Socialista Morena
Politik

Dilma, o menino e a mulinha

Não sei se vocês conhecem uma fábula de Esopo que se chama “O velho, o menino e a mulinha” –também aparece com o nome de “O velho, o garoto e o burro” em algumas versões. Eu li com este título, quando era criança, na coleção de Monteiro Lobato, volume “Fábulas”. E nunca esqueci. Para quem […]

Cynara Menezes
18 de março de 2013, 20h04

(Ilustra de Cárcamo)

Não sei se vocês conhecem uma fábula de Esopo que se chama “O velho, o menino e a mulinha” –também aparece com o nome de “O velho, o garoto e o burro” em algumas versões. Eu li com este título, quando era criança, na coleção de Monteiro Lobato, volume “Fábulas”. E nunca esqueci.

Para quem não conhece, trata-se da história de um homem que vai vender uma mula no mercado e sai puxando o animal pelo cabresto, ao lado do filho, quando se depara com um viajante:

– Esta é boa! O animal vazio e o pobre velho a pé!

Para “tapar a boca do mundo”, o velho sobe na mula e manda o menino puxar os dois, até que passam por uma turma de lavadeiras:

– Que graça! O marmanjão montado com todo o sossego e o pobre menino a pé…

Para “tapar a boca do mundo”, sobem ambos na mula. Um carteiro que o trio cruza pelo caminho dispara:

–Que idiotas! Querem vender o animal e montam os dois de uma vez… Assim, meu velho, quem chega à cidade não é mais a mulinha, é a sombra da mulinha…

O velho apeia e, para “tapar a boca do mundo”, sai puxando o animal com o menino em cima.

–Bom dia, príncipe!, diz um sujeito.

–Por que príncipe?, pergunta o menino.

–Ora, porque só príncipes andam assim, de lacaio à rédea!

Mais uma vez, o velho, decidido a “tapar a boca do mundo”, cede à opinião alheia e ele e o filho passam a carregar o bicho às costas. “Talvez isto contente o mundo”, ele diz. Um grupo de rapazes dá gargalhadas ao ver a cena:

–Olha a trempe de três burros, dois de dois pés e um de quatro! Resta saber qual dos três é o mais burro…

–Sou eu!, replicou o velho. Venho há uma hora fazendo o que não quero, mas o que quer o mundo. Daqui em diante, porém, farei o que me manda a consciência, pouco me importando que o mundo concorde ou não. Já vi que morre doido quem procura contentar toda gente…

Lembro dessa história toda vez que vejo notícias relacionadas à presidenta Dilma Rousseff. Parece impossível a Dilma agradar à imprensa. Se seu governo não toma nenhuma iniciativa, “está paralisado”. Se anuncia algum programa novo, “está visando 2014”. Se investe mais em educação do que em obras, “é má gestora”. Se investe mais em obras, “é negligente com a educação”. Se acata alguma decisão contrária do Congresso, “não tem pulso”. Se veta, “é autoritária”. Se Dilma não comenta a renúncia de Bento 16, é “pouco caso com o catolicismo”. Se vai ao Vaticano prestigiar o primeiro papa latino-americano, “é campanha”.

Dilma é o velhinho da fábula. O menino é seu governo. A mídia são os que cruzam com ela pelo caminho. A mulinha somos nós. Como brasileira, não quero que Dilma me carregue às costas nem que me puxe pelo cabresto. Espero que a presidenta governe, simplesmente. Que não mude seus planos, como fez o velhinho, tentando agradar a todos. Que não se preocupe em “tapar a boca do mundo” e siga sua consciência. E que a moral da história seja: é preciso fazer o melhor possível sempre, porque as críticas virão do mesmo jeito.

 


Apoie o site

Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para assinar, você pode usar apenas qualquer cartão de crédito ou débito

Ou você pode ser um patrocinador com uma única contribuição:

Para quem prefere fazer depósito em conta:

Cynara Moreira Menezes
Caixa Econômica Federal
Agência: 3310
Conta Corrente: 23023-7
(17) comentários Escrever comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da Socialista Morena. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

@waasantista em 18/03/2013 - 20h35 comentou:

Quando a grita vem da direita a nossa presidenta tem agido mais como o velhinho do que quando a reivindicação vem da esquerda.

Responder

    Norberto em 21/03/2013 - 13h19 comentou:

    Eu tenho nojo é desses esquerdistas ditadores, q apoiam até os terroristas das fARC.
    Lula foi dep federal por 4 anos e a unica coisa q fez foi comandar sua bancada votando contra tudo q foose bom para o Brasil, inclusive contra o SUS q antes só tinha direito a saude q pagasse (inps) inss ou fosse dependente.No 2º mandato de FHC a Argentina teve 5 presidentes em 3 meses alem de tds os bancos fechados, hugo Chavez foi tirado da presidencia da Venezuela e morreu como o Deus daquele povo.Portanto a diferença é de época e nao apenas de governo, alias, o Brasil só cresceu mais q o Paraguai na A. Latina na ultima decada.Os bábaros crimes cometidos pela terrorista Dilma, com as leis atuais, ela mofaria na cadeia. Ela lutou pelo poder e nunca pela DEMOCRACIA.Veja na net: A terrorista Dilma Rousseff. Dilma com as fotos das vitimas.

