Socialista Morena
Cultura

Oscar Niemeyer (1907-2012), comunista

“Nasci em uma família muito religiosa. Meu avô era religioso. Na casa em que eu morei tinha cinco janelas, uma delas transformada em oratório pela minha avó. Tinha missa lá em casa.” “Apesar da vida burguesa, de ter missa em casa, quando eu saí pela vida, percebi que o mundo era injusto demais. Por isso […]

(a foice e o martelo do croquis do Memorial JK)
Cynara Menezes
06 de dezembro de 2012, 01h22

(a foice e o martelo no croquis do Memorial JK)

“Nasci em uma família muito religiosa. Meu avô era religioso. Na casa em que eu morei tinha cinco janelas, uma delas transformada em oratório pela minha avó. Tinha missa lá em casa.”

“Apesar da vida burguesa, de ter missa em casa, quando eu saí pela vida, percebi que o mundo era injusto demais. Por isso entrei para o Partido Comunista.”

“O partido para mim foi uma escola, a maneira de ver a vida de forma mais humana e solidária.”

“Lógico que ainda acredito no comunismo. Não sou cretino. É uma idéia que está no coração de todo mundo.”

“O que se passou na União Soviética foi um acidente de percurso. Outro dia veio um soviético falar comigo. Perguntei a ele o que ele pensava de Stálin. Ele disse que estava de acordo com tudo o que ele fez. De modo que a idéia não acabou. Está no ar.”

“Nunca me calei. Nunca escondi minha posição de comunista. Os mais compreensíveis que me convocam como arquiteto sabem da minha posição ideológica. Pensam que sou um equivocado e eu penso a mesma coisa deles. Não permito que ideologia nenhuma interfira em minhas amizades.”

(O jovem Niemeyer e a maquete da catedral de Brasília)

“Se eu fosse jovem, em vez de fazer arquitetura, gostaria de estar na rua protestando contra este mundo de merda em que vivemos. Mas, se isso não é possível, limito-me a reclamar o mundo mais justo que desejamos, com os homens iguais, de mãos dadas, vivendo dignamente esta vida curta e sem perspectivas que o destino lhes impõe.”

“Temos que lutar contra esse homem que só pensa nele, em ganhar dinheiro, um homem que o capitalismo criou.”

“Sempre tive a idéia de que o dinheiro não vale nada. Já disse que teria vergonha de ser um homem rico. Considero o dinheiro uma coisa sórdida.”

“Ser comunista é ser realista. A própria história da vida nasce e morre, são os minutos que ela dá. Mas é uma razão para a gente andar de mãos dadas, trabalhar.”

“Ser comunista, hoje, é ser um indivíduo simples, justo e solidário. O mundo que está aí me preocupa. Quando as torres gêmeas desabaram em Nova York, no 11 de setembro, eu tomava café em um bar do Rio. Vendo as imagens na TV, pensei em como somos pequenos no Universo. O homem precisa tomar consciência disso e parar de produzir injustiça.”

“O que me faz levantar todas as manhãs é o mesmo de sempre: a luta, o comunismo puro e simples.”

“O capitalismo domina, mas ele vai fracassar. Tenho fé nisso. A revolução não pode parar.”

“Quando a miséria cresce e a esperança foge do coração dos homens, só a revolução.”

“A gente tem que sonhar, senão as coisas não acontecem.”

 


Apoie o site

Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para assinar, você pode usar apenas qualquer cartão de crédito ou débito

Ou você pode ser um patrocinador com uma única contribuição:

Para quem prefere fazer depósito em conta:

Cynara Moreira Menezes
Caixa Econômica Federal
Agência: 3310
Conta Corrente: 23023-7
(14) comentários Escrever comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da Socialista Morena. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Lenir Vicente em 06/12/2012 - 01h55 comentou:

Um sábio, um gênio, um grande humanista.! le não morreu. Viverá na eternidade de sua obra e de seus spensamento.

Responder

Janio em 06/12/2012 - 10h56 comentou:

Foi-se parte de nossa reserva moral, que com simplicidade na vida, como no traço de suas obras, deixou lições sábias da alta sofisticação de ser simples e autêntico.

Obrigado pela boa seleção de frases desse notável de fino traço, conforta a orfandade inevitável.

Salve Niemeyer!

Responder

Messias Macedo em 06/12/2012 - 15h18 comentou:

Prezada, competente e impávida jornalista brasileira [BRASIL NAÇÃO] Cynara Menezes, parabéns pelo lapidar e emblemático texto!

Felicidades!

Saudações democráticas, progressistas, humanistas, civilizatórias e NACIONALISTAS,

BRASIL NAÇÃO – em homenagem ao genial arquiteto e eminente pensador humanista Oscar Niemeyer, contemporâneo de todas as horas!

Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

Responder

Luciana Mendonça em 06/12/2012 - 16h09 comentou:

E a Renata Vasconcellos, hoje cedo, dizendo que ele foi um humanista no lugar de comunista? O cara passa a vida reafirmando sua posição política, para os reacionários da Globo omitirem a palavra quando ele morre. É de cagar!

