Socialista Morena

literatura


13 de fevereiro de 2013, 13h21

Semana de Arte Moderna, 91 anos: Os Sapos, de Manuel Bandeira

Há 91 anos, começava em São Paulo, em pleno Teatro Municipal, a Semana de Arte Moderna de 1922, que sacudiria os cânones da arte no País. O que valia antes não valia mais: outra arte chegara, decretavam os modernistas capitaneados por Mário de Andrade, Oswald de Andrade, Anita Malfatti, Di Cavalcanti, Menotti del Picchia. Heitor […]

08 de fevereiro de 2013, 11h59

Bandeira Branca, por Luis Fernando Verissimo

Não sei quanto a vocês, mas eu adorava carnaval de clube. E adoro o Verissimo. *** Bandeira Branca* Por Luis Fernando Verissimo Ele: tirolês. Ela: odalisca. Eram de culturas muito diferentes, não podia dar certo. Mas tinham só quatro anos e se entenderam. No mundo dos quatro anos todos se entendem, de um jeito ou […]

02 de fevereiro de 2013, 12h12

Perdido numa noite suja (com Pedro Juan Gutiérrez)

Me orgulho de ter sido a primeira jornalista no Brasil a “descobrir” o escritor cubano Pedro Juan Gutiérrez. Em 1999, tinha lido sobre ele na imprensa espanhola, que o descrevia como “o Bukovski caribenho”. Isso atiçou a minha curiosidade, e pedi à sua editora em Madri que me mandasse o livro que o tornaria famoso, […]

24 de janeiro de 2013, 22h31

Bentinho, o primeiro coxinha da história

Fraco e mimado, Bentinho foi incapaz de um único gesto de dúvida para com a única mulher que amou além da mãe

19 de dezembro de 2012, 16h51

O brasileiro não é assim, por Sócrates

Duas notícias boas neste post: uma é que a editora Confiança, que publica CartaCapital, agora também edita livros. A outra é que o primeiro volume do que, espero, seja uma série, é dedicado a Sócrates: reúne os melhores textos que o grande atleta e pensador  escreveu para a revista durante dez anos, de 2001 até […]

12 de dezembro de 2012, 14h55

O editor que leu demais

Um perfil do divertido fundador da CosacNaify, Charles Cosac, que parece ter saído das páginas de um dos livros que edita

16 de novembro de 2012, 15h05

José Saramago, 90 anos: “Ser comunista é um estado de espírito”

Uma pergunta perseguiu o Nobel de literatura português José Saramago (1922-2010) durante boa parte de sua vida: por que o senhor continua se dizendo comunista?, ouviu centenas de vezes. E sempre respondia: “Porque ser comunista ou ser socialista é um estado de espírito”. É algo que muita gente teima em não entender e confundir com […]

12 de novembro de 2012, 18h31

Os dez maiores livros escritos atrás das grades

Vi essa lista na internet em vários lugares –parece que originalmente saiu daqui. Achei que tem tudo a ver com os tempos que “rugem”. Eu acrescentaria o brasileiro Memórias do Cárcere (publicado postumamente em 1953), de Graciliano Ramos, escrito durante e após a prisão, em 1936, acusado de participar da Intentona Comunista (1935). Prisões por desviar […]

09 de novembro de 2012, 20h34

Alta ajuda de Nietzsche

Tem auto-ajuda e tem alta ajuda. Ecce Homo, como diz sua epígrafe, lembra "de como a gente se torna o que a gente é"

02 de novembro de 2012, 14h40

Viva o dia dos mortos!

  Os mexicanos têm outra relação com o dia de Finados e com a própria morte em si: lá é dia de festa, de farra, não de choro e velas. Dia de celebrar a vida dos que se foram… É bonito. Tem um escritor que adoro, o espanhol nascido na Alemanha Max Aub (1903-1972), autor […]

24 de outubro de 2012, 15h35

O poema que me fez virar à esquerda

O culpado por eu me ter me tornado, aos 15 anos, uma esquerdista, é um poema do dramaturgo e escritor alemão Bertolt Brecht (1898-1956). Vocês conseguem entender por quê? Perguntas de um Operário Que Lê Quem construiu Tebas, a das sete portas? Nos livros constam o nome dos reis, Mas foram os reis que transportaram […]

22 de outubro de 2012, 19h17

A biblioteca de Darcy, para todos

  Um velho sonho de Darcy Ribeiro (1922-1997), ídolo deste blog, vai se tornar realidade 50 anos depois: idealizada pelo antropólogo em 1962, a Biblioteca Básica Brasileira distribuirá gratuitamente 360 mil livros para todas as bibliotecas públicas do País. São livros de ensaios sobre o Brasil, para brasileiros. O lançamento do primeiro volume, abrindo as […]

05 de outubro de 2012, 21h05

O Questionário Proust ervoafetivo

Encontrei um cara sentado numa praça fumando um baseado à sombra das sapucaias em flor no domingo de manhã e resolvi submetê-lo ao Proust Questionnaire, um clássico das entrevistas que o escritor francês Marcel Proust popularizou –e por isso tem seu nome. É uma espécie de teste de personalidade que já fizemos aqui na imprensa […]

28 de setembro de 2012, 23h08

Os muquiranas do conhecimento

A primeira vez que eu, menina do interior baiano, ouvi falar de Machu Picchu e da civilização inca foi num gibi de Tio Patinhas. O velho sovina de Walt Disney era incapaz de presentear Huguinho, Zezinho e Luizinho com um tablete de chocolate, mas não era avarento na hora de compartilhar informações ou de convidar […]

27 de setembro de 2012, 02h57

Groucho & Eliot

Um dos livros mais legais que tenho em minha biblioteca reúne algumas das cartas escritas e recebidas por Groucho Marx. Groucho era uma figura inteligentíssima e acho que todo mundo seria capaz de citar uma frase sua. “Jamais entraria em um clube que me aceitasse como sócio” –é uma das mais famosas. Sempre me faz […]