a impunidade, o PT, a corrupção, etc é considerado reaça.

Responder

Bob 'mecânico' em 12/11/2013 - 23h11 comentou:

Opinião cada um tem a sua e dai o meu respeito pela opinião da Cynara Menezes, pois da mesma forma eu também tem a minha opinião em relação a esses assuntos, sempre procuro ser eu mesmo sem se conformar com o molde recipiente da crença dominante do meio.

Penso que independente de raça, credo religioso, ideologia politica, ou qualquer tipo de crença ou de cultura, uma pessoa ou individuo tem todo o direito de mudar de opinião, essa é uma condição, ou pelo menos deveria ser assim, algo racional tal liberdade de postura e mudança. Sem essa de volta as origens, isso é balela diante da riqueza de experiencias da vida em sociedade.

Portanto tenho a opinião de que uma personagem artística como são as pessoas citadas ai no artigo, eles não só tem o direito de mudar de opinião, como isso é um tipo de coisa muito natural na vida das pessoas.
Não tem muita gente que é rica, que pode ser considerada burguesa, e no entanto não é esquerda? Defende todos os princípios do socialismo? É estranho observar pessoas que defende o socialismo, mas tem uma vida de burguês. Neste ponto eu sou contra uma pessoa que prega justiça social para o povão pobre, que rala no dia a dia que vive dependendo do governo, e ter que aturar doutrinação socialista de gente que vive uma vida de rei debaixo das asas do governo.

Responder

Gustavo em 12/11/2013 - 23h17 comentou:

Bem escrito seu texto. Articulado. Mas sem querer parecer tendencioso para corrente política A ou B, posso dizer que muitos dos seus argumentos são bem imaturos.

Responder

anderson em 12/11/2013 - 23h31 comentou:

aiai…porque grande parte dos comunistas "descomunizão" com o tempo?esses moços pobres moços…"envelheçam"…já dizia nelson rodrigues

Responder

William em 12/11/2013 - 23h52 comentou:

E não são só eles (Lobão- que inclusive visitou um acampamento do MST nos anos 2000 e deu entrevista para a Caros Amigos- e Roger). O Paulo Ricardo já foi candidato a não sei o que pelo PFL,o Samuel Rosa apoiou o Alckmin em 2006 e a Soninha é assessora do Serra ou seja, esse povo me enganou direitinho, posando de rebeldes mas, como diz o ditado, as pessoas não mudam, elas mostram o que elas são (ou o que sempre foram). E aliás, aquele programinha imbecil do qual o Ultraje participa, é lamentável.

Responder

André em 12/11/2013 - 23h53 comentou:

Roger já cantava nos anos 80: "Morar nesse país é como ter a mãe na zona". Filhinho de papai ou não, reacionário ou não, revoltado ou não, o que me surpreende é que caras como Lobão e Roger ainda se prestem a morar no Brasil. Devem ter um bom motivo. Não fosse a minha família eu já estaria bem longe.

Responder

Protôgolha em 12/11/2013 - 23h54 comentou:

Foi a maior merda que li nos últimos tempos!
Acorda enquanto é tempo, filha!

Responder

anderson em 13/11/2013 - 00h01 comentou:

po…mas ela tambem mudou de opinião…ela não escrevia isso quando trabalhava na veja….porque ela recrimina quem muda de opinião?assim não pode…assim não dá rsrs

Responder

Mauricio Pupo em 13/11/2013 - 00h04 comentou:

Prezado Toledo,

Sou jornalista e achei até legal o seu texto, um espelho do texto original mas com viés chamado "direitista", assim digamos. Foi muito comentado e curtido, e eu sei porquê.

O seu texto é bom UNICAMENTE porque prova o seguinte teorema sobre o debate político (de minha autoria):
Todo argumento fraco ou sem base pode ser usado contra você.

A Cynara, ao usar preconceitos e chavões ultrapassados para desqualificar pessoas que pensam diferente,
alimentou seu oposto: um outro texto, seu, cheio de chavões, preconceitos e idéias ultrapassadas.
É apenas o eco do texto vazio dela.

Você e a Cynara são excelente exemplo do debate político estéril e da noção fracassada de "direita" e "esquerda", que em cada lugar do mundo tem um sentido diferente. Qual é a verdade então? Vamos lá.

SOBRE A "DIREITA":
O Lobão e o Roger não são reacionários. Eles apenas envelheceram e, em suas declarações e livros (Lobão)
expressam a época da qual eles são: anos 80. Nesta época o Brasil era um país fracassado, as pessoas eram
alienadas e recém-saídas de uma horrível ditadura. Lembre-se da música "A gente somos inútil", um clássico
da auto-depreciação nacional.
Só que a Cynara ganha um ponto e acerta quando liga
as atitudes dos artistas ao seu passado: pessoas bem nascidas que estudaram em colégios de elite. Oras, a FORMAÇÃO
de uma pessoa tem TUDO a ver com a visão de mundo que ela pode ter. Veja isso em você, assim como vejo
em mim: sou filho de uma assistente social e um professor, e apóio tudo quanto é causa social.

Lobão e Roger apenas expressam a visão do Brasil que tínhamos nos anos 80. São fatos de memória coletiva,
indiscutíveis. Os dois são, de fato, artistas que já saíram de moda e de época.
Lobão, porém, ao defender a ditadura em seu livro, demonstra grotesco alienamento cultural e histórico,
fruto muito provável de:
1. formação familiar de elite,
2. negligência do sistema ecucacional, onde ditadura era assunto tabu nos anos 80 e não era ensinado,
ainda mais nos anos 70.

Lobão é ignorante, sabe uma versão só da história, mas um excelente artista. Ele não é um político, mas um artista. Todos nós temos um defeito.
E o seu Toledo é comprar denúncias da imprensa marrom cuja prova vc nunca viu. Atenção: não chamei eles
de "PIG", adjetivo igualmente babaca e vazio, mas de sensacionalistas. Estou sendo profissional.

SOBRE A "ESQUERDA"
A "mansão" do Lulinha não existe, e o próprio Financial Times
revelou o que o "hacker" descobriu sobre as propriedades de Lula e família:
– um casebre ao lado de um matagal
– um apartamento num prédio de classe C
– porque Lula é admirado: retirou 40 milhões de pessoas da pobreza, fez país crescer 6-7% ao ano,
zerou desemprego. 80% de aprovação popular. Tudo provado com milhões de documentos, PNAD, IBGE, etc, e reconhecimento internacional.

Zé Dirceu, Genoino, foram linchados pela mídia durante 7 anos. Eu não estou defendendo corruptos de qualquer
espécie, mas apenas quero os MEUS DIREITOS RESPEITADOS, quando EU for acusado sem provas e tiver
direito de me defender. EU não quero ser condenado sem provas, por isso NÃO QUERO precedentes
com outras pessoas para serem usados contra mim. Dá pra entender isso, ou será que vou ser chamado de petista? Afinal o neurônio
da galera aqui é binário né? rsrs

Mas a esquerda é santa então? NÃO! Se vocês querem argumentos de verdade contra a esquerda, ao invés
de apaludir textos vazios, leiam aqui (olha a canja hein):

OS REAIS PROBLEMAS DA ESQUERDA
Aqui vão os problemas REAIS da esquerda:
– estão presos no passado, maniqueístas que pensam que comunismo existe ou é viável- não reconhecem o fracasso do sistema cubano e sua brutal ditadura;
– são radicais, alguns que ficaram fora do governo;
– são excessivamente utópicos, sem coragem para bom planejamento econômico. Exceção: Lula, que levou
o país a ser a 6a. economia do mundo, com desemprego quase zerado; Veja a esquerda no resto do mundo
para entender esta parte.
– não peitam os planos de saúde e os bancos;
– não concedem aumento de aposentadoria viável, sem vincular aposentadoria ao salário mínimo
– não estão investindo em saúde e educação o que deveriam.

Enfim. O oposto da burrice é o conhecimento… não é a burrice preta ou a burrice branca. Entendeu?

Responder

    Bob 'mecânico' em 13/11/2013 - 13h43 comentou:

    Não peitam os bancos porque o estado brasileiro está dentro de um sistema financeiro mundial baseado numa rede de poder onde o banco central é o centro e cérebro e os bancos operadores do cérebro. O governo tem o monopólio da criação do dinheiro, e os bancos privados e oficiais são co participes sob a coordenação do BC, é assim em todo o mundo, até na China. Então tem logica o próprio governo peitar o governo que é ele mesmo com a sua maior ferramenta de dominação que é o monopólio dos meios de pagamento?!

    Não peita os planos de saúde porque é um dos pilares de sustentação do sistema que ajuda a tapar a ineficiência do sistema universal de acesso a saúde chamado SUS. Muito simples de entender, se o governo subfinancia o SUS que dá acesso universal ao serviço de saúde no país, o que aconteceria se ele peitasse os planos de saúde e o restante da infraestrutura privada hospitalar e laboratoriais e toda a industria de saúde? Simplesmente o caos, pois como o governo iria cobrir o vácuo deixado pela iniciativa privada?

    O governo não quer e sabe se fizer isso ele esta no mato sem cachorro.