    morenasol em 21/03/2013 - 13h40 comentou:

    pelo visto, norberto, lhe falta senso crítico para desconfiar do que lê na net. todas as "notícias" sobre dilma ser "terrorista" são montagens, bem mal-feitas, por sinal. ela foi guerrilheira, sim, o que é outra coisa. sugiro você pesquisar, ler, é sempre bom

joão carlos welter em 18/03/2013 - 20h47 comentou:

Bem isso.A coitada da Dilma pode se virar em mil que não vai agradar a tal 'mídia',e nós todos sabemos bem o porquê disso tudo.Não deve ser fácil administrar um país com o tamanho físico e as características políticas do Brasil,mas a má-vontade explícita da oposição é nojenta.Não seria exagero dizer que torcem para que a coisa desande para ratear a carniça.Não sou católico,aliás nem de qualquer outra religião, e Deus é uma hipótese,mas que Ele proteja nossa presidente…

Responder

Helder em 18/03/2013 - 20h57 comentou:

os sacanas vão criticar do mesmo jeito, logo deixem os sacanas falarem…

Responder

marcia fernandes em 18/03/2013 - 21h01 comentou:

parabéns morena, tenho esse conto como modelo de vida, vivo citando para as crianças, meus alunos. Muito bem aplicado á situação.

Responder

Adriano Oliveira em 18/03/2013 - 21h58 comentou:

A mídia ultimamente está um porre, temos inúmeros pontos a discutir e melhorar, o diálogo é a melhor alternativa mas a mídia em um geral é extremamente cheia de "qui qui" e não explora pontos que deveriam ser explorados. Ex: se desapegar dessa isenção dada pela Dilma, e questionar o quanto de isenções temos por ai (em todas as esferas, federal, estadual e municipal) e por qual motivo elas refletem muito pouco nos nossos bolsos.

Responder

Fred em 18/03/2013 - 22h50 comentou:

Excelente artigo. Critica-se, não importa o porquê, o governo está errado porque é do PT e o PT não presta. Essa opinião vendida pelo PIG infelizmente é comprada pela nossa elite super bem informada!

Responder

Bruno em 19/03/2013 - 15h09 comentou:

Sou homossexual e não espero mais nada desse governo ou da presidenta. Para ela e para seu partido, pessoas como eu são invisíveis.

Responder

Waldir Araujo em 19/03/2013 - 16h48 comentou:

um texto que cai como uma luva, bom, muito bom! Que Deus proporcione vida longa a Dilma.

Responder

jefferson em 20/03/2013 - 16h56 comentou:

Engraçado ,quando o PT era oposição diziam a mesma coisa. Nunca estava bom para vocês de esquerda…
Agora governo ,querem criticar a impressa e dizer para a oposição calar a boca… E isso é democracia, um pais livre para mostrar o que está de errado, e sem a impressa e auternancia de poder não existirá democracia!!!!

Responder

Maria José Rêgo em 21/03/2013 - 19h37 comentou:

Perfeito, Cynara Menezes!

Responder

luizmullerpt em 21/03/2013 - 23h21 comentou:

O monopólio midiático é contra o governo e articula a volta da ditadura ou do neo liberalismo. Foi a mídia que fez Getulio cometer suicídio depois da armação da Rua Toneleros. Foi a mídia que fez uma campanha diária e sem tréguas contra o governo de Jango. Ao fim Getulio e Jango sucumbiram. Hoje a mídia que bate no governo é a mesma, das mesmas famíglias máfio midiáticas orquestradas pelo instituto millenium e financ iadas em boa parte por polpudos recursos publicitários de Estatais e do próprio governo. O governo alimenta a serpente venenosa que ataca e ataca, até conseguir inocular o seu veneno mentiroso na mente do povo.

Responder

zuleica fischer em 25/03/2013 - 00h02 comentou:

Gostaria de receber boletins sobre este maravilhoso blog. É possível?

Responder

Flavio em 23/11/2013 - 15h36 comentou:

A mula é todos que votam no PT.

Responder

Claret em 11/04/2014 - 13h53 comentou:

Ela deveria contratar uma porção de canhotos, e também nomear alguns como ministros, afinal nós canhotos tal como os judeus também fomos perseguidos durante muito tempo!!!

Responder

Deixe uma resposta

 


Mais publicações

Politik

O editorial COVARDE do Estadão. Ou: uma vez golpista, sempre a favor da censura


Os leitores democráticos que porventura O Estado de S.Paulo ainda possui devem ter tido um déjà vu neste domingo, 29 de maio, ao se depararem com os editoriais do vetusto jornal da família Mesquita. Quem, como…

Politik

Dilma joga a crise para o Congresso: “Muito do que se considera crise ocorre…


Metida em um blazer vermelho com brincos da mesma cor, a presidenta Dilma Rousseff chegou lépida e fagueira à sala de reuniões do terceiro andar do Palácio do Planalto às 10h30 de hoje para um…