Socialista Morena
Politik

Boulos diz não acreditar que ataques do PCO são estimulados pelo PT: “seria uma ingratidão”

Jornal Causa Operária vem publicando uma série de artigos contra o candidato do PSOL, acusado de ser "herói da burguesia"

Lula e Boulos no Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo em 2018. Foto: Ricardo Stuckert
Da Redação
08 de outubro de 2020, 13h46

Em entrevista ao Jornal da Fórum nesta quarta-feira, o candidato do PSOL à prefeitura de São Paulo, Guilherme Boulos, comentou os ataques que vêm sofrendo por parte do PCO (Partido da Causa Operária) e disse não acreditar que eles são estimulados pelo PT. O jornal do partido tem publicado uma série de artigos onde acusa a chapa Boulos-Luiza Erundina de ser “burguesa”, de ter o apoio da mídia corporativa, e onde chama o psolista de “herói da burguesia”. No Brasil 247, Juca Simonard, editor do Causa Operária, publicou artigos acusando a chapa de servir aos interesses da burguesia com o objetivo de “isolar o PT”.

Vai ser difícil achar alguém de fora do PT que foi mais leal ao Lula na prisão do que nós. Prefiro crer que este não é um movimento organizado por figuras do PT, porque seria um nível de ingratidão e falta de lealdade política que eu prefiro crer que não exista

Segundo Boulos, se o PT estivesse por trás dos ataques seria “uma ingratidão”. “Eu prefiro acreditar que não. Vai ser difícil, se você olhar nos últimos anos da disputa política no país, achar alguém de fora do PT que foi mais leal a Dilma no processo do golpe do que nós, alguém que foi mais leal ao Lula no processo da prisão do que nós. Muitas dessas pessoas que começaram agora a me acusar por oportunismo eleitoral quando lá, no sindicato de São Bernardo, em abril de 2018, a gente chegou com 3 mil pessoas do Povo Sem Medo, para buscar defender o Lula, eu não vi nenhuma delas lá. Não encontrei essas pessoas lá. Se estavam, era uma rodinha de meia dúzia”, disse o candidato.

“Essas pessoas, quando a gente botou dezenas de milhares de pessoas na avenida Paulista em 2016 contra o golpe, eu também as não vi lá. São pessoas que usam de maneira oportunista para tentar fazer queimação, produzir fake news. Isso mostra o quanto lamentavelmente o bolsonarismo fez escola. A fake news acabou se tornando instrumento até de gente que se intitula de esquerda. Mas eu prefiro acreditar que este não é um movimento organizado por figuras do PT, porque se fosse seria um nível de ingratidão e falta de lealdade política que eu prefiro crer que não exista.”

Assista a íntegra da entrevista a Cynara Menezes. O Jornal da Fórum é transmitido pelo canal da revista no youtube de segunda a sexta às 18 horas.

 


Apoie o site

Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para assinar, você pode usar apenas qualquer cartão de crédito ou débito

Ou você pode ser um patrocinador com uma única contribuição:

Para quem prefere fazer depósito em conta:

Cynara Moreira Menezes
Caixa Econômica Federal
Agência: 3310
Conta Corrente: 23023-7
(9) comentários Escrever comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da Socialista Morena. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

PAULO ROBERTO MARTINS em 08/10/2020 - 17h34 comentou:

O Golbery já dizia que a extrema direita e a extrema esquerda eram como as pontas de uma ferradura,tão longe e tão próximas! Esse grupelho chamado PCO não tem representação alguma,compõe-se de meia dúzia de alucinados e que ficam enchendo o saco,postando análises idiotas e dando munição para a direita.São os “porras-loucas” que já víamos na geração 68 e durante a luta armada,sempre dividindo,até ficarem falando e discursando na frente do espelho.Resumindo,são uns medícres achando-se a reencarnação de Stalin! Uma seita religiosa!

Responder

Bernardo Santos Melo em 09/10/2020 - 20h07 comentou:

BOULOS & ERUNDINA , trazem um aroma de ESPERANÇA e UNIDADE espontâneos , parece que o paulistano está acordando para uma nova liderança sensata , orgânica e inquestionável quanto a experiência de sua vice prefeita , Boulos siga forte … a vitória aproxima-se …. FORA BOZO !

