Socialista Morena
Politik

Nos tempos do engavetador-geral: Refrescando Henrique Cardoso

O que é mais vergonhoso para um presidente da República? Ter as ações de seu governo investigadas e os responsáveis, punidos, ou varrer tudo para debaixo do tapete? Eis a diferença entre Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva: durante o governo do primeiro, nenhuma denúncia –e foram muitas– foi investigada; ninguém foi […]

Cynara Menezes
15 de novembro de 2013, 14h34

(Geraldo Brindeiro, o engavetador, ops, procurador-geral da era FHC)

O que é mais vergonhoso para um presidente da República? Ter as ações de seu governo investigadas e os responsáveis, punidos, ou varrer tudo para debaixo do tapete? Eis a diferença entre Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva: durante o governo do primeiro, nenhuma denúncia –e foram muitas– foi investigada; ninguém foi punido. O segundo está tendo que cortar agora na própria carne por seus erros e de seu governo simplesmente porque deu autonomia aos órgãos de investigação, como a Polícia Federal e o Ministério Público. O que é mais republicano? Descobrir malfeitos ou encobri-los?

FHC, durante os oito anos de mandato, foi beneficiado, sim, ao contrário de Lula, pelo olhar condescendente dos órgãos públicos investigadores. Seu procurador-geral da República, Geraldo Brindeiro, era conhecido pela alcunha vexaminosa de “engavetador-geral da República”. O caso mais gritante de corrupção do governo FHC, em tudo similar ao “mensalão”, a compra de votos para a emenda da reeleição, nunca chegou ao Supremo Tribunal Federal nem seus responsáveis foram punidos porque o procurador-geral simplesmente arquivou o caso. Arquivou! Um escândalo.

Durante a sabatina de recondução de Brindeiro ao cargo, em 2001, vários parlamentares questionaram as atitudes do engavetador, ops, procurador. A senadora Heloísa Helena, ainda no PT, citou um levantamento do próprio MP segundo o qual havia mais de 4 mil processos parados no gabinete do procurador-geral. Brindeiro foi questionado sobre o fato de ter sido preterido pelos colegas numa eleição feita para indicar ao presidente FHC quem deveria ser o procurador-geral da República.

Lula, não. Atendeu ao pedido dos procuradores de nomear Claudio Fonteles, primeiro colocado na lista tríplice feita pela classe, em 2003, e em 2005, ao escolher Antonio Fernando de Souza, autor da denúncia do mensalão. Detalhe: em 2007, mesmo após o procurador-geral fazer a denúncia, Lula reconduziu-o ao cargo. Na época, o presidente lembrou que escolheu procuradores nomeados por seus pares, e garantiu a Antonio Fernando: “Você pode ser chamado por mim para tomar café, mas nunca será procurado pelo presidente da República para pedir que engavete um processo contra quem quer que seja neste país.”
 E assim foi.

Privatizações, Proer, Sivam… Pesquisem na internet. Nada, nenhum escândalo do governo FHC foi investigado. Nenhum. O pior: após o seu governo, o ex-presidente passou a ser tratado pela imprensa com condescendência tal que nenhum jornalista lhe faz perguntas sobre a impunidade em seu governo. Novamente, pesquisem na internet: encontrem alguma entrevista em que FHC foi confrontado com o fato de a compra de votos à reeleição ter sido engavetada por seu procurador-geral. Depois pesquisem quantas vezes Lula teve de ouvir perguntas sobre o “mensalão”. FHC, exatamente como Lula, disse que “não sabia” da compra de votos para a reeleição. Alguém questiona o príncipe?

Esta semana, o ministro Gilberto Carvalho, secretário-geral da presidência, colocou o dedo na ferida: “Os órgãos todos de vigilância e fiscalização estão autorizados e com toda liberdade garantida pelo governo. Eu quero insistir nisso, não é uma autonomia que nasceu do nada, porque antes não havia essa autonomia, nos governos Fernando Henrique não havia autonomia, agora há autonomia, inclusive quando cortam na nossa própria carne”, disse Carvalho. É verdade.

Imediatamente FHC foi acionado pelos jornais para rebater o ministro. “Tenho 81 anos, mas tenho memória”, disse o ex-presidente. Nenhum jornalista foi capaz de refrescar suas lembranças seletivas e falar do “engavetador-geral” e da compra de votos à reeleição. Pois eu refresco: nunca antes neste País se investigou tanto e com tanta independência. A ponto de o ministro da Justiça ser “acusado” de não ter sido informado da operação da PF que revirou a vida de uma mulher íntima do ex-presidente Lula. Imagina se isso iria acontecer na época de FHC e do seu engavetador-geral.

O erro do PT foi, fazendo diferente, agir igual.

(texto publicado originalmente no blog em dez/2012) 


Apoie o site

Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para assinar, você pode usar apenas qualquer cartão de crédito ou débito

Ou você pode ser um patrocinador com uma única contribuição:

Para quem prefere fazer depósito em conta:

Cynara Moreira Menezes
Caixa Econômica Federal
Agência: 3310
Conta Corrente: 23023-7
(71) comentários Escrever comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da Socialista Morena. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

thiago em 04/12/2012 - 15h45 comentou:

Essa obsessão de sempre trazer a comparação com o governo FHC para 'justificar' os erros do governo do PT é até meio infantil. "Olha, o meu governo tem roubo, mas antes era pior. Ninguém nem investigava nada quando quem estava no poder era aquele feio, bobo e cara de melão". E daí? É por isso que o roubo atual é melhor do que o de antes? Melhor do que sempre apontar o dedo para o outro lado, seria reconhecer os problemas que existem no seu. E olha que não são poucos…

Responder

    Benedito em 04/12/2012 - 16h29 comentou:

    Se você leu atentamente o texto, caro Thiago, deve ter percebido que a comparação não é de quem roubou mais ou menos. A comparação é de quem é republicano e de quem não é, incluindo a grande mídia nesse balaio. Houve malfeitos nos dois governos. E em todos os anteriores, infelizmente. E isso é lastimável. Mas somente no governo Lula houve liberdade republicana para investigação das denúncias.

