Socialista Morena
Politik

Das Kapital, o musical

É um sucesso a comédia (!!!) musical Das Kapital, baseada no livro homônimo de Karl Marx. Espécie de Cats do mundo comunista, o musical estilo Broadway já está há mais de dois anos  em cartaz na China. Trata-se de uma peça de humor negro que envolve os espectadores para fazê-los compreender o conceito de mais-valia. […]

(cartaz do espetáculo)
Cynara Menezes
31 de outubro de 2012, 21h03

(cartaz do espetáculo)

É um sucesso a comédia (!!!) musical Das Kapital, baseada no livro homônimo de Karl Marx. Espécie de Cats do mundo comunista, o musical estilo Broadway já está há mais de dois anos  em cartaz na China. Trata-se de uma peça de humor negro que envolve os espectadores para fazê-los compreender o conceito de mais-valia. Quem diria, velho Marx!

O musical traz a história de um ator que planeja levantar 10 milhões de yuans (1,47 milhões de dólares) para produzir uma peça de teatro, que se transforma em negócio após um magnata e o comediante mais popular do país se associarem. O desempenho da empresa é listado na bolsa Nasdaq e a agência Standard & Poor’s cria o “índice aplauso”: quanto mais aplausos, mais lucrativas as ações. A ideia é engenhosa: com seu bilhete de entrada, cada membro da plateia vira acionista.

Uma pena que a notícia foi ignorada por aqui, queria saber mais. Achei um vídeo no youtube com o trailer do espetáculo e –incrível!– parece mesmo divertido. Nenhum produtor brasileiro se anima a fazer uma adaptação?

 

 


Apoie o site

Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para assinar, você pode usar apenas qualquer cartão de crédito ou débito

Ou você pode ser um patrocinador com uma única contribuição:

Para quem prefere fazer depósito em conta:

Cynara Moreira Menezes
Caixa Econômica Federal
Agência: 3310
Conta Corrente: 23023-7
(2) comentários Escrever comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da Socialista Morena. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Garoto do Brazil em 05/11/2012 - 18h13 comentou:

Que lindo… é muita liberdade artística na China, né mesmo minha gente? Mal posso esperar para estrearem peças sobre a Mandchúria, a Mongólia Interior, o Sinkiang e o TIBETE por lá…

Responder

    Davi em 25/12/2013 - 16h50 comentou:

    Interessante sua habilidade de desviar o foco…

Deixe uma resposta

 


Mais publicações

Cultura

Cine Morena especial: Dez Dias que Abalaram o Mundo e Outubro, de Eisenstein


Sessão dupla em homenagem aos 96 anos da revolução russa: primeiro, o raro documentário Dez Dias Que Abalaram o Mundo, de 1967, baseado no livro homônimo de John Reed. Uma produção anglo-soviética feita para a…

Feminismo

Frida Kahlo vira Barbie, mas a Mattel esconde que ela era comunista


Fabricante de bonecas incluiu a artista mexicana como "modelo a seguir" para criancinhas, mas fez questão de omitir seu ativismo político