Socialista Morena
Politik

Gravação prova que grampo era na presidência (de quebra, prova que Lula falava ACERVO, não PROCESSO)

Áudio divulgado agora à noite prova que o grampo estava localizado no Palácio do Planalto. Observe que é a secretária da presidência quem liga para Lula. Ouve-se o toque de chamada e a respiração da secretária de Dilma ANTES de a pessoa na casa de Lula atender. Se isso se confirmar, como é que pode […]

Cynara Menezes
16 de março de 2016, 23h29

luladilmadialogo

Áudio divulgado agora à noite prova que o grampo estava localizado no Palácio do Planalto. Observe que é a secretária da presidência quem liga para Lula. Ouve-se o toque de chamada e a respiração da secretária de Dilma ANTES de a pessoa na casa de Lula atender. Se isso se confirmar, como é que pode um juiz federal GRAMPEAR a chefe de Estado? Como é que podem dizer que uma chefe de Estado é grampeada e não é golpe?

Ouça:

De quebra, o áudio comprova a suspeita deste blog de que Lula mandava enfiar o ACERVO no cu no vídeo gravado pela deputada Jandira Feghali, se referindo às bugigangas que ganhou quando era presidente. Mídia e blogs de direita afirmaram, sem checar, que Lula mandava enfiar o PROCESSO no cu, o que seria um sinal de desrespeito à Justiça. Confira a partir de 5m54s. Veja aqui o post em que levanto a suspeita.


Apoie o site

Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para assinar, você pode usar apenas qualquer cartão de crédito ou débito

Ou você pode ser um patrocinador com uma única contribuição:

Para quem prefere fazer depósito em conta:

Cynara Moreira Menezes
Caixa Econômica Federal
Agência: 3310
Conta Corrente: 23023-7
PIX: [email protected]
Nenhum comentário Escrever comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da Socialista Morena. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Deixe uma resposta

 


Mais publicações

Trabalho

Ministério Público do Trabalho: reforma trabalhista de Temer NÃO irá gerar empregos


O MPT (Ministério Público do Trabalho) soltou quatro notas técnicas no início do ano contrárias aos projetos de “modernização” da CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas) que o governo Michel Temer pretende aprovar no Congresso Nacional…

Politik

“Não é golpe”: CCJ do Senado regulamenta eleição indireta em caso de vacância


Caiado cria regras para o "parlamentarismo indireto", onde o governo pode ser substituído a cada dois anos pelo Congresso, sem voto popular