    Marcos Garcia Neto em 16/11/2013 - 02h20 comentou:

    É infantilidade sim. Sou de esquerda, por muito tempo apoiei o PT, mas estou simplesmente farto. O filho do Lula ganhou passaporte diplomático e é um empresário rico. A filha da Dilma aparentemente também virou empresária. Frustrante. Que espécie de reforma política querem promover com isso? Enriquecendo seus filhos com empresas comerciais?

    Sem falar que o PT está no controle da administração federal há mais de uma década. Não vejo motivo algum para fazer paralelo entre os governos. PT teve tempo, teve chance, e nada. Por exemplo, cotas raciais. Simplesmente 1 ano antes da eleição a Dilma resolve fazer isso através de Medida Provisória. Quase vomitei meu xis. O que exatamente ela estava esperando?

    Enfim, ando desiludido com os rumos políticos. Dizer que "o outro era malvado" não é defesa nenhuma. Nenhuma. Aliás, convenhamos, os culpados corruptos não serão presos. Se for, é em regime semi-aberto. Uau, precisarei dormir na cadeia em cela separada dos outros detentos, que medo.

    Santana em 16/11/2013 - 22h52 comentou:

    Desculpe, Seu Marcos, mas não querer ver a transformação que esse país viveu sob o governo do PT é não querer ver o óbvio. O país mudou e mudou para melhor.

    Petralha_EU? em 18/11/2013 - 01h46 comentou:

    Melhor para quem Cara Pálida ????

    Mário em 18/11/2013 - 13h06 comentou:

    Melhor para quem queria que o governo pudesse ser investigado… Não era esse o tema da matéria?

    Gladys em 19/11/2013 - 19h52 comentou:

    Benedito. É bem verdade que neste governo, muitos políticos petistas estão sendo investigados e punidos. Mas com toda certeza, nem eles acreditavam que isso seria possível.

    Oscar Cox em 04/12/2012 - 17h03 comentou:

    Não, cara, presta atenção: a questão é que a melhor forma de "reconhecer" um erro é permitir quer seja investigado. Comparar com o que havia antes não é infantilidade, é sublinhar o fato.

    Francisco em 04/12/2012 - 17h26 comentou:

    Thiago, você pode estar certo, mas só até certo ponto. Você precisa entender que a discussão não é apenas moral, é política também. Quando o PT se defende, é porque quem acusa fez igual ou até pior; não estão dizendo que deixaram de fazer. O que está sendo dito, é que pelo menos não foi jogado para debaixo do tapete, e que está sendo demitido quem tinha que ser. O único meio de melhorar é punir. É ser muito ingênuo pensar que algum dia a corrupção vai acabar no mundo, ela é inerente ao ser humano; no Japão políticos fazem arakiri, na China são condenados à morte. O modo de ser do PT nesse caso, ainda faz a diferença.

    fabio em 16/11/2013 - 18h06 comentou:

    Você fala como se o PT estivesse facilitando o julgamento até agora uahuahau esquerdistas alienados

    Alex em 17/11/2013 - 14h20 comentou:

    A diferença é que o PT está dificultando seu julgamento. Já o PSDB IMPEDIU seu julgamento, com apoio da imprensa.

    Vc sabe ler?

    Joel krzka em 04/12/2012 - 18h59 comentou:

    Justificar eu não digo, mas cobrar punição igual para crime igual e tratamento igual pela mídia facista é um sonho.

    DINHO PALMA em 16/11/2013 - 11h23 comentou:

    EU ACHO QUE É HORA DE PASSAR O BRASIL A LIMPO, MESMO QUE OS CRIMES DO PSDB E DO FHC, ALCKMIN, SERRA ET CATERVA JÁ ESTEJAM PRESCRITOS. O PT DEVE ISSO AO POVO BRASILEIRO. ABRIR OS ARQUIVOS DA CGU E DO MPF E MOSTRAR EM HORÁRIO NOBRE. COMEÇAR DO ZERO.

    Paulo Vinicius em 16/11/2013 - 14h39 comentou:

    Entrei na matéria pronto a ler uma série comentários estúpidos e ignorantes, como é típico de se encontrar em quaisquer portais e, especialmente, no site de uma certa revista desonesta ao extremo. Entretanto, chego aqui e vejo pessoas argumentando de forma educada e respeitosa, e isso demonstra o nível intelectual e cultural de quem acompanha a revista Carta Capital. Eu discordo que seja ruim fazer comparações com o passado. Acho que devemos sempre entender a história para aprender com ela e evitar os mesmos erros, mas o mais importante é ver que ainda há locais dignos de debates. Está de parabéns a Carta Capital por sempre mostrar os dois lados da moeda e por fazê-lo de forma isenta e democrática. Por essas e outras, tenho orgulho de dizer que sou leitor da Carta Capital.