Responder

hans tramm em 06/12/2012 - 16h37 comentou:

''A catedral pede a Deus.São duas mãos abertas para receber.Mas Niemeyer é um irônico.Ele ironizou a vida ela é sagrada. Brasília não admite diminutivos

Responder

Messias Macedo em 06/12/2012 - 21h20 comentou:

… Um ensinamento, em especial, para os que se acham virtuosos: *”[ser humano] entregue à sorte que o destino lhe impõe.” Mestre e eminente pensador humanista Oscar Niemeyer!
*declaração proferida em entrevista ao Brasil de Fato (2005)

BRASIL NAÇÃO – em homenagem ao genial arquiteto e eminente pensador humanista Oscar Niemeyer, contemporâneo de todas as horas…!

Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

Responder

Messias Macedo em 06/12/2012 - 21h27 comentou:

Construção de Brasília

Quando cheguei lá no fim do mundo, a terra era agreste, hostil, não tinha árvore, não tinha nada. Na época, o divertimento era a Cidade Livre. Tomávamos caipirinha, ríamos. Todos trabalhando juntos — operários, engenheiros, arquitetos –, dava a sensação de que o mundo seria melhor. Quando inaugurou, veio a muralha separando pobres e ricos — e Brasília passou a ser uma cidade como as outras. Por quatro anos andamos na estrada que estavam construindo. Pegávamos o carro a qualquer hora. Tive um desastre, fiquei um mês machucado e quase morri. O avião que ia para Brasília levava três horas. Na primeira viagem do Juscelino, fui junto. Lembro de sentar ao lado do Lott [general Henrique Teixeira Lott, ministro da Guerra de Kubitschek]. Ele disse: “Dr. Niemeyer, o senhor vai projetar prédios bem clássicos para nós, não é?”. Eu respondi: “General, o senhor, na guerra, prefere arma clássica ou moderna?” Oscar Niemeyer

Responder

mario cezar em 07/12/2012 - 00h49 comentou:

morena, uma frase do niemeyer, que acho admirável : " a mediocridade em movimento é uma merda", como a mediocridade e seus desatinos , tão quotidianos; mediocridade (tão fuleira) a roncar em todo canto. e a vida não vale nada. é esse mal estar a rugir, a cuspir veneno. os interesses do capital. a dilapidar, feito moenda. moela. talvez a beleza do comunismo alastrado por niemeyer (e por josé saramago) tenha algo de subjetividade (intrínseca a eles); tão desses dois homens, e outros. a curva , a dizer dos lábios femininos. a poesia, feito o afago do abraço, para além do concreto armado. pois sinceramente, o comunismo, como sistema. de todos ungidos em uma só classe social(só que no meio tem o homem , com toda a força de sua patologia, de suas emoções doentias) sim, na prática o que denominam de comunismo. também portou-se com mediocridade ou uma merda em movimento. sim, o Niemeyer , deixara saudades, o parque ibirapuera em são paulo que o diga, aquilo ali, é lindo.

Responder

Sílvio em 21/06/2018 - 08h35 comentou:

Só me explica como um comunista, portanto ateu, tem moral para projetar uma catedral para cristãos…

Responder

    Cynara Menezes em 21/06/2018 - 15h48 comentou:

    se tivesse lido o texto, saberia a resposta

André em 11/10/2018 - 21h31 comentou:

Pelo menos não foi mamar em cargo político , não foi candidato a nenhum cargo público . Viveu o seu comunismo utópico com o dinheiro da sua carreira profissional. Pensou que este mundo teria conserto , morreu decepcionado , coitado.

Responder

ORLANDO REIS em 14/01/2019 - 20h13 comentou:

COMUNISTA DE FACHADA EH FACIL

Responder

Eni Martin em 03/06/2019 - 14h42 comentou:

Vocês já viram as mansões onde moram os principais políticos de Brasília. Imagino, em cada uma, o staff de empregados que o povo brasileiro paga a eles. E, não nos esqueçamos que há mais de 13 milhões de desempregados nesse país, gente que vive do lixo, metade da população não tem agua encanada ou esgoto. Não sei bem o trabalho de Niemeyer em Brasília, há quem diga que ele foi o responsável pela coordenação das obras, mas, sempre imagino, como um comunista poderia concordar com aquelas mansões, num país com tanta diferença social. Pra mostrar ao mundo? E o povo continua pagando fortunas para a manutenção de tanta mordomia? Niemeier fala num mundo injusto demais, mas nunca vi em minha vida tanta injustiça social ao ver como vivem nossos governantes nos palácios e mansões de brasília.

Responder

Andre Luiz em 10/06/2019 - 15h37 comentou:

O que se podia espera de um comunista. Construiu uma especie de cidade no meio do brasil onde se refugiaram todos os burocratas socialista do país. Não sou contra a construção de brasília ma, sou contra o proposito da construção. Ninguém constrói uma cidade no meio do nada por acaso. Já leram a cidade comunista ideal ? a comparação com brasília e essa cidade não é mera coincidência.

Responder

Deixe uma resposta

 


Mais publicações

Politik

Quem tem medo dos comunistas? Por… Carlos Lacerda


O golpista dos golpistas parece mais nobre e sintonizado com a atualidade do que os direitistas retrógrados de hoje

Politik

Manifesto comunista também é arte


Ilustrações do  espanhol Fernando Vicente para a nova edição do Manifesto Comunista (1848), de Karl Marx e Friedrich Engels, lançado pela editora Nordica, infelizmente ainda sem similar por aqui. De tão belo, o livro acabou se tornando,…