Socialista Morena
Cultura

Itamar Assumpção, o documentário: Daquele Instante em Diante

Longa de Rogério Velloso acompanha a trajetória do artista paulistano desde os anos 1980 até sua morte

Cynara Menezes
06 de fevereiro de 2013, 00h11

Conheci muito pouco da música de Itamar Assumpção (1949-2003). Da vanguarda paulistana, da qual ele participou, ouvi só Arrigo Barnabé, e anos depois. Só fui ouvir Itamar bem mais tarde, na voz de Cássia Eller, com Já Deu Para Sentir, de seu primeiro disco. Cássia adorava Itamar. “Pirei quando ouvi Itamar Assumpção pela primeira vez. Aquele jeito de compor todo esquisito. Acho fantástico”, ela disse sobre o paulista de Tietê, bisneto de escravos angolanos.

Uma coincidência que me liga de certa maneira a Itamar Assumpção é que, quando criança, morei numa cidade pequena chamada São Francisco do Conde, na Bahia, onde havia muitos negros que trabalhavam na Petrobras. Eu, com 4, 5 anos, achava incrível eles trabalharem com petróleo e serem pretos, então falava PRETOBRAS. Achei graça e me trouxe boas memórias quando Itamar fez a mesma associação e lançou seu último disco com este nome…

Para que vocês conheçam mais Itamar Assumpção e eu também, o Cine Morena tem o orgulho de apresentar Daquele Instante em Diante, o ótimo documentário de Rogério Velloso que acompanha a trajetória do artista desde os anos 1980 até sua morte, com muitos cafés-entrevistas com parceiros e amigos. É novíssimo, foi lançado em 2011 nos cinemas e acaba de chegar à rede. Espero que curtam.


Apoie o site

Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para assinar, você pode usar apenas qualquer cartão de crédito ou débito

Ou você pode ser um patrocinador com uma única contribuição:

Para quem prefere fazer depósito em conta:

Cynara Moreira Menezes
Caixa Econômica Federal
Agência: 3310
Conta Corrente: 23023-7
(6) comentários Escrever comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da Socialista Morena. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Maycon Rodrigues em 07/02/2013 - 09h51 comentou:

Vale acrescentar que a Loja Sesc vende um box com todas as obras do Itamar.

Responder

wanderson em 07/02/2013 - 18h48 comentou:

Tô ficando muito seu fã viu Cynara. Não tem mais fotos sua pra gente vê não?

Responder

Flávia Nascimento em 08/02/2013 - 12h23 comentou:

Cynara adorei seu blog, sou grande fã do Itamar e recentemente eu e uma amiga criamos um blog só dedicado a resgatar e divulgar a obra dele, segue o link (http://benditoitamar.wordpress.com/) aguardo uma visita sua! Bjs!

Responder

Eder Accorsi em 11/02/2013 - 00h53 comentou:

Genial e emocionante o doc sobre a vida e obra do Itamar Assumpção e de toda essa turma especial de uma época imperdível do cenário musical paulista e nacional, infelizmente desconhecido da maioria dos brasileiros.

Responder

Bacellar em 30/07/2013 - 00h36 comentou:

Esse sim foi um cara foda.

Responder

Cristina Silveira em 26/03/2018 - 15h30 comentou:

Cynara querida, obrigada, obrigada por falar do mestre da Lira Paulistana. Viva Itamar Assumpção, Grandeza do Brasil.

Responder

Deixe uma resposta

 


Mais publicações

Cultura

Adeus, Luiz Melodia, pérola negra da MPB


Agosto, o mês do desgosto, salvou Temer e levou Melodia. Para lembrar uma das vozes mais deliciosas, inconfundíveis e insubstituíveis da MPB, um obituário melódico

Cultura

Novos Baianos: a arte de viver em comunidade – e fazer música genial


Se tem um grupo que realizou o sonho hippie de morar em comunidade foram os Novos Baianos. Moraes Moreira, Baby Consuelo (hoje Baby do Brasil), Pepeu Gomes, Paulinho Boca de Cantor, Dadi, o letrista Luiz…