    DARCY SALES em 16/11/2013 - 15h44 comentou:

    Leu e não entendeu. Triste a ignorância.

    wilson josuca em 16/11/2013 - 16h54 comentou:

    Realmente, não são poucos. A corrupção é histórica. Entretanto, estamos dando um grande passo, e está é a diferença. Hoje, os órgãos de controle (CGU, PF e MPF) atuam com muito mais liberdade, e aí os problemas aparecem. Imagine o que não ocorria durante o período das ditaduras. Agora, nem o cidadão é santo, nem mesmo aqueles que vestem fardas. Basta ter poder.

    roger em 16/11/2013 - 21h27 comentou:

    meu voce e limitrofe? nao e isso que se trata ,a mudança de postura foi no governo lula! acorda troll

    paulo claudio em 17/11/2013 - 02h04 comentou:

    Argumento irretocável ! Pelo que sei o suposto mensalão adentrará no STF em pauta vindoura, não sabemos quais serão as decisões dos ministros,o futuro a Deus pertence. Mas o mensalão do PT é concreto e muito mal cheiroso, coube ao DR.Barbosa dar uma descarga nesta podridão Meus parabéns ministro!

    Beto em 19/11/2013 - 07h29 comentou:

    Suposto mensalão? Você vive em que país? Se embebedou lendo Veja? O crime prescreve ano que vem – ano de eleição. Você PENSA mesmo que eles irão investigar ou julgar algum crime cometido, por qualquer partido que seja, em ano eleitoral? Bota esse despertador pra tocar aí, parceiro. O PT veio primeiro, os outros prescreverão. E você ainda acredita em justiça do STF e parabeniza uma justiça cotoca de uma mão. Tá serto.

    Alex em 17/11/2013 - 14h17 comentou:

    Esse Thiago entendeu o que leu? Não há roubo melhor que o outro, há roubos investigados e roubos não investigados. é disso que trata a matéria.
    Que parte dessa coisa fácil de se compreender no texto vc não entendeu? Ela escreveu em português, meu filho. Vc parece ser apenas mais um dos 'honestos e bem intencionados' brasileiros que exige cadeia para os ladrões do PT e exige silencio para os ladrões anti-PT.
    Sua indignação moral vale uma nota de três reais.

    paulo claudio em 18/11/2013 - 17h12 comentou:

    Apoio integralmente sua explanação ! Não morro de amores pelo PSDB, mas o STF acatou a denúncia contra o "tucanato mineiro", é só acabar o mensalão da PtTralhada,e não tenho dúvidas que a tucanada será a bola da vez, e duvido que o JB mudará a sua postura. O resto é mi-mi-mi… Cadeia nesta gente !

    Beto em 19/11/2013 - 07h32 comentou:

    Mais um que dormiu no ponto e não está entendendo nada do que está passando debaixo do nariz. O crime do 'mensalão' prescreve ano que vem. Ano de eleição. Você acha que eles irão investigar ou julgar qualquer partido em ano eleitoral? Numa coisa concordo: duvido JB mudar sua postura, a qual nunca enganou ninguém, de só julgar apenas um lado. Acorda, cara-pálida! Tá sonhando que esse é o início do fim da impunidade no Brasil.

    Jorge SP/Londrina em 22/11/2013 - 19h13 comentou:

    Ja parou para pensar que o mensalao tucano pode ser julgado ainda nos proximos meses e a bola da vez fica com o PSDB???…….Comecaria a gostar do Barbosa entao??? Ou so faz esta chicana(ops) para se mostrar “mais” inteligente que os outros, como se so voce tivesse visto a luz?
    Roubou?…Cana neles….nao importa partido ou ideologia. Os esquerdistas tem o pessimo habito de achar que os fins justificam os meios. Sou daquela classe media que causa paura em alguns pois Etica e algo que nao passava na cabeca de nenhum pensador “progressista” e esta enraizada em grande parte da populacao brasileira, em especial aquela que tem que trabalhar para se sustentar e tentar melhorar a vida dos filhos. Acorde voce!

    Sandro em 23/02/2015 - 12h22 comentou:

    Continua com a mesma opinião? Cadê sua indignação com a mudança de postura do STF?

    antonio em 18/11/2013 - 18h45 comentou:

    Tem que falar sim e comparar sim. É preciso distinguir o joio do trigo. é preciso ver quem fato tem a consciência limpa. Isso que fizeram não é justiça é política baixa com apoio da grande mídia que não tem nenhum compromisso com o Brasil e nunca tiveram. Como posso apoiar isso? Jamais.

    Alfredo Rocha em 12/12/2013 - 23h03 comentou:

    Veja bem, ninguem que tenha um mínimo de equilibrio racional e sensatez, apoia este ou aquele que roubou menos. A corrupçao deve ser combatida em qualquer governo ou instituiçao publica ou privada, independente de quem esteja no poder. Em todo governo há desvios e erros, porém, para tentarmos extinguí-los, se não há um perfeito ou melhor, não podemos retroceder e recolocar quem roubou ou corrompeu mais, no poder novamente, isso é obvio. Vamos fiscalizar e cobrar melhorias desse governo, que com certeza é o melhor dos ultimos tempos, mas voltar com velhos ladroes e corruptos de carteirinha, nunca mais.

    Sandro em 23/02/2015 - 12h27 comentou:

    É por não querer comparar que pessoas como você embarcam na conversa de quem não tem nenhuma moral pra falar sobre o assunto. Agora me diz, é intencional?