André Fontes em 13/11/2013 - 00h27 comentou:

Nao existe nada mais derrotista que ser socialista. Aliás, vc deve ser daquelas que dizem que é um absurdo a desigualdade social, mas nao deve ter nenhum pudor de gastar 150,00 num jantar ou uma fortuna pra viajar pra Europa ou Cuba enquanto tanta gente passa fome. Uma esquerdista hipócrita que não pratica as merdas que prega. Aliás, escrever pra Carta Capital já é um sinal de derrota na vida de qualquer jornalista.

Responder

Malheiros em 13/11/2013 - 00h41 comentou:

Já começou mal. Odeio a situacão em que o Brasil se encontra, falo mal da cultura de valorização à imbecilidade mesmo, e não sou direitista. Até eu que não sou jornalista conheço essa regra de se escrever: nunca generalize. Um texto que tinha tudo pra ser interessante, me decepcionou logo no primeiro parágrafo.

Responder

carlos em 13/11/2013 - 00h45 comentou:

ta bom

Responder

ALACI AIRES em 13/11/2013 - 00h54 comentou:

lamentavel.

Responder

Altamira M. em 13/11/2013 - 01h23 comentou:

Excelente texto ! Como estes derrotistas reacionários ousam criticar o Brasil? Principalmente quando falam mal do nosso transporte público e de corrupção, realmente só o complexo de vira-lata explica !
Culpa da família burguesa e dos colégios particulares que frequentaram, com certeza. Tivessem estudado em escola pública e fossem de família operária da perifa, não teriam tempo para esse mimimi idiota.
Derrotistas burgueses ! Deviam deixar este discurso de lado, aproveitar nosso transporte público de qualidade e parar com esse absurdo de criticar nosso país, exemplo de qualidade em tudo !

Responder

Francisco Duarte em 13/11/2013 - 02h14 comentou:

Pô faltou um, só que esse já foi mas pelo tempo da declaração, se vivo hoje, seria o porco capitalista roqueiro chefe. Pelo visto é melhor curtir o Chico "Cubano" Buarque e o Caetano Black Bloc Velos ohttp://www.youtube.com/watch?v=EwCo8bc-A20

Responder

UrrCésar em 13/11/2013 - 03h12 comentou:

Socialismo ultrapassado !
Lixo !
Chega de esquerda/direita !
Já tem coisa melhor ! O amor !
O que pode haver de melhor, senão a riqueza das diferenças !
Isso é que une e faz o amor !
Os iguais acabam por dormir!

Responder

Joao Paulo em 13/11/2013 - 03h56 comentou:

Texto estúpido e típico de quem não tem argumento. Só existe crítica à pessoa em si e nada baseado em idéias para serem discutidas. Tática predominante de esquerdistas retardados que usam de subterfúgios para enaltecer um sistema social ultrapassado que remonta o inicio do século passado. Senhora Socialista Morena, a pergunta que te faço é: se o propósito comunista/socialista se tornar predominante no país, como você irá viver? A sua liberdade de expressão ainda é "livre" porque ainda não concluíram a obra toda. No fechar do livro, você deixa de ser a blogueira e passa a compor a massa de manobra descartada. Leia A Revolução dos Bichos, senta e espera.

Responder

THIAGO LEM em 13/11/2013 - 04h49 comentou:

Começou a falar mal do Brasil e dos brasileiros, a demonstrar desprezo por tudo daqui, a comparar de forma depreciativa com outros países, é batata. Derrotista/direitista detectado
DISCURSO DE PSEUDO SOCIALISTA QUE USA NIKE NOS PÉS E N SAI DA FRENTE DO PC E NÃO DIVIDE O SEU COM NINGUÉM, ACHA QUE ESSA PODRE CORRUPÇÃO E ROUBALHEIRA DO PT É NORMAL SIMPLESMENTE POR QUE ANTES TBM ROUBAVAM TBM QUE É PELO PAÍS, BANDO DE SANGUE SUGAS, FELIZ DAQUELE QUE É CRITICO E SABE COMPARAR A MERDA QUE É ESSE PAÍS DIANTE DO MONTANTE QUE ARRECADA EM IMPOSTOS,
SOU BAIXA RENDA, CURSO MEDICINA E SOU COTISTA, USO BOLSA DO GOVERNO, MAS POR ME BENEFICIAR DAS POLITICAS DO PT, NÃO SOU IGNORANTE E BURRO O BASTANTE PARA ME CALAR E QUERER QUE ESTA OLIGARQUIA CONTINUE NO PODER DIANTE DE TANTA MERDA FEITAAA

Responder

CaosXY em 13/11/2013 - 05h48 comentou:

Concordo, mas… …dos Los Hermanos que todo esquerdista paga e pau e que são todos um bando de burgueses, ninguem fala né?

Responder

Emilie em 13/11/2013 - 09h25 comentou:

Gostei do texto, mas achei aos argumentos da depreciação aos brasileiros e à copa outros poderiam ser elencados. Não tenho nenhum perfil direitista, mas me oponho verticalmente à copa e às olimpíadas.

Responder

Angelita em 13/11/2013 - 10h16 comentou:

Espetacular!!!!! Qto à reflexão do primeiro parágrafo, é o que falo constantemente no decorrer da minha vida!

Responder

Edson em 13/11/2013 - 10h28 comentou:

Um texto que classifica outrem como "reacionário" é tão bom quanto outro que se utiliza do termo "petralha". Puta desonestidade intelectual, como se alguém escolhesse o próprio berço, ou se por ele possuísse mais argumentos. A única coisa que tem que acabar nessa merda de "intelectualidade" brasileira é o maniqueísmo partidário, burro é improdutivo

Responder

Glauco em 13/11/2013 - 11h34 comentou:

Um amigo meu diz que não é a chegada de cabelos brancos que faz Lobão e Roger reaças.. É a chegada da impotência sexual.

Responder

Sergio Barros em 13/11/2013 - 11h57 comentou:

O que me deixa puto, em qualquer tipo de texto (principalmente esses esquerdistas), é que ter estudado em uma boa escola já é motivo para ser considerado "reaça."

Responder

Mário em 13/11/2013 - 12h01 comentou:

Que textículo simplório e chinfrim!

Responder

Flávio Richards em 13/11/2013 - 12h16 comentou:

Quero só ver quando isso aqui virar a China o que vocês comunistas vão dizer. Não acho que o Lobão seja hoje a favor do que fez o ARENA e saia por aí pra 'tomar umas' com o Maluf. Acho que ele só quer demonstrar que ficar glorificando essa pseudo-esquerda podre que está no poder não vai nos levar a lugar algum. Aliás quem foi lá apertar a mão do senhor Maluf (Ícone da Direita no Brasil) não foi o Lobão e sim o Lula, a Dilma e outros mafiosos da chamada 'esquerda'.

Importar médicos de Cuba é uma ótima solução, afinal, pra que investir em profissionais, em universidades, em escolas e afins? Dá muito mais lucro e votos se juntar ao retrocesso, ao atraso. Ninguém aí a favor desse blog busca informações em portal comunista, todo mundo utiliza o Google, tem conta no Facebook e anda de Ipad, Iphone (quem tiver um ZTE aí que atire a primeira pedra). A colunista já pensou na hipótese de que tanto o Roger quanto o Lobão consigam enxergar além de seus olhos? Em um horizonte mais amplo, justamente por serem dotados de uma cultura que nossa nobre colunista não tenha?

Quem aceita dinheiro da Lei Rouanet não são os dois e sim os esquerdistas Gil e Caetano, assim como outros artistas mafiosos sustentados com dinheiro público. Quer ser reacionário? Faça como o Chico Buarque (e seus parceiros) que de Londres apóiam o fim da liberdade de expressão como no caso das biografias não autorizadas (oras…deixa publicar, mentiu processa…mas proibir vai contra tudo aquilo que foram quando jovens).

A Rússia deu certo comunista né? Tá lá a prova, um monte de dinheiro na mão de generais que passam a vida vendendo armas e enchendo o bolso de 'dólares americanos'. O leste europeu, resto do comunismo é um lugar bem bacana de se viver e se visitar, tem de tudo, médicos monstros, radioatividade, guerras, barbáries de todas as espécies. Aliás todo mundo que apóia essa coluna não pensa em visitar Londres, ou Nova Iorque e sim a Bratislava e Kiev não é mesmo?

Responder

    morenasol em 13/11/2013 - 14h44 comentou:

    "quando isso virar a china". ô povinho que vive na guerra fria…

    Takarracha em 13/11/2013 - 18h05 comentou:

    Não se trata da guerra fria, mas da tentativa de dominação cultural, da não aceitação do dissenso. Na China, falou mal, leva borduna. Vocês querem o mesmo por aqui.

Fábio em 13/11/2013 - 12h55 comentou:

Esquerdista ou direitista tanto faz, são nomenclaturas tão obsoletas que torna qualquer um que ainda utilize esses rótulos em seus argumentos um reacionário deprimente.