Responder

Maria Mercedes de queiroz Nobre em 10/10/2020 - 22h36 comentou:

Acho que é a vez de Boulos. Sou petista, mas o que me importa é o projeto progressista. Se ele e Erundina não “pegam” a saída é o candidato do PT. Alem disso, gosto muitíssimo da Erundina. Creio que os dois podem fazer excelente trabalho. É preciso derrotar o bolsodória e o Russomano. A proposta do candidato do PSOL é moderna e aponta para a frente, para o futuro mesmo com a “tia” Erundina que é séria e traz enorme respeitabilidade para qualquer chapa. Paulistas, votem com inteligência e deixem o PCO gritar como sempre faz. Muito grito só atrapalha.

Responder

Sergio Trentin em 11/10/2020 - 09h05 comentou:

Esse Boulos é um falsário descarado. Fez campanha contra a Copa. Fez campanha pra derrubar a Dilma, criticando o ajuste fiscal qdo era colunista da Folha. Fez campanha pra esquerda sair da rua, qdo as torcidas organizadas começaram a ir pra cima dos fascista. É defensor e participou do movimento pela frente ampla com FHC e Huck. Seu pai é ligado às gestão Dória. Eta esquerda ingênua que não aprendeu nada com Ciro Gomes, Tábata do Amaral e outros oportunistas, vão cair no mesmo engodo agora fazendo campanha pra esse oportunista, que vergonha!

Responder

José Virgílio Leal de Figueiredo em 11/10/2020 - 19h23 comentou:

Boulos/Erundina, os cães ladram e a caravana passa!

Responder

Emerson Pires Leal em 13/10/2020 - 11h27 comentou:

Paulo Roberto, concordo com você em quase tudo. Lenin, em “Esquerdismo, doença infantil do comunismo” já fizera uma denúncia contundente dos radicais de esquerda, dizendo exatamente isso: vivem de fraseologias ultrarrevolucionárias anacrônicas que, ao fim e ao cabo, jogam no moinho da reação de extrema direita. Ou seja, não passam de ‘porralocas’! Só que tem um detalhe, os porralocas do PCO são trotskistas até à medula. Para eles, o PT é um partido pequeno-burguês, que eles odeiam. Em suma, eles não se acham a “reencarnação de Stalin”, mas sim a reencarnação de Trotsky (que passou de 1903 a 1922 disputando a liderança da luta política com Lenin e, depois da morte de Lenin, passou a disputar a liderança da revolução com Stalin, sempre de forma desleal). Abraços.

Responder

Bernardo Santos Melo em 18/10/2020 - 06h52 comentou:

No BRASIL FECALIZADO , TCHUCADO e BOZIFICADO , a urgência por UNIDADE política é notório problema nos quadros ditos progressistas .
O PT insiste com seu POSTE TATTO e nem reflete sobre qual legado Erundina deixou no partido da ESTRELA SOLITÁRIA , umbilicalmente identitário segue rumo ao desastre eleitoral em todo BRASIL .
A população PAULISTANA cansada da MESMICE já esboça um SENTIMENTO de UNIDADE EXPONTÂNEA , artistas e pensadores políticos ou seja a elite intelectual já tem um NOVO CANTAR e pode surpreender , BOULOS & ERUNDINA JÁ !

Responder

Bernardo Santos Melo em 19/10/2020 - 00h48 comentou:

Virasp.com.br

Responder

Bernardo Santos Melo em 19/10/2020 - 00h59 comentou:

SAMPA da ESPERANÇA e da VIRADA DEMOCRÁTICA , um vírus luminoso derrotará o CLÃ MILICIANO , paulistanos aderem ao MAIOR FENÔMENO ELEITORAL Da AMÉRICA LATINA em 2020 , já sentimos o cheiro da CORAGEM e HONESTIDADE invadindo os CORAÇÕES paulistanos com o voto do bem,
BOULOS & ERUNDINA JÁ !

Responder

Deixe uma resposta

 


Mais publicações

Politik

Randolfe Rodrigues: “Pelo visto o PSOL amadureceu”


Há quase três anos, em plena pré-campanha de 2014, o senador do Amapá Randolfe Rodrigues, escolhido candidato à presidência pelo PSOL, resolveu presentear seu colega de parlamento e também presidenciável do PSDB Aécio Neves com…

Politik

Candidatura Boulos-Guajajara incendeia… o próprio PSOL


Debate entre pré-candidatos à presidência pelo partido hoje promete pegar fogo, em meio a acusações de falta de discussão interna