Socialista Morena
Direitos Humanos

Lula denuncia invasão da cela por agentes da PF às 6 da manhã

Revelação foi feita ao Blog da Cidadania, de Eduardo Guimarães, nesta quarta-feira; para Lula, há relação com o julgamento no STF

Lula com o blogueiro Eduardo Guimarães. Foto: divulgação
Da Redação
07 de novembro de 2019, 14h21

O ex-presidente Lula revelou na quarta-feira ao Blog da Cidadania, de Eduardo Guimarães, que sua cela na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba foi invadida por agentes às 6h da manhã. “Ontem fizeram uma palhaçada comigo. Entraram na cela em que eu estou às 6h da manhã. Como se estivessem fazendo uma coerção!”, disse Lula.

Isso tudo, de acordo com Lula, para entregar uma intimação sobre o inquérito que apura as supostas doações da JBS a políticos do PMDB na campanha de 2014 em troca de apoio ao PT. Segundo Lula, o delegado da Polícia Federal Bernardo Guidali Amaral, o mesmo que pediu a prisão da ex-presidenta DilmaRousseff, negada pelo Supremo, foi o autor da ordem para que sua cela fosse invadida. O ex-presidente disse que teria um depoimento às 10 da manhã e que não havia necessidade de despertá-lo tão cedo e de forma abrupta. “Eles poderiam muito bem ter esperado até às 8h, eu já estou preso!”, queixou-se.

Lula: “Toda vez que pode acontecer uma coisa favorável a mim eles fazem um show de pirotecnia. Eles precisam fazer pirotecnia porque essa gente construiu muitas mentiras e têm medo que a mentira venha à tona”

O ex-presidente relacionou a invasão de sua cela ao julgamento no Supremo Tribunal Federal da prisão em segunda instância, que terá continuidade nesta quinta-feira e pode levar a sua soltura. “Toda vez que pode acontecer uma coisa favorável a mim eles fazem um show de pirotecnia. Eu vi na TV a Dilma ontem. Eles precisam fazer pirotecnia porque essa gente construiu muitas mentiras e têm medo que a mentira venha à tona”.

É importante lembrar que Sergio Moro e Deltan Dallagnol estiveram na Superintendência da PF cinco dias antes da invasão da cela de Lula, para a inauguração de uma “delegacia modelo”. A presidenta do partido, Gleisi Hoffmann, chegou a se queixar à jornalista Monica Bergamo que a “visita” de Moro era “uma provocação ao STF” e “uma tentativa abjeta de desviar o foco dos casos Queiroz e Marielle”.

A invasão da cela de Lula por agentes da PF levou a tag #LulaCorrePerigo ao primeiro lugar entre os assuntos mais comentados do twitter na manhã dessa quinta-feira. Deputados do  PT denunciaram a ação da “polícia política” de Moro, que age como “jagunços”.

A defesa de Lula soltou nota dizendo que a invasão “afronta o devido processo legal”.

“Afronta o devido processo legal, inclusive nas suas vertentes do contraditório e da ampla defesa, a intimação do ex-presidente Lula às 6 horas para prestar um depoimento às 10 horas, sem que sua Defesa tivesse conhecimento da investigação e do conteúdo dos autos do inquérito policial correspondente”, diz a nota.

“A medida ganha ainda mais gravidade na medida em que Lula está preso injustamente e impossibilitado de fazer contato com os seus advogados a qualquer momento.”

Assista à íntegra da entrevista de Lula no canal do Blog da Cidadania no youtube.

 


Apoie o site

Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para assinar, você pode usar apenas qualquer cartão de crédito ou débito

Ou você pode ser um patrocinador com uma única contribuição:

Para quem prefere fazer depósito em conta:

Cynara Moreira Menezes
Caixa Econômica Federal
Agência: 3310
Conta Corrente: 23023-7
Nenhum comentário Escrever comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da Socialista Morena. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Deixe uma resposta

 


Mais publicações

Politik

Após um mês “fazendo a egípcia”, Senado tira nome de Aécio do painel de…


Nesta quarta-feira, 14 de junho, quase um mês depois que o ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, decidiu pelo afastamento de Aécio Neves do Senado, o nome do tucano foi finalmente retirado do painel…

Politik

Petistas pedem investigação de filme sobre a Lava-Jato por usar armas e até avião…


Imaginem, apenas imaginem, se Dilma Rousseff fosse presidente e a Polícia Federal cedesse agentes, helicópteros, armas, uniformes e até um avião para um filme contra Fernando Henrique Cardoso ou contra Aécio Neves. Segundo os deputados…