Responder

Fahebohr em 13/11/2013 - 12h58 comentou:

Bom, eu concordo com a opinião deles, pode me chamar de derrotista, ou do que quiser, porque sabe de uma coisa ? grandes bosta direita, esquerda.. no fim todo mundo vai pra cova e vira comida de verme.. Esta é a minha opinião, não fico discutindo ela por aí, e não quero nem saber a dos outros, tenho coisas mais divertidas pra fazer nesta breve passagem pela vida do que ficar discutindo ideologias.. vivam e sejam felizes ! Vivam como quiserem, onde quiserem, mas parem de criticar os outros e a opinião e ideologia dos outros ! Pô pra que quanta discussão, um criticando o outro porque é de direita, outro porque é de esquerda, outro porque é cristão, outro porque é ateu… no fim todo mundo vira comida pro mesmo verme, apenas vivam sem se preocupar com os outros e pronto, vivam para si mesmos. Paz a todos.

Responder

Gustavo em 13/11/2013 - 13h12 comentou:

Não sei qual é o pior : O " direitismo derrotista" ou a "esquerda caviar" !!!!

Responder

Roberto em 13/11/2013 - 13h12 comentou:

Esta colunista deve ter fumado orégano estragado, para escrever tanta bobagem! Que coisa mais sem noção, meu deus!

Responder

Gustavo em 13/11/2013 - 13h13 comentou:

iiiiiiiiiiiiiiiiiii Censura prévia ?!?!?!?

Responder

    morenasol em 13/11/2013 - 14h43 comentou:

    está avisado que aqui só posts civilizados são publicados. todos são, mas passam antes por este critério. quem quer comentar baixaria, melhor ir pra outra freguesia

Lucas em 13/11/2013 - 13h49 comentou:

"Começou a falar mal do Brasil e dos brasileiros, a demonstrar desprezo por tudo daqui, a comparar de forma depreciativa com outros países, é batata. Derrotista/direitista detectado."
Já parei de ler aqui… se a pessoa justamente tem desprezo pela situação daqui, compara de forma depreciativa o Brasil com os outros que tem uma situação de vida melhor, então é porque almeja mudança e justamente ele é de esquerda!! Quem é de direita não quer mudança!! Achei uma simplificação BEM, mas BEM grosseira…

Responder

Danilo em 13/11/2013 - 13h51 comentou:

Vamos a uma critica construtiva ao texto:
-Hoje olhando para trás percebo que o Lobão não mudou em nada seu jeito, a diferença é que na época da ditadura tanto ele quanto a esquerda tinham um inimigo em comum, logo se criou essa ilusão de revolucionário esquerdista. Ele nunca foi nacionalista, desde seu auge, o que podemos nos perguntar na verdade é se a própria jornalista é que não mudou de visão com o passar do tempo.

Responder

Paulo em 13/11/2013 - 14h17 comentou:

parabéns pela pobreza do texto…..fiquei admirado….hahahahaha

Responder

a_guering em 13/11/2013 - 14h30 comentou:

Cynara você é socialista mesmo ou é só nos períodos de Carta Capital ? Que forte o cabeçalho do seu blog né ? Na época da Veja era de direita ou era só carcaça da profissão mesmo ? Como alguém que permeia entre dois extremos é capaz de falar dos extremos da vida dos outros ? Olhe pro próprio umbigo antes de falar dos outros, é o que eu posso dizer. Assinado, alguém que "caga e anda" pro Roger/Lobão.

Responder

    morenasol em 13/11/2013 - 14h42 comentou:

    trabalhei OITO MESES na veja. tenho mais de 20 ANOS de carreira. sei que vai te doer, mas a veja é o pior lugar do mundo para um jornalista trabalhar. os honestos, claro http://socialistamorena.cartacapital.com.br/por-q

João em 13/11/2013 - 14h50 comentou:

Apelar para o ad hominem quando não existem argumentos é típico da esquerda! Parabéns, continue fazendo seu papel!

Responder

Robcol em 13/11/2013 - 15h04 comentou:

No final do texto, há uma conclusão bem lúcida sobre o fenômeno, mas pouco explorada. Esses caras já estavam na aposentadoria involuntária há muito tempo e por isso precisam de uma boquinha para se manter na mídia e preservar seu narcisismo intacto. Daí, entregar-se a um discurso reaça em detrimento de ideias e ideais é simples, mesmo porque estas não estavam mesmo constituídas como tais.

Responder

kleber em 13/11/2013 - 15h19 comentou:

Texto mais imbecil e rançoso, agora é pecado estudar em boas escolas e ter condiçoes financeiras? Se a pessoa não seguir a cartilha comuna, deverá ser decapitida em praça publica, e eu ainda perco meu tempo lendo essas apologias a um sistema falido mundialmente!

Responder

Juarez em 13/11/2013 - 16h45 comentou:

Q falta de assunto heim , francamente.

Responder

Max em 13/11/2013 - 16h49 comentou:

Já pensou se a Cynara Menezes sisma de falar da postura das bandas reaças que existem no Brasil?
Vejamos a banda (americana) Plebe Rude, canta problemas brasileiros, mas na verdade são figuras burguesas da corte. Achei o texto meio demodê, tendencioso e rancoroso. Decadente é ser de esquerda.

Responder

Clache em 13/11/2013 - 17h04 comentou:

Cara Cynara,
Em um ponto eu acabo discordando do seu texto. Eu acho que devemos sim criticar o pais em alguns aspectos pois assim vamos abrir os olhos de que esta "satisfeito" com esse nosso Status Quo sofrivel. Comparacoes com outros paises sao de extrema importancia! Devemos seguir os bons exemplos sendo eles vindos dos E.U.A ou do Chile. Acho que conformismo de verdade e achar que estamos indo muito bem sabendo no fundo que o nosso pais e o 85 colocado no ranking mundia do "Indice de Desenvolvimento Humano" IDH (uma poiscao atras da Jamaica, 34 poiscoes atras do Uruguai e 40 posicoes atras da Argentina). O Brasil se encaixa entre os 35 piores paises do mundo no quesito educacao… Sera que o que esses burgueses e ex rebeldes falam e tao absurdo assim?

Responder

Fernando Império em 13/11/2013 - 17h20 comentou:

Puxa, puxa e puxa! Queria eu ter escrito esse texto. Parabéns Morena!

Responder

Carlos em 13/11/2013 - 17h31 comentou:

É uma pena que você anda desligada das músicas novas desses caras. Lobão, por exemplo, sempre tem soltado discos e músicas novas, e boas.

Responder

Alex Mamed em 13/11/2013 - 18h15 comentou:

O texto tem a profundidade de um pires, com amontoados de clichês e preconceitos descabidos. Sou de família pobre, do interior do Amazonas, que veio pra capital, trabalhou duro, estudou, formou família, e pode-se dizer que vivo bem, graças ao meu esforço, e abomino "tudo que está aí", e nem por isso me considero derrotista. Pelo contrário. Sou vencedor, sob qualquer ângulo que se olhe, e cultuo os valores que vocês chama de direitista, e que utilizam como xingamento, mas que não conseguem rebater um único de seus fundamentos. Tenho orgulho de ser da Direita-Conservadora-Liberal, e acima de tudo, um caboclo amazonense VENCEDOR.

Responder

III em 13/11/2013 - 20h49 comentou:

Me senti lendo a crítica dos vestidos das famosas na Caras! Texto totalmente mal fundamentado. Como todo esquerdista…fala muito pra dizer nada!

Responder

Alina em 13/11/2013 - 21h11 comentou:

…Mais tarde, com os primeiros cabelos brancos, vem a experiência, a sabedoria, a visão clara da realidade, o conhecimento de como as coisas reagem e… eles viram reacionarios, como qualquer pessoa normal, consciente e independente do Estado.

Responder

Iago em 14/11/2013 - 03h55 comentou:

"esquerdismo way of life" kkkkkkkk

Responder

Paulo Neves em 14/11/2013 - 11h31 comentou:

Outro que em breve pode estar nessa lista e Paulo Ricardo, o vocalista do RPM, banda que retornou em 2011esse ano, que completou 50 anos começa a se ENDIREITAR, recentemente em um show da banda fez discurso contra o PT dizendo que precisamos da alternancia do poder pois estamos vivendo uma ditadura de esquerda.
Essa semana lançaram o clip de musica PRIMAVERA TROPICAL (BOA MUSICA), que tem haver como as manifestações, no Clip fica claro a critica ao por diversas vezes colocarem as fotos de alguns Condenados do MENSALÃO que são do pt e o pior de tudo E QUE colocam a imagem de uma bandeira vermelha sendo queimada.

Responder

anderson em 14/11/2013 - 12h57 comentou:

aiai…jornalista não tem opinião mesmo…tem orientação da empresa…quando for visitar seus amigos no antigo emprego(veja),dá um abraço em todos…tá fofa?

Responder

Fernando braga em 15/11/2013 - 11h46 comentou:

E vc tb nao é filhinha do papai??? Eu nao aguento esses comunas gostarem de querer ser pobres…
Quem gosta de ser pobre??? Quem gosta pobre?? Qt hipocrisia num blog so…
Os caras descobriram que ser comunista e uma m…. Enfim se renderam ao que e certo, e vcs comunas
Nao aguentam…..titio de bigode da germania e que estava certo, pena que a neve nao deixou
Ele concluir o trabalho!!!!! Vcs tinham que agradecer todo dia pela aquela neve, pq nao iria ter um so de vcs pra contar estorinha …..

