Socialista Morena
Politik

Às ruas, camaradas

Uma das coisas mais bacanas que tem acontecido nos últimos anos no mundo é que surgiram mil e uma novas formas de se manifestar. Graças às redes sociais, as convocações para ir às ruas se espalham que nem rastilho de pólvora. Churrascões, marchas, flashmobs, bicicletadas… Vale tudo na hora de reivindicar e protestar. Teve até […]

Cynara Menezes
03 de outubro de 2012, 13h57

Uma das coisas mais bacanas que tem acontecido nos últimos anos no mundo é que surgiram mil e uma novas formas de se manifestar. Graças às redes sociais, as convocações para ir às ruas se espalham que nem rastilho de pólvora. Churrascões, marchas, flashmobs, bicicletadas… Vale tudo na hora de reivindicar e protestar. Teve até uma galera na Espanha que resolveu cantar flamenco no banco contra as medidas econômicas do governo. Achei o máximo.

Nesta sexta,5 de outubro, na Praça Roosevelt, centro de São Paulo, vai haver um festival por amor à cidade e contra Celso Russomanno, do PRB. Convocado por eleitores comuns, não por adversários do candidato. O que vai acontecer por lá? De tudo um pouco: música, teatro de rua, performances. Só indo ( vestido de rosa) para descobrir.


Apoie o site

Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para assinar, você pode usar apenas qualquer cartão de crédito ou débito

Ou você pode ser um patrocinador com uma única contribuição:

Para quem prefere fazer depósito em conta:

Cynara Moreira Menezes
Caixa Econômica Federal
Agência: 3310
Conta Corrente: 23023-7
(2) comentários Escrever comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da Socialista Morena. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Victor Farinelli em 04/10/2012 - 03h04 comentou:

Em 2011, eu fiz uma matéria pro Opera Mundi sobre um beijaço dos estudantes chilenos em frente ao Congresso, em Valparaíso, contra o crise do sistema educacional no país. Acho que o beijaço é uma das melhores formas de manifestação para eventos como esses #AmorSimRussomano/Lacerda/PaesNão: http://operamundi.uol.com.br/conteudo/noticias/13

Responder

João em 21/06/2013 - 17h49 comentou:

Imaginem se por meio do presente “clamor social” acerca de mudanças, ocorresse a possibilidade de iniciar uma campanha pela NÃO OBRIGATORIEDADE DO VOTO, ou seja, se vivemos em um Estado Democrático de Direito, por qual motivo sou OBRIGADO a VOTAR.

Responder

Deixe uma resposta

 


Mais publicações

Politik

Mandar o presidente para o espaço. De preferência, sem volta


Insatisfeitos com o desempenho do presidente Mohamed Morsi menos de um ano após sua posse, em junho de 2012, ativistas egípcios tiveram uma ideia genial: inscreveram Morsi num concurso do desodorante Axe que vai mandar…

Politik

Se todos fossem iguais a você, Isadora


  A catarinense Isadora Faber tem 13 anos e ótimas notas. A menor nota do boletim dela é 7, em Ciências. Ela cursa a 7a. série na escola pública municipal Maria Tomázia Coelho, em Florianópolis.…