Socialista Morena
Politik

“Ahhhhhh… Não consigo respirar”

"Me dá um pouco de ar", contou o senhor José, antes de morrer, no pé do ouvido do seu neto Jesus, no hospital central de Manaus

Desenho de Adão Iturrusgarai a partir do quadro "O grito", de Edvard Munch
Willian Novaes
20 de janeiro de 2021, 22h00

Ahhhhhhhh… Não consigo respirar. Ahhhhhhhh… Me ajuda!!!!!!! Ahhhhhhhh… Falta ar… Ahhhhhhh

Pensei que alguém estava torturando o senhor José, de 86 anos.

Ahhhhhhh… Cadê o oxigênio????… Ahhhhhhh… Vou morrer, meu fio.

Ele vai morrer mesmo, afogado nos próprios pulmões… Sem ar, sem ajuda, sem chance de viver. Tudo naquele hospital lembra uma cena do filme Tropa de Elite, aquela cena macabra (que foi aplaudida por milhões) em que o Capitão Nascimento tortura um criminoso com um saco plástico enfiado na cabeça.

Tudo naquele hospital lembra uma cena de Tropa de Elite, aquela cena macabra (aplaudida por milhões) em que o Capitão Nascimento tortura um criminoso com um saco plástico enfiado na cabeça. Agora é o mesmo Estado que mata e maltrata os amazonenses

Agora é o mesmo Estado que mata e maltrata os amazonenses e talvez em breve os acreanos, cearenses, paulistas e –por que não?– os brasileiros. Uma tortura cínica, organizada e brutal. Já matou vários internados, doentes, idosos, gente da gente nos hospitais, mas também matou vários em suas casas, em seus barracos.

Não mata apenas a vida, mas também a esperança, o sonho, o pai, a mãe, a tia, o vô, a vovó, a vizinha, o pobre, ahhhhhh…. não consigo respirar… grunhia mais uma vida que virou morte. Os médicos choram, entram em parafuso, em desespero, em agonia, não pela falta da vacina, a falta do milagre, mas pela falta absurda, nefasta e consentida do elemento básico da vida, ahhhhhh… me dá a porra do oxigênio!!!

Isso em Manaus, janeiro de 2021, falta oxigênio, mas falta também organização, gestão, saúde, segurança, moradia, água encanada, comida e emprego. As imagens de Manaus estão e ficarão no inconsciente coletivo.

O caos tá perto, o medo aparece e o Capitão Nascimento, antes amado, hoje só quer torturar o povo mesmo, sufocar com o seu cinismo, junto com o general ministro e o capitão presidente.

Ahhhh… me dá um pouco de ar, contou o senhor José, antes de morrer, no pé do ouvido do seu neto Jesus, no hospital central de Manaus, capital do estado do Amazonas.

 


(1) comentário Escrever comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da Socialista Morena. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Bernardo Santos Melo em 21/01/2021 - 19h37 comentou:

Latrina da História , pior presidente do planeta , lunático ensandecido , frotista de baixa patente , saudoso por tortura , vergonha para o Exército , bloqueado mundo a fora .
Renuncie antes que sua loucura o torne internado a força .
Respeite quem o chama de genocida , escute !
Tudo parece piorar e a culpa é da mais evidente destemperança já presenciada num presidente brasileiro , será o BOZO um designo apocalíptico encarnado em um ser patético a serviço da morte ?

Responder

Deixe uma resposta

 


Mais publicações

Politik

E se fosse: “Advogado de LULA escondia Queiroz em sua casa de Atibaia”?


Trocamos a palavra "Bolsonaro" por "Lula" nas manchetes sobre o caso Queiroz para ver se conseguimos tirar os minions do transe hipnótico

Politik

Derrota do candidato de Rodrigo Maia demonstra que a “direita democrática” é uma ilusão


Anti-bolsonarismo da direita mostra-se nanico na Câmara e é um balde de água fria na campanha pelo impeachment