Socialista Morena
Politik

Negacionistas dos EUA usam cartões falsos para entrar em países que exigem vacinação

Dois passageiros tentaram entrar no Canadá com cartões de vacinação falsificados e foram multados; FBI lançou alerta em março

Modelo de cartão falso que estava à venda no site Etsy. Foto: reprodução
Da Redação
04 de agosto de 2021, 21h49

Negacionistas da vacina estão usando cartões de vacinação falsos para tentar entrar em países que exigem a exibição do documento na imigração. No último dia 18 de julho, dois passageiros vindos dos Estados Unidos foram multados ao entrar em Toronto, no Canadá, por portarem cartões fake e testes de covid-19 fraudulentos. Tiveram que pagar 16 mil dólares (aproximadamente 83 mil reais) de multa cada um –a parte engraçada é que a vacinação contra o coronavírus nos EUA, assim como no Brasil, é gratuita.

“O governo do Canadá continuará a investigar os incidentes relatados e não hesitará em tomar medidas coercitivas quando for necessário proteger a saúde dos canadenses contra a disseminação do covid-19 e suas variantes”, disse em comunicado oficial a agência de saúde pública do país, que ameaça visitantes que fornecerem falsas informações sobre a vacina com multas de até 750 mil dólares canadenses (cerca de 3 milhões de reais) ou seis meses de prisão.

Em julho, dois passageiros tentaram entrar no Canadá com cartões de vacinação falsos e tiveram que pagar 16 mil dólares (cerca de 83 mil reais) de multa cada um –a parte engraçada é que a vacinação contra a covid-19 nos EUA, como no Brasil, é gratuita

Em março, o FBI emitiu um alerta contra os falsos cartões que estão sendo vendidos na internet, dizendo que tanto os vendedores quanto os compradores podem ir para a prisão ou pagar multas pelo uso do documento fake. “Se você fizer ou comprar um cartão de vacinação contra a covid-19 falsificado, estará colocando em risco a si mesmo e as pessoas ao seu redor, e estará infringindo a lei”, diz o aviso, que alerta ainda para que os imunizados não postem fotos do cartão de vacinação nas redes sociais para evitar fraudes utilizando seus dados.

Fóruns online de extremistas de direita pró-Donald Trump e negacionistas também ensinam como fazer seu próprio cartão de vacinação emulando o oficial, emitido pelo CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças). Como não há marca d’água ou qualquer outro mecanismo que impeça falsificações, basta baixar da internet, imprimir e preencher os dados à mão. Mas quem poderia imaginar que iriam falsificar cartões de vacina, não é mesmo?

Pois a jornalista Olivia Little, do site progressista Media Matters, descobriu que não só os cartões estão sendo falsificados como já existe um mercado para o “produto”, com a venda acontecendo abertamente em portais de comércio online, como o Etsy e o Amazon. Após a denúncia, o Amazon tirou as ofertas de “cartões em branco” do ar. No Etsy, os cartões falsos continuam à venda. A jornalista também denunciou que o Google estava lucrando com os anúncios dos cartões de vacinação fake.

“Este é um problema pouco relatado apenas porque é novo, está em alta. Estamos vendo esses cartões de vacinação sendo vendidos em muitas plataformas de mídia social, incluindo twitter, facebook, instagram e até mesmo tiktok ”, disse a agente especial do FBI Jeanette Harper. A polícia norte-americana também notificou casos de roubo de cartões verdadeiros, como aconteceu em Nova York em maio, quando um homem foi flagrado com oito cartões de vacinação preenchidos e 54 em branco que afanou de um local de vacinação.

O negócio de cartões de vacinação contra a covid-19 falsos se aqueceu no último mês, quando várias lanchonetes dos EUA passaram a exigir provas de que a pessoa se vacinou ou testou negativo para a doença antes de adentrar os estabelecimentos.

Será que a moda dos cartões falsos será importada pelos bolsonaristas?


Apoie o site

Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para assinar, você pode usar apenas qualquer cartão de crédito ou débito

Ou você pode ser um patrocinador com uma única contribuição:

Para quem prefere fazer depósito em conta:

Cynara Moreira Menezes
Caixa Econômica Federal
Agência: 3310
Conta Corrente: 23023-7
(1) comentário Escrever comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da Socialista Morena. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

pa em 29/08/2021 - 15h15 comentou:

Esse artigo está na sessão de direitos humanos. (…) pausa para reflexão.

Responder

Deixe uma resposta

 


Mais publicações

Cultura

2021, o ano em que o “País do Carnaval” não teve Carnaval


Dizem que o Carnaval é só uma ilusão, que a gente trabalha o ano inteiro para tudo se acabar na quarta-feira. Mas não é bom um pouco de ilusão nessa vida?

Politik

Risco Brasil: com Bolsonaro, país é o vizinho infectado que ninguém quer por perto


Governos de esquerda e direita vigiam as fronteiras para que o descontrole brasileiro com o coronavírus não afete seus cidadãos