Messias Macedo em 04/12/2012 - 16h00 comentou:

[DA SÉRIE ‘PIADAS NO SALÃO’!]

Procurador [Brindeiro Gurgel] afronta o STF, o Congresso Nacional e o Estado ‘Subdemocrático’ e de Direito… E, diz, textualmente:”…É ‘perfeitamente admissível’ prisão imediata de condenados…”

… Bom, então, o senador Fernando Collor de Mello poderá ver o prevaricador-geral da República e a esposa encarcerados logo em seguida ao indiciamento e outras mediadas jurídicas e administrativas!…
(… Este procurador destila ódio pelas ventas que é um horror! Uma lástima, “seu ‘dotô’”!… Sob outra ótica é uma mistura caricata do Sargento Garcia, do Jô Soares e do Rei Momo do carnaval da Bahia! O que é aquilo televisionado, sô?!… Já não bastavam ‘os beiços autoassoprados’ pelo “grão-supremo” Gilmar Mendes, o que (a)quilo televisionado, “seu menino”?!…)
NO BANCO DE RESERVA DO MERVAL “DA GLOBO”! O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, saiu em defesa nesta segunda-feira (3) do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Luiz Fux e disse que não houve “nada irregular” nos contados dele com réus do mensalão, como o ex-ministro José Dirceu, quando articulava sua indicação para o tribunal.
Gurgel ligou a informação ao que chamou de campanha de desmoralização do Supremo e do Ministério Público patrocinada por “inconformados com o resultado do julgamento”, que teria ainda tentado incluir o nome dele no relatório da CPI do Cachoeira do Congresso Nacional.
(…)
CACHOEIRA – perdão, ato falho -, FONTE: grande ‘MÉRDIA’ nativa!

O Gurgel “matou no peito”! É isso, aí, meu peixe, diria o Fux!…

Que país é este, sô?!…

República da DIREITONA OPOSIÇÃO AO BRASIL, fascista eterna, MENTEcapta, aloprada, alienada, histriônica, impunemente terrorista, antinacionalista, golpista de meia-tigela, corrupta… ‘O cheiro dos cavalos ao do povo’!… (“elite estúpida que despreza as próprias ignorâncias”, lembrando o enunciado lapidar do eminente escritor uruguaio Eduardo Galeano)
Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

Responder

    Lucas Pelizaro em 16/11/2013 - 03h46 comentou:

    Você está completamente equivocado. Como alguém pode ser "fascista" e "antinacionalista" ao mesmo tempo? Se erra nisso, que é básico, imagine na "análise"… Procure se informar, acho que vai ser melhor.

    Gladys em 19/11/2013 - 19h46 comentou:

    Tentei curtir a primeira opinião de Thiago e não consegui. Mas fiz um teste e consegui curtir a segunda opinião de Messias . ???????????????????????????

Sergio em 04/12/2012 - 17h19 comentou:

Sensacional, parabéns pelo artigo!

Responder

André Leclerc em 04/12/2012 - 17h51 comentou:

A imprensa golpista daqui não fez perguntas ao ex-Presidente FH sobre os escândalos de seu governo, mas quem fez, e muito bem, é um jornalista da BBC (e os jornalistas da BBC são jornalistas de verdade, e não vulgares propagandistas fofoqueiros como têm demais no Brasil). No Programa "Hard Talk" da BBC que podemos assistir na integra no Youtube, o jornalista da BBC questiona FHC sobre esses escândalos e sobre o Engavetador Geral da República. Até bons jornalistas britânicos sabem muito bem disso, o que contraste com o silêncio cúmplice da conservadora e triste mídia brasileira.

Responder

    Aln em 13/05/2014 - 00h08 comentou:

    Eu conheço essa entrevista. E já vi a do Lula também, no mesmo programa. Aliás, que programa!
    A diferença entre os dois é gritante. Depois dessa entrevista, ficou claro pra mim a capacidade que o Lula tinha de governar o Brasil. Diferentemente do FHC, que mesmo com maior conhecimento acadêmico, não tem nem a metade do conhecimento que o Lula tem do Brasil, e do nosso povo.

dukrai em 04/12/2012 - 18h38 comentou:

ô Morena, deixa de implicância, a conclusão não tem nada a ver com o texto: "O erro do PT foi, fazendo diferente, agir igual." O PSDB é isto que o texto diz, um balaio de maracutaia e o seu anexo, DEMoníacos, entrou em auto-extinção, com o histórico de escândalos interplanetários, Arruda, Debóchenes Torres, … O PT tem lá os seus trambiqueiros e uma ruma de bandoleiros no pé armados de caneta que atiram primeiro e perguntam depois, nessa cometem desatinos e assassinatos morais e vez ou outra pegam algum desavisado na boca da botija. Pra vc ver, desta vez quem pariu o bebê de Rosemary foi a PF tucana de SP, a mídia só soube pelos jornais rs

Responder

Agnaldo Luís Tavares em 04/12/2012 - 20h45 comentou:

A separação dos poderes não foi obra do PT, que fique claro. E para que serviu tanta pirotecnia quando o desfecho foi o mesmo? Pelo jeito essa bobagem de procurar o menos pior ainda não saiu de moda. Ridículo, ridículo. Esse é um típico raciocínio medíocre, do tipo: "Estupra, mas não mata".