Responder

    morenasol em 15/11/2013 - 12h25 comentou:

    não, não sou filhinha de papai. meu pai era bancário. tudo que conquistei (e não é muito, financeiramente falando) foi porque estudei. agora, por que você não se assume como hitlerista? além de matar os comunistas hitler também teria que matar os judeus pra você ficar feliz, não é mesmo? vocês são esse tipo de gente

Cícero Teodoro em 15/11/2013 - 11h57 comentou:

Quanto ao Lobão,li os seus livros e tentei quastioná-lo via twiiter,daí descobri que não é ele quem responde,ele deve pagar um ghost-writer-twiiter que nos da respostas genéricas e evasivas,além de apelar para censura,,,Concluo então que ele quer mesmo é sobreviver das falsas polêmicas que inventa.Quanto ao Roger,quem é este?

Responder

wander em 15/11/2013 - 12h17 comentou:

Não acredito que Lobão pense realmente o que expressa. Tudo isso é puro ressentimento de quem caiu no ostracismo.

Responder

Eduardo S. em 15/11/2013 - 22h50 comentou:

Na minha humilde opinião não vou entrar no mérito de sua razão ou não, você tem uma opinião e eu posso debater para que nós possamos ter uma conversa saudável para somar mais conhecimento, não gosto do modo de critica em relação a uma pessoa, fazendo uma desconstrução da pessoa e depois monta-la como um diabinho direitista ou esquerdista. Gosto muito de debater os conhecimentos, os pensamentos e debater criticando de forma construtiva e não levar para o lado pessoal. Eu não concordo em uma coisa que é muito habitual para muitos de ambos os lados, que usam clichês, como burgues, playboy, rótulos já estão muito desgastados nos dia de hoje. No entanto estudar em escolas ou faculdades de ricos ou ter uma boa estrutura financeira herdada pelos pais, não é indicativo de que a pessoa não possui conhecimento ou não saiba dos fatos do mundo. Acho que criticar uma pessoa, que não possui a mesma opinião, e desmerecer a mesma só porque ele estudou em uma instituição de riquinhos, é uma forma de preconceito, e daí se ele estudou em uma faculdade caríssima??? Eu quero saber é dos pensamentos da pessoa, do posicionamento independente de sua formação, cor, religião ou politica, para "contra atacar" sua opinião de forma sólida usando conhecimentos e não "contra atacar" usando a vida pessoal da pessoa desde quando era criancinha.
Estou cansado de ver papos de esquerdistas e direitistas. Os direitistas falam que esquerdistas são comunistas que comem criancinhas e os esquerdistas falam que os direitistas são burgueses.
Está na hora dos dois lados enriquecerem os debates, caso contrário vai ser um monte de comentários cheios de mimimis e clichês um contra o outro e nada de evolução. Fato esse que não contribui em nada para o bom futuro da sociedade, pelo contrário, parece que gostam de atiçar a raiva, se debruçarem em ofensas e provocarem mais brigas e ódio entre todos.

Responder

Eduardo S. em 15/11/2013 - 23h08 comentou:

Na minha humilde opinião não vou entrar no mérito de sua razão ou não, você tem uma opinião e eu posso debater para que nós possamos ter uma conversa saudável para somar mais conhecimento, não gosto do modo de critica em relação a uma pessoa, fazendo uma desconstrução da pessoa e depois monta-la como um diabinho direitista ou esquerdista. Gosto muito de debater os conhecimentos, os pensamentos e debater criticando de forma construtiva e não levar para o lado pessoal. Eu não concordo em uma coisa que é muito habitual para muitos de ambos os lados, que usam clichês, como burgues, playboy, rótulos já estão muito desgastados nos dia de hoje. No entanto estudar em escolas ou faculdades de ricos ou ter uma boa estrutura financeira herdada pelos pais, não é indicativo de que a pessoa não possui conhecimento ou não saiba dos fatos do mundo. Acho que criticar uma pessoa, que não possui a mesma opinião, e desmerecer a mesma só porque ele estudou em uma instituição de riquinhos, é uma forma de preconceito, e daí se ele estudou em uma faculdade caríssima??? Eu quero saber é dos pensamentos da pessoa, do posicionamento independente de sua formação, cor, religião ou politica, para "contra atacar" sua opinião de forma sólida usando conhecimentos e não "contra atacar" usando a vida pessoal da pessoa desde quando era criancinha.

Responder

Márcia Terra em 16/11/2013 - 01h39 comentou:

Ô queridona, só para complementar a fala dos críticos do texto, parece que vc não conhece o trabalho do Lobão, né? Pq com certeza só ouve o que a mídia te apresenta. Cara, o Lobão está fazendo sons muito, muito e muito melhores do que ele jamais produziu, só que não é para qualquer um não. Quem gosta de música farofa e comercial não vai nunca gostar do que o Lobão está fazendo!!!

Responder

Joe em 16/11/2013 - 03h41 comentou:

O QI do Roger é 162. A Cynara fez UFBA, uma das piores federais do país. Lobão e Roger viveram a ditadura. Cynara não.

Quem será que tem um discernimento intelectual melhor para explicar o nosso país?

Me poupe.

Responder

    morenasol em 16/11/2013 - 04h11 comentou:

    o QI do roger é tão alto que ele não entende ironia. e a UFBA tem um dos melhores cursos de comunicação do país. qual o seu problema com a UFBA? é porque é no nordeste? típico preconceito que combina com sua gente ; )

Francisco Vaz em 16/11/2013 - 17h27 comentou:

O extremismo político sempre foi algo capaz de cegar qualquer tentativa de bom senso. Quanto ao Roger, nada posso dizer, porque, de fato, não vejo sombra do artista que fora, sequer suas declarações foram lidas por mim. No entanto, não posso classificar o Lobão um reacionário pelo fato de ter a posição que ora assume. O que ele combate é simplesmente a esquizofrenia taxativa de uma esquerda arcaica que sobrevive em discursos batidos e criadores de rótulo. Se pararmos para analisar imparcialmente, perceberemos que ele foi um dos poucos artistas a lutar contra a tirania das gravadoras, contra aqueles que recebem, sem a menor necessidade, benefícios do governo e não fomentam a cultura, falo da Lei Rouanet. Assim, concordo com ele quando diz que "é fácil ser de esquerda comendo caviar". É certo que o fato de ter se unido ao Olavo Não-Sei-Das-Contas, e outras figuras amarguradas , pesa contra ele, porém é preciso haver uma voz crítica contra as lambanças criadas por um pensamento inflexível e ultrapassado que não aceita críticas, tampouco o questionamento. Quanto à produção do artista, é falso dizer que o Lobão não tem criado nada. Ao contrário, talvez nem na época em que era um "hitmaker" tenha criado tanto, basta verificar seus últimos trabalhos a partir de 2000, com o álbum "A vida é doce" a seu derradeiro trabalho, do ano passado, "Lindo, sexy e brutal", Não citarei os livros, sobretudo o segundo porque já conheço a opinião da esquerda.

Responder

Mariana em 18/11/2013 - 12h56 comentou:

E os "novos" burgueses? Aqueles que lutaram conta a ditadura e hoje andam de rolex???

Responder

carlos carvalho em 20/11/2013 - 21h04 comentou:

Achei limitado você associar falar mal do brasil a ser de direita. Eu acho o brasil uma bosta e sou de esquerda radical, nada de PTzinho star. Vejo como uma outra opção bem possível, você não acha? Só que ficou fora de sua simplificação.

Responder

Pedro Mesquita em 22/11/2013 - 02h08 comentou:

Não há nada mais conservador do que andar de mãos dadas com o PT, aquele partido que se juntou a tudo de que configura o atraso, ao retrocesso político, aos coronéis e filhotes da ditadura – vide maluf – . O mano brown é um idiota útil, um marionete dos donos do poder, o Emicida é aquele que ensina os muleques pobres a gostarem de nike e ostentação; E outra, qual o problema em ser de direita ou conservador? A esquerda infantilizada, algo normal entre jovens mas patológico para uma senhora como a dona do blog, continua a tentar interpretar o mundo com essa visão maniqueísta, dos anos 60 – 70, praticando o obscurantismo argumentativo.

Responder

Banda Herocoice em 03/12/2013 - 22h53 comentou:

Olá Cynara,

Adorei o seu texto.
Por falar em rock 80, você precisa muito escutar essa banda:
http://www.soundcloud.com/herocoice

Se você escutar vai entender o que eu estou falando.
Começa por Verme da Lombriga, que fala sobre Renan Calheiros, ou Libido do Povo, ou Verdades.
Você vai ver que o verdadeiro rock nacional de protesto está de volta.

Se curtir a banda e quiser dar uma força na divulgação, segue abaixo o release.
Parabéns pelo texto e obrigado pela atenção.
Um abraço.

