Socialista Morena
Politik

Cartunistas perguntam a Jair: por que Michelle recebeu 89 mil reais de Queiroz?

Na noite de domingo e madrugada de segunda, twitter foi tomado pela pergunta que Bolsonaro não respondeu e ainda ameaçou jornalista

Ilustra: Laerte Coutinho
Da Redação
24 de agosto de 2020, 10h40

Na noite de domingo e na madrugada de segunda, o twitter foi inundado pela pergunta: “Presidente, por que sua mulher Michelle recebeu 89 mil reais de Fabrício Queiroz?” Anônimos e famosos repetiam a questão que Jair Bolsonaro se recusou a responder e ainda ameaçou o jornalista de O Globo que a fez: “Minha vontade é encher tua boca com porrada”.

Os cartunistas também aderiram ao movimento e publicaram charges com a pergunta que não quer calar. Será que Bolsonaro vai acionar a Lei de Segurança Nacional contra eles, como fez com Renato Aroeira? Ou vai querer sair na porrada? Aroeira, aliás, foi um dos chargistas que se manifestaram no twitter. Confira.

 


Apoie o site

Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para assinar, você pode usar apenas qualquer cartão de crédito ou débito

Ou você pode ser um patrocinador com uma única contribuição:

Para quem prefere fazer depósito em conta:

Cynara Moreira Menezes
Caixa Econômica Federal
Agência: 3310
Conta Corrente: 23023-7
Nenhum comentário Escrever comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da Socialista Morena. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Deixe uma resposta

 


Mais publicações

Politik

Esqueçam a Venezuela: maior líder opositor do Brasil é condenado sem provas


O juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato na primeira instância, condenou nesta quarta-feira, 12 de julho, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a nove anos e seis meses de prisão. A…

Politik

Na contramão de Bolsonaro, Nova Zelândia vai dificultar venda de armas


Uma das medidas é a proibição de armas semiautomáticas como as utilizadas pelo atirador em Christchurch