Socialista Morena
Politik

No twitter, Janaina Paschoal divulga postagem falsa de Maria do Rosário

Motivo recorrente de piadas nas redes sociais, a advogada que pediu o impeachment de Dilma está propagando um tweet adulterado em que a deputada petista "defende" estupradores. Deveria saber que isso é crime

Janaina Paschoal na sessão do impeachment no Senado. Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado
Cynara Menezes
25 de agosto de 2017, 11h53

Uma das autoras do pedido de impeachment de Dilma Rousseff, a advogada e professora universitária Janaina Paschoal se uniu aos que propagam mentiras a respeito da deputada petista Maria do Rosário. Na manhã desta sexta, a advogada divulgou um tweet adulterado em que Rosário afirma que “perdoaria” alguém que a estuprasse porque “estupradores são pessoas frágeis”.

Janaina não fez o menor esforço para checar a veracidade antes de tuitar a postagem falsa, sendo que, na noite anterior, a própria deputada havia desmentido. Bastaria ir na timeline de Rosário e conferir.

Só depois de receber inúmeras críticas por propagar conteúdo falso é que a advogada resolveu se retratar, mas sem apagar o primeiro tweet, que continuou sendo retuitado pelos aloprados da internet. Depois, disse que “não tinha tempo” para comentar, embora tenha tido tempo de sobra para ajudar os que caluniam a deputada.

São essas pessoas sem moral alguma que participaram do golpe contra Dilma. Em defesa de Janaina, vale lembrar que sua capacidade de julgamento é um pouco deficiente, já que não faz tempo ela se disse “decepcionada” com Aécio Neves, meses depois de aparecer abraçada com o tucano durante o impeachment.

A performance da professora da USP no twitter é, para dizer o mínimo, polêmica. Além de agora ter passado a divulgar postagens falsas a respeito de adversários políticos, Janaina costuma causar risadas aos frequentadores da rede com suas teorias conspiratórias.

Já atribuiu à cor vermelha, por exemplo, os problemas de Nicolás Maduro, e virou piada.

Recentemente, a professora da USP voltou a virar alvo de gozação ao tentar entabular um diálogo, em inglês, com o presidente dos EUA, Donald Trump, para tentar atribuir a Dilma e Lula a crise na Venezuela e pedir que invada o país.

Agora, o que era apenas piada virou coisa séria: espalhar notícias falsas a respeito de alguém é crime. Como advogada, Janaina deveria saber disso. Mas quem se surpreende quando se trata de alguém que fez um pedido de impeachment sem haver crime de responsabilidade?

UPDATE: finalmente, após milhares de reclamações, a professora da USP apagou o tweet falso que propagava.

 


Apoie o site

Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para assinar, você pode usar apenas qualquer cartão de crédito ou débito

Ou você pode ser um patrocinador com uma única contribuição:

Para quem prefere fazer depósito em conta:

Cynara Moreira Menezes
Caixa Econômica Federal
Agência: 3310
Conta Corrente: 23023-7
(13) comentários Escrever comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da Socialista Morena. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Renato ferreira de albuquerque em 25/08/2017 - 14h31 comentou:

SEGUNDO NAPOLEÃO , OS ADVOGADOS SÓ SERVEM PARA DETURPAR AS LEIS , O QUE SERIA DESTA DESONESTA SENÃO A DETURPAR AS LEIS COM A MENTIRA .

Responder

    Antonio P. Ribeiro em 26/08/2017 - 03h09 comentou:

    Desculpe cara mas como advogsdo nao posso concordar com isso, pois o vetdadeiro advogado e absolutamente cumpridor da lei e em sua maioria. Np caso da Janaina ate que se poderia aplicar tal teoria, posto que ela e uma aberracao, tanto como advogada como pessoa.

    FCO. JANIR DE SOUSA em 27/08/2017 - 16h01 comentou:

    Verdade. Ela é uma oportunista. Era desconhecida, mas aproveitou a ocasião para DECLARAR APOIO “jurídico” MIDIÁTICO AO GOLPE em favor de. AECIO NEVES E TEMER. Faz vergonha uma coisa dessa !

    Cleber Augusto em 29/08/2017 - 08h07 comentou:

    Você segue a mesma linha dessa advogada preconceituosa: generaliza tudo… Já que gosta de citações una outra importante e verdadeira foi a do Umberto Eco: a internet deu voz aos imbecis….

