Socialista Morena
Politik

Ciro interrompeu Duvivier 74 vezes durante o “debate” (e atacou Lula em outras 67)

"Deixa eu falar, pelo amor de Deus", implorava o comediante; confira alguns dos tweets que mais bombaram sobre o encontro

Greg e Ciro no programa. Foto: reprodução youtube
Da Redação
21 de maio de 2022, 11h39

Inconformado por ter sido zoado no programa Greg News, o candidato do PDT à presidência Ciro Gomes desafiou Gregório Duvivier a um debate, e se deu mal. Em 1 hora e 35 minutos de conversa, Ciro interrompeu Duvivier nada menos que 74 vezes –e atacou Lula, seu esporte favorito, em outras 67 vezes, obrigando o comediante a dizer que não tinha “procuração” para falar em nome do petista.

“Você está querendo debater com o Lula por procuração, e eu não tenho procuração do Lula”, queixou-se Gregório. O humorista apontou diversas vezes durante o “debate” que Ciro tem uma “obsessão” pelo ex-presidente, e o pedetista nada fez senão confirmar isso. Aliás, a primeira menção de Ciro ao PT acontece antes mesmo de Duvivier entrar na live, quando o candidato critica a “burocracia” petista.

A primeira interrupção de Ciro a Gregório ocorre 8 minutos após o “debate” ter começado. Cinco minutos depois, o comediante se queixa pela primeira vez que o candidato não o deixa falar. Aos 19 minutos do início do papo (33 minutos na tela, porque o programa tem uma espera de 15 minutos), Duvivier diz: “Eu posso falar, brother? Você convida a pessoa para um debate e não deixa o outro falar”.

“É chato para caramba chamar uma pessoa no seu canal e não deixar a pessoa falar”; “Você me chamou para eu falar e está falando sem parar. Sabe quem vai vir debater aqui depois dessa? Ninguém”; “Você não está deixando eu falar, bicho”, reclamou Gregório

A partir daí, as queixas do humorista são uma constante até o final. Ciro não o deixa terminar uma só frase sem interrompê-lo. “É chato para caramba chamar uma pessoa no seu canal e não deixar a pessoa falar”; “Você me chamou para eu falar e está falando sem parar. Sabe quem vai vir debater aqui com você depois dessa? Ninguém”; “Deixa eu falar, pelo amor de Deus”; “Você não está deixando eu falar, bicho”; “Você não me deixa terminar uma frase, que coisa desagradável, que pessoa desagradável”; “Você me pediu uma hipótese e não deixa eu terminar a frase” –foram algumas das reclamações de Gregório durante o “debate”.

Em todo o programa, Ciro Gomes tratou Gregório Duvivier como se fosse candidato e não comediante, talvez até para não admitir que era um debate inédito entre um humorista e a piada. O pior momento foi quando ele afirmou, julgando por si mesmo, que Gregório estava cercado de “assessores” e que estava com a mesa cheia de anotações que guiavam seu comportamento no programa. Duvivier moveu a câmera e mostrou a mesa e o quarto vazios.

De forma arrogante e com ar professoral, Ciro agia como se o comediante fosse um jovem bobo que não leu nada (“Leia Jessé!”) e que nada entende do momento político, em vez de aceitar que Duvivier, seu eleitor no primeiro turno de 2018, simplesmente tem uma visão da sua em 2022. No fim das contas, chamou um debate porque não gostou de ser zoado e acabou ainda mais zoado nas redes sociais. Uma sessão de vergonha alheia para um candidato que se gaba de ser o mais preparado e o mais capaz de derrotar Bolsonaro na eleição.

Veja alguns dos tweets que mais bombaram durante o “debate” e tire suas próprias conclusões.

 


Apoie o site

Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para assinar, você pode usar apenas qualquer cartão de crédito ou débito

Ou você pode ser um patrocinador com uma única contribuição:

Para quem prefere fazer depósito em conta:

Cynara Moreira Menezes
Caixa Econômica Federal
Agência: 3310
Conta Corrente: 23023-7
(3) comentários Escrever comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da Socialista Morena. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Bernardo Santos Melo em 21/05/2022 - 15h29 comentou:

Ainda acho que ocorrerão cenas em capítulos vindouros , Ciro pode ser os votos faltantes p vitória no 1º turno , e por este motivo julgo q toda prudência , muita relevância e várias canjas de galinha devem ser digeridas .
O que mais temo é pela segurança de Lula , afinal o Chuchu está de prontidão .
Muitas surpresas surgirão , lembrar que uma Fakeada tirou Genô de 14% p 58% e o Neonazismo venceu .
Calma Cynara , neste momento ñ é proveitoso crucificar adversário q será bem vindo amanhã .
Foco no Verme , este sim é o câncer de nossa soberania , o VENDILHÃO MILICIANO que não nos deixa comprovar QUEM MANDOU MATAR MARIELLE .

Responder

    Cynara Menezes em 23/05/2022 - 08h59 comentou:

    mas é ele que está nos crucificando!

Hilton em 23/05/2022 - 13h41 comentou:

Bem Bernaardo, acho q seu comentário é relevante, fala isso para o Ciro. Pq todo mundo tá avisando ele de boa, e ele acha ruim.

Responder

Deixe uma resposta

 


Mais publicações

Cultura

O perfeito imbecil politicamente incorreto


Este meu texto, publicado em outubro de 2011 no site de CartaCapital, voltou a circular espontaneamente hoje na rede como reação à absurda falta de ética travestida de humor praticada pelo programa CQC, da Bandeirantes,…

Mídia

Colunista superfatura bebidas para tachar casamento de Lula de “ostentação”


Polêmica em torno de vinhos mostra que o preconceito de classe da mídia comercial com o petista permanece imutável há 20 anos