O Herocoice está chegando para acabar com a inércia musical em que o rock nacional se encontra. Com letras irreverentes e politizadas, e um som carregado de influência de bandas como AC/DC, Ramones, Raul Seixas, Led Zeppelin, The Who e Black Sabbath, o Herocoice é formado por músicos que cresceram escutando e tocando o bom e velho rock n' roll, e isso pode ser percebido em todas as faixas do Utilidade Pública Vol. 1, disco de estreia da banda. Levantando a bandeira do rock nacional autêntico e declaradamente contra o rock de boutique ou emorock que lançou ao estrelato bandas como Detonautas, NxZero, Pitty, CPM22, entre outras, o Herocoice chega ao mercado com os dois pés no peito do “politicamente correto” que estava acabando com a essência do rock brasileiro. Seja bem-vindo(a) e, por favor, aumente o volume.

http://www.facebook.com/herocoice

Responder

Carlos em 05/12/2013 - 17h42 comentou:

Nossa… Péssimo texto… Muito ruim mesmo. Você realmente acredita no que escreve ou apenas corresponde às expectativas do target (este muito pobre, argumentativamente) do blog? Você usa e abusa de generalizações para diminuir pessoas à simples esteriótipos. O texto inteiro você utiliza de argumentos "ad hominem" para justificar posições sociopolíticas das pessoas retratadas: "Escola de Playboy", "filhinho de mamãe", "sujeito burguês que volta a suas origens". Tudo para você é facilmente classificável, com uma tremenda arrogância de quem acha que sabe tudo. Seus argumentos são muito rasos, a experiência humana requer muito mais profundidade do que simples classificações. Agora, pergunto o mesmo para você: Se você não estivesse causando polêmica com esse esquerdismo infantil, será que alguém ainda estaria falando de você?

Responder

koppe8 em 07/12/2013 - 22h31 comentou:

Os dois citados último parágrafo, Mano Brown e Emicida, talvez não sejam reaças "clássicos", mas uma das maiores características de um reaça eles já têm: o machismo.

Mano Brown tem no currículo músicas como "Mulheres Vulgares" e "Parte 2", que poderiam muito bem ter saído de algum blog ou fórum "masculinista" de "guerreiros da real". Até hoje ele usa xingamentos como "vadia" e "puta", que só servem contra mulheres, ainda que ele use contra homens também.

Emicida recentemente virou alvo de feministas por causa da música "Trepadeira", onde ele diz que uma mulher "trepadeira" merece "uma surra de espada de São Jorge" só porque ela não quis o "amor" do narrador-personagem da música.

Não ia ser tão incrível se quem defende idéias assim aderisse ao resto da agenda reaça.

Responder

Inaldo em 08/12/2013 - 04h57 comentou:

Faitou citar o Frejat do Barão, que também anda falando um monte de bobagens.

Responder

Deonildes em 11/12/2013 - 12h21 comentou:

Na boa, pra mim a autora desse texto não entendeu nada do que o cara fala. Ele só diz a verdade, aquilo que está escancarado na cara do brasileiro. Tudo bem que muitas vezes se perde no meio de suas argumentações mas é fato que vivemos uma época de bunda molismo politcamente correto e mediocridade. Ver isso não é ser derrotista e sim realista. É botar o dedo na ferida e incentivar a mudança, procurar despertar e sair dessa situação. O problema é que se a pessoa não rezar pela cartilha da esquerda ela é logo taxada de reacionária. Parece até fanatismo religioso, só enxerga o que está escrito na sua "bíblia".
Antes de me atirarem pedras, não sou de direita nem de esquerda, acho esse papo muito "fanatismo religioso" pro meu gosto. Meu pensamento é livre!
Em tempo procurem ler "Brasileiros Pocotó" e "Nóis que invertemo as coisa" de outro reacionário-porco-burguês capitalista: Luciano Pires, vocês vão se divertir!

Responder

Lucas Costa em 22/12/2013 - 20h48 comentou:

Lênin, Trotski, Rosa Luxemburgo… Karl Marx!

Qual deles nasceu em uma favela a la europeia?

Roger e Lobão são personagens menores. É irrelevante perder tempo com suas falsas polêmicas. E é besteira do mesmo calibre rotular os outros de "playboy".

Responder

Luma em 25/12/2013 - 12h38 comentou:

Este é a primeira produção que leio do Blog. Posso dizer que achei muitíssimo pertinente tuas colocações. À parte a qualidade musical de alguns "roqueiros" que alteraram o cenário musical brasileiro, há de se reconhecer que uma boa parte deles é proveniente de famílias abastadas. Eles nunca sentiram na "pele" o que é estar do outro lado.
Concordo contigo, espanto seria se o Mano Brown e o Emicida, nascidos em meio a turbulência das periferias, alterassem seus discursos…

Responder

ricardo bisio em 26/12/2013 - 17h37 comentou:

RICARDO BISIO

Existe uma patologia entre os "progressistas" (avacalharam com a expressão) que os faz esquecer a desgraça que os crápulas do PT (fui eleitor do Lula em 2003) causaram ao NOSSO Brasil! Será que defensores e militantes da esquerda brasileira não enxergam uma década de escândalos e assalto aos cofres públicos, recheados com impostos que nós todos pagamos?! São BILHÕES roubados sistematicamente, a luz do dia, sem nenhum escrúpulo…! O que querem estes táis esquerdistas? Tomar o país que pertence a 200 milhões de pessoas, que trabalham e sustentam estes crápulas, que desfilam ostensivamente em ternos ingleses, aviões da FAB, champanhe francesa…?!! Pois eu afirmo sem medo de errar: – VOCÊS NÃO MERECEM SER BRASILEIROS! Vocês odeiam LIBERDADE e DEMOCRACIA! Eu não sou fã de Lobão, ou qualquer outro roqueiro, mas ninguém pode negar que eles tem ditos verdades que só incomodam os cafajestes e preguiçosos que vivem do dinheiro público!

Responder

    romulo em 13/01/2014 - 08h47 comentou:

    kkkkkkkkkkkkkkkkk, PATÉTICO !! O PT não é esquerda há muito, desde q foi eleito para administrar o País. Tb fui eleitor do PT (não do Lula, note bem) e ainda não consegui me arrepender: eu poderia anular meu voto, sim. Em quem tu votarias: no PSDB ?? NO DEM ?? Ora, faça-me o favor.
    "…VOCÊS NÃO MERECEM SER BRASILEIROS! Vocês odeiam LIBERDADE e DEMOCRACIA! "
    Quem não merece ser brasileiro é gentinha q pensa como vc, Lobão, Roger et caterva ! O PT foi ELEITO DEMOCRATICAMENTE, num sistema de eleições livres. A corrupção não é petista, é do ESTADO BRASILEIRO !

Marco Aurélio em 29/12/2013 - 18h18 comentou:

Se a lógica for esta, a esquerda governante no Brasil não deve ter herdeiros. Porque rica e burguesa tem colocado seus filhos para estudar nos colégios mais caros, quando não mandam para os EUA ou Europa. Infelizmente a esquerda quer de toda forma colocar o povo para trabalhar para ela, escravizando e montando um clero permanente.

Responder

Valdir em 30/12/2013 - 02h09 comentou:

Pô, então esse pessoal todo que hoje diz que Cuba é que é país e trazem Médicos, Mandam dinheiro são todos derrotistas direitistas????? Que péssimo texto, principalmente para quem agiu da mesma forma que os dois personagens que a senhora tenta denegrir.

Responder

Alexandre em 30/12/2013 - 03h00 comentou:

Você destila preconceitos e segregação no seu texto.

Responder

Flavio Becker em 04/01/2014 - 17h31 comentou:

Texto vago sem argumentação! Quer dizer que ser contra a sua ideia é ruim? Se sim qual o ponto contra que as idéias deles possuem em relação a sua? Por que as suas idéias, de esquerda, são melhores que as deles liberais (direita soa como Ditadura no Brasil)? Para criticar tem que debater ideias, se não for assim fica com cara de "briguinha" ideológica.

Responder

Rodrigo Rabello em 09/01/2014 - 16h00 comentou:

Disse tudo Cynara! O meu sonho é que, com este texto, eu leria ou escutaria, pela última vez, o nome desses e de outros meninões. Como sei que a Dura midiática continuará nos afogando com tanta gente e pensamentos medíocres, continuo a minha velha empreitada de flanar pisando sobre símbolos que merecem apenas a indiferença para um dia (retorno ao meu sonho!) serem esquecidos. Afinal, sonhar não custa nada, por enquanto.

Responder

Anderson em 22/01/2014 - 09h40 comentou:

O Pessoal do PAGODE e do PT te pagou quando para escrever essas bobagens? prometeram reforma agrária? síndrome de vira-lata.

Responder

Lud em 24/01/2014 - 15h56 comentou:

Achei um tanto exagerado….