Responder

mario cezar em 05/12/2012 - 00h25 comentou:

morena, sou um desentendendor de política, digo, as partidárias. aglomeram-se de modo ferrenho. poderosos interesses . lobbies. os escondidos, os esconjuros. recebem cartas brancas. engalfinham-se dentro da caixa preta da democracia(josé saramago tem reflexões magníficas em relação a isso)e você , morena "dos olhos d.água"deve saber mais do que minha matutagem os interesses-molambos; os interesses do capitalismo-sanha que é a grande imprensa. os interesses ideológicos dos aglomerados midiáticos. no fundo, gosto da revista carta capital. a folha de são paulo e mal escrita(além da defesa de interesses espúrios; de estética grosseira e imagens fantasiosas, em desespero para abocanhar leitores, a isso, atrelando todo tipo de encarte-bugiganga. quanto ao pt, você fez bem de publicar o artigo do jornalista mino. quanto a FHC, deixou o país de quatro. no precipício ou feito uma lasca de lenha que dependurado no oitão, não serve pra nada

Responder

Rodrigo Pelegrin em 05/12/2012 - 16h01 comentou:

Olá Cynara, parabéns pelo blog e pelo seu trabalho. Gosto muito de seus artigos, recentemente destacaria aquele texto sobre os "futuros" de José Serra, simplesmente primoroso.
Sobre o engavetador, não é de hoje que quem consegue se desvencilhar da apostila da grande mídia sabe bem que esse era o modus operandi da era FHC e não é nada diferente em suas versões estaduais. Geraldo "picolé de chuchu" Alckmin foi blindado inúmeras vezes, Aécio idem e por aí vai…
Se me permite, foi a primeira vez que encontrei um erro de digitação no Blog, por isso me chamou a atenção e gostaria de aproveitar para avisá-la. Lá na segunda linha do terceiro parágrafo os dedos devem ter sido mais rápidos do que a mente e acabou saindo um "envagetador" ao invés do esperado engavetador. No mais obrigado pelos excelentes artigos e reportagens. Grande beijo do seu fã… rs

Responder

    morenasol em 05/12/2012 - 22h11 comentou:

    obrigada, rodrigo. corrigido!

Helder em 06/12/2012 - 05h09 comentou:

Veja uma entrevista em que ele foi 'apertado' por um jornalista:
http://www.youtube.com/watch?v=HDN2yVEqYnk
http://www.youtube.com/watch?v=wmjXqQ_rwiM

Dois dedos de prosa desmoronam o papo furado do FHHC… pena os jornalistas da grande mídia brasileira terem cabresto.

Responder

    mauricio em 16/11/2013 - 21h16 comentou:

    Você pelo jeito não sabe ler nem "ouvir". Vá estudar um pouco.

Messias Macedo em 06/12/2012 - 22h44 comentou:

… *um dos ministros advertiu ao presidente do STF de que o julgamento ora em curso ainda está
passível de **preclusão.
[**preclusão: perda de determinada faculdade processual civil, pelo não exercício dela na ordem legal, ou por se haver realizado uma atividade incompatível com tal exercício, ou, ainda, por já ter sido ela validamente exercitada.
FONTE: http://webdicionario.com/preclus%C3%A3o ]
… O despautério do Joaquim Barbosa foi de tal (des)ordem(!) a ponto de instigar uma intervenção do ministro Celso de Mello: “Com todo o respeito à Vossa Excelência, ministro relator Joaquim Barbosa, eu creio que devemos, sim, refletir acerca do encaminhamento do excelentíssimo ministro revisor Ricardo Lewandovski!… Nós não podemos aplicar penas de maneira aleatória! E mais: é ainda pertinente a eventual mudança do voto de nós ministros!…”
(“As paredes e o teto da Sala do Júri do STF pareciam ranger e tremer de indignação, surpresa, assombro e perplexidade!”)
Ministro Marco Aurélio Mello, abre aspas: “… Portanto, ministro Joaquim Barbosa, após ouvir e analisar a proposta do brilhante ministro revisor, eu modifico o meu voto e acompanho o critério trazido pelo eminente colega Ricardo Lewandovski! E o faço em consonância e respeito aos princípios da razoabilidade, da racionalidade, da coerência e da LEGALIDADE!… É importante aclarar, presidente Joaquim Barbosa, que nós não estamos correndo atrás do relógio! Não pode haver pressa, açodamento, nas condenações! Mesmo porque em conformidade com o Código Penal, o voto de um juiz não está na dependência da sua vontade! O voto substanciado de um juiz deve estar fundamentalmente subordinado aos pressupostos consignados nas Leis. Portanto, nós devemos nos pronunciar com a devida segurança!…”
Em seguida, “a lona do circo armado pelo inclemente Joaquim Barbosa e os seus pares começou a, definitivamente, desabar!” Primeiro, a ministra Cármem Lúcia ‘começa a pular do barco do timoneiro Joaquim Barbosa’: “Nas sessões anteriores, e em conformidade ao que foi exposto pelo presidente Joaquim Barbosa, eu acompanhei ‘a dosimetria’ estabelecida pelo ministro relator! No entanto, agora, à luz das argumentações há pouco proferidas, eu TAMBÉM modifico o meu voto, passando a acompanhar o eminente ministro revisor Ricardo Lewandowski!…”
Depois foi a vez da ministra Rosa Weber esboçar “o certeiro pulo da canoa furada (sic) dirigida a esmo pelo incauto timoneiro Joaquim Barbosa!” Ao declarar que estava propensa a alterar o voto dela, a ministra Rosa Weber não conseguiu disfarçar o constrangimento e o receio em melindrar o ego do ‘supremo’ Joaquim Barbosa! Cena comovente! “Um momento mágico!”, diria Ayres Britto, “o ex-supremo” e autor do prefácio da mais recente ‘OBRA’-prima do Merval “da globo”!
O doutor Ricardo Lewandovski – demonstrando toda a humildade, seriedade e sobriedade atinente aos sábios – advertiu que a proposta também objetiva uma atitude de precaução e prudência, para o enfrentamento aos futuros recursos/embargos que advirão após o encerramento deste julgamento…
… Em certo momento, “o supremo réu confesso do supremoTF” Luiz Fux interveio… Bom, neste impreterível e exato momento… Eu deixei de assistir a transmissão, ao vivo, da TV (In)Justiça!…