José Juarez em 25/08/2017 - 15h30 comentou:

Essa senhora Janaína Pascoal, como qualquer pessoa ,ainda mais ela sendo advogada , deveria certificar se um Twitter é verdadeiro.,antes de sair postando sem saber . Por suas últimas ações em Twitter, Facebook e outras redes sociais, quem sabe o melhor para ela não seria colocar os pés no chão !!!

Responder

    Marcelo de souza em 26/08/2017 - 09h01 comentou:

    Só que o pessoal do “socialista morena” tbm nao esta dando ênfase ao comentario dela anexado a imagem !! “ALGUEM SABE DIZER SE O TWITE ABAIXO É VERDADEIRO ? ” ela postou com uma pergunta simples e objetiva , e quando teve a resposta , posteriormente postou a imagem da postagem com carimbo fake !! Vcs é que estao de mimimi querendo imputar culpa em quem nao tem !!

Fernando Pamplona em 25/08/2017 - 18h37 comentou:

E o GILMAR MENDES?

Responder

Fabiano Costa em 25/08/2017 - 20h44 comentou:

Realmente o que esta advogada fez não foi correto….mas pelo que vejo este site não ê imparcial…chamar a retirada da Dilma da presidencia de “golpe”….brincadeira né!
Chamem como quiser…pena que não coseguimos o mesmo “golpe”contra Michel Temer ,que é outro que governa em benefício próprio…
Temos 3 graves problemas….educação,saúde e segurança… 14 anos de PT no governo e nenhum desses graves problemas chegou perto de ser resolvido…piorou muito até!
Lula,Dilma e PT…decepção total!

Responder

    eduf em 26/08/2017 - 16h50 comentou:

    Nossa. Ainda tem gente achando que o golpe não foi golpe. Oh, povo lesado.Esse devia estar em coma e acordou agora.

Márcio Gaspar em 26/08/2017 - 00h26 comentou:

Se for investigar a carreira acadêmica da professora da USP!!! Irão encontrar gato nas titulações, apadrinhamento e favorecimento para galgar um cargo de professora na prestigiada faculdade do Largo São Francisco. O discurso da professora é muito raso,fraco e sem profundidade intelectual para quem é professora desta instituição, ainda mais na área do Direito, que faz parte das Ciências Humanas e que tem como base outras áreas do conhecimento como Sociologia, Política, Filosofia, História etc. A professora se manifesta de forma histriônica com construção ideológica sem consistência lógica daquilo que fala. Parece que o seu conhecimento adquirido não é baseado nas melhores referências do Direito e das Ciências Humanas. Está mais para pós verdade que é manifesta em diversos comentários espalhados pelo facebook. Isso é péssimo para a academia.

Responder

Flavio Costa de Mello Brant em 26/08/2017 - 01h18 comentou:

Não posso afirmar se foi a súbita fama, mas esta mulher desenvolveu uma necessidade patológica de querer aparecer. É uma completa desequilibrada mental, não dá para entender como ainda aceitam que ele dê aulas.

Responder

Fernando Mendes em 26/08/2017 - 08h47 comentou:

Estou preocupado com a existência de tanto ódio. A tecnologia que tantos benefícios pode trazer está sendo responsável direta pela disseminação
de mentiras, inverdades, falsidades e verdadeiras aberrações. Mostra que muitos brasileiros são facilmente manipuláveis por causa de um conhecimento e consciência zero. Isto mostra a fragilidade
do nosso sistema educacional que querem piorar ainda mais. É lamentável….

Responder

Henrique em 26/08/2017 - 14h40 comentou:

Muito ruim essa matéria. Pos verdade esquerdista. E o Gilmar Mendes? E o Temer? E o foro de Sao Paulo? Cade a Dilma metendo o pau nos golpistas? Explica ai morena…

Responder

Deixe uma resposta

 


Mais publicações

Trabalho

Ministério Público do Trabalho: reforma trabalhista de Temer NÃO irá gerar empregos


O MPT (Ministério Público do Trabalho) soltou quatro notas técnicas no início do ano contrárias aos projetos de “modernização” da CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas) que o governo Michel Temer pretende aprovar no Congresso Nacional…

Politik

1964 feelings: governo golpista coloca Forças Armadas nas ruas para reprimir protestos


O ministro da Defesa, Raul Jungmann, anunciou nesta quarta-feira 24, a convocação de tropas federais com poder de polícia para “garantir a lei e a ordem” na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, após a manifestação…