Responder

Rodrigo em 25/01/2014 - 13h32 comentou:

Não é preciso ter saído do seio da classe média para servir aos interesses dos donos do poder em troca de benesses. Mano Brown provavelmente não trairá seu compromisso com os oprimidos. Porém há aqueles advindos do mesmo extrato social dele que jamais tiveram outro compromisso senão com a própria ganância e patifaria. Dentro do próprio rap pode-se citar o exemplo dos rappers do mainstream norte-americano. O Lobão de lá, Lil Wayne, fez um verso na música Karate Chop no qual ele orienta a arrebentar uma buceta igual a cara de Emmet Till, o mártir do movimento dos direitos civis dos anos 60. Quem ele quis agradar com esse verso? Quando Stevie Wonder exigiu uma retratação ele se recusou a se desculpar, como se dissesse: "Esses brancos amam minhas letras e me dão dinheiro. Então danem-se vocês negros".

Responder

Andre G. em 27/01/2014 - 22h52 comentou:

Batata! Destino igual terão os supostos "rebeldes" no "nãovaitercopa", hoje "revolucionários", amanhã reaças…

Responder

José Fernandes em 28/01/2014 - 12h38 comentou:

engraçado que nenhum, nenhuzinho desses individuo citados fizeram mais sucesso,será porque?. você esqueceu de citar o Caetano Veloso, e tem muito mais escondidos nas entranhas de partidarismo camuflado e preconceituoso do que se imagina…essas pessoas esqueceram que estamos em outra epoca, , onde tudo é mais rápido, onde as mudanças estão acontecendo a todo momento,..um aboa parcela de brasileiro mudou a forma de pensar , enquanto a outra vive em um mundo que não mudou, queriam que estivessem exatamente como eles queriam, principalmente essa classe que hoje torce o nariz pra tudo que e nacional e exaltam o que vem lá de fora, essa pensamento esta desde os grande veículos de comunicação até que manipulam tudo distorcem pra deixar aqueles que lutam pro mudanças social politicas no ostracismo, ….

Responder

Henry ducard em 30/01/2014 - 04h43 comentou:

Muito bem observado Morena, alias só mesmo filhinhos de família burguesa que tem acesso a uma boa educação, para entrar em uma universidade federal e ter ideias socialistas enquanto fumam maconha, ja eu e a grande maioria de jovens desse país não sabemos o que é direita muito menos socialismo, só sabemos fumar maconha. O que acontece é que esses pobres jovens da UNE, USP, UFBA, etc. Os que constituem família e e tem filhos acabem tendo sim uma metamorfose de pensamento, os outros viram ou políticos, ou jornalistas.

Responder

Marcelo em 30/01/2014 - 17h23 comentou:

Derrotista? E ser de esquerda? Ficam aí no teclado lambendo o governo, apoiando as causinhas sociais e se achando as únicas pessoas bem intencionadas do mundo. Os esquerdistas virtuais pensam que suas tecladas salvarão a humanidade. Fácil, ne? Parabéns, vocês são vitoriosos. Não sei o que mundo seria sem vocês e seus pensamentos tão positivos e coloridos.

Responder

Andre em 31/01/2014 - 14h26 comentou:

Não concordo !!! Eles são artistas de expressão , onde não valem criticas de onde estão trabalhando e de não tocarem suas musicas , e que bom que estudaram em ótimas instituições , pena que a grande população não tem esta oportunidade , sim no Brasil é oportunidade infelizmente !!!

Os verdadeiros Burgueses são aqueles que estão explorando o status quo , eles estão criticando algo notoriamente errado , ou não ??? Não é possivel que alguem de bem ( não de bens ) compactue com o crime , a ignorancia , a corrupção , a incompetencia , … etc

Não vamos nivelar por baixo … O ideal do Comunismo é maravilhoso , mas com pensamentos mediocres cada vez mais nos afastamos dele !!!

Responder

    questionador em 17/05/2014 - 23h36 comentou:

    Vc disse bem IDEAL, mas vamo voltar pra REAL.

    Entre ideia e pratica tem muita diferença.

Andre em 31/01/2014 - 14h48 comentou:

Não concordo !!! Eles são artistas de expressão , onde não valem criticas de onde estão trabalhando e de não tocarem suas musicas , e que bom que estudaram em ótimas instituições , pena que a grande população não tem esta oportunidade , sim no Brasil é oportunidade infelizmente !!!

Responder

Sérgio em 10/02/2014 - 12h44 comentou:

Nunca acreditrei muito em "rebeldes" sem generosidade com o próximo. Também nunca morri de amores por Rock. Drogas sempre foram o caminho mais fácil da alienação mental. Tenho mais apreço por artistas que prescindem desse instrumento para criar. Lobão por exemplo diz que o estado não pode determinar o que ele ingere ou cheira. Só defendo que esses "anti-estado" caso fiquem caídos na rua por overdose não tenham direioto a SAMU ou a hospitais públicos, pois nessa hora devem manter a "coerência": se o estado não define do que se entorpece também não vai ter estado para salvá-lo, deixem- no morrere no chão sem assistência.

Responder

    questionador em 17/05/2014 - 23h34 comentou:

    Eh so rock q fala de drogas? nem todo roqueiro eh drogado e vice-versa.

    E os funkeiros/rappers q usam drogas? e fazem apologia?

Sérgio Motta em 10/02/2014 - 12h53 comentou:

"Rebeldias e Rocks" ou "Renato Russo X Roqueiros Velhacos"
Há dois tipos de rebeldia, uma que se incomoda com a injustiça, outra mera fantasia.
Uma que busca transformar, outra quer só privilégio.Há uma que é amor angustiado, outra é ódio de si mesmo, no outro. Uma é beijo na humanidade, outra é pedra no nativo. Há uma que é solidariedade, outra é pavor ao trabalho. Há uma que sonha com igualdade, outra não sai de sua classe.
Viva a rebeldia dos valentes, abaixo a rebeldia dos covardes.áquela é madura em sua jovialidade, a outra ainda não saiu da puberdade, ainda sairão seus velhacos? Papais e mamães já morreram, assumam suas vidas e responsabilidades!s

Responder

Janaina Alexa em 12/02/2014 - 15h53 comentou:

Então quer dizer se você nasce rico não pode criticar o país, não pode criticar a copa… então se o sujeito nasce abastado, ele tem que viver com a boca fechada e não pode usar da oportunidade e visibilidade que tem pra criticar a realidade? Acho que essa necessidade de enquadrar um sujeito a um rótulo é o cúmulo do absurdo, uma infantilidade de tipos de pessoas que pensam saber o que estão falando.

Responder

    Claudio Castro em 20/02/2014 - 16h33 comentou:

    COncordo com vc!

Claudio Castro em 19/02/2014 - 19h35 comentou:

Disse disse disse e só demonstrou revolta!!! Nasci em família pobre e moro na periferia, e até agora não entendo pq destacou tanto a classe social deles?? o fato deles terem famílias ricas não tem nada a ver com a história!!! Enfim quem tem o microfone fala e é exatamente isso que você fez!!

Responder

Austre em 06/03/2014 - 20h09 comentou:

Muito bom. Extrema lucidez. Deix, nota deix !

Responder

Pagador de impostos em 17/03/2014 - 01h14 comentou:

Cynara, talvez o Lobão seja mesmo reaça , mas provou que não é puxa-saco de governo como muitos colegas musicos por ai ….

Responder

Ricardo Cavalcanti em 17/03/2014 - 17h43 comentou:

Seu texto é fraco, Cynara , recomendo mais leitura e atualização.

Responder

ricardo em 25/03/2014 - 23h44 comentou:

kkkkkkkkkkkkkkkkkkk vc aí que escreveu o texto, certamente o fez de uma sala com ar condicionado, e um dia tb chegará aos 50, portanto…

Responder

Eduardo em 29/03/2014 - 06h13 comentou:

Por que o autor dessa postagem não vai pra Cuba? Talvez lá você tenha a liberdade de expressão que você merece!!!

Responder

Aldair B M em 29/03/2014 - 17h32 comentou:

Tenho a mesma impressão sobre Lobão. Fiz, inclusive, um post no meu blog (link abaixo), bem semelhante a este. Sobre Leo Jaime, não tenho tido notícias. Quanto ao Roger, das poucas vezes que vi Danilo Gentili, não fiquei exatamente com a mesma impressão da blogueira-gata. Impressão que tenho dele é que é uma pessoa média, resmungão como é um cidadão médio, sem segundas intenções venenosas. Vou passar a observá-lo melhor.
http://www.equilibriodistante.com/index.php?idlei

Responder

Luiz Eustaquio em 01/04/2014 - 00h05 comentou:

Vamos atualizar a coisa: Bobão e Bundão, hoje, poderiam ser simbioticamente ungidos como dupla de musica caipira, de admiração irrestrita da classe média!

Asnaldo

Responder

rodrigozanatta em 11/04/2014 - 19h26 comentou:

Lendo os comentários aqui,chego à seguinte conclusão/observação: a grande diferença entre um blog de esquerda (ou pelo menos esse blog de esquerda, mas vale para quase todos), é que neste(s) os comentários contrários (ou de direita), são aprovados e existe debate e discussão. Já em blogs de direita (como por exemplo o do reynaldo azevedo e tantos outros), qq coisa "destoante" que se comente simplesmente não é autorizada e não há debate e nem discussão. Isso, para mim, já ilustra bem a diferença geral entre as duas atitudes, e já é razão suficiente para simpatizar-me mais com a esquerda que a direita….

