Socialista Morena
Politik

Para atender aos Bolsonaro, Justiça do Paraná transfere Lula para presídio, mas STF veta

Se Lula foi para Curitiba sob a justificativa de que a Lava-Jato fica lá, qual a razão para transferi-lo para São Paulo agora?

Tweet do filho do presidente em fevereiro
Da Redação
07 de agosto de 2019, 18h53

Nesta quarta-feira, a juíza Carolina Lebbos, da 12ª Vara Federal de Curitiba, atendeu ao pedido da Polícia Federal e solicitou a transferência do ex-presidente Lula para um presídio comum em São Paulo. A transferência foi autorizada pelo juiz corregedor Paulo Eduardo de Almeida Sorci, da Justiça paulista, para o presídio de Tremembé, onde estão assassinos como o casal Nardoni, Gil Rugai e Suzane Richtofen. O Supremo Tribunal Federal, porém, decidiu por maioria manter Lula na sede da Superintendência da PF na capital paranaense.

A transferência de Lula só se justifica como um agrado aos Bolsonaro e ao anseio dos bolsonaristas ensandecidos de ódio nas redes sociais, que não se cansam de pedir que o ex-presidente vá para um presídio comum. Ora, se Lula foi para Curitiba sob a justificativa de que a Lava-Jato fica lá, qual a razão para transferi-lo para São Paulo agora, senão atender a pedidos como o do filho do presidente, Eduardo Bolsonaro, no twitter?

Na época da prisão, o despacho do então juiz Sergio Moro dizia que “em razão da dignidade do cargo ocupado, foi previamente preparada uma sala reservada, espécie de Sala de Estado Maior, na própria Superintendência da Polícia Federal, para o início do cumprimento da pena, e na qual o ex-Presidente ficará separado dos demais presos, sem qualquer risco para a integridade moral ou física”. Por que agora querem enviar o ex-presidente para um presídio onde há este risco?

Mais: se o critério antes era a proximidade com a Lava-Jato, por que mudar Lula de local, se a Lava-Jato continua em Curitiba? O desejo expresso do bolsonarismo de mandar Lula para um presídio comum apenas reforça os argumentos de que o petista é um preso político, tese que, diante das revelações do Intercept, têm sido negadas por Moro, atual ministro da Justiça, e Deltan Dallagnol, o coordenador da força-tarefa. Se não há perseguição, por que expor o o ex-presidente a um presídio comum, colocando em risco sua integridade física? É de se pensar se a intenção não é exatamente essa.

Se não há perseguição a Lula, como garantem Moro e Dallagnol, por que expor o ex-presidente a um presídio comum, colocando em risco sua integridade física? É de se pensar se a intenção não é exatamente essa

O pedido de transferência de Lula foi feito pela Polícia Federal sob a justificativa de que a saída de Lula da carceragem da superintendência em Curitiba é necessária para reduzir gastos e uso de efetivo a fim de garantir a segurança do local, “bem como devolvendo à região a tranquilidade e livre circulação para moradores e cidadãos que buscam serviços prestados pela PF.” Ou seja, além de repetir os “argumentos” de Eduardo Bolsonaro, fica clara também a intenção de desmobilizar a vigília que tem apoiado Lula desde que ele foi preso, em abril do ano passado.

Por 10 votos a 1, o plenário do Supremo decidiu, porém, que Lula deve continuar preso em Curitiba até a decisão definitiva do caso pela Segunda Turma da Corte, colegiado responsável por julgar os casos da operação Lava-Jato. Pouco antes, cerca de 100 deputados federais, haviam estado com o presidente da Corte, Dias Tófoli, para protestar contra a decisão de transferir o ex-presidente.

Com informações da Agência Brasil

 


Apoie o site

Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para assinar, você pode usar apenas qualquer cartão de crédito ou débito

Ou você pode ser um patrocinador com uma única contribuição:

Para quem prefere fazer depósito em conta:

Cynara Moreira Menezes
Caixa Econômica Federal
Agência: 3310
Conta Corrente: 23023-7
Nenhum comentário Escrever comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da Socialista Morena. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Deixe uma resposta

 


Mais publicações

Politik

Toffoli diz que duvidar da urna eletrônica é o mesmo que acreditar no Saci…


"Geralmente os que perdem a eleição reclamam", disse o ministro, respondendo a críticas do candidato de extrema-direita Bolsonaro

Cultura

Mangueira é campeã com enredo esquerdista e homenagem a Marielle


Chora, bolsominion: o desfile da escola vencedora foi um manifesto pró-Paulo Freire e contra o "escola sem partido"