Socialista Morena
Politik

Bolsoporco: Bolsonaro pensa que pobre é igual a ele, que não sabe comer com educação

O Sujismundo do Planalto acha que ser pobre é sinônimo de maus modos à mesa. Isso tem nome: preconceito de classe

Bolsonaro comendo como um animal, com perdão aos animais. Fotos: reprodução
Cynara Menezes
31 de janeiro de 2022, 16h12

Desesperado com a forte rejeição à sua reeleição entre as camadas mais pobres da sociedade, sobretudo no Nordeste (61%, segundo o último Datafolha), Jair Bolsonaro fez um vídeo neste domingo, 30 de janeiro, onde come frango com as mãos, derramando farofa em cima de si mesmo e no chão. A intenção do presidente era se mostrar um cara simples, do “povão”, e assim tentar reduzir esta rejeição.

O tiro saiu pela culatra. Compartilhado por Fabio Faria, o vídeo rendeu ao presidente a tag #Bolsoporco no twitter e acabou excluído pelo ministro das Comunicações, mas confirmou a impressão geral de que, para Bolsonaro, os pobres são iguais a ele, que não sabe se comportar à mesa. Isso tem nome: preconceito de classe.

Não é a primeira vez que o Sujismundo do Planalto tenta, à Janio Quadros –famoso por colocar talco sobre os ombros para fingir que era caspa–, encenar a imagem de “homem do povo” utilizando imagens em que se alimenta como um animal, com perdão aos animais. Ainda na campanha eleitoral, o então candidato do PSL divulgou uma fotografia onde comia pão com leite condensado sem utilizar prato, com migalhas e líquido espalhados sobre a mesa.

Foto: divulgação

Em maio do ano passado, no dia em que o Brasil ultrapassava a triste barreira dos 10 mil mortos pelo coronavírus, Bolsonaro saiu para andar de jet ski no lago Paranoá como se nada estivesse acontecendo e apareceu comendo cachorro-quente numa barraquinha de rua da capital de boca aberta, com restos de mastigação à vista. Aliás, seu médico já recomendou que aprendesse a mastigar direito para não ser internado novamente com obstrução intestinal. Pelo visto o conselho não surtiu efeito.

Foto: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

O presidente age como se ser humilde fosse sinônimo de ter maus modos. Não, comer com educação se aprende em casa, não tem nada a ver com classe social, e a prova está aí: até mesmo políticos profissionais, acostumados a se fartar em lautas refeições à custa do povo como Bolsonaro, não sabem o que é usar garfo e faca.

Um pobre olhará Bolsonaro comendo frango e terá a mesma reação que qualquer cidadão educado, independente de classe social: quem come assim é porco, não “povão”. Transmitir valores aos filhos não é exclusivo dos mais abastados –os Bolsonaro que o digam

Uma pessoa pobre olhará para o vídeo do presidente comendo galinha e terá a mesma reação que qualquer outro cidadão bem educado, independentemente da classe de origem: quem come assim é porco e não “povão”. Ser capaz de transmitir valores aos filhos não é exclusividade das classes mais abastadas –os Bolsonaro que o digam.

Tudo indica que a “estratégia” de mostrar Bolsonaro derramando farofa em si mesmo partiu do filho Carlos, que acompanhava de perto a demonstração pública de falta de educação do dignatário. A operação de marketing ficou evidente e caiu por terra quando o próprio Bolsonaro traiu a farsa ao olhar de soslaio para a câmera.

O que o presidente conseguiu foi, mais uma vez, se esmerar em ser um péssimo exemplo para as crianças do país. Como se não bastassem os palavrões que profere e a falta de cuidados básicos contra o coronavírus, sem usar máscara e apertando mãos na multidão sem higienizá-las antes, a mensagem que transmitiu foi a de mau comportamento, de sujeira, falta de urbanidade. O mau exemplo vem de cima.

A reação negativa das redes à mais recente porquice presidencial demonstra que o “povão” se sente naturalmente representado por um ex-operário nordestino de origem humilde, mas não por um presidente sem modos e sem compostura. Pelo contrário. Bolsonaro esperava que os mais pobres o enxergassem como um deles ao comer frango espalhando farofa por toda parte. A única coisa que conseguiu foi ver a si próprio no espelho: um homem de meia idade que não sabe nem comer farofa sem fazer sujeira, quanto mais governar.

 


Apoie o site

Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para assinar, você pode usar apenas qualquer cartão de crédito ou débito

Ou você pode ser um patrocinador com uma única contribuição:

Para quem prefere fazer depósito em conta:

Cynara Moreira Menezes
Caixa Econômica Federal
Agência: 3310
Conta Corrente: 23023-7
PIX: [email protected]
(11) comentários Escrever comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da Socialista Morena. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Flávio Fernando Dias da Silva em 31/01/2022 - 17h56 comentou:

Uma dúvida: essa calça justa que o bozonaro tá usando é do Dória?

Responder

Mario em 31/01/2022 - 20h58 comentou:

Salve Cynara!

Será que isso foi tentativa desastrada de “gestalt”?

Responder

x em 04/02/2022 - 06h14 comentou:

Lula também apela ao “povão” quando finge analfabetismo, ou afirmando que não lê livros, que tem vocabulário limitado…etc

Responder

    Cynara Menezes em 04/02/2022 - 22h41 comentou:

    lula nunca falou isso, é mentira sua. pelo contrário, afirmou ter lido vários livros na prisão

x em 05/02/2022 - 22h15 comentou:

mentira ? https://www.youtube.com/watch?v=1IiSrlqAF6I&t=29s

Responder

Eric Souza dos Santos em 07/02/2022 - 10h36 comentou:

Que criatura nojenta duas vezes: pela ação em si e pelo caráter perverso que o inspirou.

Responder

x em 07/02/2022 - 19h45 comentou:

“lula nunca falou isso” vc afirmou ! Mentira, ele já falou, não importa se em 1981, ele já falou.

Responder

    Cynara Menezes em 09/02/2022 - 14h16 comentou:

    lula evoluiu. quem não evolui é a direita

jaredes antunes lemos em 10/02/2022 - 19h34 comentou:

bolsuino acha que o povo é mal educado, e tenta ganhar votos se emporcalhando todo.

Responder

Loira Capitalista em 15/04/2022 - 11h43 comentou:

“lula evoluiu” ? Não !
como eu afirmei antes,
“Lula também apela ao “povão” quando finge analfabetismo, ou afirmando que não lê livros, que tem vocabulário limitado…etc”
Veja aqui:
Entrevista do Lula na TV GGN ano Passado !
1:18:15
“Porque eu era torneiro mecânico e meu vocabulário é pequeno…”
https://www.youtube.com/watch?v=g0EpTZxKMjY

“quem não evolui é a direita”… Bom, tem gente que não evolui em todos os cantos. Veja
O PC do B utiliza a foice e o martelo até hoje, 31 anos após a atual Rússia ter tirado a foice e o martelo de sua Bandeira !
Tem gente que defende o comunismo até hoje apesar dele não ter dado certo em nenhum lugar do mundo.

Responder

Deixe uma resposta

 


Mais publicações

Trabalho

Projeto da direita não é esmagar o Partido dos Trabalhadores, é esmagar a classe…


Reforma da Previdência e Trabalhista: os principais projetos aprovados desde o golpe atingem em cheio os mais pobres

Politik

Na Câmara, Bolsonaro defendeu que beneficiários do Bolsa Família não deviam votar


Quando deputado, o presidente nunca escondeu que gostaria de realizar o sonho inconfessável da elite de acabar com o programa