Responder

    questionador em 17/05/2014 - 22h00 comentou:

    Eh mesmo vc fala assim pra TODOS os BLOGS DE ESQUERDA e DIREITA? isso se chama GENERALIZAR.

Roberto em 19/04/2014 - 00h13 comentou:

Você só ataca as pessoas (argumento ad hominem). Quero ver rebater as ideias, mas, para isso, precisa de intelecto, algo que você não tem (sim, fiz uso do seu próprio veneno).

Responder

B.o.b em 22/04/2014 - 02h03 comentou:

Se o mundo capitalista tivesse criado algo de bom o mundo não estaria na merda! Uma centena de bilionários espalhado por ai, outra porção de milionários que se beneficia do sistema….o resto é resto. No mundo capitalista você vale o que tem no bolso….o que você tem no bolso é que de dá acessos….enquanto os ricos mandam e se divertem a classe média e as classes mais vulneráveis ficam competindo agressivamente pelo que sobra…um pequeno negocio ou até mesmo um emprego público com melhor remuneração… os pequenos burgueses chegam a ser ainda mais reacionários…é preciso mencionar que o estado capitalista foi formulado pela mentalidade burguesa e em seu benefício para proteger o acumulo de suas riquezas , mesmo que isso signifique o empobrecimento dos demais….são cegos todos aqueles que não percebem que o mundo capitalista tem tomado para si o bem comum…não satisfeitos na iniciativa privada a extrema direita quer para si o que deveria ser propriedade do estado e que a priori poderia geral riquezas para todos. Até serviços essenciais como educação, segurança se transformaram em objetos de lucro… e viva o deus mercado onde nada é pecado… se uns e outros vivem em condições precárias, se tem que pagar aluguel todo mês para manter seu pequeno negócio ou para sobreviver é por que não batalhou ou não estudou ou não sabe EXPLORAR o bendito mercado…para o capitalista, o trabalhador ou mão de obra não é visto como um ser com valores sociais ,políticos, etc ele é apenas custo no processo produtivo…muitas vezes dos quais ele nem mesmo está apto a consumir pois é um explorado pelo modelo capitalista. Se argumentar desta forma que todo mundo já esta acostumando a saber não funciona, o melhor é sentir na pele…. arrume um emprego mais simples dos que pagam uns 2 salários mínimos no máximo, pegue ônibus todos os dias, pague aluguel e tente sustentar o que você já tem e o que você diz….

Responder

Claudio em 24/04/2014 - 17h14 comentou:

Cynara é muito rancorosa. Pra q esse ódio todo? Só falta dizer q Lobão é igual a Sarney. Opa, me enganei , igual a Sarney é o Lulla, o amigao dele.

Responder

Paulo em 07/05/2014 - 05h51 comentou:

CONSERVADOR COM MUITO ORGULHO

ELVIS PRESLEY
Quem apoiou: Richard Nixon
Prova de admiração: defendia a cruzada do ex-presidente republicano contra as drogas e chegou a fretar um avião para visitá-lo na Casa Branca

NEIL YOUNG
Quem apoiou: Ronald Reagan
Prova de admiração: o roqueiro foi seu cabo eleitoral de primeira hora e até hoje enaltece suas realizações

JOHNNY RAMONE
Quem apoiou: Ronald Reagan, George W. Bush
Prova de admiração: para horror de seus colegas esquerdóides no Ramones, o guitarrista era um conservador. Na festa de entrada da banda para o Hall da Fama, cobriu Bush de elogios

MEGADETH
Quem apoiou: George W. Bush
Prova de admiração: o novo CD dos metaleiros acusa a ONU de "terrorismo" e defende as intervenções americanas no Oriente Médio

Responder

    questionador em 17/05/2014 - 21h41 comentou:

    serio? mas isso quer dizer q ele era reacionario?

    entao olha:

    NEIL YOUNG http://pt.wikipedia.org/wiki/Neil_Young

    "Rockin' in the Free World" é a música-símbolo desta nova fase, assim como a crescente preocupação política de Neil Young, marcada principalmente pelas críticas ao então presidente dos EUA, George H.W. Bush.

Kensy Froid em 13/05/2014 - 22h09 comentou:

Esquerda ou direita aqui no Brasil não faz a menos diferença… a corrupção é ambidestra! Aliás, ambas adoram pobres. Uma para explorar e outra para trocar bolsas-famílias e outros que tais por votos. Interessante que as atitudes que a Cynara cita como de direita (falar mal do Brasil e dos brasileiros, demonstrar desprezo por tudo daqui, comparar de forma depreciativa com outros países e eu acrescentaria torcer desavergonhadamente contra) já foram amplamente utilizadas pela esquerda quando não mamava nas tetas gordas do poder público.

Responder

    questionador em 17/05/2014 - 21h34 comentou:

    Pois eh aqui no Brasil direita e esquerda, democratas e ditadores dao quase na mesma.

    Aliás o bolsa-familia é o novo pao e circo pra conquistar voto.

questionador em 17/05/2014 - 21h25 comentou:

➨ "Nem todo direitista é derrotista, mas todo derrotista é direitista."

— PARAFRASE: "Nem todo ESQUERDISTA é DERROTADO (veja o caso do Lula agora ta rico), mas TODO (falando politicamente e socialemnte) DERROTADO é ou vira ESQUERDISTA.". Pq maioria dos esquerdistas sao "morenos" (nao pode dizer negro pq eh "politicamente incorreto", sendo ironico) ou pobres?

➨ "Enfim, incrível seria se Mano Brown ou Emicida, nascidos na periferia de São Paulo, se tornassem, aos 50, uns reaças de marca maior. Pago para ver. Mas Lobão e Roger?"

— hahahah MANO BROWN? Cara q so se faz de vitima, ja foi ate na MTV (tv dos "filhinhos de papai"). Ele canta RAp (musica originaria dos EUA); hj rappers sao todos capitalistas, ganham muito dinhero de gravadores cantando titica, andando de carroes, e ostentando cordoes de ouro. E esse GUIME consumista (q alias é tachado como coisa de capitalista) de droga assumido e q ganha muito dinhero cantando lixo. Tinha outro q nem sabia q existia um tal de MC DALESTE q fazia musica apologia a armas e morreu com tiro (justiça poetica?). Sao esse os exemplos q vc cita da esquerda na musica? TRISTE. Virou moda agora o FUNK OSTENTAÇÃO (ostentar a riqueza ganha). A NOVA CLASSE-MEDIA gerou uma geração de NOVOS FILHINHOS-DE-PAPAI q antes eram pobres "humildes" (como se todo pobre fosse humilde) pra ricos arrogantes q gostam de ostentar. Todo rapper hj emd dia eh produto do mercado so querem enriquecer com lixo.

Olha sobre um MC (de origem humilde e esquerdista segundo vc): http://videos.r7.com/funk-ostentacao-mc-e-preso-a

— tem um ditado q diz "vc só eh COMUNISTA até ficar RICO".
Olha agora nova classe media surgida de bolsa-familia? So querem gastar adoidado e viajar pros EUA e EUROPA. Pq nao vao a AFRICA ajudar os irmaozinhos pobres da nova classe media mestiça e negra? Sinto cheiro de HIPOCRISIA.

— Cite algum país COMUNISTA DESENVOLVIDO e DEMOCRATICO (OBS.: A Russia era "desenvolvida" ate certo ponto mas nao era democratica). Tem muitos casos de cubanso q fugiram pros EUA mas americanos q fugiram pra CUba pra acahar vida melhor nunca vi.

— Se acha q a DIREITA é RUIM, entao va pra VENEZUELA (la nao tem papel e falta energia e o governo poe culpa nos EUA) ou COREIA DO NORTE e viva lá. Entao veja como a esquerda de vdd age. E pare de ilusao sobre esquerda criar mundo melhor.

— Quanto a questao de ser REACIONARIO, a RUSSIA tem VLADIMIR PUTTIN REACIONARIO COMUNISTA q agora se aliou com a IGREJA ORTODOXA dando opinioes contra gays, etc. Entao estude antes de postar uma coisa sem nenhuma EVIDENCIA ou PROVA ABSOLUTA.

— Se acha q nao terá OPOSIÇÃO REACIONARIA, pode contar q vc vai ter sempre. Dizem q TODA UNANIMIDADE EH BURRA, entao nao seria burrice todos concordarem com vc? Sua opiniao é a verdade? P-R-O-V-E.

— Quanto a Lobao ou Roger pode ser q nao fazem mais musicas novas mas e os de hj. Lobao pode ser chato como pessoa mas nenhum mc hj produz oq ele produziu (se como cantor ou como compositor). Mc hj nao dura 2 anos e ja vem outro. Mas vejo gente lembrando de bandas como Capital Inicial ainda hj q sao tocadas na radio.