“CORTE SUPREMA” OU “UM HOSPÍCIO/SANATÓRIO INQUISITÓRIO DOS TEMPOS DO JUDAS”?!…
Qual a instância democrática irá promover uma lídima intervenção nestes desatinos e insanidades revelados neste julgamento de exceção pautado pelo PIG?!… Ou seja, qual instância democrática agirá no sentido de salvar – ainda que parcialmente – a reputação desta “Corte Suprema” cada vez mais ínfima corte?!…

EM TEMPOS GOLPISTAS: a nossa subdemocracia de bananas e o Estado de Direito estão sob risco, mesmo porque a [eterna e nefasta] OPOSIÇÃO AO BRASIL “está apostando todas as fichas(!) nas últimas consequências!…”

Lá isto é Corte Suprema, sô?!… Lá isto é democracia?!… Lá isto é Estado Democrático e de Direito, “seu menino”?!…

República da DIREITONA OPOSIÇÃO AO BRASIL, fascista eterna, MENTEcapta, aloprada, alienada, histriônica, impunemente terrorista, antinacionalista, golpista de meia-tigela, corrupta… ‘O cheiro dos cavalos ao do povo’!… (“elite estúpida que despreza as próprias ignorâncias”, lembrando o enunciado lapidar do eminente escritor uruguaio Eduardo Galeano)

Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

Responder

Elomar Gomes em 16/11/2013 - 02h38 comentou:

PT e FHC. So Freud explica.

Responder

Lucas Pelizaro em 16/11/2013 - 03h32 comentou:

Eu lembro muito bem do engavetador-geral da República. Que bom que o país está melhor pelo menos neste aspecto, agora ex-ministro e ex-deputado vão em cana! Já em outros aspectos o país piorou muito, segurança nem se fala, educação que é uma das piores do mundo… tem quem goste 🙂

Responder

Joe em 16/11/2013 - 03h44 comentou:

Bem, pelo visto a birra dos socialistas é que na vez do PT não puderam contar também com um engavetador para chamar de seu e cobrir seus atos falhos.

Pode isso, Arnaldo?

Responder

Augusto em 16/11/2013 - 06h44 comentou:

A mídia cutuca porque quer a volta dessa desigualdade abrupta do modelo neoliberalista em que somos vítimas. O Brasil é um dos países mais desiguais do mundo, por muitos motivos; mas principalmente porque somos a puta dos dominantes. Houve, há e ainda haverá muita merda rondeando o país.

Responder

Andre Gotha em 16/11/2013 - 11h53 comentou:

Corrigindo seu excelente texto, FFHHCC já foi confrontado sim pela imprensa, veja aqui: http://www.youtube.com/watch?v=cNhs2d_ScW4

Responder

    rodrigo em 19/11/2013 - 00h32 comentou:

    primeiro o jornalista não é brasileiro e muito menos da globo o que por si só explicaria a postura ética e responsável da entrevista que seria muito diferente se foce realizada por um jornalista brasileiro

Rafael em 16/11/2013 - 15h58 comentou:

Tudo isso é muito bonito. Serve para escrever um texto que inspire. Nada mais além disso. O fato é que Lula apesar da ação correta fica na história como o presidente do partido do mensalão. O povo não sabe das falcatruas do FHC. Mas sabe por que dia e noite a imprensa destaca o que aconteceu no governo Lula no caso mensalão. No final das contas FHC posa como honesto e Lula vai ser sempre questionado sobre o mensalão;

Responder

Iraci em 16/11/2013 - 17h07 comentou:

Artigo muito bom e lúcido, por isso te admiro e respeito tanto. Vc é uma baita jornalista!

Responder

Rodrigo C. em 16/11/2013 - 17h08 comentou:

O neoliberalismo encontrou no Brasil um terreno grande e com muitos adeptos para construir uma igreja forte e imaculada. Você se pergunta: "por que ninguém incomoda FHC?" Ora, porque também nenhum fiel incomoda o Papa (o Bento, porque o Francisco pode ser que agora seja incomodado, já que tem um viés mais à "esquerda"), ninguém questiona o Papa sobre casos de pedofilia na igreja. E ninguém abandona a igreja por isso. O mesmo acontece nas igrejas evangélicas: é sabido que o pastor é canalha, mas o que vale é a fé de cada um. Então as pessoas, aqui no Brasil, têm fé na ideologia que o neoliberalismo carrega: competitividade selvagem, falta de solidariedade (pois ser solidário é sinal de fraqueza), o passar por cima dos outros, ostentação, liberdade para humilhar, execrar, pisar nos que são considerados mais fracos, minorias ou que tenham posições diferentes. Todo mundo que professa esta fé, sabe que o PSDB é o partido mais corrupto do país, mas… Eis o mistério da fé!

