Socialista Morena
Politik

Sensacional infográfico: por que é GOLPE e não IMPEACHMENT

Recebi do leitor Miguel Freitas esse sensacional infográfico interativo explicando por que o que está em curso no Brasil é um golpe, não um impeachment. Não se deixe enganar pela mídia manipuladora subserviente ao poder econômico e com interesses próprios na queda da presidenta Dilma e do PT. Clique para ver e compartilhe! Aqui, em […]

Cynara Menezes
05 de abril de 2016, 09h55

infografico

Recebi do leitor Miguel Freitas esse sensacional infográfico interativo explicando por que o que está em curso no Brasil é um golpe, não um impeachment. Não se deixe enganar pela mídia manipuladora subserviente ao poder econômico e com interesses próprios na queda da presidenta Dilma e do PT. Clique para ver e compartilhe!
Aqui, em português:

E aqui, em inglês:

 

 


Apoie o site

Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para assinar, você pode usar apenas qualquer cartão de crédito ou débito

Ou você pode ser um patrocinador com uma única contribuição:

Para quem prefere fazer depósito em conta:

Cynara Moreira Menezes
Caixa Econômica Federal
Agência: 3310
Conta Corrente: 23023-7
Nenhum comentário Escrever comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da Socialista Morena. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Deixe uma resposta

 


Mais publicações

Politik

Dilma X Aécio: algumas comparações


Dilma Rousseff e Aécio Neves nasceram em Belo Horizonte, Minas Gerais. Dilma em 1947. Aécio em 1960. O pai de Dilma era um imigrante búlgaro, Pedro Rousseff, advogado e empresário. Aécio vem de uma família…

Politik

Temer ganhou, mas será que levou?


O número alcançado pelo Palácio do Planalto não é suficiente para aprovar a "reforma" previdenciária, que precisa de 308 votos favoráveis. O momento parece propício para a oposição chamar o povo às ruas