Socialista Morena
Politik

Há 5 anos, direita “liberal” patrocinava golpe e pavimentava caminho para Bolsonaro

Acenar aos militares contra o PT foi um jogo perigoso cujos frutos envenenados colhemos agora; com a democracia não se brinca

Dilma deixa o Palácio da Alvorada em setembro de 2016. Foto: Lula Marques/Agência PT
Cynara Menezes
31 de agosto de 2021, 09h37

Nesta terça, 31 de agosto, completam-se 5 anos desde que a primeira mulher eleita presidenta do Brasil, Dilma Rousseff, foi arrancada do cargo por um golpe jurídico-político-midiático. A mesma direita “liberal” que hoje clama contra Jair Bolsonaro (enquanto vota a favor de todos os projetos de sua agenda econômica no Congresso) patrocinou a deposição de Dilma por não aguentar esperar, democraticamente, pela próxima eleição.

Qual o legado do golpe contra Dilma? A julgar pela situação do país, o pior possível. A corrupção na política, principal desculpa para tirar o PT do poder, não acabou, pelo contrário. As instituições, enfraquecidas pelas manobras para destituir a presidenta, estão em frangalhos, incapazes de deter a escalada fascista. O único resultado prático do golpe foi pavimentar o caminho para Bolsonaro, que, como uma ameba, se alimentou do ódio destilado à esquerda para crescer e chegar ao Planalto.

Qual o legado do golpe contra Dilma? A corrupção não acabou, pelo contrário. As instituições estão em frangalhos, incapazes de deter a escalada fascista. O único resultado foi pavimentar o caminho para Bolsonaro, que, como uma ameba, se alimentou do ódio à esquerda para crescer

Sob qualquer ótica o país piorou. O desemprego explodiu, os trabalhadores e os aposentados perderam direitos, a fome e a miséria voltaram. Os preços do gás e da gasolina, bandeiras da direita e da mídia contra o PT, estão atualmente na estratosfera sem que ninguém vá a um posto de gasolina fazer escarcéu, como aquela moça da época da Dilma. Aliás, por onde anda ela? Por onde andam todos os indignados com o valor do dólar, hoje acima dos 5 reais? Cadê o colar de tomates de Ana Maria Braga?

Eu não esqueci dos atuais defensores da democracia da mídia comercial que iam ao Clube Militar flertar com o autoritarismo em nome de tirar o PT do poder… É muito triste constatar a falta de compromisso da tal direita “liberal” com o país. Não foi por falta de aviso. Éramos uma democracia jovem, ainda. Acenar aos militares contra Dilma foi um jogo perigoso cujos frutos envenenados colhemos agora. Não se brinca com a democracia para tirar adversário no tapetão. Para isso existem as urnas –e a dúvida contra elas que agora ameaça nosso futuro foi o principal algoz de Dilma, o PSDB, quem plantou. Bolsonaro só surfa na onda.

Os mesmos machistas, misóginos, mulheres jornalistas incluídas, que zombavam das falas da presidenta e até da forma como ela se vestia e caminhava (!!!), saudariam com entusiasmo a chegada da primeira mulher a ser eleita vice-presidenta… nos EUA. O complexo de vira-latas desenhado para quem não quer ver: em nosso próprio país, sabotamos e depomos a mulher que chegou ao cargo máximo da nação, enquanto lá fora bajulamos a gringa que se tornou vice.

“Hoje eu só temo a morte da democracia, pela qual muitos de nós, aqui neste plenário, lutamos com o melhor dos nossos esforços”, advertiu Dilma em seu discurso de defesa no Senado. Ninguém ouviu. Todos estavam surdos.

 


Apoie o site

Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para assinar, você pode usar apenas qualquer cartão de crédito ou débito

Ou você pode ser um patrocinador com uma única contribuição:

Para quem prefere fazer depósito em conta:

Cynara Moreira Menezes
Caixa Econômica Federal
Agência: 3310
Conta Corrente: 23023-7
(2) comentários Escrever comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da Socialista Morena. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Mario em 01/09/2021 - 15h40 comentou:

Puxa Cynara… Triste e revoltante.

Responder

MONICA MARIA DE FIGUEIREDO SANTOS SILVA em 03/09/2021 - 13h05 comentou:

Impossivel crer que só haja uma solução para o país ,um governo de esquerda.onde 56 milhões de eleitores quis a mudanca.E o inferno e o caos prolifera ,sem se dá uma trégua até a próxima eleição.

Responder

Deixe uma resposta

 


Mais publicações

Politik

Petróleo nas praias: como Homer, governo foge da responsabilidade e culpa os outros


Bolsonaro e sua equipe de despreparados copiam Homer Simpson: "já estava assim quando cheguei"; "culpe o estrangeiro"

Mídia

Bolsonaro está fazendo as jornalistas de direita descobrirem que machismo não é mimimi


Qualquer uma de nós pode se tornar vítima da misoginia instalada no governo, resultado lógico de um golpe misógino