Responder

LIMA em 16/11/2013 - 17h30 comentou:

Próximo ano vou votar novamente na Dilma ou no Lula. Lula deu rumo ao Brasil e melhorou a vida de todos, inclusive, dos que o odeiam. Trouxe esperança para os excluídos. Tem uma turma aí que só se preocupa com os pobres na hora voto. Que se dane tudo!

Responder

    P_lima88 em 09/05/2014 - 13h11 comentou:

    Meu caro,

    O Lula não foi e nunca será o salvador da patria que deu rumo ao nosso país. Alias que rumo ?? Em que país você vive ? O Brasil esta cada dia pior…

    Mas o que eu quero dizer é que economicamente o Brasil teve avanços sim, mas isso começou a ocorrer após o Plano Real, que foi quem realmente tirou o Brasil do fundo do poço. Ou ja esqueceu da época da inflação?. Quando Lula entrou pegou sim diversos problemas, e continuou trabalhando para que outras coisas pudessem ser melhoradas e de fato melhorou muitas coisas e ECONOMICAMENTE o Brasil também deu uma guinada e superou um baita CRISE. Porém socialmente o Brasil vem decaindo, moralmente, basta ver a atitude das pessoas e não só por conta do MOLUSCO também na era FHC houveram canalhices, o problema é que o sistema adotado pelo PT talvez seja um sistema sem volta de assistencialismo gerando o vagabundismo, tornando as pessoas dependentes do sistema e não querendo nada com nada. Apenas mamar nas tetas.

Lili em 16/11/2013 - 18h20 comentou:

Como FêAgá é capaz de afirmar que possui memória? Afinal, ele escreveu, mas esqueceu. O que não deve esquecer é de sempre lustrar aquela cara-de-pau com um bom Óleo de Peroba!

Responder

Parlo em 16/11/2013 - 18h40 comentou:

Cynara já deve ter visto isso, mas segue,,

Abaixo tem um vídeo muito interessante e instrutivo sobre o tema,,
onde um repórter "de verdade" o fisga direitinho inchando a conhecida vaidade do cidadão,, em 8.30 +- e depois aos 9.40 vem a puchada da vara,,,

fhc no Hard Talk da BBC http://www.youtube.com/watch?v=cNhs2d_ScW4

(depois sugiro assistir a entrevista, pelo mesmo programa, ao presidente Lula. A título de comparação)

Lula no Hard Talk da BBC http://www.youtube.com/watch?v=CoLZCDuTqgA

Responder

lima em 16/11/2013 - 20h05 comentou:

na adm do pt, temos mais porta voz do partido do que jornalista isento, veja o caso desta jornalista.
foi aí que se deu o erro do pt, pois achou que com este exercito de jornalistas, e achando que colocando o afro no stj, este ia ser eternamente grato ao pt, colocando seu advogado do partido, e tambem o defendoski, podia ter denúncia que não passaria nada, aí os planos deram errados como sempre, foi assim no caso dos dossies, dos dolares na cueca, ou seja o pt só faz caca, atira no próprio pé, mas tem uma multidãp de jornalista para defendê-lo.

Responder

    Rodrigo SB em 21/11/2013 - 18h48 comentou:

    Olha o fundamentalista vejista. Na Igreja Veja dos últimos dias todos os jornalistas são isentos. rsrsrs. A fé move montanhas…

Juliana em 16/11/2013 - 21h38 comentou:

Dizer que um errou não faz o outro ser melhor ou menos culpado. Sim, o caso do mensalão será visto como o maior caso de corrupção do país e tentar amenizar isso é pior do que dizer que os acusados são inocentes.

Responder

lenir vicente em 16/11/2013 - 22h41 comentou:

Concordo com o que A Cynara afirma sobre as diferenças entre o comportamento do ex- presidente Lula e do FHC. Lula primou pelo respeito e pela ética que se espera de um homem que respeita a democracia . Já FHC…Discordo dq a jornalista diz que , mesmo fazendo diferente, o PT fez igual. Foi caixa dois, foi, mas quem pagou para se reeleger foi o mestre da hipocrisia. Lula pecou , diriam outros, por ter sido mais republicano que a própria Republica. Isto é fato.

Responder

carlos em 16/11/2013 - 23h19 comentou:

pelo amor de Deus!!! O erro do Pt foi, na verdade é, desconsiderar os filiados de bem e se deixar tomar por pessoas que querem o poder e se aproveitar do bem público. Quando o argumento de defesa se resume a apontar outros mal feitos….esperar o que?
Ah, falando em imprensa, não podemos esquecer aquela, ou essa, sustentada com verbas públicas.
Me desculpe Cynara, vai te catá!!

Responder

Zé maneco em 17/11/2013 - 01h32 comentou:

"O erro do PT foi, fazendo diferente, agir igual."

Perfeito. Nada justifica a safadeza do PT, mas dá a César o que é César, você nunca veria o que está ocorrendo no governo de FHC.

Responder

Ricardo B. Ferreira em 17/11/2013 - 10h33 comentou:

Apenas um vez vi FHC ser questionado sobre o "engavetador-geral, foi numa entrevista a uma TV inglesa.