Responder

Fernando em 27/05/2014 - 02h26 comentou:

Incrível como a esquerda brasileira começou a se identificar com o nacionalismo ufanista há exatamente 12 anos… Segundo os estudos da esquerda SÉRIA, nacionalismo sempre foi coisa de burguês… Ah, sim, é que a esquerda séria só existe na academia, ou seja, enquanto ainda é teoria. Basta subir ao poder para que a prática faça valer qualquer ideia, por mais anti-esquerdista que seja. Não, eu não sou de direita porque acho que seja a forma mais justa de pensar o mundo ou porque acredito que assim estarei caminhando rumo a um mundo perfeito: sou de direita porque não existe um discurso que seja mais discrepante no quesito teoria X prática que o da esquerda e, principalmente, porque não existe gente mais engajada, que acredita que em nome de seus ideias pode-se relativizar tudo e passar por cima de tudo e de todos. É natural de mim, sempre detestei hipocrisia.

Responder

AGE FERREIRA FILHO em 02/06/2014 - 20h55 comentou:

Acho que devemos separar um pouco o que eles fizeram, músicas muito legais, com a posição política deles…
O Roger é mais coerente que o Lobão, pois sempre foi de direita (Foi a primeira pessoa que declarou voto ao então candidato Fernando Collor de Mello, junto com a Globo, claro). O Lobão é um bobão querendo fazer marola para chamar a atenção. Sempre do contra…mas, é difícil separar mesmo o artista de suas posições políticas (Marília Pera votando e chamando voto no Collor), Regina Duarte com medinho do Lula… o baterista dos Ramones era replublicano e votava em Reagan… fodam-se eles, vamos pra esquerda e com muito rock'n'roll heheheheheh

Responder

Phillipe em 06/06/2014 - 00h23 comentou:

Ficou perfeito! Assino embaixo.

Responder

Luciana Garcia em 09/06/2014 - 18h44 comentou:

Muito bem explicado! Adoro seus textos…você é muito lúcida!

Responder

TucanoPeTralha em 13/06/2014 - 16h36 comentou:

Estes dois se redimiram.
Um salve, para ambos!

Rezemos:

Pai nosso que estás nos céus, santificado seja o Vosso nome.

Venha a nós o Vosso Reino.

Seja feita a Vossa vontade, assim na Terra como no Céu.

O pão nosso de cada dia nos dai hoje.

Perdoai as nossas ofensas assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido.

E não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal.
Amém!

Responder

eu mesmo em 30/06/2014 - 22h33 comentou:

Lobão está de parabéns! Falou a verdade!

Responder

Antonio Lobo em 01/10/2014 - 18h20 comentou:

Cynara,
ótimo texto como sempre. Que tal um semelhante com cineastas? Candidatos há muitos Arnaldo Jabor, Fernando Meirelles, Herctor Babenco..

Responder

SilD em 01/10/2014 - 23h38 comentou:

Já disse pro Lobão num bate boca: Preferia que você tivesse vendido os direitos de "Me Chama" para qualquer operadora de telefonia da vida, do que te ver vendido inteiro para essa pelegada dos infernos.
E pensar que nas rodas de conversa, quando muitos dos meus amigos o achavam um pé no saco, eu o defendia.

Lobão… O Eleito
Ele é o esperto, ele é o perfeito / Ele é o que dá certo, ele se acha o eleito…

Quanto aos outros dois; não lembro nem quando estou… deixa p lá. rs

Responder

nival farinazzo em 03/10/2014 - 13h12 comentou:

preciosidade. valeu!

Responder

Guilherme em 14/10/2014 - 22h09 comentou:

Lobão é um escroto. Menosprezar a obra de artistas do porte de Tom, Gil, Caetano ou Chico é de uma imbecilidade ímpar. O cara pode até não gostar das pessoas, mas tentar reduzir sua obra (como ele faz reiteradas vezes) é muita burrice. Não dá pra ignorar a importância da obra dessas figuras. Esses artistas são verdadeiros baluartes da cultura nacional.

Responder

josé arigó em 18/10/2014 - 13h49 comentou:

trabalharam e estão ricos, e não a suas custas.

Responder

prof Sergio Teles em 25/10/2014 - 04h33 comentou:

Inda bem que não estão armados (com armas de fogo) e, alucinadamente atirando em alunos e professores inocentes cumprindo seu dia letivo nas escolas.

Responder

Conmal em 29/10/2014 - 19h24 comentou:

Acho irônico a ex- repórter da folha que é de direita agora em seus blogs falar dos que foram de esquerda do anos 80. Ai eu mim pergunto de certo modo vc também não foi igual elas quando estava na folha?. E agora tomada de um sentimento socialista o critica-los. Reveja sua trajetória e perceba que fez parte dessa burguesia tbm.Como dizem por ai : Macaco fala mais não olha pro rabo !

Responder

mauro cezar em 04/11/2014 - 21h54 comentou:

Eu não escuto mais as musicas do Lobão… Ou melhor Bobão.

Responder

Deusimar Filho em 11/11/2014 - 13h54 comentou:

Rebeldia realmente é fase, ainda bem uns caíram na real, com certeza outros vão cair também, fica a dica blogueira.

Responder

Erick em 02/01/2015 - 21h03 comentou:

Matéria muito empírica e encharcada de sentimentalismo nas críticas. Me faz sentir que um socialista é quase um frustrado com inveja do rico, do tipo: "O ódio como sentimento mais próximo do amor." Posso até estender mais e classificar como desatualizado, já que, conheço muito socialista morando na cobertura em dias atuais porque agora ocupa uma secretária do Governo e ganha muito bem obrigado. Acredito que a militância socialista deva se reciclar e trocar o disco.

Responder

Antonio em 27/01/2015 - 17h14 comentou:

Cynara,
excelente. Por que só uma baiana tem essa coragem toda?
Parabéns, ganhou mais um leitor.

Responder

jainab em 27/01/2015 - 17h53 comentou:

o que tem de ruim em estudar em uma escola particular? que jeito ridículo de insultar uma pessoa. o texto é legal, vc escreve bem, estou lendo outros, mas fica a dica.

Responder

CarloEd em 17/02/2015 - 00h18 comentou:

Olha eu não sei se eles são de direita ou de esquerda, acho que eles nem sabem o que é isso o fato é que quem gera polêmica com um grupo de pessoas tem os seus 10 minutos de fama. Isto é lucro para quem estava com a produção baixa e não conseguiu assimilar a sua baixa produção artística e que nunca saíram da contestação enlatada, típica de um período de fim de regime, década de 80, quando alguns classe média mimados pegaram carona e resolveram bater no judas quase morto.O fato é que se não fosse musicas contestatórias pouco ou nada se conheceria deles, e essa geração nova nada conheceria deles porque foi direcionada pelos mesmos meio que eles tiveram o seus trabalhos divulgados e foram superados pela máquina de dinheiro que é o complexo mídia-gravadoras. Agora provocam polêmica e levam a resposta, lucro para quem está apagado chorando sem ter onde jogar a sua culpa, bela orientação marqueteira, deve ter saído cara a consultoria. A melhor resposta é o silêncio, falem-me de Chico ou de poetas que compreenderam que o que esta em curso é a democracia, pela qual lutamos e hoje vemos o resultado, nada em baixo do tapete, nenhum crime é escondido porque se conhece fulano ou sicrano, agora podemos lamber as nossas feridas e seguirmos em frente…para os recalcados "beijinho no ombro". (Ah e claro!! tu Cynara es muito Guapita e inteligente!!!

Responder

Marcelo em 22/02/2015 - 11h56 comentou:

O LOBÃO era LOBINHO, virou LOBO e agora é mingau da direita.

Responder

mala em 01/03/2015 - 00h43 comentou:

texto deveras preconceituoso, bobo, raso.

Responder

André em 22/03/2015 - 21h24 comentou:

Quanta besteira!!!!…… mas todo derrotista é direitista…..kkkkk…diz ai, onde mesmo o Socialismo deu certo? Cuba, Venezuela, Correia do Norte, Russia…..ahhh e a direita que é derrotista, é preciso ler menos Marx e mais Mises. Vi apenas 2 post deste blog e já deu…

Responder

Lobão em 25/03/2015 - 14h42 comentou:

kkk. Esse blog é engraçado

Responder

joanbell Oliveira em 25/03/2015 - 22h49 comentou:

O que intiga, é ver 860 comentários sobre dois = Zé Ninguém = , da música, se lembrar-mos que na Itália, houve dificuldades para enterrar dois gigantes: Modugno e Lucio Dalla, por exemplo, quando centenas de milhares de pessoas querendo dar o último adeus aos dois grandes artistas, um espetacular, artista múltiplo, não tão culto, nascido no sul pobre, mas com sua cultura artística, foi venerado na Itália e no mundo, e, outro, artista gigante, muito culto, solidário, politizado, amava seu país e sua cidade querida, Bologna, com sua preferência sexual aberta, e perder-se tempo com dois NADA, de preferência sexual enrustida, burros, ignorantes, despolitizados, anti-nacionais, mas, com uma virtude, a la Rede Globo: usuários de Drogas.

Responder

Deixe uma resposta

 


Mais publicações

Politik

Jimi Hendrix por Moebius


Em março de 1967, o jornalista francês Jean-Nöel Coghe acompanhou Jimi Hendrix (1942-1970) em uma turnê na França e na Bélgica e tirou muitas fotos do guitarrista na intimidade, enquanto jantavam juntos ou no camarim.…