Responder

Walmir Lima em 17/11/2013 - 10h33 comentou:

Uma coisa é uma coisa. Outra coisa é outra coisa. PT=Progresso. DEMo/Tucanalha=Regresso. Não discutamos. Só analisemos os fatos e vejamos Brasil antes Lula que abria a boca e EUA cagava dentro. Hoje eles EUA tentam tomar conta da situação, mas não há mais babacas para abrir-lhes a boca e eles cagar nela.Simples e modestas palavras, mas é o que éramos e hoje somos

Responder

Vandemberg em 17/11/2013 - 13h31 comentou:

Mais um texto que peca pela superficialidade dos fatos, aliás, essa é uma característica dos seus textos. Querer tornar Lula superior a quem quer que seja só pelo fato de cumprir prerrogativas republicanas como se estivesse fazendo um favor aos nomeados! Tenha paciência! Isso é ridículo!

Responder

Roberto em 17/11/2013 - 14h20 comentou:

Uma possível resposta ao questionamento de Cynara: encobrir os crimes é muito pior para todos – estado, governo e suas instituições e cidadãos. Agora, o que a jornalista teria a dizer acerca do fato de que o atual governo trabalhou para que o processo desse em nada?

Responder

valdir rocha em 17/11/2013 - 15h21 comentou:

Minha senhora,
Quem indica o Procurador é a OAB e seus pares. Quem escolheu Brindeiros não foi FHC, portanto não tem culpa dele ser moroso igual à justiça.
Vamos parar com essa mania de de dizer que ele estava a serviço de FHC. Uma mentira dita muitas vezes pode virar verdade porque mentecaptos não pesquisam.
Não dá para comparar a bandidagem do governo Lulla com o governo FHC. Petistas formaram quadrilha, coisa que não se verificou no governo anterior.
Não adianta exagerar.

Responder

Felipe em 17/11/2013 - 19h57 comentou:

Acho que o mais vergonhoso para um presidente é assumir que não tem o controle da situação, que é apenas uma peça de referência no tabuleiro de um jogo de poder que não tem regras. Alguém precisa agradecer aos serviços desse pessoal da política e informar que não precisamos mais deles.

Responder

Paulo Cardoso em 18/11/2013 - 03h42 comentou:

Deve ser mais ou menos o que faz hoje em dia, o engavetador de matérias comprometedoras, MIno Carta. O mundo ruindo na seara petista, com os mensaleiros a caminho da penitenciaria e a revista "independente" cuidando das pererecas.

Responder

Kiko Uruguaiana em 18/11/2013 - 12h48 comentou:

Existe no you tube uma entrevista num canal estrangeiro no qual o reporter insiste o porque de no governo FHC o Geraldo Brindeiro ter engavetado 600 processos de corrupção no governo, FHC responde que sao poderes independentes e não poderia intervir, o reporter insistiu dizendo que o próprio FHC havia nomeado o Geraldo Brindeiro que engavetava processos contra o próprio governo, e mais uma vez o FHC insistiu na tese de poderes independentes e que ele não poderia influenciar nem em engavetar e nem em investigar.
Car a de pau esse FHC, é um zumbí sem memória.

Responder

Reinaldo Lima em 18/11/2013 - 16h16 comentou:

Partido de esquerda serve pra diminuir as injustiças sociais, mas a dor de viver só pode ser atenuada pela Música, pela literatura ou contemplando o sorriso da Cynara !

Responder

Luiz em 18/11/2013 - 21h23 comentou:

O engavetador-geral (ou o Procurador-Geral da República que não gostava de procurar), tutelado por FHC, virou até verbete no Wikipedia: "De 626 inquéritos criminais que recebeu, engavetou 242 e arquivou outros 217. Somente 60 denúncias foram aceitas. As acusações recaíam sobre 194 deputados, 33 senadores, 11 ministros e quatro ao próprio presidente FHC." … "A quebra de sigilo do contador da quadrilha de Carlinhos Cachoeira mostrou que o escritório particular de Geraldo Brindeiro recebeu R$ 161,2 mil das contas de Geovani Pereira da Silva, procurador de empresas fantasmas utilizadas para lavar dinheiro do esquema criminoso desnudado pela Operação Monte Carlo". … "Não é possível que um membro do Ministério Público Federal advogue para uma quadrilha criminosa enquanto homens da Polícia Federal se arriscam investigando os acusados — Senador Pedro Taques (PDT-MT)".

Responder

A. Nonimo em 18/11/2013 - 21h27 comentou:

Lendo alguns comentários, me pergunto: alguém acha que haverá governo que não seja corrupto em maior ou menor grau???
Seja PT, PSDB, o Vaticano, o empresario, o funcionário público, a corrupção não tem nada que ver com posicionamento político de esquerda ou direita, é inerente ao ser humano.
E isso não é defender a corrupção, é constatar um fato, é perceber que um governo republicano deve criar mecanismos para reduzir, dificultar os desvios… mas que a verdadeira revolução não é política ou jurídica, mas cultural.
E essa coisa de demonizar o PT (vide as expressões Ptralha, Mollusco,etc) é das coisas mais infantis e bizarras que tenho visto.
Com todos os defeitos, admiro as atitudes do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Responder

Deixe uma resposta

 


Mais publicações

Politik

Lula no 6º Congresso: “Precisamos preparar o PT para voltar a governar o país”


Por Katia Guimarães* O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nessa quinta-feira, 1º de junho, no 6º Congresso Nacional do PT “Marisa Letícia da Silva”, em Brasília, que o partido deve se preparar para…

Politik

Wilson Gomes: “Lula nunca sabe o seu lugar”


Por Wilson Gomes*, no Facebook: Primeiro apareceram os que acusaram Lula de pecado futuro: vai usar a morte da esposa para se fazer de vítima. Acusar alguém de pecados ainda não cometidos é uma tentativa…